Entrevista Kimberly Knight




Olá Pessoal, nós resenhamos o livro da Kimberly, e achamos interessante saber um pouco mais, tanto da autora, como um pouco do processo de criação do livro, então pesquisamos algumas entrevistas, e juntamos as mais legais aqui... desculpe qualquer erro de tradução. Para ver a resenha click aqui! Enjoy!!!

Kimberly Knight acaba de se mudar da Bay Area, na Califórnia para as montanhas, perto de um lago com o marido amoroso e seu gato mimado, Precious.

No seu tempo livre, ela gosta de assistir seus programas de TV favoritos, fazer passes de softball em campeonatos locais, assistir os Giants San Francisco e San Jose Sharks chutarem o traseiro do time adversário, e jogar jogos de computador, como o World of Warcraft com Audrey Harte e poker online.

Agora que está perto de um lago, ela planeja trabalhar em mais coisas ao ar livre, como em seu bronzeado e coisas como ... assistir caras quentes praticarem esqui aquático. No entanto, a maior parte de seu tempo é dedicado à escrita e leitura de romance e ficção erótica.

Site da autora: http://authorkimberlyknight.com/
Twitter username  : @author_kknight
Facebook page   : https://www.facebook.com/AuthorKKnight
Goodreads Page: http://www.goodreads.com/author/show/515767.Kimberly_Knight





1) Alguma das situações ou personagens são baseados em sua vida ou eventos da sua vida?

Sim, um monte de personagens secundárias são baseados em pessoas na minha vida. Apenas recentemente, Anything like Me, eu tinha as meninas indo a um dos " The Wingman " shows de James Holeva. Ele é um comediante de verdade, lol . Christy também é baseada em uma pessoa que eu conhecia. Também a parte em que mandou uma mensagem para Spencer Ryan sobre Gideon correr na esteira ... eu fiz isso :)

2) Você aluma vez escreveu nua ou vestindo pijamas?

Nu - não. PJs - o tempo todo!

3 ) Existem temas sexuais que você não vai escrever?

anal

4) Quantas pessoas você matou em seus livros?

Apenas um até agora :)

5) Alguma vez você já se livrou de um personagem e depois se arrependeu?

A pessoa que eu me livrei não foi planejada quando eu apresentei esse personagem. As coisas aconteceram e eu precisava disso, lol . A partir de agora, eu não me arrependo, mas eu tinha outros planos para eles que eu não posso fazer agora.

6) Você já leu outro livro de autores e perguntou por que eu não pensei nisso?

Tenho certeza que todos nós desejando ser EL James , lol .

7) Como você reage a uma crítica negativa de seus livros?

Sinceramente, não lei mais. Quando Where I Need to To, saiu eu li todos os comentários. Os maus machucaram, é claro. Eu entendo quando as pessoas não gostam de um livro. Eu não gosto de um monte de livros também, mas quando um blogueiro atacaa o autor, isso é o que dói mais. Eu não tenho certeza se essas pessoas sabem que somos pessoas também. É preciso muita coragem para colocar para fora um livro e uma pessoa não deve ser tão mau.

8) Você tem um estilo de escrita específico?

Primeira pessoa agora, mas eventualmente, eu quero tentar terceira pessoa.

9) Como você cria os título ?

São títulos de canção de música country .

10) Se você tivesse que escolher, qual escritor você consideraria um mentor ?

Audrey Harte e James Holeva. Sem esses dois, a minha vida seria muito chato e eu escreveria uma completa porcaria.

11)Você vê a escrita como uma carreira ?

Eu faço agora. Deixei o meu emprego e escrevo a tempo inteiro, então eu espero que seja uma carreira ou eu estou ferrada !

12)Se você tivesse que fazer tudo de novo, você mudaria alguma coisa em seu último livro ?

Não.

13) Quem é o seu autor favorito e o que é que realmente chama a atenção sobre o seu trabalho ?

Sylvia Day. Adoro seu estilo de escrita. Ela tem um jeito de escrever que realmente me envolve.

14) Quais são os prós e contras de ser um escritor Indie ?

KK- Para mim os prós estão sendo a capacidade de fazer o que quiser. Eu escolho a minha capa (eu sou mesmo aqueles que os fazem) , eu  defino a minha data de lançamento, eu não tenho um editor respirando no meu pescoço querendo me cobrar prazos, eu tenho defino os meus próprios preços e eu recebo todo o dinheiro por todo trabalho duro... exceto quando a Amazon, B & N, Smashwords e Kobo tem seu corte : D
Eu diria que o único contra é, não ter alguém para negociar o livro... e talvez publicidade.

15) Você tem algum conselho para os outros escritores ?

Sim, não importa o quão bom você pensa que escreve, contrate um editor. Eu aprendi muito com o meu primeiro editor.

Sobre o Livro:

1) Como você surgiu com a história de Brandon e Spencer ?

KK- Realmente, ele evoluiu enquanto eu escrevia Where I Need to Be. Minha amiga e eu estávamos viciadas em livros eroticos e nós brincamos que iriamos escrever um livro. Eu disse a ela para ser a escritora e eu gostaria de debater porque eu sinceramente pensei que eu não poderia escrever. Em seguida, ela disse que não poderia escrevê-lo e quanto mais nós conversamos sobre isso mais eu realmente queria escrever. Então, um dia, eu disse ao meu marido "Eu vou escrever um livro! " E ele pensou que eu estava brincando, claro, e eu disse a ele sobre o que a minha amiga e eu conversamos sobre... nesse ponto só tinhamos falado sobre a cena do bar em Vegas... nem mesmo a parte da pista de dança. Meu marido me ajudou a criar o personagem de Trevor e ele deveria estar em WIN2B mas quando eu comecei a escrever, isso não funcionou dessa maneira. Eu estava na academia uma noite e um cara sexy ficou na esteira ao meu lado. Eu mandei uma mensagem para minha amiga sobre o cara sexy na esteira ao meu lado como Gideon Cross e eu tinha que colocá-lo no livro. Assim, história curta, muitas descussões misturadas com situações da vida real criou a história de Brandon e Spencer... mesmo Christy é baseado em uma pessoa real, que eu conheço.

2) Você tem algum motivo especial de por que Spencer e Ryan são mulheres com nomes masculinos? ( Eu amo por sinal)

KK- Eu sempre amei o nome Spencer para uma menina. Provavelmente, vou colocar na minha filha que se eu tiver uma. Minha amiga que eu brinquei de escrever um livro, escolheu o nome de Ryan porque pensamos que seria legal. Algumas pessoas amam, outros odeiam. Eu acho que é incrível ter algo diferente em um livro!

3) Quaisquer planos para uma história de Ryan e Max?

KK- Eu realmente nunca pensei sobre eles terem sua própria história. Eu quero fazer o irmão de Brandon e, claro, todo mundo iria ser mencionado nos livros. Quem sabe realmente o que vai acontecer. Vou tentar dar ao povo o que eles querem, porque a minha maior neura é quando os autores param de escrever uma série quando: 1) eles poderiam continuar e 2) as pessoas querem isso!

"Where I Need To Be" e " Wanted" foi cheio de drama, em que direção você está pensando ir com o relacionamento de Brandon e Spencer em "Anything Like Me?"

KK- Na verdade, eu não tenho a história completa ainda. Brandon e Spencer vão lutar com algumas coisas, mas posso assegurar-lhe que nada como os dois primeiros livros. Os fantasmas estão no passado.



Ps: Entrevista retirada de vários blogs (1, 2, 3) e traduzidas pelo ELB!


4 comentários:

  1. Adorei conhecer mais sobre a autora. Esse contato é muito bom. Nos faz mais próximos e dá prazer de conhecer seus trabalhos, ambições e expectativas. Parabéns pela entrevista. Amei. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi, eu adorei a entrevista, a autora pelo visto é gente boa, eu ainda não conhecia ela e nem suas obras, irei procurar mais para conhecer melhor.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  3. não cheguei a ler os livros dela, mas adorei conhecer ela um pouco mais e tenho certeza que a entrevista despertou meu interesse kkk

    ResponderExcluir
  4. ai eu amei que ela escolhe titulos de musicas para os titulos dos livros dela.
    super interessante :D

    me passou uma imagem boa essa autora!

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...