[Resenha] O Acordo, Elle Kennedy

O Acordo

Hannah Wells finalmente encontrou alguém que a interessasse. Mas, embora seja autoconfiante em vários outros aspectos da vida, carrega nas costas uma bagagem e tanto quando o assunto é sexo e sedução. Não vai ter jeito: ela vai ter que sair da zona de conforto Mesmo que isso signifique dar aulas particulares para o infantil, irritante e convencido capitão do time de hóquei, em troca de um encontro de mentirinha.
Tudo o que Garrett Graham quer é se formar para poder jogar hóquei profissional. Mas suas notas cada vez mais baixas estão ameaçando arruinar tudo aquilo pelo qual tanto se dedicou. Se ajudar uma garota linda e sarcástica a fazer ciúmes em outro cara puder garantir sua vaga no time, ele topa. Mas o que era apenas uma troca de favores entre dois opostos acaba se tornando uma amizade inesperada. Até que um beijo faz com que Hannah e Garret precisem repensar os termos de seu acordo.

Hoje eu apresento para vocês a história de Garrett Grahan e Hannah Wells. Uma história sobre amores improváveis, onde duas pessoas completamente diferentes mostram o poder do amor.

Hannah é uma garota timida, cursa musica, que é sua grande paixão! Aos 15 anos ela sofreu um grande trauma, o que a deixou ‘fechada’ apesar de ter tido alguns poucos relacionamentos desde estão, ela não consegue se envolver. Tem uma paixonite por um cara da universidade, o Justin, mas não tem coragem nem para falar com ele. Em uma das aulas de ética ela conhece o determinado Garrett.

“Minhas ideias clareiam e meu coração fica mais leve quase que imediatamente. Eu me sinto inteira de novo, porque a música tem esse efeito sobre mim, foi assim que me ajudou depois do estupro. Sempre que as coisas ficavam pesadas ou dolorosas demais, eu ia para o piano ou pegava meu violão e sabia que a alegria não estava tão fora de alcance. Estava logo ali, sempre disponível para mim, desde que fosse capaz de cantar."

Garrett é o capitão do time de hockey e cursa história. Também tem a sua dose de trauma por coisas que sofreu na infância… E claro que é lindo, charmoso e tem todas as meninas ao seu alcance. Mas corre o risco de perder tudo o que sonha por que sua nota em ética pode baixar a sua média, e ele pode perder o lugar no time. Ele vê em Hannah a sua chance de salvação, como a única aluna a tirar 10, ele faz questão de persegui-la até que concorde em ser sua tutora, o que o intriga é que Hannah não cai de amores por ele. Ela é sincera, engraçada e tão determinada quanto ele.

No final das contas eles fazem um acordo onde ambos se beneficiam. O problema é que no caminho desse acordo eles descobrem uma amizade verdadeira, até que um beijo muda tudo.

O que eu mais gostei nesse livro foi o desenvolvimento do romance. A cada dia o relacionamento deles se desenvolve, a cada pequeno gesto a confiança cresce e a cada toque o amor nasce. Foi uma coisa gradativa, e nós acompanhamos cada passo desse romance.

“'Você tá tomando hormônio de crescimento ou algo assim?'Puxo a mão de volta, lutando contra outra onda de nervosismo. 'De jeito nenhum essa monstruosidade vai caber dentro de mim!’"

O livro tem uma linguagem bem informal e várias gírias, como ‘encher o caneco’ ‘ tá de sacanagem’ e por ai vai, sei que algumas pessoas não gostam, mas isso nunca me incomodou e particularmente (dependendo do livro) me deixa mais envolvida na história. Ninguém quer um romance de época recheado de gírias mas é de um NA (new adult) que se passa em uma universidade nos dias de hoje que estamos falando, linguagem informal é o esperado.

“No instante em que nossos lábios se tocam, a coisa mais estranha acontece. Ondas pulsantes de calor se espalham dentro de mim, começando pela boa e baixando por meu corpo, formigando a pontinha de meus seios antes de descer uma pouco mais. Ele tem o gosto do chiclete de hortelã que passou a noite mascando, e o sabor mentolado toma conta de minhas papilas gustativas. meus lábios se abrem por própria vontade, e Garrett tira o máximo proveito disso, deslizando a língua para dentro. Quando nossas línguas se envolvem, ele deixa escapar um ruído grave e rouco no fungo da garganta, e o som erótico vibra através do meu corpo"

Como um NA nós temos algumas cenas de sexo, a coisa realmente pega fogo entre esse dois! A história é narrada intercalando o ponto de vista dos dois protagonistas (o que eu sempre adoro) nos mostrando como cada um vai evoluindo separadamente. Com os livros do gênero inevitavelmente nós temos vários clichês, e O Acordo não é diferente.
O que o diferencia é a escrita maravilhosa da autora que nos deixa completamente apaixonada por Garrett e Hannah, Elle Kennedy nos envolve de um jeito que depois de ler a primeira frase, você só solta livro depois da ultima frase, e com um sorriso no rosto.

“A vida vai bem.
A vida vai maravilhosa, surpreendente e assustadoramente bem
(…)
Mas, sabe, o problema da vida é o seguinte: quando ela vai bem assim, inevitavelmente, algo dá errado."


19 comentários:

  1. Own. Eu adorei mt mt esse livro ❤❤
    Algumas pessoas reclamaram da capa mas eu sinceramente gostei.
    Por um mundo melhor com mais livros assim. Realmente nao tem nada de novo mas a escrita mantém as coisas interessantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei a capa também!
      Super combina com a história... não precisa ter um tanquinho na capa para ser boa!

      Excluir
  2. Oie, gostei da trama do livro, gosto muito de New Adult e esse em questão parece que os personagens não são tão destruídos como outros livros ♥
    E a capa dele é linda.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helana!
      Ele tem os seus problemas, mas não são cheios de mimimi sobre isso, lidam com o quer que apareça.
      Bjos

      Excluir
  3. Ai acredita que eu não sabia desse livro??? Fiquei sabendo ontem dele mexendo no Skoob, e eu fiquei louca para ler, e lendo sua resenha agora o desespero só aumentou mais, amo histórias intercaladas de pontos de vista, mal vejo a hora de poder ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Que bom que a autora conseguiu segurar na escrita uma trama que é super manjada e fico muito feliz por você ter sido conquistada, mas romances não são minha praia e com essa trama acho que não vai dar muito certo comigo.
    Eu gosto dos clichês, mas tem uns que são meio exausto, sou do tempo em que todo filme adolescente tinha essa trama T.T
    Beijocas

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá

    Eu vi uma resenha esses dias desse livro. Pela capa não chamaria minha atenção rs.
    Não curto muito o gênero mas gostei da forma como o romance do casal se desenvolve e esse laço de amizade, chamou minha atenção. Se tiver a oportunidade, vou ler.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu não estava muito interessada nesse livro mas sabendo melhor sobre a história, até que fiquei curiosa. Eu gosto bastante do gênero e espero gostar do livro se eu for ler.

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Mais uma maravilhosa resenha que li desse livro e já quero! No momento, estou lendo mais suspenses, mas quero muito ler esse, de tão bem falado que está. Sem falar no trabalho da Paralela, uma capa muito bonita!

    ResponderExcluir
  8. Oi , acho que me apaixonei pela resenha rs super fofa e já foi direto pros meus desejados .

    ResponderExcluir
  9. Oi , acho que me apaixonei pela resenha rs super fofa e já foi direto pros meus desejados .

    ResponderExcluir
  10. Ooi! Li uma resenha desse livro, e a menina amou :D Não sei se a leitura iria fluir, mas quem sabe um dia eu leia?! Ótima resenha <3
    Beeijos

    ResponderExcluir
  11. Oiii!!

    Amo livros que mostram os dois lados! Acho que é uma maneira muito boa de nos deixar a par do que acontece. Esse livro surgiu na minha timeline e todos elogiaram bem a obra.
    Não sei se vou ler no momento, mas dica anotada

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Oiii Lala, tudo bem?
    Realmente não sei se leria essa obra, romances ultimamente estão me deixando enjoada e cansada de ler assim, mas quem sabe eu tente por ser algo diferente que não estou mais acostumada a ler.
    Beijnhos

    ResponderExcluir
  13. Ola Lala lindona amo romances construídos aos poucos com uma base, cria-se uma ligação com o leitor pois ele acompanha desde o começo da amizade até a mudança de sentimentos, a capa do livro está linda e mesmo sendo de certa maneira um clichê com certeza vou ler pela forma como a autora construiu o romance. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Oi!!
    É segunda resenha que leio sobre esse livro e o legal que essa também é positiva, isso me deixa curiosa com relação ao livro.
    Gosto de romances assim, que as coisas vão acontecendo com o tempo. Legal essa pegada das gírias, eu não me incomodo nem um pouco, as vezes elas deixam a leitura mais descontraída.
    Estou começando a me interessar por esse romance.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  15. Olá Lala!!!
    Posso dizer que curto os livros NA e esse é um dos livros que estou louca pra ler e ter na minha estante :3
    Apesar dos clichês já conhecidos do NA, eu não me canso deles mas esse livro é tão lindo que não há como resisti.
    Amei sua resenha e amei os quotes que você tirou do livro :)

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá, tenho lido diversas resenhas sobre esse livro, a grande maioria muito positivos.
    Gosto do gênero, mesmo eles apresentando muitos clichês, acho que lerei também!

    Abraços

    ResponderExcluir
  17. Apesar de eu curtir muito o gênero NA, não é qualquer livro que me agrade. Achei legal a premissa desse livro, mas não me chamou tanta atenção para querer ler a história agora. Quem sabe mais para frente.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura || Participe do top comentarista de maio

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...