11 abril 2016

[Resenha] Amor Amargo - Jennifer Brown

Amor Amargo
Jennifer Brown


Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado.
Até Cole aparecer.
Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade…
Em um retrato realista de um relacionamento conturbado, a autora Jennifer Brown – do sucesso A Lista Negra – nos leva até o limite de nossos sentimentos.

Talvez por ter começado a leitura com muita expectativa por causa da autora ser quem é este livro tenha me deixado levemente decepcionada. Mas se tem algo perfeito nele é o nome, realmente, durante a leitura o gosto na nossa boca é bastante amargo. Me encontrei querendo rasgar esse livro a cada virada de página. A história é muito revoltante.

“A culpa é toda minha”.

Alex é uma mocinha encantadora. Adorada pelos amigos, vive em uma família um pouco problemática mas nem tanto, trabalha, estuda, tem uma boa vida e está em seu último ano do colegial, preparando uma super viagem de autoconhecimento com os amigos. É então que conhece Cole, seu novo aluno de monitoria. Inicialmente Cole é o cara mais perfeito que Alex poderia pedir. Bonito, um dos astros esportivos da escola e muito gentil. 

Os dois logo desenvolvem uma amizade ‘especial’ durante as aulas de monitoria que logo se desenvolve para um romance. Enquanto isso, seus melhores amigos Bethany e Zach estão magoados com Alex pelo ‘abandono’, já que agora ela só tem tempo para Cole.

Na boa? Isso foi uma das coisas que mais me irritou no livro.

Alguém precisava ensinar para Alex a ser uma amiga melhor. Arrumou um romance e TOTAL desprezou os amigos da vida inteira (Zach era seu melhor de amigo desde bebê). Às vezes eu lia as passagens e pensava comigo: ‘Bem feito, é bom pra essa trouxa aprender, rs’

“Ficamos assim por um bom tempo. Ele sussurrando coisas. Pedidos de desculpa. Justificativas. Promessas. Eu sem condições de absorver nada. Ora acreditava no que me dizia e ora não. Sentia raiva e pena de mim mesma. As palavras não tinham significado. Não havia passado nem futuro. Era como se só este momento existisse e, se sobrevivesse a ele, tudo ficaria bem”.

Mas não gente, não pensem assim! Ninguém merece nada do que a Alex passa. É difícil para eu entender porque as pessoas que sofrem violência – qualquer tipo de violência, de qualquer pessoa – não procure alguém para conversar sobre isso, colocam a boca no mundo, ou porque não revidam. Dizem que só quem passa por isso entende (que eu nunca passe, rs).

Enfim. O desenrolar da história é tenso. Só para os fortes mesmo. Gostei de ter essa visão ‘por dentro’ de uma cabeça que sofre violência. Foi bom pra mim ter essa outra dimensão, como a pessoa acha que ela é culpada, o sentimento de medo, insegurança e dependência.

“Eu teria de repetir as histórias um milhão de vezes, enquanto todos ficavam bravos e decepcionados comigo. Seria tão humilhante”.

Apesar de gostar muito da escrita da autora e de ter me compadecido da história de Alex, não gostei do final. Foi muito apressado! Me passou a impressão de que a autora não sabia mais o que fazer e decidiu terminar logo a história. Mesmo assim recomendo bastante a leitura. Principalmente se tem alguma leitora aqui que sofre algum tipo de violência, tentem ler esse livro e façam dele seu grito de liberdade. É possível se ver livre disso, nunca se esqueçam disso! Nunca é tarde demais para se livrar de algo que não te faz bem.

Foi uma lição pra mim e tenho certeza que vai ser pra vocês também! Venham ler comigo.


Compartilhe!

40 comentários :

  1. Amor amargo é um livro que estou querendo ler há muito tempo, mas tenho medo de acabar me decepcionando ou chorando muito pelo enredo. Adorei sua resenha!
    http://oreinoencantadodeumaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miriã nao tenha esse medo nao. O livro é bom, pode ler sem crise ;)

      Excluir
  2. Eu já li esse livro e adorei o enredo, especialmente porque é o primeiro contato que tive com a autora, e agora estou ansiosa para ler o outro livro dela. Não me decepcionei com a trama porque não tinha muitas expectativas, mas concordo com você sobre o título: acho que ficou perfeito diante dos acontecimentos.
    Beijos, Fer ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? O titulo ficou perfeito.
      Essa autora é mt boa, pode investir no outro dela ;)

      Excluir
  3. Oi Nathy, eu li este livro no inicio do ano e fiquei bem chocada coma forma como a autora desenvolveu a vitima e o agressor. Concordo com você quanto ao final apressado, mas ainda é uma leitura pertinente para as adolescentes e jovens de hoje não se tornarem mulheres vitimas de abuso emocional no futuro. Como você, me senti na cabeça da Alex e embora eu a tenha julgado em um ou outro momento, entendia o lado dela se manter em silencio.
    Adorei suas considerações!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suuuuper! Todo mundo que sofre disso tinha que ler pra saber q é possivel quebrar o ciclo né? Ela desenvolveu essa relaçao realmente mt bem, realista. Gostei disso bastante..

      Excluir
  4. Já li algumas resenhas desse livro e a curiosidade só vem aumentando. Acho que esse é um tema que precisa muito ser discutido e mostrado, principalmente dessa pespectiva que a autora trouxe. De fora podemos achar uma coisa, mas como será a mente dessas mulheres que sofrem esse tipo de violência.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Thiana. A gente pensa so em mulheres mais velhas ja casadas, é dificil ler uma adolescente ja sofrendo com isso. Precisamos realmente discutir mais o assunto e eu gostei do modo que a autora o feZ.

      Excluir
  5. Olá, esse livro é bem polêmico e acredito que seja um alerta para as mulheres que estejam passando por isso. Eu nunca tive interesse em lê-lo mas há alguns meses eu indiquei para uma amiga (uma adolescente que não vivia sem o namorado), com muita relutância ela comprou o livro há algumas semanas e terminou de ler. O livro foi um divisor na vida dela, não é mais a mesma pessoa. Ainda está namorando o mesmo sujeito mas mudou tanto, ele também aprendeu que ela não é propriedade dele e passou a respeitá-la também. Enfim, não é um livro para mim mas certamente tem seu público alvo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uauuu. Eu fiquei imaginando ele impactando a vida de alguem e agora e sei que realmenre pode acontecer. Obrigada por compartilhar Bia ;)

      Excluir
  6. Oie, que pena que o livro não foi tudo o que você esperava. Estou querendo ler ele há algum tempo já que tenho visto tantas resenhas geralmente positivas. Fico curiosa em saber especificamente que tipo de violência a personagem sofria, e isso de ela abandonar os amigos provavelmente também vai me irritar. Espero gostar do livro, ainda mais com essa temática tão forte. Sobre os fins apressados, parece que ela fez isso em A lista negra também, então deve ser uma característica da autora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. Ela realmente nao é mt boa com finais kkkkkkk. Mas a obra toda compensa muito. Leia e venha me dizer oq achou!

      Excluir
  7. Olá Nathy,
    Ao contrário de você, não achei o final apressado, apesar de achar que poderia ser melhor trabalhado. O que me incomodou ao longo da leitura foi o fato de ela ter abandonado os amigos (o que você citou) e de ser tão imatura a ponto de sempre pensar que a culpa é dela (sei que isso acontece demais com as pessoas que passam por um relacionamento assim, mas me irritou).
    Eu também fui com muita expectativa e, infelizmente, me decepcionei...
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queria bater nela por esse abandono.
      Ah eu achei apressado porq eu queria q ela mostrasse mais a vida dela pós termino sabe? Achei q ela terminou cedo demais. Mas enfim, é um bom livro!

      Excluir
  8. Oi linda, tudo bem?
    Adorei sua resenha! Pois tenho interesse nesse livro e ela foi bem esclarecedora pra mim.
    Li A Lista Negra da mesma autora e foi um livro que amei, então faz um tempinho que quero ler mais algum livro da autora e quando vi esse com essa premissa tão interessante, criei muitas expectativas para essa leitura.
    Foi bom saber que as suas expectativas sob a leitura acabaram te desapontando, pois só assim eu leio sem esperar tanto dele.
    Espero ler em breve e gostar, pois gosto de livros com temas mais sérios e fortes.

    Beijos :*
    http://livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desapontaram em algumas coisas e superaram em outras. A leitura em si compensa muito, pode ler sem medo! Venha me contar depois, bjinho

      Excluir
  9. Oi, vi esse livro em outro blog dias atras e a pessoa tinha gostado muito do livro e tudo nele, já na sua resenha, vejo que você reparou em alguns problemas e não gostou de alguns fatores, e agora fiquei mais curiosa para saber desse livro e formar a minha propria opinião. Acho que esse livro, assim como o outro dela, que já li, passa lições importantes e que devem ser refletidas e discutidas. Adorei a resenha, foi bem esclarecedora.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Taty, obrigada :)
      Depois venha me dizer se concorda comigo kkkkkk. Bjinho

      Excluir
  10. Que capa maravilhosa! Adorei a sua resenha, não conhecia o livro, mas ameei o que você passou para os seus leitores, a historia parece ser contagiante! ja super quero leer. Uma pena que parece ser desapontante, isso que me deixa com certo receio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao fique com receio nao porque compensa muitooooo. Que bom que gostou da resenha, obrigada!

      Excluir
  11. Já ouvi falar na autora mas nunca li nada, ainda não tive a oportunidade. Que pena que a leitura não foi tudo aquilo que você imaginava, com um final apressado e tenha te deixado com raiva. Mas o livro tem uma mensagem importante e que bom que não foi de tudo ruim, já que você recomenda a leitura. Vou tentar ler esse livro, mesmo com certo receio...

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Carol, o livro tem uma mensagem muuuuito importante que todos precisamos saber lidar. Vale a pensa!

      Excluir
  12. É a realidade das mulheres abusadas, tanto física e principalmente psicologicamente.
    Alex é mais uma entre tantas mulheres que mantém uma relação abusiva e justifica sempre as ações do namorado. Imagino que ela tenha uma baixa estima muito grande.
    Gostaria de ler porque livros que são polêmicos, são meus favoritos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo Lara. Se vc gosta de assuntos polemicos, vai adorar esse!

      Excluir
  13. Oie Naty, tudo bem?

    Já li algumas resenhas desse livro e só fiquei com mais vontade ainda de poder lê-lo. Também fiquei meia stressada com a história da mocinha largar seus amigos por causa do amor - apesar de ter certeza que acontece isso-. Quero lê-lo muito e espero que em breve. Adorei a sua sinceridade diante da resenha.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa parte da historia realmente é revoltante. Nao precisa abandonar ninguem pra namorar né? E no final, foram eles que estavam la pra ela...

      Excluir
  14. MDS :O
    Para um leitor querer rasgar capa página de um livro a história tem que ser realmente muito, extremamente revoltante kkkkkkkkkkk
    Acho que o lance de alguém arrumar um namorado(a) e esquecer dos amigos é algo que irrita muita gente, e infelizmente isso acontece muito. Tive uma amiga assim, e eu passei a detestar o namorado dela, embora ele fosse meu amigo também, então foi abandono em dobro kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Acho que autores que resolvem colocar em livros temas como violencia merecem minha admiração, gosto muito desses temas mais fortes. Uma pena que o final foi corrido.

    ResponderExcluir
  15. Já vi muitos elogios a essa autora, principalmente pelos temas abordados em seus livros, essa não é a primeira resenha ~revoltada~ que vejo desse livro e bate aquela curiosidade enorme para saber o porquê, pois pela resenha sinto razões que não chegariam ao nível de destruir o livro.

    Tenho vontade de dar uns tapas em quem esquece de amigo por causa de namorado, pois já dá aquela pinta que o relacionamento não é dos mais saudáveis.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi *--*

    Assim como você me irritei com essa coisa dela larga os amigos por um cara, serio queria dar um chacolhão nela e mostrar quem eram as verdadeiras pessoas na vida dela. Suas opiniões são bem parecidas com a minha e o que mais curto nos livros da autora é essa preocupadção que mostrar para as pessoas que passam por isso como devem agir e o que fazer já que no fim ela deixa varios orientações.
    Adorei a resenha como sempre tu arrasa.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá!! :)

    Ando há séculos para ler esse livro!! :) Ainda bem que ele foi uma lição para ti (bem, com esse tema... Espero que ajude muitas pessoas na pratica, hein?).

    AInda bem que gostaste!! Mas realmente é muito mau quando o livro termina assim, à pressa, parecendo que o autor quer despachar logo isso porque nao sabe o que ha de fazer mais com a historia...

    Bem, mesmo assim, nao consigo deixar de sentir alguma curiosidade! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  18. Olá

    Também já li esse livro e devo confessar que também me irritei. O que mais me deixava doido da vida era ela achar que a culpa é dele. Gostei da estória mas achei um tanto quanto fantasioso o final, entendi o que a autora quis passar mas esperava um pouco mais.

    Everton equipe Rillismo
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    É muito ruim quando vamos com muita sede ao pote, principalmente porque conhecemos outro livro do autor e ele é ótimo.
    Já li livros que tratam de relacionamentos 'complicados' entre jovens, e realmente é algo difícil de lidar, principalmente nessa idade, pois a pessoa em questão tem muita influência sobre a outra, e acaba fazendo com que ela permanece calada sobre as agressões.
    O final rápido me desanima a ler, mas o tema é muito interessante e poderia ter sido melhor abordado pela autora.

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi
    Estou louca para ler Amor Amargo, pois as impressões foram maravilhosas.
    Uma pena que o desfecho foi rápido demais. Acontece com alguns autores acabarem se empolgando e correr um pouqinho.
    Gosto de relacionamentos tensos e leituras intensas assim.
    Adorei a dica. Espero ler em breve.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei