[Resenha] Amor Imenso - Penelope Ward


Amor Imenso
Penelope Ward



Desde garoto, Justin amava Amelia, que odiava Justin desde que ele se mudou para a casa vizinha à da sua avó, em Rhode Island. Não, nada disso. Amelia também amava Justin, mas um mal-entendido o fez pensar que a garota mais incrível do mundo não correspondia ao seu amor e, pior, o odiava.
Os anos se seguiram, e os dois tomaram caminhos distintos até que o destino – e um empurrãozinho de Nana, avó de Amelia – os reuniu novamente na casa onde se conheceram quando eram adolescentes. Obrigados a compartilhar o mesmo espaço, Justin – que aparece na casa de praia de Nana com a namorada – e Amelia vivem como cão e gato. Orgulhosa, a princípio ela não dá o braço a torcer ao amor que sempre sentiu pelo vizinho e reluta o quanto pode contra os encantos de um Justin, agora, mais maduro e... muito mais atraente. Será que ambos resistirão à paixão e ao desejo que os incita desde a adolescência?

Essa é uma história linda sobre segundas chances e sobre escolher o amor. Quem acompanha o blog já deve saber que eu simplesmente adoro romances com amizade que evolui para romance, romance entre vizinhos e segundas chances, então Amor Imenso foi pura diversão para mim! Espero que assim como eu, todos se apaixonem por essa história linda.

Amelia e Justin eram melhores amigos na infância, ambos tiveram uma família complicada, mas a avó de Amelia agia como mãe para os dois, sendo sempre o elo entre eles, e os amou como filhos a vida inteira.

Na infância por um mal entendido, Amelia acabou indo embora para morar com o pai em outra cidade, e deixando Justin para trás. Anos depois, Nana (avó) morre e deixa de herança a casa dela na praia para os dois dividirem.

O que veio em boa hora, já que Amelia acabou de descobrir que o seu noivo a traía e precisava de um tempo, então ela vai para a casa na praia passar o verão onde pode ser que encontre o seu amor de infância que não vê há uma década. 

Já na casa relaxando, Amelia fica aliviada ao achar que Justin não vai mais aparecer. Algumas semana se passam até que ele chega, junto com a sua linda e maravilhosa namorada Jade e claro, mais de uma década de raiva na mala.

As férias na praia passam a ser uma tortura. Apesar da amizade que Amelia constrói com Jade, Justin segue a ignorando, e quando lhe dirige a palavra é com grosseria. Mas apesar disso, dessa relação estranha que se instala, conseguimos sentir todo aquele amor que uma vez existiu entre os dois. As coisas apenas parecem estar mais confusa.

Será que eles conseguiram esquecer os erros do passado e lembrar que uma vez foram melhores amigos? Com varias reviravoltas e muito aprendizado, os dois protagonistas evoluem individualmente, mas será que serão capazes de evoluir juntos?

"As vezes aquilo que mais tememos, é de fato o que nossa alma mais almeja."

Amelia tem uma personalidade forte, é professora, inteligente e luta pelo que quer. Sempre disposta a perdoar e recomeçar, mas nunca deixa de ser quem ela é. Sempre aprendeu a cuidar de si mesma por ter vivido parte da infância com a mãe, que era mais criança do que ela, o que faz Amelia se virar bem sozinha, e ser totalmente independente.

Justin é um músico e trabalha com softwares. Óbvio que é lindo e sedutor, mas guarda uma magoa muito grande por coisas que aconteceram na adolescência com a Amelia, e faz questão de sempre lembrá-la disso. Bastante rancoroso no começo, mas aprende a perdoar e seguir em frente. Eu adorei como ele mudou gradualmente ao longo do livro, adorei principalmente ver a sua mudança e como ele enfrentava os sentimentos que estavam surgindo.
"Você estava sempre lá... até que você não estava mais. Perder você me ensinou que eu não posso contar com ninguém além de mim mesmo. Formou que eu sou hoje... e isso não é necessariamente uma coisa boa."
Há algumas reviravoltas que acontece na vida dos dois, mas uma em especial, foi o momento chave do livro, foi o que o fez deixar de ser um simples new adult para ser um livro incrível. A forma como a Penelope encaixou esse momento no livro foi uma surpresa, deixou com os olhinhos brilhando e com um sorriso no rosto e sem dúvida, me incitou a terminar o livro o mais rápido possível para ver o desfecho da história.

No geral, o livro tem um ritmo gostoso, vai evoluindo aos poucos, e a história vai crescendo e se desenvolvendo suavemente, quando você menos perceber já estará completamente viciado e incapaz de largar. Não esquecendo que é um ‘New Adult’ então claaaaro que tem umas cenas calientes com muita pegação!

" Eu nunca deixei de amar você. Houve momentos em que eu tentei te odiar, mas mesmo assim, eu nunca parei de te amar."

Amor imenso é uma história sobre segundas chances, sobre o prelúdio do amor, mas principalmente, sobre as escolhas que fazemos na vida e que tudo depende nós.

Penelope Ward tem um jeito único com as palavras, sempre carregadas de sentimentos, mas com um toque de diversão que nos envolve aos pouco, sem dúvida uma das minhas autoras favoritas do gênero.

13 comentários:

  1. Ano passado li uma resenha desse livro e fiquei louca pra ler, tanto que comecei a lê-lo no mesmo dia. Mas era a edição americana, nem sabia que tinham publicado agora aqui no Brasil. A história é realmente muito maravilhosa. Foi uma leitura que valeu à pena. E aquela reviravolta que acontece é mesmo o que faz o livro ser ainda melhor, se torna diferente de outros NA por aí.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ingrid.
      Ainda bem que não fui a única apaixonada pelo livro!
      A Penelope Ward tem um jeito com as palavras né? Amo!
      Bjos

      Excluir
  2. Eu já li livros dessa escritora e devo dizer que não tem como realmente não se apaixonar por esses romances que começam na infância ou que eram de melhores amigos a se tornar algo maior, afinal eu sou uma uma leitora de romances compulsiva e livros assim são um prato cheio e esse não ficou fora da lista de desejados. Espero poder comprar esse livro o mais urgente o possível pra poder me deliciar com esse enredo que você disse que é maravilhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rissia!
      Penelope Ward é diva! Adoro os livros dela <3
      Quando puder, leia mesmo! Suuuper vale a pena.
      Bjos

      Excluir
  3. Oi Lala!
    E o tanto q eu estou interessada em conhecer este livro....Já é a terceira vez q leio sobre a obra, adorando ....
    Espero ler em breve!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Espero que leia em breve também, e que assim como eu vc adore!
      Já leu outros livros da Penelope?
      Bjos

      Excluir
  4. Amo histórias de amizade q viram amor tbm rsrs
    Meu problema é com a autora... li uma duologia dela e o drama excessivo me incomodou... Espero que esse seja mais suave e estou curiosa para saber qual a reviravolta

    ResponderExcluir
  5. Amei a resenha , fiquei louca pra ler livro, também adoro romances com melhores amigos, amor de infância, e superação, tudo que tem nesse livro , perfeito para mim. Obrigada pela resenha! <3

    ResponderExcluir
  6. Lala, sou igual você, amo aqueles romances que vem de infância ou que já possuem uma mala no passado dos dois, e esse não poderia ser diferente. Amelia e Justin devem conquistar o leitor em cada página, mesmo que o Justin seja cabeça dura no início. E esse último quote? Me deixou com mais vontade de ler esse livro, mesmo eu não gostando de new adult.

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia a autora, parece ser um livro fofo, também gosto dessas amizades que viram romances, pois vai surgindo aos poucos e nem os próprios personagens percebem logo, sem aquele mal viu a pessoa e já estão se pegando. Curiosa com essa reviravolta que deixou o livro incrível, o que será.

    ResponderExcluir
  8. Oiee!
    Mesmo lendo toda sua empolgação com o livro ainda não me sinto convencida, sei lá, esses livros de amigos que se apaixonam sempre são tão água com açúcar que é até difícil acreditar que esse não seja mais um.
    Vou esperar um pouco mais pra me decidir.
    bjokas!

    ResponderExcluir
  9. Vou ser obrigada a ler o livro pra descobrir que momento significante é esse, me deixou morrendo de curiosidade, no geral o livro parece muito interessante, e sua resenha me matando pra saber o que acontece, parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Laura!!
    Adorei a premissa do livro também gosto quando amigos acabam se envolvendo!! Fiquei bem curiosa para descobrir qual reviravolta acontece para aproximar esses dois!!
    Beijoss

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...