08 abril 2015

[Resenha] A Evolução de Mara Dyer


Título: A Evolução de Mara Dyer
        Autora: Michelle Hodkin
Série : Mara dyer #02     
Páginas: 405



As misteriosas e perigosas habilidades de Mara continuam a evoluir. Ela sabe que não está louca e agora precisa se prender desesperadamente à sanidade. Mara sabe que é tudo real: pode matar com um simples pensamento, assim como Noah pode curar com apenas um toque e que Jude, o ex-namorado morto por ela, está realmente de volta. Mas para descobrir suas intenções, deve evitar uma internação em um hospital psiquiátrico. Confusa com as paredes se fechando e ruindo ao seu redor, ela deve aprender a usar seu poder. 



Quem não leu A Desconstrução de Mara Dyer não leia essa resenha, ou leia, mas não reclame de spoiller! Aviso dado!




Eu acabei de ler, neste exato instante, o final de "A Evolução de Mara Dyer". Gente, nunca xinguei tanto uma autora. Eu amo a Michelle, mas que final foi esse? Que ódio!!! Ok, agora me sinto melhor kk.

Em “A Desconstrução de Mara Dyer” tivemos AQUELE final. Além de várias revelações e momento intensos com o Noah. Uma das coisas que eu mais gostei no estilo dessa autora é que ela sabe como deixar o leitor doidinho. Ela confunde a personagem e a nós, a ponto de nos identificarmos com a situação de Mara e de ficar furiosos com as pessoas julgando-a louca, porque vemos o que a Mara vê. Sentimos como a Mara sente. E não somos loucos. Ou nem tanto assim. 

Primeiro eu fiquei com raiva da mãe dela. Após me distanciar da história pude entender e até me colocar no lugar dessa personagem, mas enquanto lia tudo o que eu podia pensar é: ela é sua filha, cara. Não importa que pareça louca. Ela é sua filha e você não está ouvindo! E acho que por isso nos apegamos tanto ao personagem do Noah na história. Ele confia na Mara, ele sabe que ela não é completamente normal, sabe que ela tem problemas, mas ele escuta, fica por perto e a apóia, mesmo quando ela age como louca.

Outra coisa que eu amei, foi que não teve toda aquela recapitulação do livro anterior, Michelle Hodkin não fica naquela enrolação de repetir várias coisas que já haviam sido discutidas, ela vai direto ao ponto.

Em “A Evolução de Mara Dyer” já sabemos que Noah também não é apenas o cara super gato, podre de rico, com problemas de atitude. Ele tem vários problemas em casa com o pai e a família em geral é uma grande fachada e esconde muita coisa por trás daquele sorriso malicioso e das respostas rápidas. Noah assim como Mara tem habilidades especiais e ele quer ajudá-la, salvá-la de si mesma. Mas as coisas tomam uma proporção absurda quando descobrimos que seu ex-namorado Jude, que deveria estar morto, na verdade não está. E está perseguindo Mara. Nem tudo o que ela via era uma alucinação. Agora ela e sua família correm perigo. Ela se lembra de tudo o que aconteceu no sanatório.

Tudo se complica depois de Mara saber mais sobre suas habilidades. Ela pode matar pessoas, apenas desejando e visualizando isso. A princípio ela não sabia, considerava parte coincidência, parte alucinação. Mas agora ela sabe. Antes havia sido acidente, porque ela não sabia o que podia fazer. Mas a consciência do ato muda tudo. E depois do pai ser baleado em consequência de um desejo seu de matar outra pessoa, Mara se dá conta de que ela é um risco para as pessoas que ama.

Ao tentar se entregar para a polícia para pagar pelos assassinatos que ela cometeu - mesmo sem intenção - descobre que Jude, ao contrário do que todos pensavam, está vivo, parece querer vingança e tem sua família no alvo. Ao vê-lo Mara tem um surto na delegacia e é internada.



Agora ela terá ainda mais dificuldade para proteger aqueles a quem ama. Sua liberdade nunca esteve tão limitada. Obrigada a frequentar o projeto Horizontes ela deve se esforçar para aparentar que está querendo melhorar, tomar todos os remédios e obedecer a tudo o que disserem, porque se ela falhar, ela ficará longe de toda sua família e eles estarão à mercê daquele que mais a odeia. E não adianta tentar alertá-los, porque não acreditam nela. Porque ela é louca. As respostas estudadas e bem calculadas, os remédios que a fazem sentir tontura, as perseguições e ameaças constantes de Jude, a atenção de cada membro de sua família voltada para cada passo dela… E a repentina distância de Noah. Tudo isso vai complicar ainda mais seu frágil estado emocional e mental, além de fazer com que ela se sinta mais só do que nunca.
Ela não sabe ao certo o que há de errado e tem medo de que ele finalmente tenha entendido que ela está quebrada demais e que ele não pode consertá-la não importa o quanto tente. Ela sabe que o melhor para ele é estar longe dela, mas não pode se obrigar a deixá-lo ir. Ela sabe que ao perdê-lo, perderá também a si mesma.




Com Jude constantemente a lembrando de sua presença, a paranoia será sua principal companheira, Mara está cada vez mais perto de enlouquecer de verdade e o único que pode ajudá-la é Noah, mas talvez ela já esteja além de qualquer ajuda.




Eu ainda não acredito na forma como esse livro terminou e amo e odeio a Michelle Hodkin por ter criado algo assim.
Espero que tenham gostado da resenha e do livro. E que estejam sofrendo pela continuação como eu, assim não fico louca sozinha kk'.

Beijos!


Compartilhe!

10 comentários :

  1. Eu não li esse livro ainda, mesmo que sua resenha tenha spoiler não prejudicou a minha curiosidade para ler o livro, pelo o contrário fiquei com mais fome ainda, para saber o porque desse livro ter deixado você amando e odiando a autora. Parabéns pela resenha.

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tentei dar o mínimo possível, só que não tinha como não citar o ex dela porque o segundo livro gira em torno disso kk
      Fico feliz que não tenha prejudicado a sua curiosidade e espero que você possa ler logo (de preferência antes do 3º sair, para poder compartilhar a minha agonia <333 KKK)

      Ps.: Amei o blog e vou seguir ;)
      Beijos!

      Excluir
  2. Não costumo gostar de livros de fantasia e ficção, mas me falaram tanto dessa série, que acabei adquirindo esse livro e o primeiro, mas ainda não os li, e mesmo pegando spoiler na sua resenha, não desisti de lê-los, pelo contrário. E agora acho que terei que lê-los logo, já que você falou que terá mais um livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Amália!
      Sim, leia e venha chorar comigo pelo 3º KKKKKKKKK
      Se tornou fácil uma das minhas séries favoritas *-*
      Bjss

      Excluir
  3. Oiee!
    Já tinha ouvido falar desse livro, mas muito por alto. Pela seu resenha parece ser o tipo de leitura que eu vá gostar então com certeza vai pra minha lista de leitura, mas antes tenho que ler o primeiro já que esse é o segundo livro né?
    Vou tentar ler o primeiro o mais rápido que puder, para assim me jogar nesse e pelo que vejo morrer de raiva do final rsrs
    Bjokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Iêda!
      Sim, isso mesmo o primeiro é "Desconstrução". Ele é bem viciante. O final do primeiro já te deixa sem fôlego, mas o final do segundo... Sem palavras.
      Espero que goste :D
      Beijos!

      Excluir
  4. Oiii
    Serio que esse livro e ficção??eu amo ficção,mas nunca tinha reparado que ele era desse gênero.
    Agora ele ja entrou pra minha lista de leitura!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa!
      Sim. Você vai gostar com certeza, leia e volte para dizer o que achou, sou louca por essa série (e quase não tenho ninguém para falar sobre ela T.t)
      Beijos <3

      Excluir
  5. Como assim amando e odiando? Menina cê tem um poder de deixar curiosidade. Agora já tô louca pra ler e que spoiler o que mulher. Podia ter dito era mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Liih!
      KKKKKKKKKKK
      Eu tento muito não dar spoiler porque eu mesma não gosto muito de receber. Mas no caso desse livro era IMPOSSÍVEL não dar esse 'spoilerzinho' porque ele realmente gira em torno desse spoiler xD
      Espero que leia, é uma série fantástica e há muito tempo eu não ficava tão empolgada e ansiosa por uma continuação.
      Beijos, Liih <3

      Excluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei