03 novembro 2014

[Resenha] Subindo pelas Paredes

Subindo pelas Paredes
Cocktail 1
Alice Clayton


A primeira noite de Caroline em seu novo apartamento é uma promessa de que dias – e noites – agitados virão. Ela não poderia imaginar que dividiria a fina parede do seu quarto com um cara capaz de deixar uma mulher completamente maluca na cama. Aliás, uma não, Caroline já contou pelo menos três gritos e gemidos diferentes. Conviver toda madrugada com a animação do apartamento ao lado deixa Caroline ainda mais afundada na crise sexual que a acompanha há tempos. Mas ela nem sequer pode imaginar que o vizinho que ela abomina talvez seja o único capaz de lhe trazer de volta seus orgasmos. Em Subindo pelas paredes, Alice Clayton mistura humor, paixão e boas doses de sensualidade, capazes de fazer qualquer uma cair de joelhos e se apaixonar.

Imagine mudar para um novo apartamento e descobrir que seu vizinho mantém um pequeno harém composto por três amigas com benefícios, que se revezam a cada noite? Até ai, nenhum problema, a não ser que isso atrapalhe seu sono e a mantenha acordada durante quase toda a noite como acontece com Caroline, devido às reações ruidosas das companheiras do seu vizinho e as constantes pancadas na parede...

Pois é, essa foi a sorte de Caroline, que foi ser justamente vizinha de Simon, um homem sedutor que foge de compromissos e está muito feliz com sua vida de fotógrafo que o faz viajar pelo mundo e ser recepcionado na volta para casa por três mulheres para animar suas noites, para o desespero da sua mais nova vizinha.

Claro que Caroline não aguenta e vai interromper a festa, mas o que encontra: o homem que vai povoar seus sonhos e fantasias, e tenta disfarçar sua atração por trás de uma fachada de raiva e antipatia. Claro que isso não dura muito tempo, e logo os dois acabam se entendendo e... tornam-se amigos! Mas não com benefícios, claro, afinal o harém de Simon já está cheio.

A amizade desenvolvida pelos dois é deliciosa! Cheia de brincadeiras e cumplicidade, os dois vão se conhecendo mais e mais, e é no transcorrer dessa relação amigável que os dois vão percebendo a atração que sentem um pelo outro se intensificar, mas o medo de se jogar em uma relação séria com Caroline, algo que Simon está pouco habituado, e ela, de ser mais uma no harém, mantém os dois só no nível de amigos. Claro que em algum momento as coisas explodem entre eles e os dois têm que se acertar e Caroline encontrar o seu “O” perdido (leia para entender!!!!)

 (...) e o que poderia ter sido meramente físico se tornou uma coisa emocional e pura.

Bem, mas o que eu tenho a dizer depois dessa leitura?

Subindo pelas Paredes é o tipo de livro ideal para quem curte histórias bem leves, divertidas e sem grandes dramas. Garantia de boas risadas, principalmente protagonizadas por um gato que quer tomar conta da sua área e as peripécias do harém de Simon.

Simon, aliás, não é o típico sedutor, o cafajeste que “dá conta” de todas, ele mostra ter sentimentos e inseguranças, principalmente com relação à Caroline, alguém que o forçou a fazer alguns reajustes em sua vida para poder encaixá-la e, me aprece, ter uma visão diferente dele. Também gostei muito de Caroline, apesar de algumas inseguranças, mas soube determinar bem suas opções e consolidar sua relação com seu vizinho sedutor.

O que gosto dos personagens de Alice Clayton é que ela os escreve bem humanos, nada muito além da realidade, e esse livro não me decepcionou. Apesar de ter uma continuação, o final não deixa nada a desejar, e já estou ansiosa para ter mais um pouquinho desse casal que me conquistou.



Compartilhe!

4 comentários :

  1. Amoooo esse livro!!! Leitura gostosa e com muitas risadas.Show!
    Perfeita a resenha!

    ResponderExcluir
  2. Eu amo de paixão os livros de Alice Clayton! Muito amor e risadas garantidos!

    ResponderExcluir
  3. Luciiiii ainda não li este, acredita?! kkkkkkkkkkkkkk
    tenho que adicionar na lista dos urgentes!

    ResponderExcluir
  4. Preciso colocar tb na lista!

    é tanto livro que to perdida!

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei