17 agosto 2015

[Resenha] Tocando as estrelas - Rebecca Serle

Tocando as estrelasTocando as estrelas # 1
Rebecca Serle



Tocando as estrelas - Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagem no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.


Tocando as Estrelas nos traz a história de Paige, uma adolescente comum que, de repente, vê-se realizando seu maior sonho: o de ser uma grande atriz famosa. De forma rápida, ela se vê transportada de sua vida comum, sem graça e grandes expectativas, para estar sob os holofotes como protagonista de uma história cujo romance, a história de um triângulo amoroso adolescente, já vendeu milhões de livros (Quem leu e lembrou de Crepúsculo????).

Nos bastidores do filme, ela vai conhecendo melhor Rainer, um jovem ator que contracena com ela, que vai deixando-a mais confortável para enfrentar o dia a dia das filmagens, a superar suas inseguranças e medo de falhar. Ele vai se tornando seu porto seguro, alguém em quem ela encontra paz e serenidade, despertando nela sentimentos que são correspondidos. A relação dos dois pode ser descrita como suave, confortável... até o outro ator, Jordan, surgir em cena e colocar Paige num turbilhão de sentimentos, fazendo-a viver seu próprio triângulo amoroso, composto de incertezas e sentimentos conflitantes.

As pessoas sempre dizem que há milhões de maneiras de resolver um problema, que não existe resposta simples para uma pergunta. Não é verdade. Existem apenas duas vias a serem seguidas a qualquer instante. A via que leva você para alguma coisa — estrelato, amor, desastre — e aquela que afasta você de tudo isso. A todo momento, a qualquer instante, você precisa fazer o melhor que pode para saber qual é qual.

A impressão que fiquei foi que Rainer, na verdade, é o tipo de personagem que entra na história como o bom rapaz, o amigo com quem você pode contar a qualquer momento; Jordan, por outro lado, ele é o cara que deveria ser odiado, deixado à margem, mas que vai te conquistando a partir do momento que conhecemos seus segredos, os motivos das suas atitudes. A história ganha mais vida quando ele surge na trama, pois a protagonista, Paige, só tem um papel verdadeiramente significativo quando isso acontece.

Um dos pontos positivos no livro foi como a autora descreveu os bastidores da fama, com todos os percalços que uma atriz jovem inexperiente, pode enfrentar. Creio que, como é uma série, a escritora deve se aprofundar melhor nisso nos próximos livros, devido a forma como ela fechou essa primeira história. A narrativa também foi bem fluída, ela soube traçar bem os personagens, a evolução de sentimentos que os fizeram ganhar vida.

Enfim, Rebecca Serle presenteia aos leitores que curte romances adolescentes, sem muitos dramas, com um romance leve, uma leitura fácil, daquele tipo você senta em um domingo à tarde sem muita coisa para fazer, querendo somente relaxar com algo não muito forte.


Compartilhe!

15 comentários :

  1. A capa é bonita, parece uma referencia a fama.
    Eu não costumo ler romances adolescente. Achei a historia interessante, mas fiquei mais curioso para saber como ela conseguiu o papel nesse filme. O livro conta essa parte ou foca na vida nova de atriz e no relacionamento dela com os dois?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim, Thiago. Engraçado que ela nunca leu os romances que inspiram o filme, mas quando sabe que vai haver esse teste, ela os lê e se arrisca. Não é spoiler, viu? rsrsr

      Excluir
  2. Eu adoro romance adolescente, estou sempre procurando algum livro assim para ler. Parece ser mesmo uma leitura leve, e a capa é linda. Já estou super curiosa para saber com quem ela fica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o mal dos triângulos amorosos, nos deixam ansiosas, não é?

      Excluir
  3. Gostei dessa capa, as luzes em formato de coração ficou muito bonito. Já estou tentando imaginar as capas dos próximos livros.
    Eu achei a premissa boa, mas ultimamente não tenho me animado muito com romances adolescente. Mas não que eu não tenha gostado, apenas não pretendo ler nesse momento.

    ResponderExcluir
  4. Bom, apesar de vários comentários positivos que já vi sobre esse livro, eu não me interesso pela história, apesar de eu curtir romances adolescentes, esse não me chama a atenção e nem me deixa curiosa, não pretendo ler no momento, mas sua resenha está muito boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, que bom que gostou! Quem sabe, um dia, você não reserva um tempinho para lê-lo? Bjos!

      Excluir
  5. Oiii
    Eu não conhecia o livro,amo romance adolescente e fiquei curiosa para conhecer o livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, a escritora escreve bem, não a conhecia, foi o que mais gostei no livro!

      Excluir
  6. Eu tinha ouvido falar muito desse livro, mas não pretendo ler, pois esse enredo simplesmente não me encantou e existe tantas opiniões, tanto positivas quanto negativas que perdi o interesse. Eu fico meio receosa quando o livro tem um tema desse estilo, sendo narrado por adolescente e com um triângulo amoroso no meio, mas sua resenha foi ótima =)
    Bjs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, as opiniões são controversas. O que salva muito o livro é a narrativa da autora, que não é chata nem repetitiva.

      Excluir
  7. Oie
    Não gosto muito de romances que falem de famosos ou dessa vida atrás dos bastidores,claro que há minhas exceções <3.E mesmo sendo uma leitura leve e com bons personagens faltou algo sabe,aquilo que faz você pensar "preciso ler esse livro imediatamente" ,lógico que se eu tivesse oportunidade leria sem problemas mas o enredo não me atraiu não.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Letícia, devo confessar que também não foi amor à primeira vista! Mas, como eu disse antes, tem uma narrativa muito boa, a história peca mais pela imagem da mocinha, que parece não ter ganhado vida na história até bem mais da metade da história.

      Excluir
  8. Ameiii sua resenha
    Li o livro e estou super ansiosa para o lançamento da sua continuação
    beijos
    http://www.oclubedameianoite.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Ilinha, que você curtiu! Também estou com expectativas para o segundo!

      Excluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei