[Resenha] Salva por Um Cavalheiro - Stephanie Laurens

Salva Por Um Cavalheiro
As Irmãs Cynster # 2


Londres, 1829.
Impetuosamente sequestrada do baile de noivado de sua irmã Heather Cynster com o Visconde Breckenridge, Eliza desperta em um coche estranho a caminho de Edimburgo… Após passar 3 dias e 3 noites sedada, ela fará de tudo para escapar — nem que precise fingir estar desacordada para enganar seus algozes ao longo do percurso.
Enquanto percorre os prados escoceses pensando em pergaminhos a serem decifrados e em uma esposa com quem possa compartilhar a vida, o erudito Jeremy Carling é pego de surpresa ao ver uma mulher gritando desesperada de dentro de um coche. Parecia alguma conhecida… Alguém a quem fora apresentado em um salão londrino… Mais precisamente… Eliza Cynster!
Apesar de não ser nenhum herói, e sim um especialista em hieróglifos de grande prestígio, seu código de cavalheiro jamais permitiria ignorar uma dama aflita! Mas o perigo os espreita sorrateiramente na forma de um lorde misterioso que insiste em se apoderar de uma das irmãs Cynster. Um confronto à beira do penhasco colocaria um ponto final aos ardis do vilão oculto? Ou seria o momento certo para Eliza e Jeremy ousarem assumir um amor que nasceu em meio a tantos percalços?
Em “Salva Por Um Cavalheiro”, Stephanie Laurens presenteia seus leitores com a apaixonante história de Eliza, a segunda irmã Cynster, e Jeremy. Ao longo das estradas, vales e montanhas que ligam Edimburgo a Londres, a autora desenvolve uma narrativa audaciosa com personagens sedutores em uma trama de mistério capaz de prender a atenção até a última página.

 A jovem Eliza Cynster, após ver a felicidade da irmã que está prestes a se casar, depois de ser salva pelo galante futuro marido de um sequestro, não pode deixar de ansiar também por um bravo cavalheiro que arrebate seu coração da mesma forma. Afinal, aos 24 anos, ela deseja o mesmo que todas as moças da sua idade e da sua época quer: casamento. Mas não quer um simples casamento por mera formalidade social, onde deixe de ser classificada como solteirona; ela quer um relacionamento arrebatador e apaixonado.

Por isso, ao receber um misterioso bilhete, durante o baile de noivado de sua irmã, se sente instigada a conhecer o remetente. Quem sabe não seria aquele que a levaria a uma aventura apaixonada? Mas, ao invés de cair nos braços amorosos de um admirador, acaba por ser vítima de sequestro tal qual foi sua irmã mais velha. O secreto mandante do crime não desistiu de ter uma das irmãs Cynster, e, desta vez, a refém é Eliza. A sorte lhe sorri quando, ao ser conduzida para ser entregue ao misterioso homem que ordenou seu sequestro, ela cruza o caminho com alguém familiar e não hesita em pedir sua ajuda.

Jeremy Carling está muito longe de ser um cavalheiro de armadura brilhante, salvador de donzelas em perigo. Ele é apenas um erudito cuja vida tranquila se resume a decifrar hieróglifos, e o ápice da sua existência é explorar livros antigos de cultura idem. Ainda assim, diante de uma jovem pedindo socorro, ele esquece que suas habilidades se resumem às acadêmicas e planeja salvar Eliza desse insistente perseguidor das irmãs Cynster.  Ao conseguir seu intento, Jeremy tem agora duas tarefas: se livrar dos seus perseguidores e entregar Eliza sã e salva à sua família.

Ao ser salva pelo belo erudito, tendo que conviver com ele durante essa aventura inusitada, Eliza começa a ver que que cavalheiros galantes não precisam usar exatamente uma armadura; uma mente brilhante inteligente e sagaz, junto com um espírito corajoso, também pode provocar o desejo apaixonado de se entregar a um homem. E logo ela se vê encantada por Jeremy, desejando provar da paixão que ele lhe desperta com um simples beijo.

"Mas Eliza queria mais. Sabia que queria; já estava pensando em como poderia repeti-lo. De que outra maneira poderia descobrir o que havia de tão diferente no beijo dele - o erudito Jeremy Carling - para conquistá-la com tanta facilidade?"

Quando a Jeremy, ele não imaginava que, ao bancar o herói, acabaria em uma aventura que envolveria sentimentos tão intensos. Como ele, um um homem guiado pela razão e pela lógica, poderia se conduzido por sensações tão fortes, provocadas por uma jovem dama? de fato, decifrar hieróglifos parecia ser mais fácil que compreender os próprios sentimentos.

"Sua mente lógica e racional de erudito não deu importância à reação - sim, era luxúria, pura e simples, mas isso significava apenas que ele não estava morto -, porém, outra parte menos racional de sua mente sabia que havia muito mais que isso."

Claro que, diante disso, os dois não demoram a se envolver e acabam se entregando um ao outro. Porém, ambos ainda terão um desafio pela frente: se livrar de um perseguidor que está disposto a ter sucesso em seu crime tão bem planejado.



Então, vamos às considerações sobre esse livro: a autora repete a mesma fórmula do livro anterior da série, ou seja, um casal em fuga que acaba por se envolver romanticamente enquanto foge.  Apesar do enredo batido, o que salva realmente a história é a narrativa da escritora. Ela soube conduzi-la através das características dos personagens centrais e secundários, que dão esse toque de diferenciação ao romance.

Percebe-se que cada irmã Cynster tem uma personalidade diferente, e isso molda a narrativa, não a deixando cansativa. Da mesma forma, seus pares são distintos, o que eu, enquanto leitora, agradeço muito.

Outra coisa na escrita de Stephanie Laurens, que não posso deixar de comentar, é como ela narra bem suas histórias, descrevendo muito bem os cenários e situações. Inclusive, para quem gosta de romance de época com aquele toque mais hot, digamos assim, ela escreve muito bem essas cenas, de forma intensa e ao mesmo tempo delicada, o que me agradou muito.

Sobre o misterioso sequestrador, só posso dizer uma coisa: PRECISO do livro desse homem, gente! Nesse, podemos ter mais um vislumbre dele, os motivos para agir assim, e isso atiçou muito minha curiosidade! Estou torcendo para que a editora publique rápido e sacie minha curiosidade. Enquanto ele não chega, recomendo a leitura dos livros já publicados e fiquem tão curiosos quanto eu.


4 comentários:

  1. Assim que vi esse livro na lista de lançamento me chamou atenção.
    Achei que saiu bastante do padrão de livro de época que costumo acompanhar pois tem aventura e suspense com esse sequestro na drama.
    Fiquei feliz em saber Jeremy não é aquele cavalheiro de armadora, estranho seria se fosse. Acho importante deixar de lado um pouco essa coisa de magia e romance dos sonhos de lado, para contar algo mais real.
    Enfim, estou curiosa em conhecer a obra

    ResponderExcluir
  2. Eu adorei a capa e li poucos livros de romance histórico por isso fiquei bastante empolgada, mas conforme fui lendo a sinopse, já fui ficando cansada. Então subi e voltei pra ver a nota que tinha dado e já fiquei com sono kkkkkk "a autora repete a mesma fórmula do livro anterior da série, ou seja, um casal em fuga que acaba por se envolver romanticamente enquanto foge." Não gosto quando a autora repete algo de grande importância de um livro pro outro, mas vamos ver se um dia acabe por ler a série.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Luci!!
    Sou apaixonada por romances de época!! E a resenha desse livro me encantou fiquei bem curiosa para ler os livros da Stephanie Laurens!! E a capa desse livro ?!! Linda demais!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  4. Fiquei bem intrigada com esse sequestrador e seus motivos, pois não desiste e tenta outra vez. Essa fuga dos personagens deve ser emocionante e despertar uma agitação na leitura, mesmo não tendo um diferencial gostaria de ler.

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...