[Resenha] Intenso Demais

Intenso Demais

Trilogia Rock Star 01

S. C. Stephens





Há quase dois anos, o namorado de Kiera, Denny, é tudo que ela sempre quis; apaixonado, carinhoso e totalmente dedicado. Quando os dois se mudam para outra cidade a fim de começar uma nova vida, Denny no emprego de seus sonhos, Kiera numa conceituada universidade, tudo parece perfeito. Mas então, um imprevisto separa o feliz casal. Sentindo-se sozinha, confusa e carente, Kiera se aproxima de Kellan Kyle, o sexy e sedutor vocalista de uma banda de rock. No começo, ele é apenas um amigo em cujo ombro ela pode chorar suas mágoas, mas, à medida que sua solidão aumenta, o relacionamento ganha força. Até que, uma noite, tudo muda... e nenhum deles jamais será o mesmo.


Olá pessoal acho que todos já escutaram falar da Trilogia Rock star, o blog sempre faz o lançamentos dos livros junto com a página oficial e também com a editora Valentina. Como semana que vem vai ter o encontro de fãs da série, eu resolvi escrever um pouco do que eu achei, mas é uma resenha de sentimentos, não fala nada sobre o livro, compreendo que muitas pessoas gostam de ler resenhas que contam o desenvolver do livro, mas eu não são fã, porque odeio um spoiler. Temos também a resenha da Jess, que leu em inglês antes do livro sequer ser comprado para a publicação no Brasil.

Pela sinopse dá para perceber que o livro gira em torno de um triângulo amoroso. Vou apenas dizer isso. Bem, vamos começar. 

Muitos NA’s são top 10 das meninas pelos caras, e eu entendo, quem não quer um desses homens lindos, que declamam as melhores declarações de amor? Mas isso só acontece depois que eles pisaram feio na bola, mas no final isso não importa na cabeça das meninas, o que importa é que ele é lindo, fofo, quente e se arrependeu...

Mas contrariando muitos, essa série entrou na minha lista dos melhores por causa da Kiera. Eu sei que muitos a odeiam, eu só a acho a personagens mais humana que eu já li. Ela podia ser uma vizinha minha, uma prima, uma amiga. Ouvi diversas opiniões sobre as escolhas que ela fez, e o fato dela magoar dois caras maravilhosos. Mas e o que os dois fizeram para ela, alguém pensou, sequer se importou com ela por alguns minutos?

Ela estava dividida, e não conseguia achar um caminho que a levasse a uma solução onde nenhum deles sairia magoado. Era inevitável. 

Denny a ama ao ponto de imaginá-los casados e com filhos, mas ele não conseguiu ver os sacrifícios que a Kiera também teve que fazer por ele. Algumas partes podem ser consideradas como se a Kiera fosse egoísta, mas eu não vejo assim, você desiste de tudo e segue a pessoa, e ela simplesmente te deixa numa casa com um estranho para trabalhar 24 horas por dia, ficar meses sem se ver. Poxa, eles acabaram de se mudar, e entendam que a Kiera não tem 30 anos, ela não tem a maturidade em relação a relacionamentos que muitos tem ao ler esse livro.



Não posso nem falar de Kellan sem escutar gritos histéricos na minha cabeça. Sim, eu entendo, e não sou louca ao ponto de não achá-lo uma delícia, mas eu não o vejo como mocinho, pelo menos nesse primeiro livro. Ele forçou muitas situações que fizeram a Kiera tomar decisões com o qual ela não queria no momento. Para mim ele é o pior do livro, por que é nítido que o Denny significa muito para ele.


Eu compreendo que essa série é 8 ou 80, alguns amam e alguns odeiam. Eu me imaginava na parte de não gostar do livro, pela quantidade de NA’s que li ultimamente, e fui totalmente surpreendida por uma escrita impecável, onde os personagens são uma bagunça de sentimentos, cada ação parece ser errada e ao mesmo tempo certa.

O que eu mais amei nessa história foi o fato de se dividir entre dois tipos de amor, muitas pessoas podem achar que tem um, mas realmente tem o outro. Quantas pessoas você conhece que estão acomodadas em uma situação onde o medo e a insegurança as impede de mudar, de realmente procurar algo que seus pés saiam do chão, e seu estômago fique cheio de borboletas?

É difícil você descrever o que é o amor realmente, porque toda relação depois de um tempo esfria, mas isso na verdade não pode ser apenas mais uma desculpa?



Kiera tinha seu primeiro amor, aquele com quem ela pensava em se casar e ter filhos, e essa relação a deixava em segurança, era uma coisa constante, sem surpresas. Então veio o oposto a tudo isso, com sentimentos mais intensos, e todas as inseguranças do mundo.

Então o que você faria, se estivesse em uma cidade estranha, onde só tem o namorado, uma faculdade que escolheu para segui-lo, e tudo gira em torno disso? Você seria capaz de jogar tudo para o alto? O Seguro pela incerteza?

Eu compreendo que para ela é a coisa mais difícil do mundo, ela ama os dois de maneiras diferente, e também compreendo que as pessoas não gostem dela porque para a maioria deles, não existe amar duas pessoas ao mesmo tempo, e que ela deveria ter liberado um logo de cara, mas como decidir qual era o certo? 

Por isso que eu considero esse livro um dos melhores que eu li, porque fala de coisas tão comuns que podem estar ali do lado, não falam de bad boys, lutadores, mocinhas quebradas, e eventos e acontecimentos que moldaram essas pessoas, e sim o sentimento, aquele que rege todas as ações do ser humano.

Acho que no final das contas, eu enxerguei muitas das razões por trás das emoção e decisões da Kiera, eu realmente acho perdoável toda a situação. 

Espero que todos leiam o livro e tirem suas próprias conclusões, mas não deixem de ler...

Sigam a página oficial do livro que sempre tem promoções e informações exclusivas. 





9 comentários:

  1. Nossa. Que bom que você apreciou a leitura. Pois outra resenha que li deste livro me deu a impressão que era bem chatinho. Agora estou mais tranquila. Porque você me apresentou uma história que me motiva a ler. Amei. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Beth...

      esse livro é muito contraditório como eu disse, muitas pessoas não gostaram por ser triangulo e tal.. mas eu gostei muito.

      Excluir
  2. Oii!
    Essa capa tá bem intensa mesmo haudhuahsuagsya
    Já vi muitos comentários negativos sobre a trilogia, mas ainda não tinha visto resenha sobre. Eu li a sinopse e adorei, logo pensei em triângulo amoroso, coisa que eu adoro. Eu não sou acostumada a ler esses livros do gênero mas esse parece ser bem legal.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ná,

      se vc gosta de Triângulos, vc tem q ler esse livro....
      Aliás qual gênero que vc gosta de ler?

      Excluir
  3. Eu não gostei muito da capa, mas a resenha ficou ótima.
    Nunca li nenhum livro NA, tenho um certo receio... rsrsrs
    Mas esse parece ser interessante, afinal. Quem sabe um dia... =P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gaby, vc não gosta de romance? Os Na nada mais são que romances, é classificado apenas pela faixa etária.
      NAs geralmente são personagens na Faculdade!

      Excluir
  4. Mandou mt bem. Sua análise e visão da postura dos personagens fez com q eu decida ler esta trilogia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei muito feliz por isso Carla, eu aprendi mundo com os três livros, agora leio NA com um pensamento diferente!

      Excluir
  5. Ja ouvi falar esta trilogia Rock Star
    a historia e muito intensa e bem narrada! Ao mesmo tempo gostoso de ser acompanhar ,sinceramente apos ler atentamente fiquei curiosa e interessada em ler esta trilogia!

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...