Não se esqueça de Paris de Deborah McKinlay

Considerado pelo The New York Times um romance "absolutamente perfeito", "Não se esqueça de Paris", de Deborah McKinlay, é uma história sobre amor, felicidade e o direito que todos temos a uma segunda chance. Uma sensível troca de cartas em que boa-mesa, vinhos e confissões se misturam de maneira apaixonante.



Tudo começa com uma carta.Eve Petworth escreve-a com o objetivo de felicitar um dos seus escritores favoritos. Jackson Cooper lê-a e, embora tenha tudo o que um escritor de fama mundial possa desejar, sente uma ligação imediata com a sua autora. Algo que, percebe então, o sucesso e o dinheiro não compram. Não se conhecem pessoalmente e têm pouco – ou mesmo nada – em comum. Eve é inglesa e vive voluntariamente enclausurada em casa. O mundo fora de portas angustia-a. As relações sociais paralisam-na. É uma romântica que se condenou à solidão.  Jackson é americano e vive rodeado de pessoas, principalmente mulheres. Mas ninguém consegue ajudá-lo a ultrapassar o bloqueio criativo que o atormenta secretamente. É um artista sem rumo. Em jeito de evasão, Jackson transfere o seu impulso criativo para a cozinha. Infelizmente, a sua nova namorada é vegetariana e pouco dada a devaneios gastronómicos. Essa é uma lacuna que Eve está mais do que habilitada a preencher, dada a energia que dedica às mais delicadas e complexas iguarias. E quando trocam receitas e segredos culinários, a distância entre ambos quase se extingue. Uma distância que é simultaneamente reconfortante (para Eve) e tentadora (para Jackson).   O escritor está disposto a arriscar quebrar a magia que esta improvável amizade trouxe à sua vida e propõe um encontro na cidade mais gourmet do mundo: Paris.Não podia saber que a ansiedade patológica de Eve torna esse sonho impossível.

5 comentários:

  1. Parece ser bom. Mas no momento quero algo mais emocionante pra ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Não conhecia o livro, mas parece ser uma história divertida, sem contar que só fato de eles irem para Paris me deixa curiosa kkk
    Beijos
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Achei a capa bonita! Mas curti muuuito a historia!
    Como pensei que gostaria!

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...