[Resenha] A verdade sobre nós.

A verdade sobre nós. 
 Amanda Grace


A Verdade Sobre Nós - Madelyn Hawkins está cansada. Cansada de ser sempre perfeita. Cansada de tirar A em tudo. Cansada de seguir à risca os planos que os pais fizeram para ela. Madelyn Hawkins está cansada de ser algo que não é, algo que não quer ser. E então ela conhece Bennet Cartwright. Inteligente, sensível, engraçado. A seu lado, ela se sente livre e independente. Uma história que poderia muito bem ter um final feliz, não fosse por um detalhe: Maddie tem apenas 16 anos, e Bennet, além de ter 25 anos, é seu professor. Pressionada pelos pais a participar de um programa para jovens talentos, Maddie pula dois anos do Ensino Médio e vai direto para a faculdade, onde conhece e se apaixona pelo professor de biologia. O sentimento é recíproco, e para dar uma chance àquele novo relacionamento que lhe faz tão bem, ela decide não contar para Bennet sua idade. Não demora muito para que as coisas comecem a dar errado, e as consequências da farsa de Maddie ganham contornos devastadores quando a verdade vem à tona.


Este é um daqueles livros simples que te atraem pela capa singela, e que atiçam nosso imaginário por ser a historia de amor de uma aluna e seu professor mais velho.

Nossa protagonista Madelyn Hawkins, narra toda historia de amor vivida por ela e seu professor através de cartas. Madelyn aos 16 anos é inteligente e considerada a filha prodígio. Ela acaba aceitando a escolha de seus pais e se inscreve em um programa escolar onde avança 2 anos do ensino médio e dessa forma acaba entrando direto para a faculdade.

Menina correta que nunca deu problema algum a sua família. Sempre com notas e comportamento impecáveis. Mad acaba aceitando o peso de sustentar as expectativas de seus pais que acabam até mesmo colocando-a na frente de seu irmão mais velho, que já esta na faculdade. O único problema dessa historia toda é....Madelyn não é feliz.

Logo no primeiro dia de aula ela da de cara com seu professor de biologia Bennet Cartwright, 10 anos mais velho que ela. Sua conexão é instantânea, e para sua surpresa, ela percebe que algo também o fez se conectar a ela. Para completar, o destino da uma mãozinha, fazendo com que eles se esbarrem em uma trilha pelas montanhas. As breves caminhadas foram despertando cada vez mais a atração mutua entre os dois. Porém, a relação professor-aluno por si só já não é vista com bons olhos, já que para todos os fins o professor é visto como alguém que exerce influencia sobre o aluno. E pode acabar se agravando quando esse aluno é bem mais novo.

A partir desse momento ambos decidem esperar o semestre acabar para tentarem vivenciar esse amor. Os encontros são sempre baseados em conversas, carinho, cumplicidade, porém, eles não se entregam. Decididos a esperar pelo momento certo. Só existe um problema nessa historia toda, Mad não conta para Bennet que tem 16 anos. Ela omite essa informação dele. E o faz acreditar que é uma menina mais velha.

Gostei muito do livro. Na verdade gostei da forma como a historia era contada. Em formas de carta, onde a nossa protagonista consegue colocar em palavras toda sua dor, sua saudade e seu amadurecimento. No decorrer da escrita fica visível o quanto Madelyn cresceu, e se transformou. Afinal ela já esta na fase de mudanças,e o acontecimentos que vieram depois, acrescentam mais para sua historia de vida.

Apesar de ser um livro pequeno e simples. A leitura flui e te prende. Logo na primeira pagina você já sabe qual foi o final dessa historia. Porém, a narrativa é tão boa, que você quer terminar a leitura para saber afinal o que aconteceu.

Eu amei a sensibilidade da autora em descrever os medos, incertezas e sentimentos contraditórios, bem comum em uma menina de 16 anos. Ela escreve com delicadeza. E consegue captar a essência dessa historia de amor e nos transmitir da mesma forma. Apesar de uma baita reviravolta no final. O que essa leitura nos deixa é....mentir por omissão pode ser um caminho sem retorno. Certas coisas não podemos simplesmente virar a pagina e seguir adiante. Ficam marcadas em nós, e nos fazem ter que fazer escolhas seguidas pela razão e não pelo coração.

Se você procura um livro, simples e descontraído, eu recomendo essa leitura. A mensagem que o livro nos deixa é, sempre há tempo pra recomeçar...sempre há um novo dia...e novas historias...e novos caminhos. O importante é seguir em frente.
Boa leitura!


16 comentários:

  1. Adorei a resenha!
    Quero demais ler esse livro, tinha me interessado mais pela capa, e não tinha lido nenhuma resenha ainda, mas depois de ler esta resenha e ver que é um romance, fiquei curiosa demais para ler, e descobrir que rumo vai tomar esta história, já adicionei em minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariele é um romance previsível, porém, uma leitura que te prende do início ao fim. Eu gostei muito!

      Excluir
  2. O livro parece ser tão fofo, adorei a historia. Já imagino a confusão que vai dar quando ele descobrir que ela é menor de idade.
    Achei a capa bonita também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaísa além das confusões tem as consequências também. Vale a pena a leitura.

      Excluir
  3. menina nunca soube q a história do livro seria algo desse tipo! kkkkkkkkkkk
    me interessei :D

    vou ler, adorei a premissa. e se vc gostou, eu confio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me apaixonei pela capa e quando li a sinopse fiquei encantada.
      Bjs

      Excluir
  4. Eu já tinha visto esse livro, mas não imaginava essa historia. Gostei muito e com certeza vou ler esse livro.
    To aqui imaginando se os pais dela descobrem, nossa que confusão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E acredite... é um livro que deixa até uma certa saudade quando acaba., pois ele é curtinho. É uma história simples, mas bela.

      Excluir
  5. Essa capa é sim singela, mas achei que combinou perfeitamente com a história, que demonstra ser uma história de amor doce e inocente. Já tem um tempinho que estou de olho nesse livro mas ainda não tive a chance de ler, infelizmente. Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade tem gente que não gostou de certas partes da historia... mas eu particularmente achei perfeito. Algumas coisas fogem ao nosso controle.
      Bjs

      Excluir
  6. Eu gostei muito da premissa, já ate imagino quando ele souber que ela é menor de idade.

    Me animei muito para ler esse livro, eu só não gosto muito de livros que são escritos em forma de carta. Mas de qualquer forma vou dar uma oportunidade, porque achei a historia muito boa mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago, Leia sim. Não é chato. Pelo contrário. Logo de cara você vai imaginar como acabou essa história. Mas a forma como ela escreve as cartas é muito sincera e vc se vê na pele dos personagens.
      Bjs

      Excluir
  7. Adorei a resenha, parece que esse é um livro muito interessante. Os temas que são abordados são, comuns hoje em dia. Já adicionei na minha lista de livros para ler, valeu a dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Thays.. só que lá, as leis são severas, então foi meio tenso, eu diria que foi um livro que surpreende, porque mesmo sendo simples te prende.
      Boa leitura.!

      Excluir
  8. Oiii
    ainda não tive a oportunidade de ler ele,mas eu to louca pra ler so tenho ouvido elogios dele.
    Amei sua resenha me fez ficar com mais vontade ainda ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa eu realmente amei esse livro. Ele me prendeu do início ao fim. Leia. Espero que goste. Bjs

      Excluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...