28 março 2016

[Resenha] Volta para mim - Mila Gray



Volta Para Mim
Mila Gray...


Kit Ryan está de volta à sua amada Califórnia, de folga do serviço militar. Conquistador inveterado, ele só quer aproveitar as quatro semanas livres antes de retornar ao trabalho, mas se vê atraído pela irmã de Riley, seu melhor amigo. Há tempos Jessa Kingsley chama sua atenção, porém a família superprotetora dela sempre foi um obstáculo.
Desta vez, contudo, Kit desiste de lutar contra os próprios sentimentos e logo Jessa se rende ao seu charme. O que começa apenas como um romance de verão rapidamente se torna um relacionamento apaixonado.
Quando chega a hora de Kit voltar ao serviço com Riley, nem ele nem Jessa estão prontos para se despedir. Ela enfim está seguindo os seus sonhos e ele descobriu alguém por quem sacrificaria tudo. Jessa promete esperá-lo e Kit garante que voltará para ela. Não importa o que aconteça.
Mas então uma visita inesperada traz uma notícia trágica: uma das pessoas que ela mais ama morreu em serviço. Quem terá sido? Seu irmão ou seu namorado?
Em Volta Para Mim, Mila Gray constrói uma história de tirar o fôlego sobre amor, amizade e família, conduzindo o leitor por uma jornada de superação e autodescoberta.

Em Volta para Mim, conhecemos o típico amor adolescente que evolui para algo mais profundo, à medida que ambos crescem, acompanhados por sentimentos que não podem ser contidos por mais tempo, mesmo que haja razões para que ele seja sufocado.

Nessa história temos Jessa, uma jovem que acabou de completar 18 anos e que tem seus sonhos para o futuro sufocados por um pai militar extremamente dominador, que controla sua vida. Mas logo percebe-se que lhe falta a coragem necessária para seguir seus sonhos, contrariando seu pai. Prova disso é a paixão crescente que sente pelo melhor amigo do seu irmão, o fuzileiro naval Kit. Insegura sobre como agir perto dele, só alimenta a esperança de poder se declarar e ser correspondido, algo que considera impossível, até que, em seu aniversário, ela percebe que sim, alguns sonhos podem se tornar realidade.

Kit Ryan é a personificação do sonho de qualquer garota, em se tratando de charme e beleza. No entanto, mesmo tendo suas aventuras ao longo dos meses, uma imagem não sai da sua cabeça desde sua última licença: a de Jessa, que se transformou numa jovem linda, que conquistou sua atenção completamente e colocou no lugar um desejo incontrolável de fazê-la sua. Mas no caminho dele há dois empecilhos: a forte amizade que tinha com o irmão dela e a antipatia do pai de Jessa, que não o aprovava como amigo do filho, muito menos o aprovaria como namorado.

Mas quando alguns sentimentos são fortes, nem toda a determinação em se manter afastado consegue contê-los. E um impulso, uma noite perfeita e a explosão dos sentidos faz com que ambos iniciem um relacionamento às escondidas, enquanto temem a partida iminente de Kit para seu posto de serviço, dessa vez para um lugar extremamente mais perigoso.

– Volta para mim. Promete que você vai voltar para mim – sussurra, os lábios pressionados contra os meus, lágrimas rolando pelo rosto.
Eu prendo aquela mecha teimosa atrás da orelha dela.
– Sempre

Acontecimentos trágicos não permite que a promessa de Kit voltar para ela não seja cumprida. O resultado disso é um longo processo de dor, sofrimento e aceitação. O amor pode resistir à dor causada por uma culpa que corrói a alma de alguém?



Quando comecei o livro, foi com grandes expectativas, sem querer associar com outra história bastante conhecida – Querido John – e logo posso colocar o seguinte: fora os e-mails que enviam um para o outro, com o mesmo início, que pode remeter ao livro de Nicholas Sparks, a semelhança acaba aí.

Sobre os personagens, vou me centrar nos dois principais: Kit é o tipo de namorado que toda garota deve ter, não falo isso pela sua aparência, mas pela sua lealdade, a forma como ama e se entrega e incentiva Jessa em seus sonhos, assim como lhe dá a coragem necessária para ir em busca do que quer. Claro que os acontecimentos o abalam profundamente, fácil entender sua mudança de comportamento e torcer para que tudo dê certo

Jessa é a garota dominada, sem vontade própria, mas que vai desabrochando sob os cuidados de Kit, que a fez ter coragem para enfrentar o que a impede de realizar suas vontades. Amadureceu durante a história, a autora soube lhe dar uma ousadia da qual era carente.

O que não gostei na história? O final foi muito rápido, senti que havia coisas que precisavam ser melhor exploradas; fiquei com aquela sensação de vazio, querendo ter lido como tais situações chegaram àquele ponto. Quem lê vai entender melhor do que estou falando.

Vou aguardar agora a história de Didi, amiga de Jessa, pois uma personagem que me conquistou, apesar de aparecer pouco na história, mas já mostrou que tem uma personalidade marcante.


Compartilhe!

18 comentários :

  1. Hummm.
    Confesso que esse livro não havia me despertado a vontade de ler e agora to ainda mais na duvida. Kkkkkk

    Pelo q entendi tem tudo pra ser um livro excelente, mas não é.


    Não tirarei da fila,mas vai la pro final rs

    ResponderExcluir
  2. Então, eu li 30% do livro e ele não se desenrolava!!! Peguei spoiler de quem morre! hahahahhaahah

    ResponderExcluir
  3. Tive a oportunidade de ler esse livro recentemente e curti bastante a leitura. É um romance que se evidencia bastante, sem contar que os personagens são muito realistas e envolventes. É mesmo bem reflexivo também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei! Gostei bastante, por isso que eu desejei um final mais longo!

      Excluir
    2. Também achei! Gostei bastante, por isso que eu desejei um final mais longo!

      Excluir
  4. Oi, tudo bem?
    Eu li esse livro recentemente e gostei bastante do modo como o texto e os personagens foram desenvolvidos. Vale muito a pena para quem curte um bon romance. Sem contar que acho essa capa fantástica e já está entre uma das mais lindas da minha estante. A editora arqueiro sempre se supera.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amei a capa!E sim, é um bom romance que vale a pena ser lido, principalmente pela evolução dos personagens.

      Excluir
  5. Oi, Luci. Eu quero muito ler esse livro, amei a capa e a sinopse.
    Gosto muito de romances assim e a primeira resenha que li também me fez lembrar de Querido John; bom saber que são poucas as semelhanças.
    Beijo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, também fiquei com medo de ser uma copia da história do Nicholas, mas ainda bem que a autora escreveu bem diferente!

      Excluir
  6. Não sei se estou preparada para mortes num romance haha
    Alguém morreu dar para perceber pela sua resenha e isso já me deixou triste pelos dois e num futuro próximo eu leia ele.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joanice, já na sinopse e no começo do livro indica isso. Confesso que fiquei ainda torcendo para que fosse só um jogo de palavras, que a história não é bem assim. Sim, uma tragédia acontece, mas a superação de tudo depois é muito bacana.

      Excluir
  7. Oi, não conhecia o livro mas esse não é o tipo de livro que me agrada. Por isso, é provável que eu não leria.

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena! Eu amo romances, torço para que você dê uma chance a esse!☺

      Excluir
  8. Olá

    Não curto muito o gênero. Por isso não sei se leria.
    Mas gostei da sua resenha, pena que o final é rápido, fico doida quando o livro termina assim e dá essa sensação de vazio.

    Bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, estpu esperando que na continuação , que conta a história da amiga dela, tenha uma boa participação do casal para eu entender como chegou ao ponto que se mostrou no final do livro. Mas isso que senti falta não impede a compreensão da história.

      Excluir
  9. Pelo que estou lendo de resenhas deste livro, as opiniões são bem divididas, alguns amaram e alguns nem terminaram a leitura...

    Por sua resenha fique com vontade de ler, apesar de ficar com medo do final, quam sabe leio em breve! :)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, percebi que as opiniões foram contraditórias, por isso que resolvi arriscar e não me arrependo. Dá uma chance também!

      Excluir
  10. Olá!!

    Ai estava uma dúvida minha, se o livro era parecido com Querido Jonh. Tudo bem que não li o Jonh ainda tb, mas fiquei intrigada com outras resenhas que li.
    Eu tenho o livro aqui na fila, espero ler logo!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei