06 janeiro 2016

[Resenha] A Dama da Meia-Noite - Tessa Dare

A Dama da Meia-Noite
Tessa Dare
Série Spindle Cove 03


Pode um amor avassalador apagar as marcas de um passado sombrio?
Após anos lutando por sua vida, a doce professora de piano, Srta. Kate Taylor, encontrou um lar e amizades eternas em Spindle Cove. Mas seu coração nunca parou de buscar desesperadamente a verdade sobre o seu passado. Em seu rosto, uma mancha cor-de-vinho é a única marca que ela possui de seu nascimento. Não há documentos, pistas, e nem ao menos lembranças…
Depois de uma visita desanimadora para sua ex-professora, que se recusa a dizer qualquer coisa para Kate, ela conta apenas com a bondade de um morador de Spindle Cove, o misterioso, frio e brutalmente lindo, Cabo Thorne, para voltar para casa em segurança. Embora Kate inicialmente sinta-se intimidada por sua escolta, uma atração mútua faísca entre os dois durante a viagem. Ao chegar de volta à pensão onde mora, Kate fica surpresa ao encontrar um grupo de aristocratas que afirma ser sua família.
Extremamente desconfiado, Thorne propõe um noivado fictício à Kate, permitindo-lhe ficar ao seu lado para protegê-la e descobrir as reais intenções daquela família. Mas o noivado falso traz à tona sentimentos genuínos, assim como respostas às perguntas de Kate.
Acostumado com combates e campos de batalhas, Thorne se vê na pior guerra que poderia imaginar. Ele guarda um segredo sobre Kate e fará de tudo para protegê-la de qualquer mal que se atreva atravessar seu caminho, seja uma suposta família oportunista… ou até ele mesmo.

No terceiro livro dessa série, pela qual sou apaixonada, temos a história de personagens já conhecidos, para quem leu os livros anteriores e, com certeza, estava ansioso para conhecer a história desse improvável casal: a doce senhorita Kate Taylor e o taciturno Cabo Thorne.

Kate, a professora de piano da vila, apesar de cultivar a amizade de todos, e há muito está sozinha, não desistiu de buscar respostas sobre seu passado. Deixada bem pequena em uma casa de acolhida para meninas, anseia por encontrar o caminho de suas origens e, no final, encontrar a ansiada família que procura para preencher os espaços de sua vida, cheio de interrogações sobre suas origens. Marcada com um sinal de nascença no rosto, sente-se um tanto quanto excluída, pois se considera longe dos padrões de beleza que costuma encantar os homens, sem se dar conta que sua aparência, junto com sua natureza bondosa e gentil, é um imenso atrativo para um determinado soldado, que não se considera digno dela.

O Cabo Thorne já está há um ano em Spindle Cove, junto com a pequena milícia formada no local. Um homem rude, inculto, que nunca ninguém viu sorrir, apenas lançar olhares sérios e assumir uma postura rígida perante todos. Sua postura reservada esconde um passado conturbado, cheio de dores, que o firmou na crença de que não é digno de ser amado. Por isso prefere manter-se reservado, à margem de tudo, enquanto traça um futuro em terras distantes, onde pretende ter uma vivência solitária, mesmo que, em seu íntimo, cresça o desejo por uma certa dama.

Mesmo com duas personalidades tão opostas, Kate e Thorne compartilham um passado, o qual só ele lembra. Disposto a deixá-lo enterrado, ele faz questão de manter distância de Kate, o que a exaspera e perturba. O surgimento de parentes, um tanto quanto peculiares, alegando que Kate é uma prima recentemente descoberta, faz aflorar o instinto protetor do Cabo, já instigado por um acontecimento anterior, onde ele sucumbiu, por alguns momentos, à atração por ela. Impulsivamente, anuncia um noivado para protegê-la dos supostos parentes, enquanto o parentesco é investigado. 

Obrigados a conviver um com o outro, a resolução de se manterem afastados vai se transformando em um desejo intenso, mas os estigmas do passado sempre se fazem presentes entre os dois, provocando principalmente Thorne a resistir a vontade de fazer parte da vida de Kate. De um modo geral, tudo que ele viveu o faz sentir-se inferiorizado perto dela, mesmo que as negativas de Kate e suas atitudes provem o contrário.

“É claro que eu quero você”, ele disse bruscamente. “Cada pensamento meu diz respeito a você. Tocar você, saborear você, possuir você de formas que sua mente inocente nem conseguiria imaginar. Eu não sei nada de arte, música ou Aristóteles. Meus pensamentos são rudes, simples, tudo tão abaixo de você que poderia estar do outro lado da Terra.”

Mas estamos falando de Spindle Cove, local onde as mulheres não seguem padrões pré-estabelecidos. E Kate está disposta a revelar todas as facetas desse homem tão retraído, fazê-lo admitir que sua alma não é vazia, e ele é capaz de nutrir sentimentos profundos, bem superiores aos desejos carnais que ele admite sentir. Disposta a se entregar completamente, ela vai exigir a mesma entrega dele, mesmo que isso signifique abandonar tudo pelo qual sonhou.

Se algum dia eu tive uma alma, Katie, acho que a deixei com você há vinte anos. E agora, é como se... toda vez que nos beijamos, você me devolve um pedaço dela.”
A cada livro da Tessa Dare, eu me apaixono por sua escrita. Ela tem o poder de revelar uma profundidade em seus personagens que toca o leitor, fazendo-o querer fazer parte do que acontece com eles. Emocionei-me bastante com a história de Thorne, ele foi uma agradável surpresa para mim. O final foi perfeito, me deu aquela sensação que todo leitor tem quando lê um bom romance, que geralmente vem acompanhada com um sorriso bobo no rosto.

Amei de verdade, mais um que recomendo e entra na minha lista de favoritos!

Compartilhe!

22 comentários :

  1. Oi Lud esse livro nunca me chamou a atenção nem mesmo a sinopse mas lendo a sua resenha fiquei curiosa em relação a ele já que você amou então acho que vou dar uma chance e vou le-lo bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nanda! Que bom que a resenha a fez olhar com mais carinho pra ele e colocá-lo na sua lista de leitura! Espero que curta!
      Bjos

      Excluir
  2. Lud, eu sou apaixonada por romances históricos e este com certeza é uma série que quero muito ler, principalmente depois de ver todas as resenhas positivas sobre os livros. E em saber que tem esse casal que se tornou puro amor e personagens tão fortes são pontos que já me ganham.
    Quero muito começar a leitura em breve!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandra, realmente a série é muito boa, e se você gosta de históricos, com certeza você vai amar!

      Excluir
  3. Olá!

    Como você disse que é o terceiro livro da série, então só dei uma breve lida, por causa de conter possíveis spoilers. Mas gostei do que li, então vou pesquisar mais sobre ele pra poder começar a leitura a partir do primeiro.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kamila, apesar de todos os personagens da série serem apresentados no primeiro livro, eles são independentes entre si. Eu fico em dúvida qual é o meu preferido, até agora.

      Excluir
  4. Olá,
    Eu nunca li nada da autora mas morro de vontade de ler essa série, a cada nova resenha que vejo eu fico mais interessada e curiosa com a leitura. Amei a sua resenha e sua opinião, super quero ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beatriz, Tessa Dare foi uma grata surpresa para mim. Amo a forma como ela desenvolve as suas histórias. Espero que leia e goste tanto quanto eu.
      Bjos

      Excluir
  5. Olá, eu tenho o primeiro livro e ainda não o li. Portanto só li algumas partes da sua resenha e gostei do que vi. Fiquei mais interessada por ele. Vou dar uma chance aos não lidos da minha estante esse ano. *-*
    Beijinhos

    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura, Rachel? Menina, leia logo, aproveita que já está na sua estante! Você vai amar e ficar ansiosa pelos próximos.
      Bjos

      Excluir
  6. Oieee!!!
    Ando bem curiosa para ler algo da autora, todas as resenhas que li sobre os livros dela foram muito positivas!!
    A capa desse livro é muito linda, e me parece ser um romance história com algo há mais por traz do romance proibido!!
    O fato de saber que a autora foca na profundidade de seus personagens me deixou ainda da mais empolgada!!
    ótima resenha!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amando muito as capas dessa série.
      E sim, Tessa Dare explora bem os personagens, por isso que a amo como escritora!
      Obrigada por ter lido a resenha!
      Bjos

      Excluir
  7. Oi Luci!
    Eu ainda não li nenhum dos livros dessa autora :O que vergonha! Só leio ótimos comentários, mas ainda não consegui pegar o livro para ler. Preciso mudar isso urgente! Gostei muito da sua resenha, e ela só me deixou mais curiosa para conhecer o Cabo.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Apesar de o livro não ser do estilo que amo, me interessei nele por causa dos personagens secundários. Amo quando os autores os constroem bem, além de um mero plano de fundo. Quando eles são bem trabalhados, a obra fica muito completa.
    Além disso, livros envolventes como esse são raros.

    ResponderExcluir
  9. Oii!

    Eu me encantei pelo universo de romances históricos, sempre vejo que as sinopses e as acho um pouco parecidas, mas nem por isso, perdem o encanto. Acho que isso depende muito da autora abordar a história dos personagens.
    Eu nunca li nada da autora e saber que ela dá prioridade e profundidade para a história de vida do personagem me ganhou sabe? Eu acho que esse é um bom diferencial <3

    Sua resenha está linda *-*

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Recentemente li uma resenha desse livro e foi muito favorável, assim como a sua.
    Tenho muita curiosidade de ler os livros dela, mas me incomoda o fato de os diálogos serem com aspas. Enfim, acho que em meio a um livro tão bom, isso é totalmente relevante.
    Adorei a resenha.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie..

    Sabe que esse livro nunca me chamou a atenção?

    Mas lendo a sua resenha a coisa mudou viu...adorei a resenha e fiquei realmente curiosa para ler!
    Vou anotar a dica e certamente lerei a tua indicação!

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Tenho ouvido inúmeros elogios a essa série. Estou muito interessada, embora minha lista de leituras para 2016 já esteja imensa. E olha que o ano mal começou. Essa autora é novidade para mim, nunca li nada dela, mas estou querendo começar agora. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  13. Olá... sempre leio resenhas positivas sobre essa série e acredito que a escrita da autora deve ser contagiante... e romances de época são maravilhosos e quando são bem desenvolvidos enche os olhos do leitor.. sua resenha ficou empolgante e saber que o terceiro livro continua no mesmo ritmo só dá vontade de começar a ler... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi ..Acredita que ainda não li nada da autora?
    Só fico vendo resenhas e não compro, apesar da vontade..
    Sabe o que eu não gostei? A capa, não sei explicar, mas sei lá..
    rsrsrs..

    abraços.

    ResponderExcluir
  15. Vi muitas resenhas positivas sobre esse livro e fiquei com vontade de lê-lo. A capa é bonita e a sinopse também. Não li nada da autora ainda. Esse gênero não me agradava muito, mas estou dando uma chance ultimamente.

    ResponderExcluir
  16. Não li nada da autora ainda.
    Quando li na resenha do sinal fui ver se aparecia na capa :P
    Adorei os personagens.
    Os dois tem dramas, mas são pessoas de bom coração.
    E primos?
    Bem, eu fiquei curiosa para saber mais o drama do cabo.
    E torcendo que a protagonista encontre a família e descubra o porque do abandono.
    Ahh, que o final seja feliz.
    E pelo sorriso que te provocou deve ser :D

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes