26 abril 2014

[Semana dos Nacionais] Dominados - Mila Wander

Dominados - Mila Wander

Skoob / Amazon



                      


Mila Wander postou a obra “Dominados,” capítulo por capítulo no famoso Wattpad, dividindo com suas leitoras seu trabalho. Hoje esta sendo vendido pela Amazon em formato e-book. Espero que em breve possa tê-lo na minha estante físico!

Eu fui uma das leitoras que acompanhou essa intensa história de amor entre dois personagens extremamente fortes e determinados, que me prendeu do inicio ao fim.


Vamos conhecer a sinopse:
Laura Diniz está concorrendo a um cargo na diretoria da Construtora Marcos Delacox. Henrique Farias também. Laura Diniz é orgulhosa, ambiciosa, poderosa e viciada em desafios. Henrique Farias também. Laura Diniz é uma dominatrix fatal. Henrique Farias é um dominador intenso. O jogo de poder e sedução só está começando...

A autora, em minha opinião, se superou ao escrever “Dominados”!!! Os protagonistas foram bem construídos. Você consegue identificar a personalidade forte dos dois, suas virtudes e seus defeitos.

A história foi bem desenhada e alinhada, não percebi lacunas que prejudicassem o enredo, a trama ou o desenrolar dos acontecimentos.


 

Apaixonei-me de cara pelos personagens, e os odiei diversas vezes. Conforme os capítulos eram liberados, imediatamente os devorava, e lógico, uma enxurrada de emoções me invadia. Chegando  a ser torturante aguardar o próximo capítulo.

O incrível era que minhas emoções se alternavam o tempo todo. Eu gostava dos dois, torci do inicio ao fim para que de alguma forma a autora encontrasse uma saída, para que eles pudessem ficar juntos. Entendi os traumas da Laura e os motivos de agir contraditoriamente em diversos momentos.


Laura era uma mulher que passou por experiências traumáticas na vida, mas não fugiu das suas responsabilidades, no entanto, para lidar com seus traumas, construiu barreiras invisíveis que a impedia de acreditar, que alguém pudesse ama-la da forma que merecia.

De submissa, se transformou em uma Dominatrix forte, e se jogou de cabeça na vida profissional. Obteve sucesso, mas quase nenhum reconhecimento. Nesse ponto a autora traz a tona a reflexão sobre questão racial e de gênero. Laura é mulher negra, tentando vencer na vida, em um país extremamente machista, numa construtora liderada por homens.





Henrique, só me deixava nervosa quando aceitava tudo, entendia tudo, e na maioria das vezes era quem dava o braço a torcer para que a relação dos dois fosse resgatada! Quando na verdade eu queria sacudir a Laura para a realidade. Que sonho era aquele homem, me peguei a pensar assim em muitos momentos!!!

Dominador experiente, Henrique se dá conta que está apaixonado. Diferença entre ele e Laura? Ele permite amar e ser amado. Ela ama, mas tem medo de se entregar, de voltar a ser dominada, ser submetida, perder as forças, se machucar mais do que já foi machucada no passado. Tem medo de não conseguir suportar sem suas barreiras.  

Ele, resolve lutar por ela assim que se dá conta do que sente. E o coitado luta com todas as forças!


O incrível dessa história é que são dois Dominadores, com gênios fortes disputando uma vaga na coordenação da empresa onde trabalham. Espaço importante profissionalmente para ambos, no entanto eles são tão corretos que, trabalham juntos formando uma boa equipe.

Passar tanto tempo juntos cria a atmosfera perfeita para cenas quentes, que nos faz ler roendo as unhas para saber quem vai dominar mais, quem vai se submeter primeiro ou se existe um meio termo para tanto poder, tensão, eletricidade, violência e AMOR!

Sim, o livro é hot, quente, com várias cenas picantes e eletrizantes, mas não foi o que mais me prendeu nesse livro, apesar de gostar bastante. As discussões, a disputa, saber quem iria ceder primeiro, quem iria ganhar o jogo que os dois se permitiram jogar, foi o que me encantou na obra de Mila Wander!

Super indico essa leitura! Finalizo admitindo, que admiro os dois personagens com seus erros e acertos! Perfeito!

Valide seu comentário aqui:




Compartilhe!

10 comentários :

  1. finalizei minha leitura quinta feira, comprei no Amazon, É IMENSO! kkk mas fiquei feliz que é um livro único.

    gostei. ;)
    confesso que não faz meu estilo porq não gosto dessa coisa de dominação e tal..

    mas acho a Mila mtooo talentosa.

    ResponderExcluir
  2. Ai, como não amar essa semana dos nacionais? Está vindo cada um melhor que o outro. Sério, tô desistindo de colocar todos no meu skoob, agora tô simplesmente lendo e deixando a página favoritada, porque quando for comprar é só olhar aqui. HAHA
    Simone, sua resenha está ótima. E me identifiquei com você quando falou na parte de conter cenas hot, mas que elas não são o que te prenderam. Sou exatamente assim também quando leio histórias hot. >.<
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu também não gosto muito desse assunto.. mas a Nathy é um bom parâmetro para mim, se ela gostou, eu tb irei gostar. Obrigada pela Dica

    ResponderExcluir
  4. Achei muito interessante, parece ser uma estória muito bem construída e os personagens parecem ser muito bem caracterizados, gosto muito quando eles possuem defeitos e qualidades, erram e acertam, deixa a estória mais real. Fiquei interessada na obra, gostei muito de conhecê-la! :)
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Dois personagens de personalidades fortes. Isso parece ser bem intenso e explosivo. Nada como um romance intenso pra nos deixar motivadas. Vou experimentar ler este livro. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. É sempre legal ler um livro onde os protagonistas possuem uma forte personalidade. Você não o enxerga como vitima de situações, mas acaba descobrindo que eles sempre tem um lado mais sensível.
    O casal tem um forte temperamento e estão disputando a mesma vaga de emprego... isso com certeza é algo bem interessante.
    Infelizmente não curto livros hot, mas pelo entusiasmo da sua resenha, o livro parece não deixar a desejar.
    Bjokas

    ResponderExcluir
  7. Realmente não curto o gênero, nada contra, mas simplesmente não consigo curti a leitura desse gênero.

    ResponderExcluir
  8. Eu li. E amei. Também super indico.

    ResponderExcluir
  9. Jogos de dominação não estão no topo da minha lista de assuntos-que-eu-quero-ler-em-um-livro...
    Mas ainda assim, eu gostei bastante do enredo do livro. Nenhum dos dois está disposto a ceder, nenhum quer ser submisso... E eu acho compreensível o medo da Laura em não querer se entregar ao amor. Depois de abrir o coração, não há mais volta. Você dá a cara a tapa, e as vezes sai machucado. Até que ponto vale a pena arriscar?

    ResponderExcluir
  10. Não curti muito não. Já tentei ler, mas esse gênero não e atrai. Nada contra quem lê, mas pra mim simplesmente não funciona...

    Beijos!!

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei