23 maio 2014

[Semana dos Nacionais] Paganus - Simone Marques

Livro: Paganus
Série: Paganus - Livro 1
Autora: Simone O. Marques
Editora: Modo



Paganus se passa em Portugal, no século XVII. Num período de grande ápice da religião católica, quando toda e qualquer religião, que não esta, era caçada e dizimada, e seus seguidores exterminados em nome de Deus. Uma sociedade tradicional onde o homem é a figura superior e a igreja dita seus passos.

Neste cenário vivem os gêmeos Diogo e Douglas. Douglas é a figura do pai. Um homem cruel, sem nenhum tipo de respeito ao próximo e que segue às cegas as ordens duras do pai. Diogo não. É um homem justo e simples de coração, que prefere as festas às caçadas, e não aprova todas as atitudes de seu pai e seu irmão. 

No meio da floresta, em uma aldeia, vivem Adele e sua mãe Gleide. Uma vida simples, completamente diferente da vida na corte. Seu povo serve à grande Deusa, mãe da natureza. Uma deusa celta pagã. Elas vivem em completa comunhão com os animais e a floresta, oram à Deusa todos os dias, comemoram a colheita, dançam na fogueira, vivem em paz. Lá os valores nada se parecem com os da vida na corte. A mulher é o ser superior, e os homens estão ali para servi-las. Mas os dias de paz nesta pequena aldeia governada por Gleide estão contados.

Numa das incursões a mando da igreja, Diogo e Douglas encontram essa pequena aldeia, a algumas horas de sua cidade. Todos são forçados a converter-se ao cristianismo e batizar-se, mas os fiéis seguidores da Deusa não conseguem disfarçar sua verdadeira crença. 

Adele está prestes a dar a luz quando os homens da igreja chegam, e não sabe o que fazer para salvar a si e seu filho. Seu marido é morto por Douglas, e sua mãe faz de tudo para salvar sua filha e seu bebê.

Quando o ataque começa e a cabana de Adele é posta em chamas, Diogo não aceita tamanha injustiça e corre para salvar Adele e sua criança, e eles fogem pela mata, junto com Gleide. Toda a aldeia é dizimada e seus moradores mortos.

Diogo é agora um fugitivo, junto com as duas pagãs, e seu pai ordena que façam buscas atrás deles. Douglas não descansa, ele precisa encontrar seu estúpido irmão gêmeo, mas não sabe se ele sobreviveu ao incêndio na vila.


"Se a tal Deusa o colocara no caminho de Adele e Daniele, como Gleide sempre afirmara, então aquela era sua missão e, por elas, faria tudo."

Adele teve uma menina, Danielli. Gleide diz que devem protegê-la a todo custo, pois Danielli tem uma grande missão dada pela Deusa. Assim, eles fogem por dias e conseguem encontrar uma vila. Adele se passa pela esposa de Diogo, Danielli é a filha deles. Elas devem fingir  serem católicas, mas não é tão simples... A beleza de Adele salta aos olhos. A chamam de bruxa só por olhá-la. Seus cabelos cor de fogo hipnotizam qualquer um. Mas elas devem fingir, pelo bem de Danielli. Mas isso as machuca.


"- Tu és parte da água, do fogo, do vento, das matas... És uma escolhida da Deusa... De tí nasce a esperança..."

Com o tempo, muitas fugas acontecem. Diogo se apaixona perdidamente por Adele e Adele por ele. Ela não é como a mãe. Gleide não acredita no amor, e afirma que os homens são feitos para servi-la, quando e como ela quiser. Ela não aprova o romantismo de Adele, e por muitas vezes se opõe ao casal, mas o amor vence...

Eles se casam aos olhos da Deusa e criam a pequena Danielli como deles. Formam uma linda família, e conseguem viver felizes, escondidos em uma pequena vila. Adele dá a luz a Mateus, seu filho com Diogo. Danielli já é uma moça.

A vida está muito boa, quando Diogo descobre que estão sendo procurados... Seu irmão gêmeo Douglas jamais desistiu de encontrá-lo... E agora está perto, muito perto. Douglas já sabe que Diogo de casou com uma pagã. E está pronto para fazer justiça.

O futuro desta familia está nas mãos da Deusa, e eles são capazes de tudo para que a pequena Danielli cumpra o seu destino. Ela conseguirá?


 Eu comprei este livro na bienal do ano passado e tive o prazer de conhecer a Simone :) Não sei porque ainda não tinha lido!

Amei essa história. Mesmo tendo lido vários livros desta temática, nunca deixo de ficar chocada com as crueldades da época da caça às bruxas. Toda injustiça praticada contra as mulheres, tanto sangue frio... E Simone Marques conta esta história maravilhosamente, sem esconder as partes duras e mostrando todas as difíceis escolhas que as mulheres tinham que fazer para sobreviver e proteger seus filhos. Ter que negar a sua Deusa, fazer suas orações em segredo, dizer acreditar em um Deus que não é o seu, fazer o sinal da cruz e habitar uma igreja onde todos apoiam uma religião assassina. É muito difícil a vida dessas mulheres.... Mas elas são fortes!

“A missão da Igreja é levar a todos a Verdade, converter, arrebanhar... mas há muitos resistentes. Pessoas que deram às costas a Deus e à Verdade da Igreja, que negam Cristo, que adoram outros deuses, cultuam o demônio... Esses hereges precisam de alguém que os convença.”

Paganus tem tudo que eu amo: um romance histórico, com fatos e realismos da época muito bem descritos e enquadrados; um toque de mitologia, mesmo sem se aprofundar no assunto; personagens fortes e bem construídos e um desfecho de morrer!

Fiquei em choque com o final, eu super preciso do próximo livro!


"Este é um mundo feito para os homens… e nos cabe fingir que somos inferiores, mas nunca deixá-los dominar nossos espíritos."


  

Site da Editora 

Valide seu comentário aqui:



Compartilhe!

7 comentários :

  1. A história é envolvente e muito me interessou. Sempre fui apaixonada por temas que envolvam deuses e deusas dos antigos tempos. É um tema muito rico e cheio de encantamento. Adoraria ler este romance. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Achei a capa muito linda
    Não sou acustumada a ler livros de época ,mais gostei desse
    Quero ver no que vai dar com esses 2 irmãos!

    ResponderExcluir
  3. Nacional com pinta de gringo! A capa é linda!

    ResponderExcluir
  4. OMG! faz tempo que estou com vontade de ler esse livro! e vcs ficam me assanhando . rsrs eu tenho até os marcadores reservados aqui. com certeza ja esta na minha listinha de compra. COnfesso. A primeira vez que vi, o que me chamou a atenção foi a capa e o titulo. Eu ja o queria sem mesmo saber a sinopse rsrs foi ótimo ler a resenha para saber mais um pouco, espero ter tempo para ler . bjus

    parabens pela resenha.

    ResponderExcluir
  5. nossa não fazia ideia de que se tratava disso o livro!

    fiquei interessada!
    adicionando já na lista de leitura kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Ahhh eu tenho ele!
    Mas ainda não li... em breve!
    Adorei a resenha, me deu mais vontade de ler

    ResponderExcluir
  7. Depois de ler sua resenha fiquei bastante interessada no livro. Não o conhecia, nem a autora, legal saber que é uma obra nacional.
    O livro me parece ser bem rico e interessante, mitologia sempre é um tema que nos prende. Espero gostar dele.
    Bjokas!

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei