24 fevereiro 2016

[Resenha]A Rainha Vermelha – Victoria Aveyard

A Rainha Vermelha 
A Rainha Vermelha, 01 – Victoria Aveyard



O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.


Sinceramente? Muito estardalhaço para pouca história. Peguei esse livro com altas expectativas devido a tudo de bom que li sobre ele, sobre a empolgação que via com ele nas redes sociais, todos aguardando ansiosamente o lançamento do segundo livro e também por já ter seus direitos de adaptação de imagem vendido.

Mas a verdade é que o livro me decepcionou demais. Não que ele não seja bom, porque ele é, mas é fraco, juvenil e enrolado. Tudo ao mesmo tempo. É aquela coisa do ‘é ruim, mas é bom’. Essa foi a impressão que tive. A obra em si nos deixa curiosa por saber o que vai acontecer em seguida e a escrita da Victoria hora é muito boa, hora é muito enrolada. Fiquei também com a impressão de que ela leu algumas obras e decidiu aproveitar ‘o melhor’ de algumas delas, mas não soube fazer isso muito bem.

Algo que não gostei é que, apesar de gostar quando as autoras tiram umas páginas iniciais do livro para explicar para nós, tudinho sobre aquele mundo diferente, achei que neste, essa parte se arrastou por tempo demais, deixando o livro muito lento no começo. Já a segunda metade, teve mais ação e nos deixou mais empolgados.

Não posso deixar de ressaltar que a história possui alguns furos importantes. Por vezes a autora diz coisas e lá na frente diz algo totalmente diferente. Ou então apresenta uma situação sem escapatória e lá na frente a situação se repete e dessa vez a autora arruma uma brecha e eu penso: por que não fez isso lá atrás então? Enfim. Faltou uma ajudazinha da editora nisso aí. Não é porque é distopia que você pode criar as coisas do nada, tudo tem que fazer sentido dentro da história, e não ir aparecendo a cada hora que convém.
“O sangue deles é uma ameaça, um aviso, uma promessa. Não somos iguais e jamais seremos”.
Falando mais da história em si. O mundo em ‘A rainha vermelha’ é dividido em dois: os que têm sangue prateado – a aristocracia, e os que têm sangue vermelho – os plebeus. Mare faz parte dos vermelhos. Sua família está passando por dificuldades, com seus irmãos mais velhos na guerra, sua irmã mais nova é a única que possui um emprego. A ela, que aparentemente, não tem nenhuma habilidade, só sobrou cometer pequenos furtos para ajudar no sustento da família enquanto espera completar a idade de 18 anos para também ser mandada para a guerra.

É aí que tudo muda. Em um de seus furtos, ela acaba conhecendo Cal, o príncipe do reino de Norta, a quem impressiona. Cal consegue para ela um emprego no castelo e, durante uma apresentação, algo extraordinário acontece e faz algo que ela nunca imaginou que pudesse fazer. Uma habilidade de prateados! Enfim, para conter uma possível crise no governo ao anunciar que vermelhos também podem ter habilidades de prateados, o rei decide fingir que ela é uma prateada e a promete para o príncipe mais novo, Maven. A partir disso, o que temos aí? Claro, um triângulo amoroso!
“Cal é um penhasco do qual me jogo alegremente. Um dia ele saberá que sou sua inimiga e tudo isso não passará de uma lembrança do passado distante. Mas ainda não.”
Não quero dar muitos detalhes além disso, mas a atual situação do reino é tensa. Há agora uma Guarda Escarlate que quer acabar com a mamata dos prateados, de fazerem os pobres vermelhos de empregados e querem acabar com essa divisão de castas. Alguns estão apoiando, alguns estão contra e o livro gira em torno disso e do triângulo.
“Sinto vontade de despedaçá-lo, com ou sem meus poderes. Quero que sofra. Finalmente entendo a lição: todo mundo pode trair todo mundo”.
Mare não é uma personagem muito cativante. A gente se compadece por ela pela situação em si, mas não achei que a autora soube criar uma protagonista muito especial. Talvez isso melhore no próximo livro, o que eu espero. A história acaba em um momento ápice, acho que é por isso que todos esperaram muito pelo segundo livro. Se você não tem estômago para esperar lançamentos, aconselho que aguarde porque ao que parece, além dos dois contos, a série será composta de quatro livros.



Compartilhe!

35 comentários :

  1. Achei que só eu que pensava assim desse livro,mas que bom que mais alguem concorda comigo,fiquei desesperada pelo segundo e tive que comprar por causa deste final,e não é bom esperar muito do 2 livro,pq fiquei mais decepcionada ainda,mocinha mais irritante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha rindo do seu comentário. realmente devo concordar!
      li o segundo livro e a mocinha dá uma leve melhorada, mas não me conquista ainda!

      Excluir
  2. Nathyyyyyyyyyyyyy
    Eu fui ler naquela vontade né, todo mundo falando e falando !!! E peguei para ler, coisa que não faço. Resumindo, eu nem terminei o livro, larguei porque tinha livros melhores para serem lidos..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inexplicável o o 'auê' com essa série..

      Excluir
  3. Olá
    Com o burburinho dos blogs com esse livro eu comecei a me interessar pelo livro, mas começou sair as resenhas e, acredita que comecei a perceber esse furos lendo as resenhas, aí me desanimei completamente e nem me aventurei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniele, tomara eu tivesse desistido! Agora fico querendo saber como vai acabar kkkkkkkkk. Mas não desista. ela não é de toda ruim. tem coisas que são legais e boas ;) dá uma chance, quem sabe te agrade

      Excluir
  4. Oi Ludmila.

    Eu tenho curiosidade em ler esse livro por causa das resenha positivas que ele está conseguindo pelas redes sociais. Mas para ser sincera, não será uma prioridade neste momento. Gostei muito da sua opinião.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Kenia ;)
      Quando ler venha me dizer se concorda comigo.

      Excluir
  5. Tenho esse livro em e-book mas ainda não o lí, apesar de toda a expectativa, que realmente ficou grande por conta de toda a propaganda sobre ele. Assim como você, acho ruim quando aquela parte explicativa do livro fica muito longa, acaba cansando a gente antes mesmo de ler a história de verdade. A sinopse me chamou atenção, mas depois de sua resenha e dos detalhes do livro fiquei um pouco desanimada. Ainda pretendo ler, mas por enquanto vou deixando pra depois.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom que quando vc ler suas expectativas já vão estar mais baixas, então pode ser que seja uma surpresa pra vc. Como ressaltei, o livro tem falhas e tudo, mas não é ruim.
      Quando ler venha me dizer oq achou ;)

      Excluir
  6. Saudações literárias! Esse livro está sendo muito bem falado e com sua resenha eu afirmo minha certeza de querer ler essa obra. Vai pra lista de desejados do skoob.

    ResponderExcluir
  7. Oi, ainda não li o livro mas tenho vontade, é uma pena que você não o achou tão bom assim. Espero que goste mais do segundo.

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de ler o segundo.. Dá uma melhorada, mas ainda assim acho bem +- kkkkkkkkk

      Obrigada pela visita Brenna ;)

      Excluir
  8. É muito desagradável quando nos decepcionamos com um livro, né? Fiquei surpresa com a sua resenha, pois já li inúmeros elogios à obra. Acho que, para nós que amamos uma boa leitura, "é ruim, mas é bom" é pouco. E se a narrativa é cheia de furos então, pior ainda. Já não tinha muita vontade de ler essa obra, com a sua resenha, só confirmei isso.

    Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é pessimo essa decepção.
      Mas não desiste dele não. Quem sabe te agrade ;)

      Excluir
  9. Eu ainda não li o livro, realmente fiquei louca quando ele estava para ser lançado e sua resenha acabou de quebrar meu coração, mas ainda vou ler para formular minha opinião.
    Fico triste que ele decepcionou você e espero ansiosamente que não me desaponte, gastei um dinheirão com ele. hahaha

    Beijos

    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rachel fiquei triste de ter partido seu coração! kkkkkkkkk
      Mas isso mesmo! Não me deixe te tirar a vontade de ler.
      O gosto vai variando de cada um pra cada um. Ganhei o livro de uma aluna que tinha AMADO e decidiu me presentear com ele.. Sò por aí vc já ve.

      As vezes te agrada mais do que eu.
      Obrigada pela visita ;)

      Excluir
  10. Oi,
    Confesso que ainda não li esse livro exatamente por ele ter virado modinha, tenho medo de me decepcionar igual a vc.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? kkkkkkk
      Acho q passei a ter medo de 'livro modinha'

      Excluir
  11. Olá!

    Moça, estamos juntas nessa! Esse livro é horrível, a Mare sofre mas não convence... Enfim, acho que vou vender meu exemplar porque, olha, que livro horrível e os contos também não ficam atrás!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha, na hora que li aquele conto da rainha q já morreu fiquei doida de raiva. Me diz pra que aquele conto! Kkkkkk

      Excluir
  12. Olá, tudo bem.

    Me representou bonito. Fico vendo todo o auê, pessoas falando que é o melhor livro no mundo e que não tem nada de clichê, sendo que o livro é super clichê, e tudo que vimos nele, já vimos em outros livros, e isto me chateou um pouco também. E a protagonista? sinceramente. Tem que melhorar muito neste segundo.

    Beijos
    http://chalecult.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toca aqui colega! Estamos juntas nesse barco.
      Infelizmente ja li o 02 e devo confessar q nao melhora muito...

      Excluir
  13. Oi!!!
    Já senti vontade ler esse livro por se tratar de uma distopia, ter esse lance de reino e tal. Depois, lendo algumas resenhas, senti algo de superficial na maioria delas. Poucos leitores me passaram verdade quando diziam amar o enredo.
    Infelizmente, essa coisa de divulgação excessiva nunca vai acabar. Já li tantos livros que tiveram tanto alarde e não chegam aos pés dos desconhecidos.
    Enfim, sua resenha me fez desistir por completo dessa leitura.
    Beeeijos
    lua-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Biaaa, se tem uma coisa q aprendi é q a gente deve tirar a prova real e ler por nós mesmos. Não desiste não! Vai q te agrada! Bjoca

      Excluir
  14. É frustante quando um livro não agrada.
    A historia me agradou, vou te confessar que nunca tinha ouvido falar desse livro. Mas também não sei se leria, não gosto de leitura arrastada no começo, gosto de me prender ao livro de cara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses livros q prendem a gente de cara sao os melhores. Cada vez sinto mais falta de livros assim!

      Excluir
  15. Eu fiquei curiosa com esse livro desde quando a editora anunciou que publicaria o título no Brasil. Achei a capa maravilhosa, fiquei extremamente interessada pela sinopse e amo o gênero da história. Como não desejar depois desta resenha?? Impossível! <3
    Espero poder tê-lo logo. Acredito que tornará um dos meus favoritos.

    ResponderExcluir
  16. Eu até tinha interesse em ler esse livro,mas depois do que você disse, fiquei desanimada. Eu sou muito detalhista, e com certeza, pelo que você disse, eu me perguntaria as mesmas coisas que você.

    parado-na-estante.blogspot.com.br
    facebook.com/paradonaestante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né?
      Enfim. Que venham livros melhores por ai.
      Obrgada pela visitinha

      Excluir
  17. Oiee.... se fosse pelas capas eu compraria a série inteirinha rsrsrs, porque são de extremo bom gosto e lindas! No entanto, gostei muito da sua resenha - sincera - , porque apesar de não ter lido a livro tive a mesma impressão "muito estardalhaço para pouca história", quando li a sinopse. A partir daí já me desanimei com todo o enredo. Claro que há quem amaaaa essa série e respeito, mas pra mim não deu! =/

    Bj
    Keyla - http://www.blogleituraterapia.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb acho as capaa liiiindas. Toda a diagramaçao do livro é bonita.
      No fim das contas é daquele tipo 'bonitinho, mas ordinário' kkkkkkk. Bjoca

      Excluir
  18. Eu gostei do livro, e achei o perfil da Mare parecido com a da personagem principal de "Jovens de Elite", uma mocinha mais ou menos vilã. Mas enfim, eu adoro distopias, então não me surpreendeu gostar desse livro ;)

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei