[Resenha] O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares

Título: Orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares #1
Autor: Ransom Riggs


Tudo está à espera para ser descoberto em O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, um romance inesquecível que mistura ficção e fotografia em uma experiência de leitura emocionante. Nossa história começa com uma horrível tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo, por mais impossível que pareça, ainda podem estar vivas. Uma fantasia arrepiante, ilustrada com assombrosas fotografias de época, O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares vai deliciar adultos, adolescentes e qualquer um que goste de aventuras sombrias.


Meu primeiro contato com esse livro faz muito tempo. O título me chamou muito atenção, e apesar de ser gigante, eu tinha decido que queria ler, até que me deparei com a capa! Como sou uma pessoa que não lê terror, pois meu nome do meio deveria ser altamente impressionável ...acabei desistindo de ler, até que descobri que esse livro seria adaptado pelo Tim Burton [cultivo há muito tempo meu amor pelas obras do tio Tim]...

Agora é que vem a boa notícia para você que não lê terror igual a pessoa que aqui vos fala, esse livro não tem absolutamente nada de terror.

O livro é uma mistura de fantasia, suspense e um pouquinho de mistério da melhor qualidade – eu particularmente tenho dificuldade em ler um livro de fantasia que me prenda- então, quando finalizei a última página desse livro em menos de 72 horas, foi uma surpresa muito gostosa, porque fazia muito tempo que eu não lia um livro para o qual eu queria me transportar.
A verdadeira taxonomia do Homo sapiens é um segredo conhecido por poucos, e você agora será um deles. Para começar há uma dicotomia simples: existem os coerlfolc, a grande maioria de pessoas comuns que formam a numerosa humanidade, e há o ramo oculto, os cripto-sapiens, se preferir, que são chamados de syndrigast, ou "espirito peculiar", na linguagem venerável de meus ancestrais.

Como diz lá na sinopse o plot central gira em torno da Morte do avô (Abe) de Jacob e as histórias até então fantasiosas que ele contava de como nascera na Polônia e com cinco anos de idade fora mandado para um orfanato no País de Gales por conta da segunda Guerra Mundial e de como existiam pessoas com habilidades um tanto peculiares. Mas, de todas as histórias épicas do avô, o que mais impressionava Jacob sempre foram os monstros que seu avô descrevia e dos quais precisava fugir. O incrível é que vamos descobrir junto com Jacob que quase nada da história contada por Abe é fantasia e que, no mundo, há muita coisa que Jacob precisa descobrir, é ai que encontramos todas as peculiaridades, peculiaridades essas que vão desde crianças invisíveis, passando por outras que controlam o ar, tem força extrema, tem uma boca no lado de trás da cabeça, até um menino que cria bonequinhos e coloca neles corações de outros animais que ganham vida.

Depois da infância fantasiosa onde Jacob escutava as histórias de seu avô, maravilhado com os personagens descritos, veio uma adolescência onde Jacob considerava seu avô fantasioso demais para ser levado a sério. Herdeiro de um rede de supermercados, filho único, Jacob agora tratava as histórias do avô como apenas delírios de quem teve uma vida difícil, até que em um dia tedioso, Jacob recebe uma ligação do avô, e preocupado com o conteúdo da ligação, vai verificá-lo.

É após essa ligação que o mundo que Jacob conhece começa a expandir, ao chegar lá, Jacob presencia a morte de seu avô em circunstâncias nada "normais", e ele tem a certeza de ter visto o assassino de seu avô, o descrevendo como:
“Olhos que nadavam em líquido escuro, trincheiras peludas de carne negra como carvão... línguas compridas como enguias...”
Após esse evento traumático, as últimas palavras de seu avô não lhe saem da cabeça:
“Vá para a ilha. Lá você estará em segurança. Prometa.”
“Encontre a Ave. Na fenda. Do outro lado do túmulo do homem velho. Três de setembro de 1940... Emerson... a carta. Conte a eles o que aconteceu, Yacob.”
Com pesadelos terríveis após a morte de seu avô, os pais de Jacob acham que ele precisa de terapia para seguir em frente com a própria vida, e depois de algumas sessões com o Psiquiatra, Jacob está convencido de que essa situação é apenas fruto do stress. Então ele decide ir atrás de respostas plausíveis para o comportamento de seu avô, e é quando está esvaziando a casa onde ele morava que encontra cartas que eram supostamente de alguém que também morou no mesmo orfanato no passado. De posse dessas cartas, convence seu pai a embarcar numa viagem até a ilha onde funcionava o antigo orfanato, em busca das tais respostas para encerrar o assunto e seguir a vida.

Chegando na ilha onde fica o orfanato, Jacob, mesmo sabendo que provavelmente o tal nem funcione mais, sai para explorar, e o que encontra são apenas destroços do que um dia parece ter sido o casarão incrível que seu avô descreveu. Mesmo sem encontrar nada significativo na primeira vez, ele decide voltar um outro dia e explorar mais. É aí que ele encontra um álbum de fotografias velhas, muitas como aquelas que o avô lhe mostrara na infância e outras com crianças que ele ainda não conhecia, mas que tinha sua peculiaridade.

Tentando entender como essas fotos tinham sido forjadas, Jacob passa a ter a sensação que é observado, e quando escuta um barulho fica mais alerta. Ao direcionar a luz de seu celular para o local de onde vem o barulho, ele se depara com uma menina; uma menina igual a da foto que ele tinha acabado de ver... Sem ter tempo de raciocinar de como anos depois a menina ainda poderia ser a mesma pessoa, sem se perguntar como pode ser que aquelas fotos sejam reais, ele sai correndo atrás da garota para finalmente encontrar um resposta ou aumentar as suas dúvidas .

Uma fenda temporal, crianças especiais com habilidades que poderiam ser cobiçadas pelas pessoas erradas, pessoas que não souberam lidar com o fato de serem especiais, é o mundo que Jacob está preste a encontrar,  e finalmente as últimas palavras de seu avô fazem sentido.

A edição tem fotografias reais e Ranson Riggs escreveu a história baseada nessas fotografias. Sozinhas são bem perturbadoras, mas com a narrativa incrivelmente cativante e fluída elas são um complemento perfeito!


Como toda boa história temos os vilões (que nesse primeiro volume, não sabemos ao certo quantos são e o tamanho do mal que podem causar, sabemos apenas que Etéreos se encaixam naquele grupo e pessoas peculiares que fizeram as escolhas possivelmente erradas), eu queria já nesse livro saber mais sobre, pois fiquei com a impressão que o final foi meio espremido, por isso 4 estrelas e não 5, mas para os vilões teremos um segundo volume (que já me encontro ansiosa para ler). 

Faltam alguns meses para a estreia da adaptação cinematográfica( a data de estréia prevista no Brasil é para 29 de setembro de 2016), mas tenho certeza de que não haveria melhor pessoa para adaptá-lo do que Tim Burton. No Brasil, o título dado foi O Lar das Crianças Peculiares.



12 comentários:

  1. Oi, Karina! Faz tempo que tenho vontade de ler esse livro, vontade que aumentou depois que soube que viraria filme pelas mãos de Tim Burton (também curto muito o trabalho dele). Pela sua resenha, parece ter mistério, fantasia e sobrenatural na medida certa. As fotos, apesar de perturbadoras, devem dar um ar mais real ao enredo do livro.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, depois que eu li a ultima pagina e perguntei ...nossa porque mesmo esperei tanto tempo pra ler? Rsrsrsrs!Leia e você ficará ainda mais ansiosa pelo filme do Tim <3

      Excluir
  2. Estou lendo também e gostando muito. Sempre gosto de assistir ao filme após ler o livro.
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mah, então á podemos ficar na contagem regressiva por filme , não é mesmo ? Beijo.

      Excluir
  3. Oi Karina! Vi o trailer do filme esses dias e fiquei bastante curiosa sobre o livro, a sua resenha me deixou mais ainda. Acho que vou adiciona-lo a minha TBR.
    Beijos!

    http://nomundodaka.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Ka, Chega mais e vamos começar a contagem regressiva pro lançamento do filme <3

      Excluir
  4. Olá!
    Nunca considerei esse livro como um terror, mas confesso que essas fotos me dão muito medo, que não leria a noite para não ter pesadelos hahahaha Mas eu fiquei curiosa com essa história desde que fiquei sabendo que ia ter o filme também, pretendo ler antes da estreia no cinema. Adorei sua resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Carol rsrsrs sou super medrosa rs mas juro quando você está lendo as fotos deixam total de ser aterrorizantes !

      Excluir
  5. Eu quero tanto ler esse livro, adoro a temática, e o filme com o Tim Burton vai ficar maravilhoso. Olhas essas fotos que show!!!! Adorei Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, se joga as edições dos livros estão realmente caprichadas !!! Bjos.

      Excluir
  6. Oii,

    Tenho muita vontade de ler esse livro, as fotos dão um pouquinho de medo, mas eu gosto de livros desse gênero. Espero ler o livro antes do filme.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elen, rsrsrs mesmo com medo vale a pena ...acabei descobrindi que tbm super curto rsrs apesar de ser medrosa rs! Bjos

      Excluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...