[Resenha] Milagres do ágape

MILAGRES DO ÁGAPE
CAROL KENT & JENNIE AFMAN DIMKOFF
Páginas: 308

Skoob | Editora |


Milagres do Ágape é uma coletânea de histórias verídicas, e, mais do que isso, inspiradoras, edificantes e belas, que mostram, de forma simples e de coração aberto, a manifestação do amor de Deus intervindo na vida de pessoas comuns. São relatos de amor e celebração, mas também de corações partidos, sofrimento e tragédias pessoais. Todas com a marca comum do “Momento de Deus”, mostrando Seu amor, Sua mão acolhedora e Sua bênção. Os leitores vivenciarão momentos tão inesquecíveis e espetaculares que nunca mais sairão da memória. O livro, como um todo, é uma experiência que abençoará de forma indelével a alma dos leitores e nos ratifica a certeza de que nunca, jamais, devemos perder a esperança ou deixar de orar. Não são meros acontecimentos do acaso, não são golpes de sorte, tampouco coincidências. Quando verdadeiramente paramos para pensar em situações como as que estão relatadas em Milagres do Ágape, descobrimos a manifestação onipresente de Deus e, daí em diante, passamos a reconhecer Seu modo afirmativo, Sua liderança e Seu infinito amor. 



Sempre que falamos em amor, logo nos lembramos do que sentimos pelo marido ou namorado, pelo pai, pela mãe, pelos irmãos, pelos amigos... Mas nunca lembramos de fato que existe um amor que vai além dos laços de sangue ou de amizade. Que nasce simplesmente do desejo de ser altruísta e de ver o outro sorrir, em expressões alegria ou de fé que animam e confortam o coração.

Milagres do Ágape nos conta diversas histórias que, em sua simplicidade, revelam pequenos gestos que se tornaram grandiosos, de pessoas impulsionadas pelo desejo de ajudar ao outro sem as razões egoístas que tantas vezes parece imperar nas atitudes humanas. Coisas que podem ser consideradas comuns, mas que nos faz perceber que a vida é feita de pequenas atitudes.

Essas histórias, resultado de um amor fraternal e espiritual, faz o leitor refletir sobre o que é realmente essencial e valorizado, quando muitos consideram grandes bênçãos um casaco já gasto para espantar o frio — mas que foi dado como um dadivoso presente —, ou ter um vale-compras para suprir a fome de pessoas cujo alimento muitas vezes é incerto ou escasso.

Esses pequenos contos verídicos do livro, que exalta gestos tão simples, nos convida a olhar ao nosso redor e contemplar nossas atitudes sob o olhar da humildade e da fraternidade, algo que destoa completamente dos sentimentos individualistas que muitas vezes resistem dentro de nós, mas que nos constrangem se formos verdadeiramente sinceros e admitir que temos que abrir espaço suficiente em nossas vidas para a compreensão que devemos entender a necessidade de se doar mais, dividir mais de si, como forma de crescimento e de formar uma unidade guiada por uma força bem maior que as vontades humanas.

E o olhar para o outro, construir um relacionamento com base em grandes propósitos, tomar para si a missão de ver o outro sorrir, ficar confortável ou em paz, constitui os verdadeiros milagres do ágape, pois transcende os obstáculos das diferenças que tanto oprime e separa as pessoas.

É, acima de tudo, reconhecer que nos fortalecemos na esperança de mirar o outro com os olhos cheios de fé, mesmo em meio às desilusões do mundo, porque se compreende que são as atitudes positivas que nos guiam e nos tornam mais humanos.

Para quem gosta de uma leitura leve, de cunho religioso, Milagres do Ágape é uma boa leitura, principalmente para servir de inspiração a tomarmos atitudes benéficas com relação àqueles que estão ao nosso redor, mesmo na forma de pequenos gestos, que se tornam enormes para quem os necessitam.







4 comentários:

  1. Eu gosto de livros religiosos, mas sou daquela que começa esse tipo de livro e nunca termina, um caos.
    Amei o blog de vocês meninas! ♥
    Dê uma passadinha lá no Meiga como passei aqui, (meigacomoslivros.blogspot.com) tem uma coluna super legal de moda, corre lá pra conferir... é o primeiro post! Muito obrigada linda, beijinhos e boas leituras. ♥♥

    ResponderExcluir
  2. Acho que nunca li um livro de reflexão! huhuhuhu

    não sei se eu gosto!

    ResponderExcluir
  3. Parece ser emocionante este livro. Fiquei curiosa depois de ler sua resenha. adoro temas deste tipo. São emocionantes e cheios de mensagens de amor, fé e amizade. Vou tentar ler. espero gostar também.

    ResponderExcluir
  4. Ótima resenha.
    E essa capa aí? PERFEITA GENTE <3

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...