[Resenha] Amor Imortal

Amor Imortal
Ana Carolina K. J.


Após a morte de seu pai, Anna Bonnier tenta recuperar um pouco de sua felicidade ao viajar para uma estação de esqui com sua melhor amiga, Loreta. Entretanto, o que era para ser um simples passeio, acaba por se tornar um desafio sobrenatural.Anna conhece o enigmático Raziel e percebe uma forte conexão que vai além da realidade, sobretudo quando descobre que o sentimento que tem por ele atravessa os séculos.Aos poucos, a proximidade que constroem juntos traz novos riscos. O relacionamento amoroso que ela sempre desejou pode desaparecer de forma trágica, assim como o homem que abriu seu coração. Passado, presente e futuro caminham juntos nessa emocionante história de amor e sedução, em que a realidade é capaz de alterar, a qualquer momento, o destino de cada um deles.



"Puxa! Como desejo sentir essa coisa insana que desmaterializa a razão e lança a pessoa para um mundo colorido, um mundo onde não existe mais nada além de sexo e paixão..."

Então... Eu amo sobrenatural. Nenhuma novidade. Adoro livros de vamps, metamorfos, telepatas, até de lobisomens (e olha que eu tenho implicância com eles desde que li Crepúsculo/Anita Blake) eu gosto. E anjos também. Mas Amor Imortal para mim deixou muito a desejar. Mas vamos lá...

A Anna perdeu o pai há pouco tempo e ela está fora do Brasil, aproveitando uma viagem com sua melhor amiga. Nessa viagem uma série de fenômenos inexplicáveis começam a ocorrer que a fazem questionar tudo o que conhece. É aí também que ela (re)conhece Raziel, seu amor de vidas passadas e pouco a pouco começa a ter flashes de outras vidas, além de escutar vozes misteriosas falando com ela e uma espécie de sombra misteriosa, meio fantasmagórica que a salva em várias ocasiões. Mas será que são somente acidentes ou há algo mais por trás disso?

Eu odeio fazer comentários negativos sobre qualquer obra, por saber o efeito que isso traz aos leitores, mas eu realmente achei que faltou um pouco mais de cuidado na revisão desse livro. Houveram momentos em que os personagens pareciam realmente telepatas (não só os que realmente tinham o dom, quero dizer) e eu ficava: Ok, mas como você sabe disso?

"— Eu... — as palavras fugiram da minha boca — passei por alguma coisa que fez com que eu me desequilibrasse e acabei caindo. Rolei em direção aos pinheiros, mas, graças a Deus, o resgate estava por perto. — Eu não podia dizer a ela o que realmente tinha acontecido. Ela não iria compreender."

Para logo em seguida:

"— Anna foi salva por um homem misterioso — explicou Loreta, que provavelmente percebia a tensão entre nós. — Ela precisa descansar. Avise ao Marcos que depois eu falo com ele."

 
Ela não disse nada sobre ter sido salva por um homem misterioso, gente. COMO A AMIGA DELA SOUBE? Entendem o que eu quero dizer?

Houve também um excesso de citações clichês - e eu adoro clichês, mas né, tudo com moderação - que tornaram a leitura extremamente massante em alguns momentos. Em outros, no entanto, eu começava a rir porque eram coisas que eu jamais me imaginaria falando para alguém:

"— Acorda, meu anjo! — exclamou Loreta com uma expressão divertida no rosto. — Você parece manteiga derretida, louca para cair nos braços do pãozinho quente."

 

 "— Quem é você? Um detetive à procura de um suspeito? Procure relaxar um pouco, você só tem vinte e três anos.

— Não é isso. Estou pressentindo algo... Não posso ignorar meu coração. Uma sensação estranha, como se vozes do além sussurrassem no meu ouvido."



Oi? Amiga, banho gelado e café forte. Agora! Até lá não faça nada do que as vozes te mandarem!

O mais surpreendente para mim é que ao invés de imaginar que a amiga não tava legal, que tinha alguma coisa errada, ela disse que a Anna tava precisando de sexo. Gente, se vocês começarem a escutar vozes não procurem um motel, se tiverem bebido vão para casa tomar um café forte e se não tiverem bebido nada procurem um profissional especializado. Por favor.

"Poxa, Amanda que exagero, a autora explicou das vozes que ela ouvia". 

Sim, mas vamos ter em mente que a amiga dela não tinha ideia de NADA. Então estou me pondo no lugar dela, no lugar de uma pessoa que está ali completamente de fora do contexto sobrenatural. Que por sinal, o livro acabou e a garota permaneceu sem saber de nada né. 

Em alguns momentos eu ri bastante, até zoei uma amiga minha com o crush literário dela, dizendo que ela era a manteiga e ele o pãozinho quente (quem nunca?) e fiz o possível para manter na esportiva. 

É um livro legal para se desestressar ou pra ler depois de algo que mexeu contigo (como Zac & Mia comigo <3), mas não é uma leitura que você acabe e diga: "Como eu vou viver agora?" Não para mim, pelo menos. Leiam e tirem suas próprias conclusões. 


Beijos!!!!!!!!! 

38 comentários:

  1. Essas falam me fizeram gargalhar e acordar o meu pai!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Manteiga derretida querendo cair nos braços de um pãozinho quente? Alow?
    shIUAHSuiAHSIUAHS
    Morri... Sério.
    Como vc disse, banho frio e café forte, amiga!

    Não é o meu tipo de livro... Certamente eu não conseguiria ler até o fim... Rs

    Beijos!
    Fabi Carvalhais
    pausaparapitacos.blogspot.com.br | @pausaparapitacos | facebook.com/pausaparapitacos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
      Café bem forte e sem açúcar KKKKKKK
      Beijoo!

      Excluir
  2. Li esse livro é amei! Se tornou um dos meus favoritos. Gosto de histórias sobrenaturais porque pode tudo. Inclusive frases clichés e amigas com entusiasmo de sobra. Não vejo a hora da continuação. Apaixonada pelo Raziel! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Letícia!
      Poxa, que bacana! É sempre bom ver/ouvir opiniões diferentes sobre a mesma obra, pra instigar o povo a querer tirar suas próprias conclusões. Obrigada por comentar <3
      Bjoo

      Excluir
  3. Li o livro e gostei bastante dele. Discordo de algumas opiniões suas sobre o livro, mas leitura é algo muito subjetivo e o que pode ser ruim para mim, pode ser ótimo para outra pessoa (ou vice e versa).
    Consegui compreender as atitudes da Loreta, aliás, ela é bem parecida com a personagem de um outro livro que li. O fato dela achar que a amiga precisava de sexo era pra tentar fazer a amiga sair da "depressão" por causa da morte do pai e estar diante de um pedaço de mau caminho como Raziel...
    Mas enfim, o livro tem sim seus clichês (e quem não gosta?), mas tem uma ótima história. E vale lembrar que esse é o primeiro livro da autora e para um primeiro livro ele foi muito bem escrito, melhor até do que muitos autores que tem várias obras publicadas.
    Beijokas
    http://minhacontracapa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thaisa!
      Que bom que você gostou, como eu disse antes não é minha intenção fazer com que ninguém fique desmotivado a ler, muito pelo contrário, quanto mais gente ler e der sua opinião, mais polêmica gera em torno do livro e, consequentemente, mais vendas!
      Apesar de ter entendido que a amiga quis brincar, amaciar a situação, eu fiquei balançada com a atitude dela porque a amiga dela tinha acabado de perder o pai e essa não seria a MINHA maneira de tentar ajudar alguém a superar uma perda dessa magnitude, mas as pessoas tem diferentes formas de ver uma situação, diferentes pontos de vista e isso é maravilhoso, afinal são as diferenças entre as pessoas que as fazem tão interessantes xD
      E com certeza tem sim livros piores, sem dúvidas Kkkk
      Bjs!

      Excluir
  4. hahahahaha morri de rir com a tua resenha, esses quotes e depois esses gifs kkkkkkkkkk
    Eu gostei bastante da capa, gostei da sinopse e gostei da história, memso você tendo levantados esses pontos negativos, eu continuei curiosa para ler esse livro (detalhe, eu não o conhecia ainda)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Beatriz!
      Que bom que você gostou da resenha E continua interessada, leia sim. Depois quero saber o que achou *-*
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá!!!
    Já tinha lido a sinopse e outra resenha e não fiquei interessada, a sua também não, mas ela está tão bem escrita, com comentários sinceros e divertidos, passagem e gifts que condizem com seu texto, que tornou tudo mais agradável para ler. Parabéns pelo post.

    Beijos
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  6. Oiii. Eu li este livro e adorei ele. Na verdade os diálogos se encaixam bem a acho que tem amizades, principalmente as de melhores amigas que a sensação de entenderem as coisas nem sempre precisam ser ditas. Mas claro que cada leitura depende do leitor. Eu também fiquei com o pé atrás antes de ler, mas não me decepcionei.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Greice!
      Que bom! É muito legal encontrar uma obra com a qual a gente se identifique, com um texto bacana e que a gente goste, especialmente se for nacional. Fico contente que você tenha gostado *-*
      Beijos.

      Excluir
  7. Rolei de rir com as falas!!!! hahahahahhahaha E claro, dei uma suspirada também!!!! Já tinha lido resenhas sobre o livro, acho a capa bem instigante e tal, mas o jeito que você escreveu é único!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivi!
      Owwnnnt, que bom que gostou da resenha *-*
      Se for ler o livro depois, dê uma passadinha pra me dizer o que achou kk'
      Beijos <3

      Excluir
  8. Oiii!

    MEUDEUS EU AMEEEEEI A SUA RESENHA! Primeiro pela sinceridade e segundo pelos gifs HAHAHAHAHA genial!
    Não conhecia o livro e o gênero não me interessa tanto assim. E também ficaria bem avulsa com essas mudanças e descobertas do nada HAHAHA
    Não leria a obra não, mas eu amei sua sinceridade!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Paula!
      Obrigada *-*
      Pois é, eu tive que ser sincera. O livro não me conquistou, apesar de eu gostar do gênero, infelizmente eu não fui fisgada. Fazer o quê, né?
      Beijos!

      Excluir
  9. Olá, tudo bem? Olha eu não precisaria nem ler, na boa eu não compraria esse livro, mas para darmos uma opinião sobre algo, temos que experimentar. E eu, claro, não vou botar fogo no livro, só por causa de uma resenha (Que por sinal está muito bem escrita, parabéns) então talvez se esse livro estiver com um bom preço eu pegue para experimentar, porém do jeito que você falou, eu não gostarei desse livro, mas muito obrigada pela sinceridade, e mais uma vez parabéns pela resenha, beijos.
    http://leesoncre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Sthefanie! Tudo bem sim *-*
      Obrigada. É, assim é gosto né? Tiveram várias opiniões diferentes, teve um pessoal aqui que comentou que leu e gostou bastante, então vai da pessoa. Eu só podia falar com relação à minha própria experiência com a obra, que infelizmente não foi tão positiva quanto poderia ter sido :/
      Beijos <3

      Excluir
  10. Adoro livros com criaturas sobrenaturais e de vez em quando um romance me cativa, mas o santo não bate com romance sobrenatural! Por isso já caí fora quando divulgaram o lançamento do livro e não tinha lido nenhuma resenha até agora, mas gente, ainda bem que caí fora, quando o conselho é que tá faltando sexo vish, principalmente se tá na cara da fulana que é algo mental para os leigos, e umas criaturas sobrenaturais para os íntimos! Espero que o tal Raziel amor de não sei quantas eras não seja um tapado que nem a amiga.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKK
      Hey, Giovana!
      Até que o Raziel é bacana, viu? Apesar de não ter me apaixonado por ele, nem o ter como crush literário - KKKKK -, ele é um personagem bem bacana, sensato e que mais "fez sentido" na história, o mais coerente - na minha opinião, claro.
      Beijooo

      Excluir
  11. Oiee ^^
    Não querendo ser má nem nada, mas eu ri desse quote da manteiga e do pão...kkkk' gente! Esse das vozes também me fez chorar aqui. Ainda não li esse livro, mas você não é a primeira pessoa a não gostar desse livro, e isso me desanimou um pouco para ler (juntando ao fato de que eu não gosto muito de sobrenatural), pois de livros assim eu corro longe *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.

    P.S.: Amei a sua resenha! ♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dryh *-*
      KKKKK Eu também. Eu ri muito, sem intenção de maldade nem nada, mas é que né... Kkk
      Tiveram pessoas que gostaram e pessoas que não, infelizmente eu fui uma das que não gostou e se você não gosta de sobrenatural então ://
      Ps.: Obrigada <3 *-*

      Excluir
  12. Eu quero é passar bem longe desse livro e olhe que não é por causa dessas frases de efeitos clichês e tal, não. Acho que o que me incomodaria é essa falta de cuidado, como assim a outra fala uma coisa que a amiga nem disse nada e tal? E que acabou o livro e ainda continuou não sabendo? Enfim, não dá, sem falar que esse negócio de manteira e pãozinho quente foi podre. Tivesse tomando café lendo esse livro era um perigo de eu derrubar tudo, só da risada. kkkkkkk


    bju
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nathalia!
      Pois é, foram os mesmos pontos que me fizeram não curtir muito a história, mas quem sabe a próxima, né?
      Bjo ;)

      Excluir
  13. Ola Amanda lindona que pena que alguns pontos negativos prejudicaram a trama toda, essa capa é linda, mas confesso que esses pontos negativos desanimam um pouco a leitura, ainda mais esses pontas soltas sem explicação, pelo visto terá outro livro vou aguardar quem sabe leio os dois de uma vez. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joyce e aí?! *-*
      Eu percebi mesmo que o final deixou margem pra uma continuação, quem sabe não acaba sendo melhor, né? Vamos aguardar.
      Beijos

      Excluir
  14. Olha para falar a verdade eu acho que vai de pessoa para pessoa, porque para quem já leu livros do gênero já está batido e acho que não vai se interessar muito, mas eu como não li nada sobre anjos até então, o livro me surpreendeu positivamente e adorei a escrita da autora. Espero poder ler ainda os outros que ela for lançar, porque estou bem curiosa. Mas gostei da sua resenha e do seu ponto de vista, mas mesmo assim eu gostei. Um livro bom mesmo para aqueles dias assim sem compromisso.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/caixinha-de-correio-6-parte-2.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Silvana!
      Pois é, realmente eu já li muitos livros do gênero, então a minha visão talvez seja um pouco mais crítica por causa disso.
      Fico muito contente que tenha gostado do livro e da resenha *-*
      Beijooo

      Excluir
  15. Nunca pude imaginar que Amor Imortal seria um romance envolvendo anjos caídos e outras anormalidades sobrenaturais. O inicio da história me encantou bastante, uma garota de férias e um garoto cheio de segredos. Mas, o desenvolver da mesma não conseguiu me prender, reprimindo-me para o livro.

    ResponderExcluir
  16. Olá, Amanda!

    Nunca ri tanto lendo uma resenha como agora, sério! É a primeira resenha "negativa" (que nem foi tão negativa assim) que leio sobre o livro. Apesar de eu ter curiosidade sobre a estória, estou saturada de livros de anjos por esse ano, li vários que perdi as contas já. Ano que vem, se der, darei uma chance a leitura.
    O que são esses quotes? Apenas hahahahahahahahahahhahahahhahaahha.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thayenne *-*
      Que bom que gostou da resenha e se tiver a oportunidade, leia sim!
      Beijos <3

      Excluir
  17. Para tudo!! Primeiramente que frases loucas kkkkkkkkkkk
    Segundamente... Cara eu ri muito com sua resenha Amanda, adorei o modo divertido que você expôs sua opinião e mesmo com as frases no senses eu leria e leria por sua resenha ter me despertado uma curiosidade quase patológica pela escrita da autora.
    Eu tive que ir lá no topo e ver se te seguia, pois faço questão de ler novas resenhas que tenham essa crise de bom humor.
    Beijocas e parabéns e vê se não fica se derretendo para pãezinhos quentes kkkkkkkkkkkkkk e em caso de vozes do além no coração procure um cardiologista psiquiatrico (tive que fazer piada)

    Giuliana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKK
      Giuliana, quer ser minha nova melhor amiga? Te adorei <3 KKKKKKK
      Obrigada pelo elogio, espero que goste das outras resenhas também *-*
      E pode deixar que eu vou tomar cuidado pra não ficar derretendo por aí no pão alheio qqqqq KKKKKKk
      Beijos, volte sempre! <3 <3 <3

      Excluir
  18. Eu também adoro o gênero sobrenatural mas confesso que criei tanta expectativa com esse livro e assim como você me decepcionei um pouco. Realmente achei que algumas coisas foram demais e por isso acabei demorando mais do que o esperado no livro. Esse também não foi o tipo de livro que me deixou desesperada pela continuação.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Glaucia. Uma pena mesmo, mas quem sabe a continuação não surpreenda, né?
      Beijos!

      Excluir
  19. Oiie...
    Entendo que um livro pode dar margem para opiniões diferentes, mas nossa: sério que você não gamou na história?? Hhaha
    Eu fiquei apaixonada pelo Raziel, pelo enredo e por toda a magia que aparece durante as páginas...
    Morri de rir com os diálogos e caí de amores pelo romance!!
    Quero logo a continuação <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale.
      Pois é :p
      Também ri bastante com os diálogos, mas não rolou magia pra mim e o Raziel não conseguiu fazer meu coração sair do compasso, infelizmente ;/
      Bjs

      Excluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...