Lucinda Riley

A autora irlandesa do gênero romance histórico participa de sua segunda Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Escritora desde seus 24 anos, já teve suas obras traduzidas para 22 línguas e publicadas em 36 países.

DATA NA BIENAL: 

03 setembro 2016, 15:00 - 16:00, Arena Cultural


Lucinda Riley nasceu na Irlanda e, durante a infância, viajou muito, sobretudo para o Extremo Oriente, para visitar o pai. Radicada em Londres, foi atriz de teatro, cinema e televisão. Aos 24 anos, publicou seu primeiro livro, baseado em suas experiências com a dramaturgia. Sua paixão pelo tema a levou a escrever vários romances históricos que alcançaram os primeiros lugares das listas de mais vendidos. Atualmente vive entre a costa britânica e o Sul da França com o marido e os quatro filhos.




Uma inesquecível história de amor, traição, paixão, obsessão e música.

Aos onze anos de idade, Rosanna Menici conhece o cantor Roberto Rossini, uma estrela em ascensão no mundo da ópera italiana - e o homem que mudaria sua vida para sempre. Incentivada - e apaixonada - por ele, Rosanna passa a se dedicar ao estudo do canto lírico, torna-se cantora profissional, e logo os dois se encontram nas salas de concerto mais famosas do mundo, dividindo não só o palco como também o mesmo destino.

Com seu talento incomum para descrever ambientes e evocar sensações e sentimentos universais, Lucinda Riley nos leva a acompanhar a trajetória de Rosanna, desde os bairros pobres de Nápoles até os teatros mais glamourosos do planeta, trazendo à tona, com sua prosa inconfundível, as alegrias, tristezas, frustrações, decepções e redenções do amor.

Lucinda Riley, atualmente está na editora Arqueiro, que está publicando a série As Sete irmãs, inicialmente publicado pela editora Novo Conceito. 
Editora confirmou a re-publicação do livro 01, assim como o livro 03 para a vinda da autora na Bienal. Então teremos 4 livros da Lucinda para autografar! 



"Meus dedos tocaram a selenita em meu colar. Tudo o que podia imaginar era que ele foi mandando comigo, como uma espécie de recordação, talvez por minha mãe, quando Pa Salt me adotou. Ele dissera, quando me deu o presente, que havia uma história interessante pode trás daquela joia... Ele esperava que eu perguntasse. E eu desejava com todo o coração, naquele momento, ter perguntado."

Agora que Maia e suas irmãs perderam o pai, cada uma delas tem em suas mãos a decisão de buscar ou não a verdade sobre sua família biológica. Maia não resiste ao chamado do passado e é atraída até o Rio de Janeiro, onde, auxiliada pelo escritor Floriano, irá mergulhar em uma história quase centenária. 
Nos anos 20, uma paixão devastadora entre uma aristocrata brasileira e um escultor francês é sufocada pelas convenções sociais. Uma pequena placa de pedra-sabão eternizou o amor de Izabela e Laurent, selando o destino de Maia. 

A escritora best-seller Lucinda Riley mergulhou na cultura e na história do nosso país para conhecer de perto os mitos e verdades sobre a construção de um dos mais emblemáticos monumentos à nossa fé: o Cristo Redentor. O resultado dessa experiência é uma trama surpreendente e sensual, recheada de elementos exóticos. A partir do momento em que, junto com Maia, aterrissamos no Rio de Janeiro, não vamos nos separar dela enquanto não decifrarmos os segredos de seu passado.
E esse é apenas o começo da viagem.



Em A irma~ da tempestade, segundo volume da serie As Sete Irmãs, as vidas de duas grandes mulheres separadas por gerações se entrelaçam numa historia sobre amor, ambição, família, perda e o incrível poder de se reinventar quando o destino destrói todas as suas certezas.
Ally D’Aplie`se e´ uma grande velejadora e esta´ se preparando para uma importante regata, mas a noticia da morte do pai faz com que ela abandone seus planos e volte para casa, para se reunir com as cinco irmãs. La´, elas descobrem que Pa Salt – como era carinhosamente chamado pelas filhas adotivas – deixou, para cada uma delas, uma pista sobre suas verdadeiras origens.
Apesar do choque, Ally encontra apoio em um grande amor. Porém mais uma vez seu mundo vira de cabeça para baixo, então ela decide seguir as pistas deixadas por Pa Salt e ir em busca do próprio passado.
Nessa jornada, ela chega a` Noruega, onde descobre que sua história esta´ ligada a` da jovem cantora Anna Landvik, que viveu ha´ mais de cem anos e participou da estreia de uma das obras mais famosas do grande compositor Edvard Grieg. E, a` medida que mergulha na vida de Anna, Ally começa a se perguntar quem realmente era seu pai adotivo.


Além Disso, a autora tem mais 4 livros publicados pela Editora NC. 

Como a autora vem pela editora Arqueiro, não sabemos ainda como será os autógrafos, se poderá outros livros (da NC), ou mesmo a quantidade. Quando soubermos, avisamos aqui.

A Casa das Orquídeas, A Garota do Penhasco, A Luz Através da Janela, A Rosa da Meia-Noite

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...