[Resenha] A Rebelde do Deserto - Alwyn Hamilton

A Rebelde do Deserto
A Rebelde do Deserto # 1
Alwyn Hamilton

O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher. Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele. Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por revelar a ela o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.


A Rebelde do Deserto é o primeiro livro da Trilogia Homônima, da autora Alwyn Hamilton. Uma mistura de Velho Oeste com Mil e uma Noites.  

Nesse primeiro livro somos apresentados à história de Amani, uma menina de dezesseis anos, com uma mira perfeita e uma boca esperta, que  está desesperada para fugir de sua cidade,  no deserto, para Izman, onde sua tia (que ela nunca viu) mora.
"São três fouzas para ficar atrás, cinco para ficar na frente. Apostas a partir de dez.
Quanto custa para ficar no meio?
Droga, eu não devia ter dito aquilo. Tia Farrah havia passado o último ano tentando me ensinar na base da paulada a não bancar a esperta..."
Você pode achar estranho o fato de ela querer trocar sua vida por alguém que nem sabe se está morando na cidade ainda, alguém que ela nem conhece e nem sabe como achar. Mas era isso ou se casar com seu tio. E, convenhamos, isso nem era uma questão, afinal.  

Morando com os tios, ela não tem muitas escolhas a não ser obedecê-los, e conforme vai ficando mais velha e incapaz de se comportar, o tio vê em um casamento a solução para a menina, mas quem se casaria com uma menina cuja mãe foi enforcada por matar o marido? Claro, que o tio vê no seu casamento com ela mais do que uma solução para o problema, já que ele a olha com malícia nos olhos. 

Em uma noite, Amani decide que era tudo ou nada, e entra em um concurso de tiro disfarçada como menino. Então, ela vê sua vida mudada, não como esperava, mas conhece alguém inesperado que será seu parceiro pelos caminhos do deserto, e nessa noite também ganha o nome de A Bandida dos Olhos Azuis, e entende que não tem como voltar a trás. 

Em meio às suas aventuras em um mundo governado por um Sultão, mas realmente controlado por um exercito militar de fora, Amani compreende que há mais sobre as histórias contadas sobre um príncipe rebelde que luta para assumir seu lugar conquistado por direito. E que todos os contos sobre Djinnis podem ser mais do que verdadeiros, eles podem explicar o seu lugar em meio a toda areia do Deserto. 


Eu realmente não contei nem 50% do que tem nesse livro, no pequeno resumo acima,  a parte fantástica em si, foi deixada um pouco de lado porque não tem como contar com a riqueza de detalhes que a historia oferece, sem contar um spoiler.

Além desse plot de uma menina com personalidade que decide lutar pelo seu futuro, nós temos inserido um mundo fantástico, onde temos a mitologia árabe adicionada. Temos cavalos que são feitos de areias, mas podem ser domados a partir do ferro (Buraqis). Temos seres mágicos feitos de fogo, e muito mais. Tudo isso interlaçado para constituir um enredo interessante e vivaz. 

Achei um pouco diferente a mistura da autora, colocando uma típica menina do deserto como uma pistoleira do Velho Oeste, porque é isso que ela é. Eu esperava uma mocinha com espada, a la Aladin, mas isso não deixou a mocinha menos verídica dentro do livro.

A historia em si, a ideia do enredo, é algo que me agrada muito, pois além do mundo fantástico,  mostra uma sociedade governada por um Sultão, onde o único destino de quem vai contra esse poder é a morte. Mas isso não é tudo, você consegue acompanhar, a luta de um príncipe por ideais melhores, e nas entrelinhas, a mais sutil manipulação. Como um bom discurso, um porte real, ou mesmo uma arma mortal pode fazer qualquer um mudar seu lado. Porque em uma guerra em meio ao deserto, o que conta é a sobrevivência.

Talvez esse livro não agrade a todos, pois para mim teve um começo mais devagar. Apesar da ação do começo ao fim, as verdadeiras revelações são feitas mais para o final dessa história. Mas no geral, é um trilogia, que vou ter uma opinião formada ao ler os três livros. O jeito que o 1 termina, dá a ideia de um livro 2 muito forte, então tudo depende do que a autora vai nos apresentar.  Só posso dizer que estou ansiosa para chamar essa autora de uma das minha queridinhas. Então, Alwyn vamos caprichar aí !!!!

A autora disse em uma entrevista: "Estou trabalhando na sequência de Rebelde do Deserto no momento. É o segundo livro do que vai acabar por ser uma trilogia. Ele começa cerca de meio ano após o final do livro um e continua com a história de Amani, passando de tendas sob céus do deserto para dentro dos muros do palácio do sultão." 

O lançamento do segundo livro em inglês está previsto para 2017.  No site da autora, tem alguns extras, como a explicação dos Seres Míticos , a origem do mundo e a Historia de Massil.



35 comentários:

  1. Eu já ouvi falar muito sobre esse livro e imagino mesmo que você tenha contado pouca coisa sobre as partes fantásticas, afinal de contas, o que vale mesmo a pena é poder conferir por conta própria durante nossa leitura. Fiquei bem motivada sobre esse livro e entendo o fato dela querer fugir, afinal de contas seu destino não era nem um pouco agradável. Espero conferir a leitura em breve.
    Boas leituras.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Fê,
      e o problema é q eu odeio um spoiler então eu não conto nada quando faço uma resenha. Acho que ainda mais em livros de fantasia, descobrir o mistério faz todo a diferença em uma leitura.
      Espero que goste do livro.

      Excluir
  2. Eu estou encantada pela capa desse livro e os efeitos que a editora colocou nele. A história me surpreendeu e acredito que irei gostar. Essa mistura que a autora fez é bem inovadora.
    Talvez eu espere bastante para ler já que o segundo ainda sai em 2017 e deve demorar mais um pouco para continuar. Não quero ficar na ansiedade, pois quando uma história me cativa não importa quantos livros tenha para ler, ele não sai da minha cabeça.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ameiii essa capa também.. O site da autora é lindo, cheio de coisas sobre o livro. Eu fiquei tensa quando vi que o livro era para 2017 também, eu nunca leio sem a sequência, mas enfim vou ter que esperar.

      Excluir
  3. Respostas
    1. huhuhuhuhuh, fala para a Amandinha ler tb , dai discutimos sobre ele, igual fizemos com corte! huhuhu

      Excluir
    2. To aquiiiii! Vou ler também, adoooro kk' *-*

      Excluir
  4. Oi Lud, acho que eu não iria apreciar este livro, ainda mais com o inicio um pouco devagar. Mas anotei a dica e vou passar para os amigos.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ivi,
      o início não é devagar em questão de ação, tem ação do começo ao fim. O que eu quis dizer que as coisas são reveladas mais para o meio/final do livro, entao eu fiquei meio desesperada. Mas enfim, uma pena que não é seu gênero.

      Excluir
  5. Eu nunca ouvi falar desse livro mas achei o enredo um pouco confuso e ao mesmo tempo atraente. Achei muita coisa misturada mas talvez isso dê certo, preciso ler para saber. Só pela resenha, tenho minhas dúvidas se eu gostaria dessa leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Beatriz, tem que ler para tirar as próprias conclusões.

      Excluir
  6. Oie!
    Eu estou aguardando para ler esse livro! Nossa, que história incrível! Não sabia desse lado místico, e é algo que muito me interessa. Gostei bastante da resenha, pois fiquei ainda mais animada para ler. E essa capa é sensacional!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Carla, eu amei essa capa, ela é a mesma da original!!! Tem tudo a ver com a história. Tomara que goste do livro. Boa leitura.

      Excluir
  7. Olá Lud,
    Conforme fui lendo sua resenha, fui pensando que era uma menina do deserto com um "q" de velho oeste. Sinceramente, não sei como isso funciona, nem se funciona bem, mas essa questão me deixou bem interessada a ler o livro.
    Apesar de ele ser meio lento pra você - e também poderia ser pra mim - pretendo ler o livro sem dúvidas.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Bruna, mesmo lendo resenhas, você tem que ler para tirar as próprias conclusões.

      =)

      Excluir
  8. Não sou muito fã de fantasia, mas de vez em quando aparece alguma que me conquista tanto pela capa quanto pela sinopse. Esse livro é um deles. Louca para ler.
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem algumas historias que são bem diferentes então vale a pena ler algo que não faz muito o seu gênero! Fico contente que esse te chamou atenção

      Excluir
  9. Nossa, que capa linda!!!

    Não conhecia o livro ainda, mas a história parece ser fantástica... Imagina que loucura ela ter que casar com o próprio tio! Esse universo de sultões, deserto e guerras me agradam bastante. Dica anotada com sucesso! Beijinhos'

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Daiane, esse livro foi lançado dia 22 , agora que ele vai aparecer mais nas divulgações!!!

      Excluir
  10. Oie, puxa vida nunca tinha ouvido falar desse livro, mas ele me pareceu completamente maravilhoso e apaixonante. Já começa a atrair pela capa que esta linda e pelo enredo muito bacana. Gostei de saber que é uma mistura de velho oeste com mil e uma noites, achei que ficou uma mistura bem interessante pela sua resenha.
    E puxa, como assim a mãe da menina matou o marido enforcado? Fiquei curiosa para saber o que alevou a cometer isso!
    Já entrou para a minha lista.
    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila,
      é muita informação mesmo, tem várias coisas nesse livro, por ser a abertura da historia. Eu gostei muito!!! Espero que goste.

      Excluir
  11. Oii!!

    Caraca já leeeu? Eu estou acompanhando a capa pela Editora e estou apaixonada!! Achei o enredo está muuuito bom e parece ser bem trabalhado, depois da sua resenha eu pude ter certeza de que preciso ler.
    Será que vai demorar o lançamento do segundo?

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OIe Ana,

      eu recebi a prova no evento que fui deles, então eu já tinha o livro, huhuhu!
      Mas o segundo não foi lançado nem em inglês ainda, então vai demorar um pouco!
      =)

      Excluir
  12. Olá, sabe que eu não costumo me interessar por livros fantásticos, mas pela sua resenha esse parece ser diferente e me cativou bastante, fiquei bem curiosa e espero ler ele sim muito em breve. Parabéns pela resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem alguns livros fantásticos que eu também não curto muito, acho que tem que ser bem escrito e diferente. E esse foi diferente de tudo que já li.

      Excluir
  13. Eu amei esse livro, série... tudo, a capa, o plot... Porém nem tudo é perfeito, deus por que ter que ser o primeiro de uma série? Sem contar que o segundo está previsto só pro ano que vem. Fiquei maluca pela leitura, mas terei que esperar o lançamento da série completa, não consigo ler um livro sem ter todos :/.

    :D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale, eu li o livro e fui procurar o segundo em inglês mesmo, e cadê?
      Me bateu até um desespero, mas agora esperar a autora, q ela não atrase!

      =)

      Excluir
  14. Oii,

    Estou bem curiosa para ler esse livro, e ao ler a sua resenha essa curiosidade aumentou viu...hahaha. E essa capa linda?? Ainda bem que a editora manteve a capa original.

    beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Meu Deus quero muito ler este livro! Só de ler a premissa dele eu fiquei animada com a estória por ter uma protagonista corajosa e que vai fazer de tudo para fugir do seu destino. Quando falou então que tem cultura árabe e mitologia árabe no meio, aí é que eu fiquei mais interessada ainda, pois acho uma cultura muito interessante e não sei nada sobre a mitologia deles. Ótima resenha, realmente me conquistou!

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Pamella,

      eu também gostei muito por ser essa premissa diferente, mitologia árabes em geral. Espero que goste do livro

      Excluir
  16. Olá tudo bem?

    Já tinha ouvido falar desse livro e muito bem por sinal. Ainda não tive oportunidade de ler mas quero muito. A premissa do livro é muito boa e fiquei impressionada por tantas coisas que você descreveu e mesmo assim aind ater muito mais pela frente. Muito mais curiosa agora.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Stefani, espero que goste do livro!

      Excluir
  17. Apesar das suas considerações finais eu me interessei muito.por esse livro, a premissa me atraiu, gosto muito de ler sobre outras culturas e a árabe eu conheço bem pouco! Amei a capa, quero ler o livro!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda mesmo, espero que goste do livro.

      Excluir
  18. OLá, Lud!

    Amei sua resenha e a dica sobre os extras, não sabia disso! obrigada! E sobre o livro.. Me ganhou na capa, achei fantástica. E o conteúdo não fica por menos, gostei demais. Uma fantasia que fala tanto sobre nossa realidade....As brigas, o machismo, a necessidade de empoderamento...Amei amei amei. Querendo demais a continuação.

    beijo

    https://revelandosentimentos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...