23 maio 2016

[resenha] Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar - Sarah MacLean

Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar
Série Os Números do Amor #1
Sarah MacLean


A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.
E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para
cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.
Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.
Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

A lady Calpúrnia Hartwell não se adequa aos moldes sociais, quando se trata de casamento. Inspirada pelo matrimônio de seus pais, motivado pelo amor, tem em mente que nunca poderá ficar satisfeita com um casamento arranjado. Por isso, aos 28 anos, é uma solteirona convicta. Se bem que, em seu coração, um certo marquês que lhe deu palavras de ânimo há dez anos, quando debutou na sociedade, ocupa um espaço especial, inspirando seus sonhos amorosos.

Ele é Gabriel St. John, marquês de Ralston, um notório libertino que tem seus feitos amorosos, às vezes de forma exagerada, espalhados pelos salões de baile, fazendo-os de conhecimento de toda a sociedade londrina. Um jovem tê-lo ao lado é sinônimo de reputação arruinada. E ele prefere assim. Avesso ao amor e ao casamento, isso mantém as moças com ideais românticos longe de si. Mas a soma de uma parente inesperada e uma mulher cheia de personalidade, vai ter como resultado um marquês mudando de ideia.

Cansada de ser a solteirona sem graça, Callie, como nossa querida Calpúrnia é chamada, decide se aventurar em coisas simples, mas proibidas para o universo feminino; ela quer ousar, descobrir-se e deixar de lado aquela jovem que todos apontam com pena por não ser o estereótipo de beleza feminina. Ela sente que se perdeu em algum momento, ao acatar todas as regras sociais que a inibiram, por isso precisa que sua verdadeira essência seja aflorada. Para tanto, faz uma lista de nove itens que deseja realizar:

1 - Beijar alguém… apaixonadamente

2 - Fumar charuto e beber uísque

3 - Montar com as pernas abertas

4 - Esgrimir

5 - Assistir a um duelo

6 - Disparar uma pistola

7 - Jogar (em um clube para cavalheiros)

8 - Dançar todas as danças de um baile

9 - Ser considerada linda. Pelo menos uma vez.

Para realizar o primeiro item da sua lista, ninguém melhor que o homem por quem suspira em seus sonhos românticos. Ela surpreende Gabriel ao aparecer inesperadamente em sua casa, no meio da noite, exigindo ser beijada. Ele, por sua vez, vê no inesperado a solução para seu mais recente problema: a descoberta de uma irmã ilegítima, vinda da Itália, que Gabriel pretende apresentar à sociedade. E quem melhor que uma dama como Callie, que sempre seguiu as regras sociais, para ser sua tutora? 

Assim, os dois fazem a barganha perfeita: Gabriel daria seus beijos naquela noite, mas em troca ganharia alguém para orientar sua impetuosa irmã nos traquejos sociais da alta-roda de Londres. Porém, quem iria imaginar que algo tão simples se convertesse em um momento tão intenso entre os dois, intensificando os desejos dela por ele, e despertando nele algo que não contava sentir.

– Beijos não devem deixá-la satisfeita. (...). Eles devem deixá-la querendo mais.
Seus caminhos passam a se cruzar não somente por causa das instruções de Callie à sua irmã. A cada item que Calpúrnia realiza, acaba se encontrando inesperadamente com o Marquês, que será seu futuro companheiro na realização dos seus desejos, deixando sua aventura mais intensa, pois sempre acabam finalizados com mais beijos e carícias potentes, deixando ambos loucos de desejos por mais e desestruturando um homem resistente em acreditar em amor e romance.

A intensidade com que Callie se entrega, no entanto, vai abrindo brechas em seu coração tão frio. E nessas rachaduras vão penetrando sentimentos que até então para ele são desconhecidos, fazendo-o ansiar por coisas que sempre desprezou.

O amor não é unilateral e egoísta. É pleno e generoso, e modifica a vida da melhor maneira possível. O amor não destrói, Gabriel. Ele cria.




Sarah MacLean escreve um romance de época perfeito, ao retratar uma lady romântica, com ideias feministas, de uma forma leve e divertida, tendo como par improvável um marquês que aprendeu, quando criança, que o amor tem lados feios e nefastos para o homem que se entregar a ele.

A história se desenvolve de forma bem dinâmica e fluída, e isso deixa o leitor preso a cada página, acompanhando a jovem Callie que vai desabrochando a cada capítulo, a partir do momento que toma consciência de si, de perceber que o que a sociedade lhe oferece não é o suficiente para fazê-la feliz. E quanto a Gabriel, é maravilhoso ver o seu muro de insensibilidade ir desmoronando tijolo a tijolo, à medida que ele vai reconhecendo os sentimentos que Callie lhe desperta.

Quem ama livros com uma boa dose de sensualidade dosando o romance entre o casal, a escolha é perfeita. Além disso, tem como bônus diálogos engraçados e inteligentes. 

Leitura mais que recomendada! Só me resta esperar com ansiedade o livro de Nicholas, irmão de Gabriel, que também promete ser perfeito!

As capas do livro dois e três já foram divulgadas, e estão perfeitas!!!



Compartilhe!

33 comentários :

  1. Oi, Luci. Eu amei sua resenha! Ela trouxe tudo aquilo que eu desejaria ler sobre o livro. Claro que já o li, sou viciada em romances de época e não poderia ser diferente com esse, não é? Amei Callie e a forma como ela cresceu ao longo da trama, muitas vezes me vi com uma dó dela, mas ela era forte o bastante para mostrar que não era nenhuma coitada. Amei o livro, a escrita da MacLean e aguardo os próximos lançamentos.
    Um beijo!
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miriã! Que bom que compartilhamos a mesma impressão sobre o livro! Realmente, ele é ótimo!

      Excluir
  2. Olá,

    Gostei muito da premissa desse livro e fiquei curiosa para conhecer a protagonista. Não sabia que o livro tinha uma pegada hot e isso é muito bacana. Espero poder ler em breve, pois só vejo críticas positivas a respeito das obras dessa autora.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viviane, não tem somente uma pegada hot, ele também tem algumas doses de humor e, claro, o bom e velho romance!

      Excluir
  3. Oiii Luci, tudo bem?
    Infelizmente essa obra não despertou nenhum interesse em mim, acredito que seja romance de época, mas não consigo me agradar de nenhuma maneira, quem sabe um dia eu leia por curiosidade mesmo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgana! Pena que não despertou seu interesse! Quem sabe um dia você não dê uma oportunidade e acabe amando? Bjos

      Excluir
  4. Não brinca que vai ter mais livros? :o
    Me arrependi de não ter ter solicitado ele, preciso comprar, acho que vou adorar esse livro, ele é algo que gosto de ler em romances.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Helana, tem mais! E estou ansiosa pelos demais livros da série, eles prometem, viu?
      Bjos

      Excluir
  5. Oi Luci!
    Nunca li romance histórico algum e confesso que não tenho qualquer vontade de começar, mesmo com tantas resenhas positivas. Sempre vejo muitas boas resenhas em referência aos livros da Quinn, mas ainda não ganhei coragem pra ir lá e ler. Quem sabe mais a frente. Mas que bom que a leitura foi tão boa para você.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi David! Romances de época são os meus favoritos, e amo quando encontro um tão bom como esse! Espero que um dia você dê uma chance a esse gênero.
      Bjos

      Excluir
  6. Oii que resenha linda!
    Menina eu amo livros de época e pra falar a verdade.. ah me apaixonei!!!
    Quero ler esse livro hahaha
    É a primeira resenha da história que eu leio e já me ganhou totalmente.
    Amei as capas da série!!!

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mayara! Que bom que você gostou da resenha e despertou sua curiosidade pela história! Não vai se arrepender de ler!
      Bjos

      Excluir
  7. Oie!
    Foi o primeiro livro que li da autora, e ainda não conhecia nada da narrativa dela. Adorei a trama, a narrativa, os personagens. Tudo feito na medida certa, onde não consegui mais parar. Gostei muito!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla, os demais livros dela também são ótimos, sou apaixonada pela sua escrita!
      Bjos e obrigada por nos visitar!

      Excluir
  8. Olá flor, esse livro parece ser ótimo. Tenho curtido mais os romances de época e confesso que esse título me deixa intrigada e curiosa para conferir a leitura. Adorei a resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raquel, obrigada por ter vindo em nosso cantinho. E sim, o livro é muito bom, indico muito a leitura dele.
      Bjos

      Excluir
  9. Oi!
    Nunca me aventurei nesse gênero de romance de época, mas pretendo =D
    Eu não curto muito coisas antigas, sei lá, acho que não me daria muito bem vivendo em uma época assim, fico incomodado, mas vira e mexe eu me surpreendo com livros assim! Ótima resenha :)
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vitor, que bom que você está aberto à possibilidade de ler algo do gênero!

      Excluir
  10. Olá, tudo bom?
    Adoro esse livro! É um dos meus favoritos do gênero!! Callie e Gabriel são muito amor e, de fato, a história é envolvente e flui bem. Mal posso esperar pelos demais livros dessa trilogia <3

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Polly, estou super curiosa para ler a história da irmã do Gabriel, espero que a autora tenha caprichado!

      Excluir
  11. Ooi! Sempre achei a capa desse livro incrível :3 eu tenho me deixado ser fisgada pelos romances de época e esse está na minha lista :)
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ruhh, é o tipo de romance que te conquista pela capa e pela história! Combinação perfeita.

      Excluir
  12. Oi,
    Que capa linda! Adoro romances de época, só não sou fã de livros com pegada hot, mas quem sabe né...
    Achei a premissa interessante e os protagonistas parecem ser bons!
    Adorei a resenha!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, se você não gosta de uma pegada hot bem pesada, esse livro cai bem para você, porque as cenas são leves e não tomam conta do livro todo.

      Excluir
  13. Eu amo histórias de época, mas não gosto de romances de época. Maluco, né? Pois é. O problema é que não sou fã de romances, aí não consigo me interessar. Vi esse livro esses dias e achei interessante essa lista, mas foi só, porém não me ative ao fato de que era um trilogia. Aí perdi o interesse por completo. Gostei da sua opinião sobre o livro, mas não é pra mim.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, Nelmaliana!Amo esse tipo de romance. Obrigada por ter lido, xero!

      Excluir
  14. Oii, tudo bem??

    Não sou uma pessoa muito ligada em romances, mas esse me chamou bastante atenção.. provavelmente porque eu sempre fui muito certinha e deveria ter quebrado mais regras.. hahahaa
    Amei a resenha =D

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alexia? Sabe o que chama a atenção? É que os desejos de Callie são tão comuns hoje em dia, e na época eram tão proibidos para as mulheres. Mas é um ótimo romance!

      Excluir
  15. Helloo, Luci! Tudo numa nice?!
    Eu gostei bastante de sua resenha animada e bem estruturada. Mas infelizmente esse não é o tipo de livro que eu curto de verdade ou que conferiria. Gosto de livros históricos, não é de época, sobretudo devido as cenas hots. Para mim, livros de época no geral são clichês e não falo porque nunca li, já conferi alguns livros e percebi que não é o meu tipo de leitura.
    Beijin...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, Alana, sendo bem escritos, curto os dois, históricos e de época! :D
      Bjos

      Excluir
  16. oi

    nossa!!!!

    eu já tinha visto esse livro, mas não tinha lido nenhuma resenha dele...adorei!!!

    poxa, a lista dela é tudo o que hoje em dia seria tão fácil né???? acho isso muito estranho e adoro ler livros com essas diferenças culturais!!!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise, realmente é um grande contraste para os dias atuais.
      Espero que ele entre na sua lista de leituras.
      Bjos

      Excluir
  17. Olá Luci!!!
    Admito que já li inúmeras resenha sobre esse livro, porém nenhuma tinha me convencido a querer lê-lo. Porém a sua mulher me deixou curiosa demais pela história e já estou me vendo pegando o livro e colocando na lista de leitura kkkkk
    Gostei da mocinha querer ultrapassar as barreiras que foram lhe impostas e adorei as 9 coisas que ela tem que fazer rsrsrs
    com certeza, vou ler o livro agora :3

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei