[Resenha] Ao seu encontro - Abbi Glines

Ao Seu Encontro 
Rosemary Beach – Livro 11
Abbi Glines


Há apenas alguns meses, um encontro inesperado numa casa em Rosemary Beach se transformou num romance de conto de fadas. Agora Reese está prestes a ir morar com Mase na fazenda dele, no Texas. Com o apoio e o amor da família do namorado e a recente descoberta de que ela mesma tem uma família com a qual contar, Reese pode enfim superar os horrores do passado e se concentrar no futuro promissor que a aguarda.
No entanto, no que depender de Aida, isso não vai acontecer. A beldade loura e Mase foram criados como primos, mas logo fica claro para Reese que o amor da jovem por ele está muito longe do que se deveria ter por um parente.
Ao mesmo tempo que Reese tenta entender a relação dos dois e não se sentir ameaçada, entra em cena Capitão, um estranho que parece estar, convenientemente, em todos os lugares que ela frequenta. Bonito, sensual, misterioso e dono de uma franqueza desconcertante, ele não tem medo de dizer o que pensa de Mase - nem como se sente a respeito de Reese.
Enquanto a competição pelo coração de Mase e de Reese esquenta cada vez mais, algumas perguntas em relação ao passado dela começam a ser enfim respondidas, revelando verdades chocantes que vão mudar para sempre a vida do casal.
Em Ao Seu Encontro, Abbi Glines conclui a história que começou em À Sua Espera. Com a escrita romântica e voluptuosa que a consagrou, ela constrói mais uma narrativa envolvente, com personagens que vão mexer com as nossas emoções até o final.

“ Ao seu encontro” é o 11º livro da série Rosemary Beach e o segundo livro do casal Mase e Reese. Depois de se conhecerem e se apaixonarem, ultrapassando muitos obstáculos, vamos acompanhar o rumo que a vida dos dois tomou quando decidiram morar no Texas; ainda vamos ter umas idas a Rosemary Beach e a aparição de todos os personagens que amamos, mas o foco aqui é o Rancho onde o Mase viveu a vida toda.

Reese está se adaptando à vida nova com Mase e ainda tem algumas barras a superar. É incrível como ,sem perder o foco, Abbi Glines continua trabalhando sutil e constantemente a autoconfiança que a Reese tem construindo desde o livro anterior; acompanhamos o novo emprego e como é conhecer o mundo ao qual Mase pertence.

Nos capítulos alternados, em que vemos a história pela perspectiva do Mase e de Reese, temos a prima chata e insuportável, Aida, tentando minar o relacionamento dos dois (e sim, Abbi Glines consegue como ninguém construir uma personagem chata) esse é um dos pontos que mais me incomodou no plot do livro, eu já não sou muito fã de triângulos amorosos, mas triângulos amorosos que só servem para encher linguiça é ainda pior.

Mase agarrou meu rosto e colou a boca a minha [...]. Olhei de volta para Aida e ela deu um sorriso afetado. Apesar de ficar mais tranquila por saber que eles eram parentes, algo no jeito como ela me olhava parecia desafiador.

E como se só isso não bastasse, Mase agora se preocupa com o Capitão, que trabalha na mesma empresa que Reese e parece manter uma atenção especial sobre ela; inclusive temos um capítulo narrado pelo Capitão que faz com que algumas peças sobre o passado de Reese se encaixesse, eu que estava até então odiando-o (sou Team Mase), soltei um “EITA” depois dessa frase:

Quando tudo isso começou, eu não tinha a intenção de me apaixonar por ela. Eu sabia que seu coração já tinha dono.

Nunca vou dizer que um livro da Abbi Glines é desnecessário, mas o ritmo nesse 11º é mais devagar, parece que o livro é mais para nos ambientar e introduzir a próxima história do que acrescentar algo de mais concreto na relação Resse/Mase.

Entre o Texas e alguns voos para Rosemary Beach, matamos a saudade de todos os outros personagens, e Kiro, o pai biológico de Mase, tem uma cena de destaque nesse segundo livro que fiquei satisfeita de ler; eu nem sabia que a relação mal resolvida do Kiro e do Mase me incomodava, mas depois daquelas páginas, senti o coração quentinho com a certeza de que agora eles tinham se acertado.

Quando tudo parece que está se encaixando e ambos estão aprendendo a lidar com o ciúme, o passado reaparece, nos assusta e o dia é salvo pelo Capitão, e é ai que tudo faz ainda mais sentido. A receita de como mexer com nossos sentimentos, usando de muitas ações nas páginas, Abbi Glines tem e funciona muito bem, e depois de um drama necessário e outro nem tanto, chega a um final fofo e nos deixa, como sempre, muito ansiosos pelo próximo livro!

Ela sofreu tanto, mas ainda era linda por dentro. Ela era gentil. Ela era honesta. Mais importante, ela era minha.

A editora Arqueiro já anunciou que os últimos 2 livros que faltam para fechar a história de Rosemary Beach têm previsão de serem lançados ainda em 2017, e ao que tudo indica, em 2018 teremos mais uma novidade da Abbi vindo por aí, agora só nos resta aguardar!

18 comentários:

  1. Oi! E já li dois livros dessa série mas confesso que eu não gostei. Parece que os casais tem pouco aprofundamento, não tem muita história além de incontáveis cenas de sexo, o que me irrita um pouco, mesmo assim ainda não desisti de ler.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do sorteio do blog e concorra a três livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, acho que a serie começa pelo casal errado , embora a Blaire seja uma mocinha mais forte que o convencional , Rush na minha opinião não é o melhor da serie rs ... não desista o próximos casais são mto melhores!

      Excluir
  2. Essa série pra eu voltar a lê-la acho que iria precisar da uma relida nos outros volumes já que não lembro de quase nada dela >.< A única coisa que me incomoda nessa série é o fato que não tem a necessidade de ter dois livros pra cada casal sabe ? Dava pra caber tudo em um livro já que as histórias são super curtas mas fazer o que. Bem obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ri, as vezes tbm acho desnecessário mais de um livro para certos casais, mas o bom é que com sã todos amigos acabamos matando saudade de um ou outro personagem que amamos! Tomara que vc se anime em reler , venha se apaixonar pois Abbi Glines está de passagem marcada para vir ao Brasil.

      Excluir
  3. Oiee!
    Desisti dessa série faz tempo, acho que a autora viu o sucesso da trilogia Sem Limites e resolveu que queria "alongar" tudo. Aí pronto, desandou a criar histórias e mais histórias, nem sempre legais, pra mim essa série já devia ter terminado, tá se tornando uma coisa chata e cansativa.
    Minha opinião.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena que vc não curtiu, eu penso ao contrario acho mais chato a trilogia dos Sem Limites do que os outros rs confesso que Abbi glines tem um feitiço sobre mim !

      Excluir
  4. Li Like a memory da Abbi que é a junção das duas séries: Sea e Rosemary.
    Gostei mais do que esperava. O que me afasta um pouco dos livros dela é ter dois como esse que é continuação do outro. Sem contar que a série é enorme

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thay do céu, vem me abraçar !!! Amei o Like a memory e já quero saber da história da Lila Kate... embora no Brasil tneha sido publicado por enquanto só Rosemary Beach que eu gosto muito , minha serie favorita é Sea Breeze ( se ela quizesse escrever infinitamente sobre o Cage eu super aceitaria).

      Excluir
  5. Não li nenhum livro da autora, acho essa série muito extensa. Mas leio muitos comentários elogiando. Só pela resenha já não gostei de Aida, por ser irritante e também odeio triângulos amorosos, ainda mais quando um lado quer prejudicar o outro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ma, a Aida é mesmo insuportavel ,mais do que escrever boas historias a Abbi sabe como fazer você odiar uma personagem rsrsrsr, anima ai pra ler mulher ...aproveita que Abbi glines foi confirmada como autora da Bienal do livro desse ano !!!

      Excluir
  6. Karina, são tantos livros dessa série que eu ficaria perdida. Mas de todas as história a do Mase e da Reese foi a que mais me encantou. Pois bem, sempre acompanho as resenhas dos livros da Abbi e percebo que o Mase é aquele personagem que faz você se apaixonar logo na primeira frase kk, e nesse livro parece que descobrimos algumas verdades sobre ele, todo esse enredo veio para balançar a relação entre ele e a Reese, mas com certeza eles ficarão juntos. E odiei a Aida, só veio para provocar confusão nessa relação linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nic do céu eu queria ir pessoalmente esganar a Aida, sempre achei que meu favorito era o Grant , mas Mase veio provar pra ficar que ele não fica atrás de maneira nenhuma!!

      Excluir
  7. Oi, Karina!!
    Para falar a verdade não gosto muito da série Rosemary Beach!! São muitos livros e praticamente o mesmo desenrolar em todos os livros!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ixi rs preciso confessar que Abbi Glines tem um feitiço sobre mim, sempre que qro ler algo rapidinho corro pras pgs da tia Abbi, to em colica pela vinda dela para a Bienal, mas livro é assim mesmo funcionam para umas pessoas e para as outras não . Bjos

      Excluir
  8. Li a trilogia Sem Limites e amei, mas quase não consegui terminar Estranha Perfeição, por isso desanimei e não prossegui com a série. Tenho vontade de dar mais uma chance...quem sabe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kris, aproveita que Abbi vem pro Brasil esse ano e se joga no Grant ( ele é super engraçado) vai que vc anima com o resto da serie ! Bjos.

      Excluir
  9. Meu Deus, quantos livros tem essa série? Que coragem para acompanhar tudo, como é o tipo de romance que eu passo longe não vou nem procurar, estou fugindo de séries grandes (mas que mentira), mas adorei a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Series tem disso mesmo neh ... eu tbm naõ queria ler no começo ...mas li um e não consegui largar mais rsrsrs Bjos.

      Excluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...