04 maio 2016

[Resenha] Infinito + Um - Amy Harmon

Infinito + Um
Amy Harmon


Quando duas pessoas se tornam aliadas improváveis e foras da lei quase sem querer, como podem vencer todos os desafios?
Bonnie Rae Shelby é uma estrela da música. Ela é rica, linda e incrivelmente famosa. E quer morrer. Finn Clyde é um zé-ninguém. Ele é sensível, brilhante e absurdamente cínico. E tudo o que ele quer é uma chance na vida. Estranhas circunstâncias juntam o garoto que quer esquecer o passado e a garota que não consegue enfrentar o futuro. Tendo o mundo contra eles, esses dois jovens, tão diferentes um do outro, embarcam numa viagem alucinante que não só vai mudar a vida de ambos, como pode até lhes custar a vida.
Infinito + um é uma história sobre fama e fortuna, sobre privilégios e injustiças, sobre encontrar um amigo por trás da máscara de um estranho — e sobre descobrir o amor nos lugares mais inusitados.

Amy Harmon já é uma autora queridinha por aqui depois da publicação de seu primeiro livro e este aqui só veio consolidar nosso afeto por ela. ‘Infinito + um’ é um livro muito fofo e interessante que com toda certeza vai agradar muitos leitores do gênero.

“Não quis morrer de repente. Isso não é algo que acontece de repente. Começa como um pensamento que cintila nos recessos mais sombrios do nosso cérebro por um instante, como uma vela de aniversário pouco antes de ser apagada. Só que a morte é uma vela traiçoeira”.

Bonnie é a típica menina que aparenta ter tudo que o dinheiro possa comprar, mas nem por isso é feliz. Desde que perdeu sua irmã gêmea no ano anterior, ela sente que está sempre em busca de uma parte dela mesma que está faltando. Tentando se encaixar com as pessoas da maneira que ela e sua gêmea se encaixava, mas não está conseguindo. É ela quem narra a maioria do livro apesar de ter alguns capítulos alternados.

Finn, por outro lado, está tentando se reerguer depois de cumprir 5 anos de cadeia depois de ter ajudado o irmão a fugir de um assalto a mão armada, mas nada está dando certo já que ninguém quer dar uma nova chance pro rapaz. 

É então que de repente a vida dos dois se cruzam e Finn acaba salvando Bonnie de cometer um ato de desespero. No começo, a vibe entre eles não parece ser das boas, mas depois que resolvem que juntos podem cruzar o país rumo ao mesmo destino, as coisas começam a esquentar.

“Mas esta é a verdade: comida quente em estômago vazio, água fresca em garganta seca, o primeiro vislumbre de casa ao virar da curva, ou a primeira garfada de algo que a gente achava que nunca teria coragem de experimentar, apenas para perceber que era a melhor coisa que já tinha provado. O beijo de Finn era tudo isso”.

Nunca fui muito fã de livros de viagem. Parece que todo mundo se apaixona forte demais num espaço curto de tempo. Ou então eu penso que a mocinha é muito louca pra entrar no carro de um completo estranho e nunca consigo superar esses fatos pra aproveitar a obra, rs. Mas este livro me conquistou. A emoção que a autora transmite da dor deles para nós é especial, algo que nos compadece e realmente nos colocamos no lugar deles. A escrita da Harmon é doce e ela nos apresenta duas pessoas que estão sofrendo muito, tentando se recuperar de perdas importantes, tentando encontrar um novo rumo para suas vidas.

Apesar de tudo isso, é um livro bastante previsível e incompleto em várias coisas. Me pareceu um fim apressado, sem fechar todas as pontas e eu com certeza descontei algumas estrelinhas por isso. Recomendo que leiam com a mente aberta para curtir um livrinho com vibe de sessão da tarde. A boa notícia é que é um livro único! Só por esse motivo já me conquistou, rs. Quem já leu me diz ai o que achou, ou então se vocês se interessaram a ponto de adicionar na lista de leitura.

“Você não me disse? Você e eu? Somos duas metades de um todo. Nós somos um”.

Compartilhe!

27 comentários :

  1. Ahhh eu queria ler!
    Não sei se quero mais... hahahaha
    Adoro a Amy, maaaas não sei se pretendo ler esse. Tantos outros na frente...
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem nessa vibe mesmo Laura kkkkkkkkkk

      Excluir
  2. Oi, como vai? Eu já ouvi muito falar de Infinito + Um, mas ainda não cheguei a ler. Ele parece muito com O segredo de Ella & Micha, vendo que os dois são new-adults com o mesmo enredo e contexto. Gosto de imaginar que apesar de ser rica, a personagem principal não é feliz e isso prova que dinheiro não é tudo.
    A resenha está muito graciosa! Beijos
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miriã. Os dois livros não tem naaaaaaaaaadaa ver.
      Ella & Micha é total diferente.
      Mas realmente dinheiro nao é tudo, rs.

      Excluir
  3. Ouvi falar demais desse livro e acredito que ele seja muito bom. Gosto de New Adult porque sempre trazem algo bem defastado dos protagonistas.
    Espero ter a opirtunidade de ler ainda.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helana! se vc gosta do estilo, vai curtir este tb ;)
      Venha me contar depois

      Excluir
  4. Oiee

    A capa chamou minha atenção. Mas depois com a resenha, não sei se leria, não chamou minha atenção. Quem sabe mais pra frente.
    Sua resenha ficou ótima, bem sincera.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que curtiu a resenha, gosto de ser bem imparcial, apontar qualidades e defeitos. Mas vale lembrar que as vezes o que funciona pra mim não funciona pra vc e vice-versa ;) tente sim a leitura.
      Beijoca

      Excluir
  5. Oi! Como vai?
    Esse livro me faz lembrar um pouco Entre Agora e o Nunca,que eu amo <3 Gostei do fato que ele é único, vou dá uma chance a ele.
    Beijos!

    http://nomundodaka.blogspot.com.br/
    @nomundodaka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li esse acredita? Tá na lista mas sempre surge algo e vou passando ele pra tras! kkkkkkkkkkkkkk
      Vou ler!

      Excluir
  6. Estou louca por esse livro, gosto muito desse gênero e sempre escuto ótimos comentários sobre ele. Mesmo com esses pequenos pontos não tão positivos que você mencionou eu estou louca para conhecer essa história

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Bia.
      afinal nada é perfeito né?
      vale a pena ler sim ;)

      Excluir
  7. Nathy lindona que pena que o fim deixou pontas soltas, confesso que livros assim não me agrada, eu ao contrário de você gosto de livros de viagens, ali dentro do carro muitas emoções e sentimentos guardados fluem. Adoro essa capa e percebo uma instabilidade e insatisfação enorme da protagonista, mesmo com esse final vou dar uma chance a leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. Saudações literárias! Confesso que curti esse livro, porém não é aquele livro que vou querer ler tão já. Mas sua resenha ficou show de bola.

    ResponderExcluir
  9. Oi, até que achei a premissa legal, mas depois de ler a sua resenha, fiquei desanimada e por ser meio apressado o final e cheio de pontas soltas, acho que não leria, já que são coisas que me incomodam e eu levo muito a serio numa leitura.
    bjus

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    O que falar dos livros da Amy Harmon, né?!
    Ela tem talento demais para escrever e ja comprei o livro Infinito + Um, mas ainda nao pude ler, por falta de tempo.
    Adorei saber mais do livro aqui, uma pena q tenha sido corrido o final e algumas partes incompletas.
    Mas ainda sim vou ler, adorooooo.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem?

    Não conhecia o livro, engraçado que essa semana uma amiga me indicou um livro dessa autora, se não me engano Nerd, ou algo parecido. Enfim.
    Ainda estou estudando a possibilidade de ler, não sou grande fã de new adult.

    Vou ver com essa amiga se ela conhece esse livro e indicar a resenha para ela.

    Bjsss
    Bel Góes

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Eu tinha grandes expectativas para ele, mas agora já não tenho mais rs.
    Eu gosto de drama e intensidade! E assim como você, também não consigo aproveitar livros onde tudo acontece em curto espaço de tempo. Eu acredito sim em paixões assim, mas essa coisa de confiar em qualquer um tão de repente me incomoda...

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  13. Olá Naty,
    Sinceramente, não tenho a mínima vontade de ler esse livro.
    Também não gosto muito de viagem. Um ponto que me afastou, ainda mais, da leitura, foi o fato de você ter dito que o livro é incompleto e que o fato de o final ter sido apressado.
    Adorei sua resenha e a sinceridade.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Não curto livros com finais apressados, o que é uma pena, porque eu gostei dessa história. Talvez eu a lesse em uma tarde tediosa, não acho que tenha uma mensagem forte por trás desse casal.

    ResponderExcluir
  15. Olá flor, não conhecia essa obra, e não sei bem se tenho vontade de ler. Gosto de leituras em que a história seja bem desenvolvida justamente para não dar essa aflição no final...

    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Oi

    não é um estilo que eu goste de ler e sua resenha, que está perfeita, me mostrou que é melhor mesmo eu deixar passar!!!!

    poxa...parabéns pela sinceridade, adorei!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  17. Gostei muito da capa, parece que passa bem a ideia da historia do livro, romântico e fofo talvez sem nada muito inovador mais me parece ser legal.
    bjs

    ResponderExcluir
  18. Eu adoro esse sistema de livros... de viagens... se a autora souber como escrever e detalhar os lugares... É incrível. É como uma viagem real!

    ResponderExcluir
  19. Que linda história! Parece que os dois se encontraram em um momento de vida muito difícil para os dois. Já anotei a dica. Adorei!

    Tatiana

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei