31 março 2016

[Resenha] Fury - Laurann Dohner

Fury
Laurann Dohner
Novas Espécies 01

Skoob | Compre | Editora | Autora

Ellie é uma enfermeira e fica horrorizada ao descobrir que a companhia farmacêutica para qual trabalha – as Indústrias Mercile – tem feito experimentos genéticos ilegais. Os cientistas combinaram DNA de humanos com o DNA de animais, criando uma nova espécie: seres humanos mais fortes e desenvolvidos. Um desses ''experimentos'', o prisioneiro 416, captura o coração de Ellie enquanto ela tenta salvá-lo. Fury – como o 416 também é conhecido – nunca conheceu compaixão ou amor. Ele passou a vida inteira em uma cela, acorrentado e sofrendo abusos. Ellie, a única mulher em quem ele confiou, o traiu, e agora Fury está livre e à procura de vingança. O ex-prisioneiro jura acabar com a vida da enfermeira que o salvou, contudo, quando ela finalmente está em suas mãos, a única coisa que Fury não quer fazer com esta mulher pequenina e sexy é machucá-la.
"- Sei que isso é difícil para você.
- Não consigo imaginar como será nunca mais vê-la - admitiu - Sinto dor."
Eu confesso. Eu estava na bad literária. Simplesmente não estava conseguindo terminar de ler, na verdade, mal começar. E eu tentei. Peguei livros super elogiados, com histórias bacanas, um suspense, um com "lição de moral" por trás. Não conseguia. Então, lembrei que fazia tempos que eu queria ler Novas Espécies. Eu pensei: "Bom, por que não?"

Não deu outra, li o livro quase todo em um dia. Me apaixonei pelas Novas Espécies, a Laurann fez meu coração doer por eles.

A Ellie é uma mulher delicada, do tipo pequena e gentil. Mas não se enganem. Ela tem coração de amazona. Ela começa a trabalhar nas empresas Mercile, como enfermeira, uma empresa sem moral, ética, princípios ou mesmo humanidade. Ela fez experimentos/mutações em seres humanos, misturando seu DNA com o de animais, visando fazer com que aquelas pessoas desenvolvam determinadas habilidades como: força, agilidade, cura acelerada, entre outros. E eles os mantém trancafiados em condições sub-humanas, torturando-os e forçando-os ao limite de forma bárbara e cruel.

 Ela é procurada por agentes que expõem a realidade da empresa e acaba se transformando em espiã para descobrir se os boatos sobre eles estarem mudando o DNA de seres humanos, mantendo pessoas cativas e sob maus tratos, procede. Assim, ela começa aos poucos a tentar reunir provas, mas a segurança é muito alta e qualquer deslize pode ocasionar sua morte e a perpetuação daquele circo de horrores.

Em meio ao seu trabalho investigativo, Ella conhece o 416, um humano geneticamente modificado, e é imediatamente atraída por ele. Uma espécie de conexão parece ser forjada entre os dois ali no cativeiro, ela acaba conquistando sua confiança e é por ele que ela volta para aquele lugar monstruoso todos os dias. Ver sua resistência lhe dá forças para seguir com o plano e derrubar a Mercile.

"Ela é tudo que sonho quando tento pegar no sono."

Em meio a uma situação crítica de vida ou morte, uma medida desesperada é tomada: Ellie rouba um crachá de uma das médicas para conseguir baixar os arquivos incriminatórios para um pendrive, e para conseguir passar pela segurança, ela o engole,  mas quase põe tudo a perder ao ver um dos técnicos na cela do 416. Ele iria matá-lo.

Em desespero, se arrisca para salvá-lo, matando o técnico, mas para sair dali com vida e poder entregar o pendrive, acaba tendo que armar a cena como se a cobaia 416 houvesse cometido o assassinato do técnico, fazendo com que ele passe a odiá-la e jurar vingança, já que na mente dele, ela o traiu e ele não tem conhecimento do papel dela na operação.

Ellie, com ajuda de seus superiores, consegue derrubar a Mercile e salvar as Novas Espécies, mas o que ela não contava é que encontraria novamente 416, ao ser contratada para realizar um trabalho de ressocialização junto com as Novas Espécies femininas, que também foram muito abusadas nos anos de cativeiro nos laboratórios. Esse reencontro vai desencadear uma fúria misturada com uma paixão bem intensa.

 416 não é mais um simples número em um cativeiro de laboratório. Ele agora se chama Fury e luta, ao lado dos seus irmãos, para garantir a humanidade que foi tirada deles ao torná-los cobaias de experimentos. Em meio ao seu desejo de fazer espaço no mundo que os discrimina, há uma chama acesa dentro dele: o anseio de encontrar Ellie, a única mulher que o fez se sentir humano e despertou-lhe sentimentos intensos, mas que ele acredita que o traiu cruelmente.

Quando a reencontra, toda a fúria guardada dentro de si é lançada contra ela. Mas, em meio ao torvelinho de sensações que Ellie desperta nele, há inegavelmente uma paixão que nunca foi extinta. E, aos poucos, a fúria se converte na esperança de encontrar finalmente em alguém o lar que ele tanto precisa. Só resta saber se aqueles que estão contra eles vai permitir que isso cresça e se concretize.

"Não preciso que você vá embora para querer que esteja exatamente onde está."


Esse é apenas o início de tudo, e há muita água para rolar por essa ponte kkk. O livro é maravilhoso, engraçado, mas também humano. É impossível não se sentir mal pelas Novas Espécies, os abusos, as torturas, é tudo muito sofrido. Eu confesso que estou in love e estou pegando o segundo para ler agora - que eu acho que vai ser hilário.

Os amigos do Fury são ótimos, aliás! Slade é irônico e bem sarcástico (meu número, gente). Tiger parece um cara durão e que coloca o dever acima de tudo, assim como a maioria deles, ele teme se apegar a algo que lhe possa ser retirado. Justice é doce, extremamente responsável e dedicado. As mulheres Novas Espécies são ótimas também, engraçadas e muito corajosas (elas consideram a Ellie o mascote delas, gente. Choro de rir).

Espero que gostem <3


Compartilhe!

32 comentários :

  1. Parece ser uma historia bem diferente e muito interessante essa mistura de especies. Mas também é sofredora devido nem todos aceitarem essa nova especie e terem medo. Fiquei curiosa pra ler a resenha esta muito boa, e esse final quero saber como termina rsrsr.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, Lara. Com certeza vai gostar :3

      Excluir
  2. Sem comentários, essa série é meu guilt pleasure!!! Não entendo porque eu gosto, mas simplesmente não consigo parar de ler!!!
    A narrativa da Laurann te prende de um jeito que você não consegue largar esses NE!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Lud. Fiquei muito viciada, li um atrás do outro e_e'

      Excluir
  3. Olá,
    Amei a sua resenha, já tinha escutado falar desse livro, mas, nunca tinha procurado mais sobre ele, e a sua resenha me mostrou que esse livro é muito bom e que eu devo dar uma chance para ele. Obrigada pela dica. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Elay!
      Eu também demorei pra pegar ele pra ler, mas depois que comecei não consegui mais parar *-*
      Bjoo

      Excluir
  4. Olá.
    Bem legal a premissa dos humanos mudados genéticamente e fiquei um tanto curiosa pa conhecer a turma do Fury, mas não sei se seria um livro para mim, esse negócio de atração relampago não costuma me ahradar.
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dani :D
      Eu também não costumo gostar muito dessas paixões instantâneas, mas eu até que aceitei bem porque o que acontece, eles têm DNA animal. Pra eles o cheiro já é um fator muito importante na atração. Sem falar no instinto mesmo. Achei mais plausível do que vários livros que já li kkk
      Beijoo

      Excluir
  5. Oie!
    Nossa, eu não sabia que esse livro era tão bom. Eu li no ano passado e fiquei apaixonada pela trama. É ótima! E que mocinho, gente! Adorei! Eu ainda não li o segundo, mas espero ler em breve. E com certeza, vou reler o primeiro kkk
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena, né? Até agora meu preferido foi o do Justice <3

      Excluir
  6. Oi Linda
    Confesso que não tinha me empolgado com a sinopse do livro. Mas ler a sua resenha me fez ter outro olhar. Sinceramente espero ter a oportunidade de conhecer a história desses dois personagens tão diferentes.
    Fiquei com vontade de ler e já add na listinha.

    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rizia
      Que bom que pude te ajudar a ver o livro de outra forma, espero que leia e goste tanto quanto eu *-*
      Beijooo

      Excluir
  7. Olha, eu já queria ler esse livro porque uma amiga me indicou (indicou muito, aliás), mas pela sinopse não imaginava essa trama toda!!!! puxa vida, o que eu to esperando pra ler????
    Adorei a tua resenha e ale me deixou com mais vontade de ler do que já estava!!!!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Denise tenho certeza que vai amar! Leia sim, e depois venha trocar ideias <3
      No face tem umas comunidades/grupos bacanas também, apareçam por lá o/
      Beijosss

      Excluir
  8. Oioi!
    Nossa, que livro é esse?? Adorei demais a premissa do livro e ja vi que vou adorar.
    Não sei pq a capa me lembrou as capas de IAN.
    Ja quero mto conhecer Fry, Slade e toda a turma, sinto que vou me apaixonar mtooo.
    Espero que a universo publique tudoo.
    Otimo post.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Suzzy!
      Leia caaaaaaara, junte-se as viciadas aqui kkkk
      Não vai se arrepender o/
      Bjss

      Excluir
  9. Olá!!

    A capa não gostei muito mas depois lendo a resenha achei o livro bem diferente e interessante isso de humanos modificados geneticamente.
    Sua resenha ficou ótima e se não fosse por ela, o livro não teria despertado meu interesse por si só. Gostei da dica!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fernanda
      Pois é. A capa é boa, mas o que realmente me moveu pra ler foi a história mesmo. E não me arrependi, porque é muuuuito viciante. Adoro *-*
      Depois que ler, volte para trocar umas ideias e dizer o seu favorito <3
      Beijo ;)

      Excluir
  10. Que delícia! Muito bom quando um livro nos envolve assim, gostei da sua animação, bem contagiante. Fiquei até curiosa pelo livro. Haha. Gosto de tramas envolventes que nos fazem sentir várias coisas, e este parece ser um pedido. Ótima resenha.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana
      Ihh, então tenho certeza que você vai se viciar também! Leia e volte pra gente fofocar sobre os nossos casais favoritos KKKKk
      Beijão ;**

      Excluir
  11. É a primeira resenha que leio sobre Fury! Fiquei bem interessada, confesso, apesar de não ser de um gênero muito presente na minha estante. Eu adorei saber mais sobre essa estória. Acredito que irei gostar também. Mas vou te contar: não parece ser tão divertido assim não! kkk Acho que a capa e a sinopse deixam a imaginar algo mais "duro". ahahha

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKK
      Hey, Gab! (abusada assim mesmo)
      Tem partes hots sim, mas eu gostei dele no todo sabe? Umas partes me fizeram rir, outras me deixaram triste pelo que eles passaram - e ainda passam com os fanáticos né? - e outras me fizeram querer um nova espécie pra mim também (quem nunca? KK')
      Beijooo

      Excluir
  12. Ei, tudo bem?
    Esse é um livro que eu não dava nada por ele, mas que você conseguiu que eu me apaixonasse e agora estou mega curiosa para ler. O enredo é maravilhoso e espero que seja uma ótima leitura para mim.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olááá
      Owwwnn já que se apaixonou leia e volte para conversarmos. Tem págs e grupos no face também, é bem legal.
      Quero saber qual deles vai te conquistar! *-*
      Bjss

      Excluir
  13. Olá!

    É uma distopia até interessante, mas eu não leria nesse momento, estou meio saturada de distopias. Mas com certeza já estou shippando Ellie e Fury/416, gostei mesmo, só não pretendo ler agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Kamila
      Te entendo, mas quando essa vibe passar já tem uma ótima dica né? Kkk
      Bjss

      Excluir
  14. Eu escuto muito bem sobre esse livro tanto que muito antes da Universo publicar eu sucumbi a tentação e li a versão dos fans e realmente é muita água que rola nessa ponte! A sua resenha foi ótima e me lembrou de comprar esse livro na próxima vez que fizer minhas comprinhas e que bom que o livro te tirou da Bad!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Talita
      Shooow, espero que curta os próximos tanto quanto eu
      Estou completamente inlove pela série *-*
      Bjos

      Excluir
  15. Não conhecia o livro, mas o que me chamou a atenção é que se trata de uma premissa bem diferente de tudo o que tenho visto. Acho que talvez arriscasse a leitura por isso. Gostei da resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tati!
      Leia sim, além de ser bem diferente é muito viciante. Vale a pena :D
      ;**

      Excluir
  16. Oie
    infelizmente esse não faz meu tipo de leitura então vou deixar a dica passar mas sua resenha ficou bem interessante e vou indicar o livro a amigas que vão curtir

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei