16 abril 2014

[Resenha] Regras da Sedução - Madeline Hunter

Regras da Sedução - Madeline Hunter
Série : Rothwell Brothers

Editora: Arqueiro

Ano: 2013

Páginas: 272


Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado – um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden.Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar. O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida de honra que pode levá-lo a sacrificar tudo.Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.

Primeiramente eu tenho que esclarecer: Eu já estava saturada de todos esses livros lançados, a sensação que eu tinha era que todos os livros seguiam uma cartilha pré-estabelecida onde só se mudavam os nomes dos personagens. Então provavelmente qualquer livro que fuja dessa cartilha iria me encantar. Agora vcs possuem o livre arbítrio para decidir se sou suspeita ou não para falar deste livro.


Eu simplesmente amei. Faltou um epílogo para coroar.

Fazia muito tempo que eu não me envolvia tanto com um livro. Sofri, chorei, torci e me encantei pela mocinha e pelo mocinho. Pela forma como lidavam com as diferenças e os problemas que surgiam. O amor construído aos poucos, no contado diário, as conversas desafiadoras e inteligentes, a sensibilidade de saberem que não são perfeitos mas buscam fazer o melhor.

Alexia é diferente dessas mocinhas corriqueiras, ela é madura, decidida, sensata, inteligente e acima de tudo forte. Ela é posta em constante desafio, e sabe lidar com classe e dignidade por tudo que lhe acontece, buscando sempre se reerguer sem se fazer de vitima. Alexia é uma mocinha sofrida sim, ela vê sua família ir a falência, o pai morre, ela é despejada, se humilha pedindo abrigo para alguns primos que a tratam como um fardo, seu noivo, com quem mantem um relacionamento secreto morre na guerra, vê a família dos primos ir a falência também e novamente se vê sendo despejada novamente, e e pra fechar com chave de ouro ela descobre que o noivo a usava, que tinha intenção de casar com outra. Ou seja, o mundo não era fácil, e ela se manteve forte e procurando uma forma de se reerguer, traça planos e vai a luta.

As Regras da Sedução acontece contra o pano de fundo de pânico econômico e uma crescente falta de confiança nos bancos da Inglaterra.

E Lord Hayden Rothwell, embora negue fervorosamente, é um cavalheiro em armadura branca que de forma sutil para não humilhar Alexia tenta ajudá-la. Ele é o irmão de um marquês excêntrico, e descobre que o banco onde ele mantinha o dinheiro de sua família tem defraudado. Para manter evitar a corrida ao banco para retirar recursos e evitando a falência, Lord Hayden, obriga Timothy Longwell, ressarcir todos os prejudicados e passar a viver na pobreza.

O que o leitor sabe - e Alexia não - é que Timothy foi realmente arruinado porque sistematicamente desviava enormes quantias de dinheiro do banco. Em honra da memória de Ben que o salvou de ser torturado até a morte pelos turcos, Hayden permite a Tim reembolsar o banco sem ser revelado como um vigarista. Se ele tivesse sido capturado e processado, Timothy certamente seria enforcado.

Infelizmente, Timothy tem uma família dependente dele, incluindo duas irmãs e uma prima, Alexia Welbourne. E mente deslavadamente para elas, afirmando categoricamente que Hayden é o culpado por sua Falência. Alexia, aparenta ser muito prática e calma, mas ainda chora por Benjamin, por quem ela estava secretamente apaixonada, e de quem, acreditava, está noiva quando o mesmo partiu para guerra.

Hayden é um homem prático, analítico que se destaca em matemática e finanças, e não sabe nada de assuntos do coração. Embora ela seja hostil para com ele desde o início, Alexia o intriga. Sabendo que ela tem poucas opções, ele oferece a ela a oportunidade de não se ver despejada novamente, servindo assim como dama de companhia de sua tia e preceptora de sua prima.

Alexia dificilmente pode aceitar qualquer coisa desse o homem, que acredita, ter arruinado a vida de seus primos, mas na ausência de outras opções, e sendo muito realista, assume o cargo. Ainda assim, mesmo quando o relacionamento torna-se a de empregador e empregada, ela evita cuidadosamente as suas ordens e tenta evitá-lo, enquanto ele faz o seu melhor para fazê-la reconhecer a atração mútua.

Hayden e Alexia são personagens multifacetários, falhos, mas inteligente e simpático. O enredo bancário com peculato tem bastante voltas para manter a agilidade da trama num ritmo bom, mas o que ele faz de forma mais eficaz é destacar a forma como o herói e a heroína lidam com os desafios peculiares de seu relacionamento.

A atração física é imediata, contudo muitas mentiras contadas para Alexia, faz com que evite um envolvimento sentimental mais profundo, mas a medida que passam tempo juntos fica impossível manter a distancia. Há momentos em que Alexia nem mesmo consegue se recordar por que deve odiar Hayden. Tanto Hayden e Alexia são pessoas racionais que só tomam decisões após muita analise - Hayden porque é de sua natureza, e Alexia porque as circunstâncias a forçou ser sensata. Isto, naturalmente, faz com que seja ainda mais delicioso quando a paixão varre de lado moderação. Quando a sensatez e a racionalidade do casal ficam em segundo plano e para reparar uma degradação Hayden pede Alexia em casamento.

Apesar de aceitar a proposta de casamento, os mocinhos se mantém a uma distancia segura um do outro, Alexia por acreditar que Hayden é o responsável pela ruína de sua família, e Hayden por acreditar que Alexia ainda ama e chora por Ben, homem que a usou sem qualquer intenção real de desposá-la.
A história começa com um foco bastante amplo, para nos dar uma perspectiva sobre a vida de Hayden e Alexia, mas gradualmente o foco se estreita até que, mesmo quando os outros personagens aparecem nossa atenção sobre eles se restringe no que sua presença irá interferir sobre nosso herói e heroína. Isso não só mantém o ritmo irresistível, mas eleva a intensidade emocional de seu relacionamento constante ao longo do livro.

Madeline Hunter fez um trabalho maravilhoso de construir a intensidade emocional entre os dois personagens, o relacionamento físico é tão romântico como é sensual, sem cair em nenhum momento da vulgaridade. Eu particularmente adorei a escrita, e a leveza que a Autora encontrou para desenvolver a história te transportando para outra época, fazendo com que sintamos o mesmo que os personagens. Ela coloca os mocinhos e a história diante de nós de uma forma que nos permite vê-los claramente, e permite que a força de sua história brilhe fora das páginas.

Esta é uma história elegante, sensual sobre apaixonados, pessoas inteligentes - o meu sabor favorito de romance.



A série Rothwell Brothers conta com 4 livros publicados em inglês. Aqui no Brasil a série é publicada pela Editora Arqueiro e está no terceiro Livro. 




Valide seu comentário aqui:

Compartilhe!

16 comentários :

  1. Amei a resenha!!!Fiquei super afim de ler.E minha lista não par de crescer..rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor, nem fala de lista que a minha está em direção ai infinito. rss

      Excluir
  2. Eu tinha essa série na minha lista, mas adiava!

    adorei a resenha, vou passar para frente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lud, leia sim, é uma história bem gostosa. Eu fiquei encantada. Espero que goste.

      Excluir
  3. Adorei a resenha!
    Faz tempo que não leio esse tipo de livro...
    Agora eu quero ler logo =x

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laura eu também estava um tempão sem ler livros de época, e valeu a pena ler esse. ;)

      Excluir
  4. Tá, tinha vindo aqui olhar se meu comentário de ontem foi, mas acho que não. >.<
    HAHA vamos fazê-lo novamente então.
    Bom, achei a história meio embolada, sei lá. Mas gostei de como a autora descreveu a personalidade da personagem principal. Me deu uma sensação de proximidade. Ah, as capas da série são muuuuito lindas! A editora como sempre caprichando.
    A resenha está ótima.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isla O que vc achou enrolado? Eu não achei, mas eu estava naquele momento saturada, estava achando os livros muito parecidos, e como esse era muito diferente acabou me prendendo e amei o livro.

      Excluir
  5. Nada contra o gênero, mas não me interessei muito, mas acho que se eu ler talvez eu até goste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo, até um tempo atrás eu não lia livro de época, ai li a Canção de Annie e amei. Não é sempre que leio, só leio quando quero fugir da mesmice dos livros. ;)

      Excluir
  6. Adorei ler este livro. Tem uma estória super fofa e os personagens são lindos. Me apaixonei por Hayden. Que homem! Acho que foi uma das estórias mais empolgantes que tive neste ano. Sua resenha me deixou com vontade de ler novamente. Beijocas.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia a autora mas o enredo deste livro pareceu ser muito bem construído. Gostei de saber que a personagem principal é forte e inteligente e fiquei curiosa para acompanhar o desenrolar deste romance. É mesmo muito bom conhecer uma leitura diferente das que sempre saem nas editoras. :)
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Poxa vida, parece ser um livro bem interessante.
    Nunca li nada que se parecesse com esse livro, mas ultimamente esses tipos de sinopse vem me atraindo muito.
    Sua resenha super empolgante, só faz com que minha vontade de ler o livro aumente.
    Personagens fortes e maduros são muito bem vindos no meu coração kkkk
    Bjokas

    ResponderExcluir
  9. Ahhhh eu sou louca para ler essa série, ela parece ser ótima, e fiquei super feliz em ler essa resenha, pois é super positiva, aumentando assim a minha ansiedade em ler o livro, não tive a oportunidade de ler um romance de época, mas pretendo entrar nesse gênero em breve.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Ouço diversos elogios a respeito da escrita da autora e dessa série de livros, mas não consigo achar um motivo para que eu leia a obra. Simplesmente não faz o meu estilo e eu não estou disposta a abandonar a minha zona de conforto.

    ResponderExcluir
  11. Essa série parece ótima! E sua resenha super positiva só aumentou minha vontade de ler! Amo histórias com personagens que são fortes e maduros. Tem tudo pra ser minha próxima leitura.

    Beijos!

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei