[Resenha] Como Domar Um Sheik

Como Domar Um Sheik

To Tame a Sheikh (Desejo 169) 
Orgulho de Zohayd 1/3

Ele a teria para si!

Bastou ao sheik Shaheen Aal Shalaan a avistar em uma sala lotada para, no mesmo instante, perceber que desejava aquela mulher. Sem muito esforço, logo a levou para sua cama, onde ela despertou nele paixões há muito tempo adormecidas. Após o enlace, o sheik descobriu a verdadeira identidade de sua amante: era Johara, sua amiga de infância, que agora florescia na visão de Shaheen de tal modo que se tornara impossível para ele viver sem ela. Porém, sua linhagem exigia uma esposa já escolhida para o trono, e desposar outra poderia trazer resultados catastróficos. No entanto, como ele seria capaz de dar as costas à mulher que estava grávida de seu filho?



Continuando nossa Maratona de Livros de Banca, aliás, eu estou atrasada, porque essa autora é do mês de março. Desculpem o atraso. 

Primeiro livro da Olivia que eu li, e achei muito gostosinha a escrita.

A historia é da Johara, filha do joalheiro do sheik que se apaixona por um de seus filhos. 
Quando sua família se muda para a casa do sheik, Johara sofre um acidente, e fica pendurada na varanda, apesar de todo o esforço para se segurar, ela acaba caindo, e bem no colo de Shaheen. E a partir desse momento, a menininha de sete anos se apaixona. 

Conforme o tempo vai passando, os dois criam uma amizade que é interrompida quando Shaheen precisa assumir as suas funções como herdeiro, já que ele é mais velho que ela. Assim o tempo passa, cada um em seu mundinho, Johara como uma famosa design de roupas, e Shaheen com os negócios de família.

Em uma festa em homenagem a Shaheen, ele encontra uma jovem que o hipnotiza, a conexão é imediata, e o único pensamento dele é ter aquele mulher. 

Johara tem a melhor noite de sua vida, a que sempre sonhou, com o homem que sempre amou, o seu único pesar é não contar a ele quem ela era, e simplesmente sumir no dia seguinte, sem maiores explicações. 

Os dois voltam a se encontrar no castelo do sheik, e então acontece o descobrimento da falsificação das jóias, e o suspense para descobrir o culpado. Nesse momento, somos apresentados aos irmãos de Shaheen, o que tira um pouco de atenção ao romance deixando o livro mais dinâmico.  

Mesmo depois de terem esclarecido tudo, Johara ainda tem mais um segredo a ser desvendado.



No livro tem um certo mistério, que é descobrir quem trocou as jóias verdadeiras por cópias, mas no final a autora não explorou isso muito bem, mas esse suspense deu um quê a mais no enredo, te levando a ler mais rápido para desvendar o mistério. 

Eu achei o casal normal, mas eu ameiiiiii os irmãos, são três "reais" e mais dois do segundo casamento do sheik, e eles são muitoooooo bons. O diálogo deles é dinâmico, super sarcástico como só irmãos sabem ser. E eu estou louca para ler os outros dois. 

Gostei muito da minha experiência com os Sheiks, espero que vocês gostem deles também!

5 comentários:

  1. Oiee!
    Minha tia ama esses livros com sheiks hehe
    Eu não gostei muito da história em si, mas fiquei muito curiosa para saber como ele vai fazer pra se livrar do casamento que a linhagem escolheu para ele, por isso, se tiver a chance vou ler sim.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros de banco sempre são gostosos de ler!

      Excluir
  2. Ah nem, tava adorado a resenha, ai o final me deu uma decepcionadinha, mesmo assim quero ler pra saber quem trocou as joias, e em que vacilou pra ser descoberto que nan kkkk perdeu oportunidade dessas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é que o final do livro deixou um pouquinho a desejar.

      Excluir
  3. Não conhecia o livro, mas adoro romances de banca, costumo ler os históricos. Achei a premissa bem interessante, esse mistério das jóias e também do relacionamento de Shaheen e Johara, confesso que me estimulei muito para lê-lo.

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...