[Resenha] Trilogia After Dark - Sadie Matthews



Bem, o que falar dessa série?
Primeiro, não sei se eu estava mesmo burrinha nos dias que li essa trilogia ou se a história é bem sem nexo mesmo, mas teve VÁRIAS partes que eu fiz, Ham? Isso aconteceu mesmo? Sério. Aí eu voltava, lia de novo o parágrafo e... Eu continuava sem entender. Haha.
Bem, nele temos Beth (que é uma chata e tonta e... É, chata e tonta definem bem), que vai pra Londres cuidar do apartamento e do gato da madrinha do pai dela enquanto a velha sai em um cruzeiro. Ok, até aí tudo bem, adoooro livros em Londres! Esse vai ser ótimo. Não? Não..
Beth estava em um belo dia de bobeira no sofá, assistindo tv, até que percebeu que a TV não era tão interessante quanto seu vizinho lindo-charmoso-echatopracaramba Dominic desfilando no apartamento ao lado sem camisa. Eles se conhecem e blá blá blá, fazem programas super legais conhecendo a cidade, e então... pulam pra cama, CLARO!

No dia seguinte da noite de sexo selvagem deles, Dominc:

a)      Leva café da manhã na cama, compra flores e a leva para passear em Paris;
b)      Diz que foi o melhor sexo da vida dele, que ele se apaixonou profundamente por ela e arrasta ela pra Vegas pra eles se casarem naquelas capelas de bêbado;
c)       Apenas diz que gostou bastante de conhecê-la, que a noite foi ótima, que quer que eles se conheçam melhor e ver se a atração que sentiram um pelo outro pode levar a algum lugar;
d)      Ele diz que tá muito arrependido e que aquilo não pode voltar a acontecer nunca, que quer distância dela porque não pode pensar em algo pior do que iniciá-la nessa coisa de dominador/dominada.

Sim, foi a D. Oi?
Tá. Prosseguindo. Ela de algum jeito consegue convencer ele de que eles podem ficar juntos sim e ele por sua vez consegue convencê-la de que aquilo tem que ser super discreto. Que ninguém pode saber, que ele precisa resolver umas coisas no trabalho antes de poder viver esse ‘amor’ corretamente. Resultado? Ele some no mundo. Não manda nem um whats pra coitada da Beth que fica grudada no celular o dia inteiro, grudada no olho mágico da porta. Eu fiquei bem #chati por ela. Mas como eu costumo dizer: todo castigo pra idiota é pouco!
Eu achei seriamente que ia melhorar nos próximos livros, e eu adorei um personagem que fica atraído pela Beth, o Andrei. E aí quando o negócio tava pilhando, acontece um episódio dentro de uma caverna (esta foi uma das partes que eu posso não ter entendido muito bem, rsrs) no meio de uma festa e ela transa com alguém ou não. Como assim? Ela não tem certeza se isso realmente aconteceu, nem com que homem, na verdade, nem se DE FATO era um homem. Haha. Que piada.
O fato é que o terceiro livro (sim, eu bravamente consegui concluir até o terceiro livro), a dúvida continua, se ela realmente traiu o Dom, o porque que ela estava tão confusa sobre isso, e a gente só fica sabendo no final, e tantas outras coisas.
E a história é essa J
Devo dizer que meu personagem favorito na trilogia inteira é o De Havilland, o gato. (PS, e ele só aparece no primeiro livro, rsrs) (PS²: e eu ODEIO gatos)
Vocês repararam que eu não citei sobre romance nenhum? Na verdade, eu mal mencionei o Dominic, isso é porque ele não aparece na história, passa 80% do tempo sumido no mundo de meu Deus, fazendo sabe-se lá o que (bem, esta pode ser uma outra coisa que eu não entendi muito bem, haha).
Eu prometo que volto com a resenha de uma história muito legal pra vocês. Mas por enquanto, este livro apenas me ensinou uma coisa; ‘Uma boa publicidade é tudo’.







Clique aqui para validar o seu comentário:


 

11 comentários:

  1. Bem, sobre essa série, realmente não foi lá grande coisa. Não me agradou muito. Achei maçante e muito sem graça. Nada a ver os personagens. Beth é isso mesmo que você falou: Chata e tonta. Não sei como conseguiu arrumar um homem pra ela. rsrsrs Mas valeu a experiência. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que eu achei uma que concorda comigo <3 kkkkkkk
      eu me senti meio 'lesada' de ter comprado esses livros, mas ok.
      realmente valeu a experiência.

      Excluir
  2. Genteeeeeeeee, fiquei besta... tanto livro bom e me publicam esse ai !!!
    Claro que está em alta os Hot, mas tem hots com conteúdo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. tem mesmo. eu já li vários hots que adorei!
      Mas esse, vo te contar. coitadas das árvores que foram derrubadas pra poder produzir esses livros.
      kkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Oi Nathy,

    Menina, que coisa estranha, não? História mais sem pé nem cabeça. Parece até as fanfics que eu beto. HAHAHA!
    Eu nunca tinha ouvido falar dessa trilogia e que bom que li essa resenha, porque já sei que não vou querer ler. >.< Bom, parece que os livros só querem contar de um sexo ali e outro cá, e o desenrolar dos personagens e da história fica em segundo plano... Isso é muito chato, porque não encanta o leitor. Fico chateada com esse tipo de autora, parece que não sabe escrever.
    Enfim, em suma, adorei a resenha, tá bem escrita e divertidíssima! :D

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. QUE livro leg... não pera
    Como assim, sério nem quero ler mais a trilogia, vc está confusa, eu estou confusa, nos estamos confusas, esquece nem quero saber dos livros...

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que desabafo kkkk.
    Nunca tinha ouvido falar da série, mas pelo que você falou, não é uma série que mudaria a minha vida (não pra melhor).
    Você não é a única que não gosta de gatos, e se o seu personagem favorito foi um gato, meu Deus...
    No mundo existe quem sabe escrever e quem sabe fazer publicidade.
    Enfim, te desejo mais sorte com a próxima leitura.
    Bjokas

    ResponderExcluir
  6. Parece ser mesmo uma péssima série, muito sem noção rsrsrs
    Sério, os acontecimentos parecem piada! Primeiro, parece que os personagens são todos chatos mesmo e, segundo, a estória realmente não me interessou em nada..passo! rs

    ResponderExcluir
  7. Nossa estou de boca aberta agora, meu queixo caiu, pera ai que eu vou voltar ele no lugar, eu não tinha visto resenha nenhuma de nenhum livro da trilogia, sabe eu até que sentia vontade de ler, mas agora nossa, passo longe do livro, a historia parece ser sal credo, adorei saber a sua opinião.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  8. Propaganda é a alma do negócio. Aprendi bem isso assistindo o Lobo de Wall Streat. Então, já sei que esse é um daqueles livros que tem uma bela estória... no marketing!
    Enfim, pra minha sorte, nunca me interessei pela série, então ela nunca chegou perto das minhas mãos gastadeiras.
    Adorei a resenha e a forma como você escreve. Tornou a descrição de um livro que você achou extremamente chato em algo totalmente divertido.

    ResponderExcluir
  9. Tô aqui rindo muito da sua resenha bem humorada!!! rsrs Sabe que fiquei até com vontade de ler, só pra ver se é tão sem noção como parece! Realmente Uma boa publicidade é tudo!! Se bem que comigo nem uma boa publicidade faria eu gastar meu rico dinheirinho em uma série hot.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...