02 novembro 2015

[Resenha]Encontrando-me - Cora Carmack

Encontrando-me
Losing it 03
Cora Carmack

Skoob | Editora | Compre

Qual era o meu problema? Hunt era só um cara qualquer. Homens nunca foram um desafio para mim... ou pelo menos não eram fazia muito tempo. Mas aquele homem... Ele me deixava confusa sem nem mesmo tentar.
A maioria das pessoas adoraria passar meses viajando pela Europa após concluir a faculdade sem responsabilidades, sem pais e sem limites no cartão de crédito. Kelsey Summers não é exceção.

Ela está no melhor momento de sua vida, pelo menos é o que continua a dizer a si mesma. Tentar descobrir quem realmente você é pode ser um negócio complicado, especialmente quando se está com medo de não gostar do que vai descobrir. Bebidas e festas não são sufi cientes para afastar a solidão de Kelsey, mas talvez Hunt possa ajudá-la.
Depois de alguns encontros casuais, eles embarcam em uma aventura pelo continente. A cada nova cidade, uma experiência. A mente de Kelsey torna-se um pouco mais clara e cada vez mais seu coração deixa de pertencer somente a ela. Hunt a ajuda desvendar seus próprios sonhos e desejos. No entanto, quanto mais ela aprende sobre si mesma, mais percebe o quão pouco sabe sobre Hunt.

Quem acompanha a série sabe que Kelsey é a melhor amiga de Bliss, que depois do fim da faculdade resolve viajar pelo mundo com a justificativa de decidir melhor o que fazer da vida, amadurecer e crescer como pessoa. Então, nesse livro a encontramos viajando pela Europa, em um estilo mais despojado impossível: hospedando-se em albergues, apesar da riqueza do pai garantir que ela se hospede nos melhores hotéis, saindo com homens aleatórios e noites regadas a muita... muita bebida.

Claro que eu não tinha a menor ideia do que estava fazendo com a minha vida ou onde eu me encaixava neste mundo, mas fazia parte dele mesmo assim. Eu deixara pegadas por todo o mundo e, apesar de não conseguir vê-las e de elas não necessariamente importarem, sabia que elas estavam por aí. E isso bastava, por enquanto. Tinha de bastar.

O que importa para ela, no momento, é esquecer da vida que deixou nos Estados Unidos e contrariar, o máximo possível, sua família totalmente desestruturada, indiferente a ela e ao seu bem-estar; principalmente quer correr de um pai que quer controlá-la de acordo com seus interesses.

Em uma dessas noites regadas a bebidas que a levam ao esquecimento, dá de cara com um misterioso homem que a observa, mantendo uma distância que, estranhamente, a atrai para ele. Sem conseguir entender esse magnetismo que o estranho exerce sobre ela, decide testar seus limites com ele, decepcionando-se quando ele recusa suas tentativas de sedução. Sua decisão de esquecer esse estranho falha completamente quando ela passa a encontra-lo em outros lugares e ele acaba sendo seu salvador em uma noite.

A partir disso, Hunt, o homem que inesperadamente surgiu em sua vida, admite que o pouco tempo que passaram juntos foi o suficiente para fazê-lo desejar ficar ao lado dela, e propõe que os dois viagem e se aventurem juntos, até mesmo como uma forma de ver até onde a atração entre os dois vai conduzi-los.

— Uma troca, então. — Ele abaixou a cabeça, sorrindo. — Me dê uma semana. Viaje comigo por uma semana. Se eu não conseguir encontrar a aventura que você tanto busca, seguimos cada um o seu caminho. Eu pensava que a gravidade me empurrava na direção de Hunt, mas era mais do que isso. Ele era a gravidade. Naquele instante, ele era a força que mantinha o universo em equilíbrio.

Eu pensava que a gravidade me empurrava na direção de Hunt, mas era mais do que isso. Ele era a gravidade. Naquele instante, ele era a força que mantinha o universo em equilíbrio.

O que acontece, a partir daí, é uma verdadeira descoberta para Kelsey. Hunt tem o poder de desnudá-la, de fazê-la mostrar-se como realmente é: seus medos, suas frustrações, o que a conduziu até ali, o que formou sua personalidade. Torna-se um processo de autoconhecimento, regado a uma paixão que os dois alimentam a cada dia e se entregam a ela de forma irresistível. E, nessa viagem sem rumos, sem definições, a garota que estava perdida, acaba trilhando um caminho doloroso para encontra-se.

— O melhor da vida é aquilo que não podemos planejar. E é muito mais difícil encontrar felicidade quando se procura num só lugar. Às vezes, você simplesmente tem de se livrar do mapa. Admitir que você não sabe para onde está indo e deixar de se pressionar para descobrir. Além disso... um mapa é uma vida que outra pessoa já viveu. É mais divertido criar seu próprio mapa.



Quando comecei a ler esse livro, imaginei que seria uma história bem fácil, de uma garota extrovertida esbanjando pela Europa para contrariar o rico pai dominador. No entanto, Kelsey revelou-se uma personagem intensa, cheia de sentimentos sufocantes que a levavam a um caminho de perdição, deixando-a perdida, sem orientação. O encontro com Hunt não é benéfico apenas para ela; enquanto ela vai se descobrindo, também percebe que ele tem segredos que podem arruinar o que os dois vivem. Mas, quando revelados, tem o poder de dar uma guinada completamente diferente na vida dos dois.

Eu amei a leitura! Quando pensei que Cora Carmack não ia me surpreender mais com essa série, tenho essa grande surpresa. Para quem a acompanha, não deixe de ler, vale a pena cada página!


Compartilhe!

38 comentários :

  1. Nunca me interessei muito pela trilogia, ou melhor, pelos outros livros, mas lendo a sua resenha deste livro aqui, me empolguei. Adoro essa ideia de viajar como mochileira e ir na contra mão do padrão da família e se uma boa paixão acontecer também, acho que o livro estará perto da perfeição. Quero ler!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está sim, Ivi, perto da perfeição, principalmente como a história evolui, a narrativa também é muito boa! Depois desse livro, a escritora me conquistou definitivamente!

      Excluir
  2. Oi, Luci
    Eu ainda nenhum dos livros da autora, mas ouço mesmo muitos elogios, e com você não foi diferente. Gosto da premissa desse livro e sem dúvidas ainda quero ler. Gostei de saber que a personagem é intensa e te conquistou, gosto de protagonistas assim também. Vejo que o livro vale a pena. Espero ler em breve.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Letícia, Cora escreve de uma forma que conquista o leitor. Sua narrativa, mesmo abordando alguns temas emocionais fortes, é de uma leveza que insere o leitor na história. É uma escritora que merece ser lida!
      Bjos

      Excluir
  3. Olá! Eu já li o primeiro livro dessa trilogia e é simplesmente um livro perfeito a autora me prendeu na história e foi uma leitura muito rápida, e depois dessa resenha estou com mais vontade ainda de continuar lendo o segundo e este terceiro livro para saber mais sobre essa aventura da Kelsey.
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávia, a história do Cade também é perfeita! Ele se revela completamente, e você o ama! Kelsey foi igualmente maravilhosa. Não deixe de concluir a leitura da série, você vai amar tanto quanto do primeiro livro!

      Excluir
  4. Adorei a personagem, como você disse que é intensa. Já me conquista na hora. hehe
    Amo quando o livro aborda tantos e mais segredos, deixa o leitor super curioso!

    Beijos
    http://apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ariane, dá mais vida ao livro, não é? Amei que a autora fez da kelsey uma personagem tão complexa! Valeu a pena ler!
      Abraços!

      Excluir
  5. Olá Luci!
    Eu tenho os dois primeiros livros dessa trilogia, mas ainda não os li, eu nem sabia que eles retratavam em cada livro um casal rs
    Li outras resenhas sobre ele e notei que todas esperavam que a protagonista fosse um tanto fútil e se surpreenderam!
    Amo as capa, coisa que raramente acontece com a Novo Conceito rs

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andréa, menina, leia logo! Rsrsrs! Sim, eu a achei fútil também, alguém vazia mesmo. E, no entanto, ela é essa surpresa. Na verdade, as histórias vão ficando mais profundas a cada livro, com uma temática que envolve o leitor.
      Leia e nos diga o que achou!
      Bjos

      Excluir
  6. Olá! Gosto muito de histórias de amor e achei muito intrigante esse homem que surge assim, de forma misteriosa. Já tinha ouvido falar da trilogia, mas não a li porque nunca tinha me chamado a atenção, não a tinha percebido como uma história de amor tão intensa, mas agora, com a tua resenha, até estou pensando em lê-la, pois fiquei curiosa. Beijos!
    http://leituras-compartilhadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que você se interessou! De fato, essa trilogia é daquelas que focam muito em sentimentos, te levam a ter até, determinadas reflexões. Muito boa!

      Excluir
  7. Olá, Luci.
    Eu gostei bastante desse livro, mas não tanto quanto de Fingindo, que foi meu preferido. Me apaixonei pelo Cade. Mas ainda assim a autora conseguiu me conquistar. Esse foi mais pegado para o drama, mas valeu a leitura. Só acho que faltou um encontro dos três amigos no final hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sil, estou torcendo para que futuramente haja um conto, ou algo parecido, com o reencontro dos três amigos, ostrando a vida dos três após algum tempo. Sou apaixonada por epílogos, e essa trilogia merece algo a mais!

      Excluir
  8. Olha eu nao tive muito interesse de ler esse livro
    mas eu tenho visto o pessoal comentar muito bem.
    Espero que um dia eu tenha a chance de ler =D

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/dia-de-quot-14-bruxa-da-noite-nora.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvana, proponha-se a ler essa trilogia! Você não vai se arrepender!

      Excluir
  9. Oi, Luci.

    Essa série me despertou curiosidade em realizar a leitura, mas estou com algumas leituras pra frente vou deixar para comprar esses livros depois. Esperar uma promoção linda no submarino.

    Abraço!
    http://surpresasnaspaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joe!
      Nossa enorme lista de leitura sempre aumentando, não é? Mas quando tiver a oportunidade, não deixe de ler!
      Abraço!

      Excluir
  10. Já ouvi falar nesses livros, achei que fosse algo mais simples! Haha... Não costumo ler muitos romances... Que bom que você gostou, vou adicionar até como desejado no Skoob u.u realmente despertou meu interesse, hehe.

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Sara, espero mesmo que leia e o aprecie! Bjos

      Excluir
  11. Eu gostei muito da Kelsey ter se revelado uma personagem bem mais complexa que parecia ser, mas demorei a conseguir me envolver com a leitura e acabei gostando bem menos desse livro que dos outros da série. Mesmo assim, valeu a pena conhecer a trilogia, a escrita da Cora é maravilhosa. Que bom que gostou da leitura bem mais do que eu!

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito Ju, principalmente do fator surpresa que foi a personagem. Não sei definir quais dos três é o meu preferido, então... só indico a série toda, rsrsr

      Excluir
  12. Olá... tudo bem??
    Bom eu curti apenas a premissa de Fingindo, não sei porque tanto que já o comprei para ler, mas andei pensando bem e pretendo comprar o primeiro e o terceiro livro até para melhor entendimento... que bom que pra você a leitura fluiu e eu curti demais a leitura da resenha ela foi bem escrita... Xero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diana, apesar dos personagens serem apresentados no primeiro livro, você pode ler tranquilamente o livro sem que tenha lido o anterior. Claro que indicó na ordem, mas os livros são bem independentes entre si. Só o segundo pega um.pequeno gancho do primeiro, mas algo mínimo.

      Excluir
  13. Oiee.

    Olhe me desculpe não ler tua resenha, mas estou lendo o livro e quero uma total surpresa, mas digoo que também comecei a ler o livro achando que seria apenais mais um romance doce para minha lista, mas por tudo que já li da obra sei que é bem diferente


    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo, Fernanda, mas a resenha é sem spoiler viu? Rsrsrs
      Mas olha, quando terminar, dá outra passada aqui pra comentar o que achou.

      Excluir
  14. Luci, eu entendo a Kelsey. A melhor coisa é viajar e se hospedar em albergues. Fiz muito isso e conheci pessoas bem legais.
    Não posso comentar muito sobre o livro porque ainda não li nenhum da série mas, pretendo fazer isso logo.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LuizA, ainda não vivi a experiência, nem sei se teria coragem, rsrsrs...
      Mas amei como a autora narrou tudo, deu vontade de fazer isso!

      Excluir
  15. Oláá
    Ouço falar muuuito bem da escrita e dos livros da autora, parecem ser bem legais para passar o tempo e eu leria se tivesse oportunidade, ainda mais depois da sua resenha só elogiando haha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a escrita dela é muito boa, conquista mesmo o leitor. Ela sabe passar uma mensagem bacana em meio ao romance, isso é o que me encanta nela.

      Excluir
    2. Sim, a escrita dela é muito boa, conquista mesmo o leitor. Ela sabe passar uma mensagem bacana em meio ao romance, isso é o que me encanta nela.

      Excluir
  16. Bom, eu ainda não comecei a ler essa série, mas lendo sua resenha e conhecendo um pouco mais sobre a história, acredito que irei gostar muito dos livros e por esse motivo adicionei eles em minha lista de leituras, pretendo começar a ler a série em breve.

    ResponderExcluir
  17. Eu só li o primeiro volume dessa trilogia (perdendo-me) e achei uma leitura bem legal e achei um livro legal e tenho vontade de ler os dois volumes restantes. Achei uma estória legal, nem sabia sobre o que ela era só por ter gostado do primeiro queria ler esses dois últimos. Estou com muita vontade de lê-los. Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  18. Ooi,
    Eu li o primeiro livro Faking-it muito rápido e gostei bastante na época mas não me animei ainda para conhecer os outros dois livros da Cora.

    https://corujasdebiblioteca.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  19. Oi, Luci!
    Eu acompanho a série e gosto bastante, amei os dois primeiros livros e estou lendo esse, mas confesso que a leitura está arrastada e não está me agradando tanto. Pretendo concluir e espero que melhore e que eu goste tanto quanto os outros.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  20. Oi Luci :)
    Já li o primeiro livro, e apesar de ter adorado senti (depois de ler sua resenha) que esse é muito mais intenso, ele parece fugir um pouco daquele lado "romântico/hot" que tem no outro! Estou doida para dar sequência na trilogia, lendo "Fingindo" e "Encontrando-me", pelo visto esse será o que mais ira me conquistar. Adorei a resenha ;)
    Beijos :*
    Visite: Blog Passeando com os livros

    ResponderExcluir
  21. Graças a Deus dona Cora Comark se mostrou uma escritora de mão cheia nesse ultimo livro, eu ja li os dois primeiros livros e já tinha começado esso so que nos primeiros capítulos eu não foi muito com a cara da menina e meio que desisti do livro, mas pelo li em sua resenha doi um mal negócio porque o livro parece ser bom mesmo e acho que vale a pena dar uma segunda chance. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  22. Oie
    Eu quero muito ler os livros da Cora,eles parecem ser bem leves e rápidos e de todas as resenhas que li as desse terceiro livro foram as que mais me chamaram atenção,em especial a sua.A Kelsey e o Hunt parecem ser ótimos personagens que vão amadurecendo conforme sua caminhada.E é bom descobrir esse outro lado desses personagens,os sentimentos e tudo mais.Com certeza irei ler,ainda mais depois dessa sua opinião.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei