[Resenha] Tutor - Sue Hecker


Tutor
Sue Hecker


Em plena festa de réveillon, Pedro Salvatore é surpreendido por uma chamada urgente do hospital. Um casal conhecido havia sofrido um grave acidente de carro. Durante os dias de agonia que precederam as mortes, a mulher teve forças apenas para instituí-lo como tutor de sua filha de 17 anos, Beatriz Eva. Aos 32 anos, Pedro é um homem marcante, consciente de suas virtudes, porém preso a medos que o tornaram solitário e atormentado por pensamentos compulsivos. Agora, ele terá de enfrentar um grande desafio: se encarregar da educação de uma adolescente com amnésia e que o seduz a todo o momento. Bya se apaixonou por Pedro desde o primeiro instante em que abriu os olhos e viu aquele homem alto e de olhar penetrante ao lado de seu leito hospitalar, velando seu sono. Ela ignora o passado dele, mas sabe que sua vida será dedicada a conquistar a afeição daquele que se tornaria seu tutor. Dois corações maltratados pelo destino. Duas almas que se encontram na tragédia. Dois corpos que clamam por saciar um desejo cada vez mais irresistível. Até que ponto Pedro seria capaz de parar de racionalizar e se entregar a um amor verdadeiro, aquele que finalmente daria sentido à sua existência? 

Com enredo envolvente, personagens fortes e temas polêmicos, em Tutor, Sue Hecker constrói uma trama de amor, sexo, humor, doçura e, principalmente, superação. Uma leitura de prender a atenção, que já conquistou milhares de fãs na internet e que consagrou a autora como uma das principais vozes do romance nacional contemporâneo.


Pedro Salvatore é um homem de 32 anos, atormentado pelos problemas do passado. Ele sofre de TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) e encontra na autoflagelação uma via de escape.

Sua mãe teve suas pernas amputadas ainda na adolescência devido a um câncer ósseo, e apesar de ter crescido com muito amor ele nunca perdoou seu pai por abandonar sua mãe e não ser homem suficiente para assumir suas responsabilidades como pai.

Então quando o passado voltar a bater em sua porta, ele não está preparado para as mudanças que virá, junto com suas novas responsabilidades.

Beatriz Eva é uma adolescente de 17 anos, que sofre um acidente junto com seus pais e é a única sobrevivente. Seu estado é muito grave, o que faz com que ela seja submetida á diversas cirurgias, mas ela é uma guerreira e está disposta a lutar com unhas e dentes pela sua vida.

Quando ela enfim acorda, dá de cara com Pedro que dorme em uma poltrona e sente uma ligação imediata com ele, e mesmo sem memória alguma para lhe guiar nossa nova fase da sua vida, ela sabe com certeza que ele será dela.

- Você é um grande presente que a vida me deu.
- Achei que você nunca iria me desembrulhar.

Pedro recebeu uma ligação de Maria Luiza que estava entre a vida e a morte no hospital, ao chegar no hospital ela pede que ele cuide de sua filha, o que não é uma decisão fácil para ele, já que ela está ligada a mulher que se casou com seu pai logo após ele abandonar sua mãe, e mesmo sem ter prometido nada já que Maria morre, o senso de responsabilidade fala mais alto, ele não pode abandonar uma menina órfã a sua própria sorte.

Tutor foi uma leitura bem divertida, apesar da sua carga emocional. Bya faz de tudo para chamar a atenção de Pedro, mas apesar da explosiva atração que existe entre eles, ele resiste já que seu papel deveria ser de cuidar dela e não se envolver amorosamente, mas a pergunta que fica é: por quanto tempo ele consegue resistir?

Minhas escolhas são mais fortes que as minhas vontades.

Pedro luta de todas as formas para não sucumbir aos sentimentos que sente por Bya, mesmo sabendo que essa é uma batalha perdida, já que quando o assunto é sentimentos, não temos absolutamente controle nenhum.

Enquanto Pedro é centrado, Bya é impulsiva e inconsequente, no decorrer da leitura ela tem umas atitudes bem infantis, e quando o assunto é Pedro ela perde totalmente a razão, não que isso seja um coisa ruim já que é nesses momentos que ela protagoniza as cenas mais inusitadas e engraçadas do livro.

Eu adorei como a Sue Hecker abordou o assunto TOC, ela escreveu de maneira clara o que é e o que acontece quando a pessoa sofre de Transtorno Obsessivo Compulsivo, assim também como falou dos tratamentos e que sim é possível uma pessoa ter uma vida normal, apesar de tudo, mas ela não focou nisso, o TOC foi abordado como uma característica do personagem e não uma doença, não como algo que fizesse dele menos do que ele realmente é, com o passar dos anos o Pedro aprendeu lidar com a doença sem se deixar abater. 

O mesmo aconteceu com o fator idade, já que Pedro é 15 anos mais velho que Bya, isso em momento algum foi o foco da leitura, ela abordou sim, mas foi como se ela estivesse simplesmente afirmando que o céu é azul ela não fez disso algo Taboo, o que eu particularmente adorei.

As cenas de sexo foram bem quentes mais não forçadas, a autora descreve tudo com clareza, mas sem tornar o ato vulgar ou sem nexo.

Alguém aí quer churros? (Piada particular)

Conforme as páginas vão passando, vamos acompanhando o amadurecimento dos personagens mesmo a Bya deixa de ser tão impulsiva, quando a uma chance real de existe um relacionamento além do sexo ambos estão dispostos a tentar fazer disso algo especial, aprendendo com os erros e aceitando as diferenças um do outro.

O livro é narrado em primeira pessoa, por ambos os personagens, a edição é bem simples, folhas amareladas e letras confortáveis, a cada novo capítulo há uma rosa que é a mesma que está na capa, que por sinal tem tudo a ver com a história.

A vida é como uma roda-gigante em movimento: muda constantemente de posição. Os sentimentos são oscilantes. Quando estamos lá em cima e temos medo de altura, não podemos pensar em olhar para baixo. Quando estamos embaixo, queremos estar no lato, e assim sucessivamente. A vida ás vezes me assusta, outras nos alegra. Viver com Beatriz tem feito a minha roda gigante girar mais rápido.

A autora escreveu com maestria o relacionamento entre Bya e Pedro, não fazendo disso um conto de fadas apenas esperando o seu felizes para sempre, pelo contraio ela criou personagens humanos com falhas e defeitos, assim como também descreveu o quão importante é, aceitarmos as pessoas pelo que elas são, já que ninguém é perfeito.

Ela tem um talento todo especial de saber causar reações diversas em mim, do desejo à autocondenação.

Adorei! Leitura mais que recomendada.

24 comentários:

  1. Essa história não me chamou tanto a atenção. Não é o tipo de livro que costumo ler, então não sei se daria uma chance, pois estou com muitos livros na lista. Mas parece que o romance da Bya e do Pedro é interessante, quem sabe eu leia um dia.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deixe de conferir, é uma história muito interessante.

      Excluir
  2. Eu amo romances e esperava uma história um pouco diferente. Toda a carga emocional e traumas dos personagens foi uma surpresa e ainda não conheço a escrita da autora, mas pela resenha parece ser muito boa. Divertido era um adjetivo que não esperava para o livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não, mas os dia logos trazem o toque diferente do que eu esperava.

      Excluir
  3. Obrigada pelo carinho e confiança. Foi uma agradável surpresa navegar pela net e encontrar a resenha. Surto de beijos

    ResponderExcluir
  4. Estava mesmo querendo ler uma resenha desse livro para ter certeza se é bom mesmo, já tinha gostado da sinopse. Faz muito meu estilo de leitura, divertido, Hot (mas de bom gosto) e com uma história de superação, vou ler com certeza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste Kris, se é seu tipo de leitura tenho certeza que vai amar.

      Excluir
  5. Simplesmente adorei a resenha!! Além de amar o livro e o romance dessas duas personagens tão empolgantes!!! Parabéns

    ResponderExcluir
  6. Oi!!
    Eu adorei o enredo Marlene, gosto mto do gênero tbm, o q já ajuda e desperta curiosidade...Vai pra listinha!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, fico muito feliz, espero que desfrute da leitura.

      Excluir
  7. Já quero na minha estante pra ontem, eu não sabia o que estava perdendo até ler a resenha e ver que a história oferece muito mais do que eu imaginava. Olha vou te dizer que já no começo do livro fiquei com pena do mocinho que teve que ver o que ocorreu com sua mãe e ainda foi abandonado pelo pai :/ Um dos melhores atrativos do livro que você mencionou foi o fato que vamos ver um amadurecimento dos personagens e isso e deixou bem animada em relação a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fiquei com pena dele, mas ele é um personagem de muito forte e nos ganha nas primeiras páginas.

      Excluir
  8. Quando vi esse livro não me interessei agora lendo a resenha, parece ser muito bom e divertido com a Bya tentando conquistar o Pedro. Nossa Pedro passou por maus bocados, que bom que ele consegue superar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, ele passa mas supera o que gostei ainda mais, principalmente por ele não ficar se lamentado pela circunstancias da vida.
      Bjs.

      Excluir
  9. Marlene, que livro encantador. Gostei do modo em que a autora abordou diversos temas mas não tornando-os como foco central da história. Amei os quotes, não sei escolher qual é o meu preferido. Sinceramente, me apaixonei pelo Pedro kk. Acharei esse livro e com certeza o lerei, porque ele é incrível. Sue fez um ótimo trabalho nele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza ela fez, que bom que gostou dos quotes, separei com muito carinho.
      Espero que desfrute da leitura.

      Excluir
  10. Geeeente amei esse livro, já quero pra ontem!
    Amo temas "polemicos" e gostei muito do jeito que a autora abordou tudo, de uma forma leve (na medida do possível, já que Bia é de menor). Estou ansiosa para saber como ela vai fazer para conseguir conquistar Pedro, já que tenho certeza de que ele vai tentar de toda forma resistir.
    Já coloquei na minha lista de desejados.
    Amei a dica *-*
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eles começam a se relacionar ela não é mais menor, e sim a autora abordou temas interessantes com maestria sem tonar-los chato ou um tabu.
      Bjs.

      Excluir
  11. Adorei a resenha, você escreve super bem, agora o enredo da história, então, não é meu estilo, até me assustoi um pouco, kkkkk.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Marlene!!
    Adorei a resenha, gostei bastante de como autora conduziu as coisas nesse romance!! Mesmo não tendo lido ainda esse livro percebi a maneira que ela escreveu, por esse motivo fiquei apaixonada pelo livro e sem dúvida quero muito o ler e conhecer esses personagens maravilhosos!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, não deixe de conferir.
      Espero que curta a história.
      Bjs.

      Excluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...