[Resenha] The Kiss of Deception - Mary E. Pearson

The Kiss of Deception
Crônicas de Amor e Ódio # 1



Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? 

Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor.

O romance de Mary E. Pearson evoca culturas do nosso mundo e as transpõe para a história de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio é capaz de mudar a nossa concepção entre o bem e o mal e nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância da autodescoberta, do amor, e como ele pode nos enganar. Às vezes, nossas mais belas lembranças são histórias distorcidas pelo tempo.


Princesa Arabella Celestine Idris Jezelia era a Primeira Filha da Casa de Morrighan. Essa não era uma posição simples, as primeiras filhas eram abençoadas com o dom da premonição e muito sagradas para o reino. Ainda mais a primeira filha de um rei. O dever da Princesa Arabella era enorme e muitas tradições cercavam sua vida.

Dever e tradição, duas palavras que ela odiava. Tinha vários irmãos, mas a sua posição era a de quem mais exigiam. Porque a Primeira Filha era muito importante... Odiava ser chamada de Arabella, gostava mesmo é do jeito que seus irmãos a chamavam: Lia, diminutivo de Jezelia.

Lia queria ser livre, ser feliz, encontrar o amor, gozar o melhor da vida. Porém, por ser a primeira filha do reino de Morrighan, ocupava mais uma posição no exército de seu pai. Um soldado político, mas um soldado. E, assim, não podia fazer as próprias escolhas para sua vida.

Ela teria que se casar com o príncipe do reino de Dalbreck, como uma forma de firmar uma aliança entre os dois reinos, o que era preciso em um momento de dificuldade para os reinos. Lia nunca viu o príncipe na vida, e nada mais a apavorava do que ter que se casar com uma pessoa que não amava, e que nem ao menos sabia como se parecia. Não queria ter a mesma vida de sua mãe, que era infeliz ao lado de seu pai, também casados em um arranjo político.

Lia jamais ia passar por isso. No dia de seu casamento, depois de preparada para a cerimônia, ela fugiu, junto com a sua criada e fiel amiga, Pauline. Queria uma vida longe daquilo tudo, uma vida simples e feliz, onde pudesse ser ela mesma, e não a importante Princesa Arabella, que não tinha liberdade nenhuma.

Elas foram para Terravin, terra onde Pauline vivia e idolatrava. Começaram a trabalhar na taverna de uma grande amiga da mãe de Pauline, e estavam mais felizes que nunca. Até quando essa felicidade ia durar?

Ela sabia que seria ferozmente caçada pelo exército do seu pai, mas estava confiante que seu disfarce de empregada a tivesse transformado completamente. Lia não sabia que nem isso seria suficiente para afastar as duas pessoas que estavam vindo atrás dela.

Um deles era o Príncipe de Dalbreck. Após Lia tê-lo abandonado no altar, ele primeiramente ficou furioso. Como ela ousaria abandoná-lo? Já não bastava ter solicitado uma inspeção para conhecê-lo, e agora isso! Mas, depois que a raiva passou, ele ficou curioso. A sua opinião sobre as moças nobres não era das melhores, ainda mais uma Princesa, como Lia. Ele não sabia como ela tinha tido coragem para fugir tão descaradamente no dia de seu casamento, e desejou ter feito ele mesmo essa proeza. Quais seriam os motivos que a levaram a isso? Precisava muito conhecê-la para entender.

E o outro era um assassino. Enviado pelo reino de Venda, terra dos tão falados bárbaros, que viviam em guerra com Morrighan (e com Dalbreck também), ele não iria embora enquanto não cumprisse a sua missão: matar Lia. Uma Primeira Filha fugida era muito perigosa, e se caísse nas mãos de outro reino e fosse utilizada em proveito próprio, poderia ser muito ruim para Venda. Eles a preferiam morta.
"Nem sempre o inimigo vem marchando em grandes exércitos, menino, disse-me com desdém. Às vezes, o inimigo é apenas uma pessoa capaz de derrubar um reino."
Chegam a Terravin dois rapazes que logo chamam a atenção de Lia. Dizem que seus nomes são Rafe e Kaden. Lia se afeiçoa aos dois e ambos se aproximam dela por motivos diferentes. Quem é o assassino e quem é príncipe? Isto é para você descobrir...

E depois que entender, ficará sem fôlego.

Será que todas as mentiras contadas pelos três lados poderão ser perdoadas? Ou se tornarão cada vez mais uma decepção?

Para saber o destino que aguarda Lia, LEIA!!!
"Eu me perguntava como seria ter alguém que me conhecesse tão bem, alguém que olharia na minha alma, alguém cujo próprio toque eliminaria todos os meu outros pensamentos. Eu tentei imaginar alguém que ansiasse pelas mesmas coisas que eu e que quisesse passar o resto da vida comigo, e não porque estava em conformidade com um contrato sem amor escrito em um papel."
Já comecei a ler esse livro com uma expectativa enorme. Algumas amigas estão loucas por ele, uma leu e amou, e a maioria das opiniões do goodreads são positivas. Como sou uma pessoa ansiosa, esperei a Darkside lançar aqui? Não. Rsrsrs. Comprei o ebook em inglês é claro, do livro 1 e do livro 2, e saí correndo para devorar esse livro.

Eu não tinha lido sinopse, nem resenha nem nada sobre a história, então me joguei sem saber o que esperar. E foi melhor assim. Não sei se leria se soubesse do que se tratava, e ainda bem que eu li.

Todo esse cenário da princesa que não quer se casar a força e foge para encontrar o amor verdadeiro, enquanto o principe vai atras dela e tem alguem tentando matá-la parece um grande big clichê. E é mesmo. Mas é um clichê bem feito e bem construído.

A linguagem não é simples e utiliza muitas palavras arcaicas, mas que combinaram perfeitamente com o cenário medieval. Vou falar um pouquinho do mundo para vocês entenderem. Vejam o mapa:


Existem vários reinos, e cada um deles tem seu rei e seus governantes. Em Venda vivem o que os outros reinos chamam de bábaros, com os quais Morrighan e Dalbreck tem um "acordo" de paz pela demarcação das fronteiras e do deserto que os separam. Esse acordo é frágil e cada vez mais confrontos vêm ocorrendo entre tropas de Morrighan e os bárbaros de Venda, e o mesmo acontece entre Dalbreck e Venda. Por isso, o momento político é tenso, e a Casa de Morrighan, governada pelo pai de Lia (o Rei) precisa formar uma união com o reino de Dalbreck para se unir contra Venda. E essa aliança seria firmada pelo casamento de Lia com o príncipe de Dalbreck.

Lia é o principal personagem do livro, com a maioria dos capítulos narrados por ela. É uma menina de 17 anos que tem uma mentalidade avançada pela sua idade e classe social. Ela pensa bem fora da casinha do que as jovens do seu tipo geralmente pensam. Não tolera as malditas tradições da corte e não suporta nem ouvir a palavra dever. Ela quer mais é ser livre e viver uma vida simples e feliz. Mas está bem ciente do mundo que a cerca, e fica ainda mais quando sai da cidade e da bolha de proteção em torno dela. 

É uma jovem bastante determinada e aprende rápido a se adaptar, mesmo mudando de um cenário luxuoso para um bem mais pobre. Ela também não é burra, sabe aproveitar as oportunidades quando aparece, mas infelizmente ainda é muito ingênua. Se não fossem os seus irmãos a ensinarem sobre luta corporal e outras modalidades de defesa, ela jamais sobreviveria. E um certo dom para invadir lugares sem ser vista, também vem a calhar em alguns momentos.

Alternadamente aos capítulos narrados por Lia, vemos o ponto de vista de Rafe e Kaden, e também do príncipe e do assassino, mas sem saber quem é quem. A narrativa da autora não deixa nenhuma pista, vocês terão que fazer suas apostas, rs. Quando vi o que a Pearson estava fazendo pensei logo, "wow, você está jogando um jogo comigo garota?", e ela estava,  rs. 

Achei super legal esse supense na narrativa, e quando eles finalmente se revelam, a história ganha outro ritmo, mais frenético. Lia se apaixonará perdidamente por um deles, mas qual??? Isso, meus queridos, só lendo para descobrir.

No início dos capítulos há trechos de textos antigos que remetem à história do mundo, de como foi criada a divisão entre os países e de onde vieram as lendas. E há muitas lendas, cânticos, costumes... A autora não aprofunda muito neles, mas eu espero muito que o faça nos próximos livros. Eles são parte da construção da mitologia por trás da história dos Remanescentes e ela fala muito pouco do assunto 😕

Para mim esse foi o ponto fraco do livro. Ficou o tempo todo focado na Lia e nas pessoas ligadas a ela, o que me deixou na maior vontade de saber mais sobre o mundo e o porquê das coisas. Há também a menção do dom das Primeiras Filhas, mas não há muita coisa falada sobre ele... Quero MAIS, por favor? Se tudo não fosse bem construído e os personagens não fossem tão legais, eu não teria gostado do livro, por ter tão pouco da mitologia.

Os outros personagens da história são muito bons e bastante promissores. Pauline, a amiga de Lia e sua ex-criada, se revela uma amiga super fiel. Com um temperamento oposto ao de Lia (que fala tudo que pensa), ela é doce e tímida, mas muito forte para enfrentar todos os desafios. Tem também a dona da taverna, Berdi, e a outra funcionária de lá, Gwyneth. Os rapazes são apaixonantes, cada um à sua maneira. É muito bom ver os pontos de vista deles sobre as coisas, e seus modos de pensar, completamente diferentes da Lia. Que as apostas comecem para saber quem fica com ela. Já adianto logo que NÃO tem triangulo amoroso, senão nem estaria falando bem. Não considero o que houve nesse livro um triângulo amoroso.
"Os templos, as maravilhosas pontes, a grandeza... Isso pode não durar, mas algumas coisas realmente duram. Noites como essa. Elas seguem em frente indefinidamente, durando mais do que a lua, porque são feitas de alguma outra matéria, algo tão quieto quanto as batidas de um coração e tão impetuoso quanto o vento. Para mim, aquela noite duraria para sempre."
Já que eu falei sobre o mundo, deixa eu dar a minha opinião sobre o título. Não entendi o motivo de ter deixado "The Kiss of Deception" em inglês, eu traduzira para o português e faria um link com as palavras da história, como o texto em inglês fez. E o título da série... Eu deixaria Crônicas dos Remanecentes. Eu sei, é um nome estranho, que não vende e talz, mas po, tem todo um significado na história e eu acho que se encaixa mais. Tudo bem que Crônicas de Amor e Ódio também tem tudo a ver, mas.... Minha opinião, rs.

Não poderia deixar de falar sobre o final. Acho que a querida Sra. Pearson tem o DOM para fazer finais arrebatadores e angustiantes. Ainda bem que já tinha comprado o ebook do livro 2 também e não sofri muito. Quem estiver sofrendo com o final e quiser spoiler do livro 2 (acreditem, tem gente que gosta de spoiler, rs), podem me perguntar pelo privado do face ou do insta ou do twitter, eu conto detalhes do 2 para vocês (eu já li :p). 

Ah, a capa! Simplesmente maravilhoooooosaaa!!! Feita sob medida para o livro, ela representa uma cena de Lia, com todos os detalhes ❤️ Como não amar?!?!?
Já vou terminar essa resenha, prometo, rs. Quem me conhece sabe o quanto gosto de escrever sobre um bom livro, não sou daquelas que apenas dá uma breve opinião, gosto mesmo é de mostrar como o mundo é, como os personagens são, e todo o panorama, para convencer cada um de vocês a ler o livro, rs. Prometo que nada disso é spoiler, são apenas informações adicionais sobre a história, para quem quer saber mais sobre o livro. Acredito que, se você está lendo essa resenha é porque quer saber mais, rs.

The Kiss of Deception é um livro de fantasia medieval young adult com muita aventura, um toque de suspense e personagens apaixonantes. Indico para todos, podem ler que com certeza também se apaixonarão por essa história!




A série Crônicas de Amor e Ódio é uma trilogia, e o livro 2 já foi lançado nos EUA com o título The Heart Of Betrayal. O livro 3 será lançado em agosto deste ano e o título é The Beauty of Darkness. Vejam as capas americanas:






32 comentários:

  1. Que resenha diva Lu!!!! *-*
    Breve eu venho correndo, gritando e arrancando os cabelos para você me dar spoilers do segundo viu? <333
    Me aguarde ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou só aguardando o momento que vc terminar de ler amiga hahahaha já tô até preparada! <3

      Excluir
  2. Eu só sou muito suspeita para falar desse livro, de quem resenhou e da resenha né Lulu? <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amiga <3 QUEM me indicou tanto esse livro me conhece pouco né? <3 <3 <3

      Excluir
  3. Calma, moça, é só o primeiro de uma trilogia. Ainda tem muita coisa pra desenrolar :)))

    ResponderExcluir
  4. Já ouvi falar muito sobre esse livro. Inclusive, uma amiga indicou ele para mim essa semana e fiquei bem curiosa. Legal saber que é uma trilogia, não sabia dessa informação. Com certeza já entrou na minba listinha de desejados. A editora quer nos matar do coração com seus livros arrasadores heim?!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  5. Amei sua resenha e sua empolgação pra falar do livro \0/\0/ Nunca li nada da Dark Side, essa vai ser minha primeira leitura e vou confessar que comprei pela capa. Coisa mais linda, o trabalho de diagramação é perfeito, é um livro lindo, capa, miolo e fitinha dourada ♥♥♥ Assim que terminar a leitura vou te chamar no privado, pq sei que não vou me aguentar.

    ResponderExcluir
  6. Vi muitos comentários sobre o livro e depois dessa resenha estou mais animada ainda!
    Amei o contexto da história e acho que o livro é a minha cara.
    A capa é linda e a história também aparebta ser, estou extremamente animada para essa leitura, amei a resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Achei curioso não traduzir o título do livro, uma vez que é um título que funcionaria bem no português. Acho que este é aquele tio de livro que todos vão falar bem e será impossível não ficar curiosa em função dos elogios. Sua resenha está mega completa e adorei as perguntas que você deixou de gancho. Já quero ler!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que resenha maravilhosa!
    Assim como você, estou contando os segundos para ler esse livro. Estou curiosa para ver como vai funcionar esse reino medieval e fantasia!
    Identifiquei na sua resenha vários elementos incríveis que só confirmaram o quanto vale a pena ler esse livro
    Parabéns pela resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  9. Eu estou morrendo de medo de ler esse livro! Estou criando uma expectativa muito grande, e sinto que isso pode acabar influenciando na minha experiência de leitura. 😖
    Ótima resenha, bem explicativa!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  10. Oi Luiza!
    Eu estou doido pra ler esse livro *-*
    Desde que a editora anunciou o lançamento que eu estou curioso para conhecer. Adoro fantasia e essa parece muito diferente, com uma pegada enigmática que me deixa muito curioso D:

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Luiza! Tudo bem?
    Acho essa capa maravilhosa! Por amar fantasia, fiquei já um pouco curiosa para ler este livro, apenas não fui atrás ainda porque fico imaginando que talvez se a historia envolver muito romance não irá me agradar. Mas por saber que é um título da DarkSide e saber que esta editora não costuma trazer livros ruins, ainda fico interessada. Sua resenha também me deixou feliz ao dizer que não se trata de um triângulo amoroso. Beijos! ^-^

    ResponderExcluir
  12. Eu estou mega interessada nesse livro. A trama parece ser super instigante e a sua resenha me deixou super curiosa, achei os trechos que você colocou muito bons. Deve ser uma leitura que nos prende de cara, pelo menos eu acho que será assim comigo porque da pelas coisas que você falou o enredo é bem do jeitinho que eu costumo gostar mesmo.

    ResponderExcluir
  13. Olá Luiza,
    Esse livro, infelizmente, não me atrai muito, aliás, ouso dizer que não atrai muito.
    A trama parece ser clichê mas muito bem construída - que é bom.
    Também não entendo o motivo de terem deixado o título em inglês, vivo confundindo achando que é um livro em inglês.
    A sua resenha está incrível, parabéns, mas não é um livro que me atraia.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Lu!!
    Adorei a resenha, realmente quando li a sinopse eu fiquei tipo "muito clichê" porem comecei a reconsiderar, parece um livro muito emocionante, cheio de intrigas politicas e amorosas, estou louca para saber quem ela vai escolher, o príncipe ou o assassino, o civilizado ou o bárbaro, quase dei um passo para trás na parte em que você disse que ele não foca muito nas outras partes proveitosas do livro porem tenho certeza que nas próximas edições isso vai ser concertado...
    Estou excitada para ler, a resenha esta ótima e me convenceu que esse não é um clichê normal... parabéns...

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha !!
    Queria tanto em português... sabe se sairá por alguma editora aqui ??

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    COnfesso que desde que vi a capa desse lançamento, fiquei bem curiosa com a trama. Mas como ainda não sobrou dinheiro para comprar, acabei deixando para depois. Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre o livro, e estou vendo que não vou me decepcionar com a leitura. Muito interessante.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  17. Oi Luiza,
    estou desejando loucamente esse livro, também estou cheia de expectativas e pela sua resenha não vou me decepcionar, gostei bastante dos elementos que você descreveu. Infelizmente aqui na minha cidade não encontro os livros dessa editora para comprar e como moro no interior não compensa muito comprar pela internet, porque acabo pagando o dobro do valor do livro, devido aos fretes abusivos para minha região, o jeito vai ser esperar uma dessas promoções que aliviam pelo menos o valor do frete, pra que eu possa ter meu exemplar em mãos.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  18. Estou simplesmente maluca por esse livro!! Quero taaanto lê-lo! Porém, não estou com $$ condições no momento para adquirir. Só me resta ficar babando aqui lendo sua resenha, que ficou maravilhosa!! A mais completa que li sobre o livro até agora. E essa capa está mesmo magnífica!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi, Luiza
    Eu tenho vontade de ler esse livro, mas só futuramente.
    Adorei a resenha e saber que o livro vale a pena. Você realmente não conseguiu esperar, a ponto de comprar em inglês mesmo..rs
    Eu adoro finais assim, que nos surpreendem. Gostei muito de ver sua opinião.

    ResponderExcluir
  20. Ah, que mapa mais lindo!! Sou louca por mapas! *-* Adoro cenário medieval e nem ligo para a linguagem não ser simples, acho que isso vai me ajudar a entrar no clima do livro. Acho que vou sentir falta de saber mais sobre o mundo e o porquê das coisas também, tomara que isso seja melhor trabalhado no segundo volume. A capa é mesmo maravilhosa, e só me dá ainda mais vontade de conhecer essa história.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  21. Oie Luiza!!!!
    Nossa que enredo de perder o fôlego!!!!
    Concordo com você que a história da princesa que foge do compromisso está batida e realmente não me interessaria, mas ao ler sua resenha você me chamou a atenção por falar que a narração intercala pontos de vista e eu amo essa oportunidade de saber mais sobre as personagens do livro e pelo mistério de não sabermos quem é o assassino e quem é o príncipe, isso foi o que me fez atualizar o meu skoob incluindo esta obra! Também sou como você e quando noto que uma obra vai demorar a sair acabo partindo pra leitura do e-book em inglês!
    No mais amei o fato de você ter colocado o mapa dos reinos e trechos do livro em sua resenha que mesmo sendo extensa foi lida bem rapidinho e amada por mim!

    Bjinhos ;)

    Elaine M. Escovedo

    http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oie, esse livro de fantasia medieval super me interessou e mesmo a história parecendo um clichê eu não senti que será como a maioria. Já fiquei curiosa para saber quem é assassino e quem é príncipe, e acho que assim como você, ao me deparar com um mundo totalmente novo eu iria gostar de saber muito mais sobre as lendas e fatos do mundo da história. Bom, fiquei até curiosa com spoilers sobre o livro 2 mas como eu não gosto de recebê-los não vou te pedir, mas espero ler logo o 1 e que o 2 não demore para ser lançado.

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não costumo ler livros de fantasia medieval, mas fiquei bem curiosa lendo sua resenha. Realmente é bem clichê isso da princesa fugir e irem atrás dela, mas é bom saber que foi bem construído tudo e fiquei aqui curiosa para saber como é acompanhar os dois homens e não saber quem é quem, deve ser um suspense bom mesmo. Enfim, é um livro que não chamava muito a minha atenção, mas agora fiquei bem curiosa com tudo.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Uaaau, é uma resenha e tanto, hein. Muito bem escrita e estruturada. Gostei bastante, me deixou muito a par da história sem ter a sensação de ter recebido spoilers.
    Antes de mais nada tenho que falar que essa capa é um escândalo de tão linda. E achei inusitado o fato de não terem traduzido o título. Enfim, mas uma vez a Darkside arrasou no trabalho.

    Achei a premissa do livro super interessante. Eu, com certeza, terei que lê-lo o mais rápido possível, meu Deus! Obrigada pela dica e parabéns mesmo.

    Abraço
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  25. Uau depois de tantos elogios é difícil deixar o livro passar despercebido, né? fiquei hiper curiosa com ele e com certeza já entrou na minha lista. Apesar de eu nunca ter lido nada do tipo, tenho a impressão de que vou gostar desse livro. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  26. Desde que a Dark anunciou esse lançamento eu fiquei super anciosa pra ler também, mas morrendo de medo, pois o último livro que todos indicaram da editora foi bem uma decepção pra mim em 80% da história.
    Mas enfim, adorei a história pela sua resenha, tem tudo que eu gosto em uma fantasia, e ainda por cima saber que é meio clichê me deixa mais tranquila, pois não é daquelas histórias loucas onde vc tem que encontrar o sentido de tudo sozinho rsrsrs
    Com certeza depois da sua resenha eu quero muito ler

    ResponderExcluir
  27. Olá!!

    Estava em dúvida se queria o livro, e agora sei que quero!
    Não tinha certeza se essa coisa ia funcionar, esse "triangulo" medieval rs. Mas agora sabendo que o triangulo de fato não existe, e que haverá essa conquista e essa paixão sem saber quem é o bom e o mal me cativou! Fiquei bem ansiosa! Vou comprar o livro!!
    Ótima resenha gigante kkkk Bem detalhadinha!
    Ah e sobre o titulo, eu teria traduzido tb, não acho que em inglês venda mais que em português... Quem está por fora e vê na livraria talvez nem se interesse achando que é inglês...

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  28. Oi *---*

    Nossa eu estou maluca para ler esse livro e assim como você é pelo livro estar sendo tão bem falado. Adoro quando eu simplesmente me jogo no livro sem saber nada, parece que tudo é novidade. Umas das coisas que eu estava com receio era isso do livro ser meio cliche, eu não ligo mas você ter dito que realmente é mas é bem construído me deixa mais tranquila. Espero muito em breve poder ler.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Fiquei apaixonada por essa capa, mas como os livros da darkside não são exatamente meu estilo, nem pensei em colocar esse na lista. Pelo menos não até ler sua resenha... embora não seja muito fã de histórias medievais, adoro um bom clichê - e pelo que você conta ele está muito bem colocado, então não tem como não querer conhecer a autora e o livro. Espero gostar tanto quanto você :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...