[Resenha]Sob o Céu do Desejo - Carolyn Davidson

Sob o Céu do Desejo
Era uma vez no Velho Oeste
Carolyn Davidson
Uma mulher sem passado teria o direito de sonhar com o futuro?

Sofrendo de amnésia, ela é encontrada e resgatada pelo sedutor Cameron Montgomery, que cuida dela de um jeito mais que especial. Mas como ela poderia ceder ao desejo sem saber o que se escondia em seu passado?

Na maratona de romances históricos desse mês, embarcamos nas diligências de Carolyn Davidson e fizemos um passeio pelo velho oeste, com direito a ataques de índios e o amor nascendo sob a intrépida viagem.

Sob o Céu do Desejo narra a história de Elizabeth, uma jovem que teve a caravana totalmente dizimada por índios, mas que teve a sorte de ter recebido a piedade do seu agressor, que poupou sua vida e de demais agressões. Jogada à beira da estrada à sua própria sorte, é encontrada por Camerom, um batedor de uma outra caravana, que toma para si a missão de cuidar da mulher que, mesmo sob uma aparência castigada, despertou nele o mais forte instinto de proteção e algo mais.

A vontade de proteger aquela mulher era muito forte, uma emoção possessiva e estranha com a qual não estava familiarizado.

Quando desperta, Elizabeth lembra muito pouco do seu passado. De onde veio, para onde ia ou se era casada. Essa ausência de informação deixa incerto o seu futuro, principalmente diante de um homem que, com seus cuidados, revela a cada dia um maior apreço por ela, demonstrando suas intenções de construir uma vida ao lado dela.

Camerom não hesita em demonstrar seus sentimentos, mesmo diante da incógnita do passado de Elizabeth. Podia-se esperar um homem duro, calejado pelo passado e o que já teve que fazer para sobreviver para conseguir um lugar no mundo, mas é de uma sensibilidade ímpar. Para ele, ela não é uma mera desconhecida cuja vida foi salva por ele na estrada, mas alguém que ele sentiu, desde o início, poder construir algo sólido, a companheira que estaria ao seu lado a partir daquele momento, por toda a vida.

Sinto-me quase honrado pelo destino tê-la colocado em minha vida. Espero que não fique assustada pelo que direi, mas parece que meu anjo da guarda a trouxe até mim. Você preencheu um espaço em minha vida que esteve vazio por muito tempo.

Entre a viagem e a incerteza do passado que influencia as decisões do futuro, os dois vão aprendendo a se conhecer melhor e a tentar a melhor forma de permanecerem juntos no final dessa viagem.

Para quem conhece a autora, sabe que seus romances são ótimos, com uma trama bem construída, e os personagens... bem, esses merecem uma resenha à parte. Seus mocinhos sempre demonstram dedicação, paixão e amor sem igual por suas companheiras e Camerom não deixou a desejar nesse quesito.

Senti muita falta de um dinamismo maior na história, concentrou-se muito na viagem que, aliás, essa aventura de atravessar grandes áreas, correndo perigo, já renderia um enredo muito bom, com todas as adversidades que podem acontecer. Nisso, a escritora pecou, deixou o livro um tanto quanto arrastado, principalmente para quem conhece seus romances anteriores e sabe que sempre é presenteado com uma boa história. Mas isso não dá ao livro, claro, uma indicação negativa. Carolyn Davidson sempre vale a pena ler!


12 comentários:

  1. Esse livro não me chamou muita atenção, acredito que não o leria. Pelo menos não no momento.
    Eu não conheço essa autora, vou dar uma olhada em outras de suas obras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago, dá uma procurada sim, que vale a pena!

      Excluir
  2. Bom ainda não li nenhum livro da autora, mas não me interessei por este livro, a história não me chamou a atenção, então não leria, mas vou procurar outros livros da autora, já que você disse que são bons, para ver o que eu acho.
    Sua resenha está muito boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marie lê, como falei, por conhecer já a autora, fiquei um pouco decepcionada com esse. Mas se você ler outro drla, saberá do que estou falando! ;)

      Excluir
  3. Oiii
    Nunca li nada da autora,mas fiquei com vontade de conhecer esse e os outros livros dela.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Larissa! Sou viciada em livros de banca, e ela é uma das minhas queridinhas!

      Excluir
  4. Eu não conhecia essa autora e nem suas obras. Infelizmente não gostei muito dessa historia, não me chamou muita atenção.
    Mas quem sabe outros livros dessa autora não me agradem.
    Boa resenha, como sempre.
    :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thais, essa autora tem vários, e todos muito bons! Vale a pena dar uma procurada e ler!

      Excluir
  5. Eu adoro os livros da Harlequin. Mas não me animei muito para ler esse livro. Porem não tiro a possibilidade de lê-lo algum dia.
    Boa resenha Luci!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kelis, que bom que gostou da resenha! Espero que um dia vc se apaixone tanto quanto eu pela escrita da Carolyn Davidson!

      Excluir
  6. Bem, eu não conhecia Carolyn Davidson, mas por você ter dito que vale a pena ler suas obras, fiquei curiosa.
    Esse enredo me chamou muito a atenção por ser bem diferente do que estou acostumada a ler, apesar de ser um romance. Uma jovem que teve a caravana dizimada por índios, e foi jogada á sorte na estrada, mas depois foi encontrada por outro batedor, que acaba se apaixonando, mesmo sem se lembrar do passado. Como não desejar ler? ;P
    Adorei a resenha Luci <3
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  7. Uau que tanquinho kk.Nunca li nada da escritora mas tenho adquirido cada vez mais romances da Harlequin,só que meu foco nesse momento são os Vikings <3.A história parece não conter muita ação mesmo mas gostei do mocinho ser tão dócil,e não daqueles que só humilham a protagonista.Vou procurar conhecer mais romances dessa escritora.
    beijos

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...