[Resenha] O Erro - Elle Kennedy



O Erro
Amores Improváveis # 2
Logan parece viver uma vida de sonhos. Com um talento incrível para jogar hóquei e um charme inato para conquistar mulheres, ele é uma das maiores estrelas da universidade de Briar. Mas por trás do característico sorriso maroto, ele esconde duas grandes angústias – a primeira, estar apaixonado pela namorada de seu melhor amigo. A segunda, saber que sua vida, após a formatura, se tornará um beco sem saída.
Um dia, por acaso, ele conhece Grace, uma garota tão encantadora quanto intrigante. Tudo nela parece ser original e deliciosamente contraditório – tímida, mas ao mesmo tempo vibrante. Doce, mas ao mesmo tempo forte e confiante. A cada encontro, Logan se vê mais e mais envolvido. Mas um grande erro colocará o relacionamento desses dois jovens em risco. 
Agora, Logan terá que se esforçar para reconquistar Grace – nem que para isso ele precise amadurecer e encarar de frente as suas questões mais profundas e doloridas.

“Gosto de você, Grace.”
“Por quê?”, eu o desafio. “Por que você gosta de mim?”
“Porque…” Ele leva a mão ao cabelo escuro. “Você é divertida. É inteligente. Doce. Me faz rir. Ah, e só de olhar pra você eu fico louco.”

John Logan é um dos astros do time de hóquei da faculdade; não só famoso por sua atuação no time, mas também carrega com ele a grande fama de conquistador. O que se esperar de um jovem sedutor, lindo e popular?

Mas essa fama se intensifica quando ele passa a cada vez mais colecionar noites de sexo sem compromisso e farras, tudo com o objetivo de esquecer a namorada do seu melhor amigo, Garrett, que já conhecemos e nos apaixonamos em O Acordo. E em uma dessas noites, em que ele não quer ficar cobiçando a namorada de Garrett e sai de casa em busca de diversão — festa, bebida e sexo —, Logan acaba cometendo um pequeno erro: bate na porta errada, mas precisamente na de Grace, uma caloura da universidade.

Grace é uma jovem doce e tímida que sempre se reprimiu com relação a tudo o que os jovens da sua idade costumam fazer. Aos dezoito anos, vendo toda a interação entre os garotos e garotas da faculdade, ela não parece se encaixar muito. Mas está disposta a se libertar um pouco, deixar seus medos de lado. E quando Logan, o rapaz por quem nutre certa paixão, bate inesperadamente à sua porta, ela tem a chance de ousar um pouco e experimentar sentimentos intensos.

Só que após alguns “amassos” tórridos, Logan comete o primeiro delize: a deixa só, amargurando um inesperado encontro frustrado. Mas a jovem simples e espontânea o atrai de volta para ela, e o destino vai dando conta de fazer os dois se encontrarem, ao ponto de Grace querer se entregar completamente. É quando Logan mais uma vez falha: ele acaba por afastar, devido aos sentimentos confusos, a pessoa que pode completá-lo e dar o que ele anseia em um relacionamento.

Mas, desta vez, Grace não está disposta a perdoar fácil. E ele vai ter que provar que é digno de confiança e de iniciar um relacionamento sem a sombra de outras pessoas ou sentimentos. E o que começou com um erro, pode se transformar em um maravilhoso acerto.

O beijo é… mágico. É sempre mágico quando estamos juntos. Quando nossas línguas se encontram num emaranhado inconsciente, e minha mente e meu corpo parecem flutuar.


Quando li O Acordo, esperei ansiosamente pelo segundo livro, pois amei realmente a forma como a Elle Kennedy escreve. Ao ler a última palavra desse livro, pude constatar que a Elle sabe como ninguém escrever um bom NA, o livro tem absolutamente tudo que eu amo no gênero. 

Primeiramente, a autora soube acrescentar uma boa dosagem de drama familiar na história, não a deixando vazia contando simplesmente a história de um charmoso jogador de hóquei e uma jovem caloura. Sem contar que dosou bem com cenas tórridas e uma pitada de humor.

Apesar das burradas do Logan, eu o amei. Cá entre nós, quem não ama um mocinho sedutor que cai de amores pela mocinha mais improvável?
Além disso, o personagem é criado de tal forma que você passa a entender seus motivos e receios. E no final, você vai estar apaixonada pelo Logan não porque ele é gostoso/pegador/delícia, mas porque ele é uma pessoa íntegra, que estava disposta a sacrificar tudo pela família. Impossível não se conectar com personagens tão bem construídos. O ponto forte do Logan, para mim, foi o humor dele, várias partes me peguei rindo com as respostas espertinhas dele.

Sobre Grace, ela é a tipica adorável menina virgem, mas ao contrário de muitas mocinhas com essas características, ela não é indecisa e cheia de dúvidas. Gostei muito de como a autora construiu sua autoconfiança, a ponto de ela deixar os receios de lado e se entregar e confiar, mesmo esse sendo um passo difícil na história dos dois. Dessa forma, se construiu um casal que, para mim, foi perfeito.

Além do drama envolvendo os dois personagens, a autora adicionou mais um que veio através da melhor amiga da Grace, e o que nos foi apresentado é muitas vezes o que acontece com muitas meninas na faculdade, e uma assunto que nunca é tratado de forma correta. Muitos não veem como um problema, mas eu considero como tal. O fato de meninas quererem estar no centro das atenções e serem populares, acabam as levando por um caminho perigoso, de onde não se pode voltar sem um preço.

A aparição dos outros personagens apenas agregou mais à história, cada pedacinho mostrado nos fez ansiar pelos dois próximos livros, e deu para matar um pouco da saudade do Garrett e da Hanna.

Elle Kennedy conquistou um pedacinho do meu coração não só pelas maravilhosas histórias, mas pela sua escrita, pela forma como consegue nos apresentar um romance doce e sexy, com momentos tocantes e pitadas de humor.

Para quem leu o livro um, não pode deixar de ler esse. E quem ainda não leu, não sabe o que está perdendo!


"- O que você está fazendo? - sussurro.
- Você estava me olhando como se quisesse um beijo. 
Seus olhos azuis ficam semicerrados. 
- Então, estava pensando em fazer isso."


Um comentário:

  1. Olá, Lucy. Eu simplesmente amei o primeiro livro da autora e me identifiquei muito com os personagens, não vejo a hora de colocar minhas mãos neste exemplar!
    Abraço! Participe do sorteio do livro Twist de Tom Grass

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...