[Resenha] Uma Noite Para Se Entregar - Tessa Dare

Uma Noite Para Se Entregar
Spindle Cove - Livro 01
Tessa Dare

Spindle Cove é o destino de certos tipos de jovens-mulheres: bem-nascidas, delicadas, tímidas, que não se adaptaram ao casamento ou que se desencantaram com ele, ou então as que se encantaram demais com o homem errado. Susanna Finch, a linda e extremamente inteligente filha única do Conselheiro Real, Sir Lewis Finch, é a anfitriã da vila. Ela lidera as jovens que lá vivem, defendendo-as com unhas e dentes, pois tem o compromisso de transformá-las em grandes mulheres descobrindo e desenvolvendo seus talentos.
O lugar é bastante pacato, até o dia em que chega o tenente-coronel do Exército Britânico, Victor Bramwell. O forte homem viu sua vida despedaçar-se quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Como sabe que Sir Lewis Finch é o único que pode devolver seu comando, vai pedir sua ajuda. Porém, em vez disso, ganha um título não solicitado de lorde, um castelo que não queria, e a missão de reunir doze homens da região, equipá-los, armá-los e treiná-los para estabelecer uma milícia respeitável.Susanna não quer aquele homem invadindo sua tranquila vida, mas Bramwell não está disposto a desistir de conseguir o que deseja. Então os dois se preparam para se enfrentar e iniciar uma intensa batalha! O que ambos não imaginam é que a mesma força que os repele pode se transformar em uma atração incontrolável.






Spindle Cove é o local ideal para uma moça da sociedade passar uma temporada, seja para cuidar da sua saúde ou para que algum comportamento indiscreto fosse esquecido.

Nesse pequeno paraíso, onde impera as mulheres, Suzanna Finch está à frente organizando diversas atividades para essas jovens, uma mulher que renega tudo o que é convencional que possa limitá-la, e faz tudo para preservar esse canto de qualquer interferência masculina negativa. Suas experiências anteriores com a nobre sociedade londrina, mostrou-lhe que as mulheres não precisam de determinadas regras para alcançar a felicidade. Assim, ela criou regras próprias, não nocivas para as moças que desejam paz, tranquilidade e expressar-se livremente, sem o julgamento hipócrita de terceiros.

A chegada de Victor Bramwell, um soldado que aspira a volta ao campo de batalha, vai mexer intensamente com as estruturas dessa pequena vila, inclusive com as emoções de Suzanna. Como um tenente coronel que liderou um batalhão no campo de batalha, mas que foi afastado por ter sido ferido, almeja retornar ao seu posto e provar a todos que ainda é capaz de liderar seus soldados. O que ele não imagina é que vai ter que ficar nessa vila, formando uma pequena milícia de homens que há muito só conhecem a liderança das mulheres, que modificou totalmente a dinâmica do pequeno povoado. E talvez, ele tenha que travar uma batalha bem mais árdua: a de sentimentos despertados pela impetuosa Suzanna.

Com objetivos tão opostos, há uma pequena guerra que diariamente é travada entre Bram e Suzanna, e entre as farpas trocadas entre os dois, por terem pensamentos e convicções tão opostos, surge desde o início faíscas entre os dois, fazendo essa briga entre eles ser permeada de muita paixão.   

Pense bem, querida. Esteja certa de que quer isso. Estou lhe oferecendo tudo o que eu sou. E se me permite dizer, sou um homem e tanto. Vou proteger você ferozmente, irei desafiá-la diariamente e deseja-la todas as noites, no mínimo. Você não conseguirá me controlar da maneira que controla os outros homens. “
“Oh, acredito que isso nós ainda vamos ver.” Ela sorriu.

Amei completamente esse livro, por diversos fatores: a autora criou um bom cenário para o desenvolver do romance, da trama em si. Saiu um pouco do que é comum em um romance de época, retratando uma comunidade praticamente dependente das mulheres, em uma época em que os homens sempre tinham sua opinião valorizada. O que, claro, apimentou ainda mais a relação entre os dois personagens, em um conflito de convicções bem divertido. Os diálogos são bem espirituosos, arrancando sempre um sorriso durante a leitura, juntamente com as diversas situações envolvendo os personagens dessa história maravilhosa. E, para quem gosta de um livro com cenas mais quentes e envolventes, a autora contempla o leitor com algumas desse tipo, mas de uma forma bem gostosa de se ler, algo que faz parte do romance em si.

Desfrutei de cada minuto da leitura, deu aquela sensação de quero mais. Muito ansiosa para ler os outros livros da série, espero que sejam tão bons quanto esse.

Leitura muito recomendada.




15 comentários:

  1. Já quero ler! A capa é linda e adorei a resenha *-*
    Geralmente livros desse gênero não me prendem, mas pelo visto esse vai ser uma exceção (eu costumo ler muito Judith McNaught).
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nanda, também amo Judith McNaught! Ela é diva! Mas essa série é ótima, vale a pena ler!

      Excluir
  2. Achei que não ia me interessar pelo livro, já que não sou de ler livros do gênero, porém acho que vou gostar, a história me chamou muito a atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maisanara, essa série é bem empolgante, super recomendo!

      Excluir
  3. Estou cada vez mais fascinada pelos romances de época. Meu primeiro contato foi com os livros de Julia Quinn e desde desse dia esse gênero tem estado sempre em minha lista de leitura.
    Eu acho as histórias lindas. Podemos também conhecer um pouco daquela época, que era bem diferente da de hoje, não é mesmo?
    Adorei saber um pouco desse livro que até então não conhecia. Amo ver aquelas mocinhas inteligentes e muito teimosas, e os homens atenciosos e carismáticos.
    Com toda certeza, irei adicionar esse em minha lista também.
    Abçs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandra, também sempre os amei! Fico muito feliz que as editoras estejam publicando-os!

      Excluir
  4. Oi, Luci. Uma Noite Para Se Entregar não me interessou de inicio por pensar que seria apenas mais um livro sensual, erótico e clichê. Mas, me surpreendi com alguns fatos, principalmente de como a autora lidaria com essas regras próprias criada pela protagonista. Só não darei uma chance a leitura esse ano, por que é uma série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ycaro! Olha só, já li o livro 2, e apesar de ser uma série, você pode ler tranquilamente os livros, porque apesar dos personagens dos próximos serem apresentados, não há uma relação de dependência entre uma história e outra! Espero que você curta!
      Bjos!

      Excluir
  5. Tenho gostado muito de ler romances históricos, acho que os livros do gênero atuais estão acertando na historia e na escrita.
    Eu já estou querendo ler esse livro a um tempo, ele parece ser realmente muito bom, acredito que eu vá gostar dessa leitura. E essa capa é muito bonita.

    ResponderExcluir
  6. Eu acho que vou amar esse livro também. Eu adoro um bom romance e esse parece ser um ótimo livro. Os personagens tentam lutar mas todos sabem no fim não tem como resistir a atração e o amor.
    Amei essa capa, ficou muito bonita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas capas estão vindo arrasando! E kelis, pense numa mocinha determinada a resistir, viu? Amei a personalidade dela!

      Excluir
  7. Oie
    Eu adoro romances de época e sempre leio o máximo deles que posso então esse parece ser ótimo.Adoro quando as mulher estão a frente de seu tempo e tomam decisões que na maioria das vezes não são bem vistas pela sociedade daquela época.E as cenas mais quentes bem descritas é outra ponto que me chamou atenção na sua resenha,adoro quanto tudo ocorre naturalmente sem ficar algo forçado,e espero que os outros livros sejam tão bons quanto esse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Letícia, já li o segundo e posso afirmar: vale a pena ser lida! :Cenas sexies sem vulgaridade, romance na medida certa, e os personagens cada vez melhores! Já quero o 3!

      Excluir
  8. Tenho gostado muito do gênero mas ele livro não me chamou muita atenção. Pretendo lê-lo mas não no momento, tem muito romance histórico que eu acho que tem uma historia melhor e desejo ler antes. Mas concordo com você que o cenário é realmente bem diferente, por esse fato e o de ter cenas mais apimentadas que pretendo ainda lê-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaísa, que pena que você o colocou para trás na eterna lista de livros que temos como leitora! Para mim, ele é daqueles que temos que indicar e ainda cobrar: E aí, leu? rsrsrs!
      Afinal, coisa boa tem que compartilhar!
      Bjos!

      Excluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...