[Resenha] Legend



Livro: Legend - A Verdade se Tornará Lenda
Série: Legend - Livro 1
Autora: Marie Lu
Editora: Prumo

   


2130, Costa Leste Americana. Dividido entre República da América e as Colônias, esta região não é mais um país unificado, guerra é uma realidade constante.

Na República, tudo é controlado pelo governo. Cada pessoa possui um registro e todas as suas atividades são monitoradas. Todas as crianças, quando completam dez anos, são avaliadas de acordo com sua capacidade física e intelectual, e recebem uma nota nesta avaliação. O valor atingido por cada jovem definirá qual será seu futuro. Jovens com notas altas são encaminhados a boas universidades, aliam-se ao exército ou trabalham para o governo, e recebem bons salários. Aqueles que têm notas medianas, vão para a escola e depois trabalham em atividades corriqueiras, como indústria, limpeza. Mas os jovens com notas abaixo da média... Estes têm um destino incerto. O governo fala para suas famílias que eles vão para campos de trabalho, mas a verdade é bem mais dura, e a família nunca mais vê esse jovem novamente.

A peste assola as cidades da República. Todas as famílias são testadas constantemente, os soldados batem às suas portas e elas têm trinta segundos para abrir, caso contrário eles entram à força. Os testes são rápidos e realizados por equipamentos portáteis, e, ao sair, os soldados marcam com um X as portas das casas que possuem alguém infectado. Estas pessoas não podem mais sair de casa, ficam contidas para que a peste não se espalhe mais. Um remédio é muito caro. Apenas as famílias nobres possuem notas para comprá-lo.

É tudo muito territorial. Há a zona pobre e a zona rica. Na zona rica, as famílias vivem em luxuosos apartamentos e comem do bom e do melhor. Na zona pobre é outra história... Todo dia é uma nova luta para se manter vivo.

A República controla tudo, todas as informações, opiniões. Não se sabe de nada do lado de fora, apenas da guerra contra as Colônias. Para todos, a República é invencível, inquebrável e de inquestionável hegemonia. Isto está prestes a mudar.

June Iparis é a menina prodígio da República. Tem 15 anos e é a única jovem conhecida por atingir a pontuação máxima nos testes. É de fato uma super dotada. Com essa idade, já está avançada na universidade, e dá muita dor de cabeça aos seus supervisores. Esta menina adora desafiar as regras e testar até onde vão as suas habilidades. Ela vive com seu irmão mais velho, Metias. Seus pais morreram quando ainda era criança, e ela foi criada por ele. Metias é um capitão do exército da República e divide a sua vida entre tomar conta de June (que certamente o deixa louco) e servir ao seu país.

Day é um garoto que vive à margem da sociedade. É o criminoso mais procurado da República, e tem suas fotos em todos os letreiros com a placa de “Procurado Urgente: Oferecemos Recompensa”. Porém, o governo não sabe de fato como é seu rosto, e nunca jamais conseguiram pegá-lo. Ele é conhecido por efetuar diversos roubos e destruição de aeronaves do exército republicano. Mas nunca matou.

Estes dois jovens, vindos de mundo completamente diferentes têm suas vidas entrelaçadas quando o capitão Metias Iparis, irmão de June, é assassinado. E Day é o principal suspeito.

June decide ir atrás do criminoso que matou o seu irmão e vai lutar com tudo que têm para pegá-lo. Ela parte então, disfarçada, para a zona pobre da cidade, e se infiltra no meio das pessoas simples.
"Vou perseguir você até o inferno. Vou vasculhar as ruas de Los Angeles à sua procura. Se preciso, vou procurar em todas as ruas da República. Vou enganar você, usar de truques, mentir, fraudar, roubar para encontrar você, atraí-lo para que saia do seu esconderijo, e persegui-lo até você não ter mais para onde fugir. Estou fazendo um juramento: Sua vida é minha"
Sem nenhuma pista de Day, ela se envolve numa das brigas de rua para ajudar uma menina de ser espancada, e nessa, June é ferida. Ajudada por um garoto desconhecido, ela é levada dali e se esconde com a menina e o garoto que a salvou.

Day não sabe quem é aquela garota. June não sabe que o garoto que a salvou é o Day.

Tudo o que ele quer é ajudar a sua família, que teve a porta marcada por um X pela peste.

Tudo que ela quer é acabar com o assassino de seu irmão.

As coisas não eram como ela pensava. A República não é como ela conhece. A verdade virá à tona. E o que June fará? Em meio à pessoas que conhece por toda a vida, vivendo num sistema que lhe é familiar, ela deve decidir o que vale a pena arriscar para ir em busca da verdade.

Leia Legend: A Verdade se Tonará Lenda, e descubra você também o que a República não contou.
“Se você quiser se rebelar contra o sistema, faça-o de dentro dele. Isso é muito mais forte do que se rebelar estando fora do sistema. E se você escolher se revoltar, leve-me com você.”
 
Eu não sei porque esperei tanto para ler esse livro.

É uma história fantástica, bem construída e bem desenvolvida. Todos os elogios para Marie Lu, porque ela merece. O livro te prende de uma maneira que é impossível parar de ler, eu li em um dia, rs. E a única coisa que me desapontou foi o tamanho do livro, poderia ser maior! Eu leria mais, mais e mais da história de June e Day.

Os personagens são consistentes, maravilhosamente caracterizados e muito cativantes.

June é uma adolescente de quinze anos, mas sua idade não corresponde aos seus atributos. Uma verdadeira guerreira, altamente inteligente, ela é de fato a menina prodígio da República e merece todos os méritos. Com seu pensamento lógico e calculista, ela se sobrepõe a muitos soldados formados. Mas a vida não é tão boa assim para ela. Perdeu seus pais muito nova, não tem muitos amigos, só o seu irmão Metias. E quando Metias é assassinado... o mundo desaba para June. Ela só pensa na vingança, ela vive para a vingança, mas não está tão cega assim a ponto de não enxergar a verdade. E quando ela enxerga... mostra toda a sua coragem. Impossível não se apaixonar por essa personagem.
“— Poucas pessoas matam pelas razões certas, June. A maioria faz isso pelas razões erradas. Só espero que você nunca se encontre em alguma dessas categorias.”
Day, oh Day. Ele é O cara. Inteligente, calculista, habilidoso, inconsequente... é pouco para descrevê-lo. A vida não é tão fácil para ele. Após ter obtido notas baixas nos testes de aptidão, ele foi forçado a deixar a sua família, mas conseguiu sobreviver e fugir das garras da República, após ser dado como morto. Ele vive com dificuldade, mas observa de longe a sua família e os ajuda com tudo que consegue. Ele rouba o que pode e troca por notas, comidas, roupas, e o que for para ajudar sua mãe e seus dois irmãos. O irmão mais velho de Day é único com quem ele mantém contato, sua mãe e seu irmão mais novo pensam que ele está morto.
"Sinto o sabor de vinho nos lábios dele. Ele me beija suavemente a princípio e depois, como se estivesse querendo mais alguma coisa, ele me empurra contra a parede e me beija com mais força. Seus lábios são quentes e muito macios, seu cabelo roça minha face. Eu tento me concentrar. Esta não é a primeira vez dele, que certamente já beijou outras meninas, e eu diria que muitas meninas."
Day vive nas ruas com sua amiga Tess, uma menina magrela que ele ajudou quando eram menores e desde então nunca se separaram. Tess é doce, meiga e frágil, e é o papel de Day mantê-la viva.

É uma história fascinante, que me conquistou logo de cara. Virei fã de carteirinha da Sra. Marie Lu e já comecei a ler Prodigy no mesmo dia que terminei Legend, depois de um final arrebatador...

Para quem gosta de uma boa distopia recheada de muitas aventuras e emoções, leia Legend que não vai se arrepender!
“— Nunca lhe perguntei sobre esse nome de guerra. Por que Day? — Porque cada dia significa novas 24 horas. Cada dia quer dizer que tudo é possível de novo. Você pode aproveitar cada instante, pode morrer num instante, e tudo se resume a um dia após o outro.”








Editora Prumo

A Série teve seus direitos de adaptação cinematográfica comprados pela CBS Films , saiba mais AQUI.


Clique aqui para validar o seu comentário:


23 comentários:

  1. Adorei a resenha, nunca tinha ouvido falar desse livro, parece ser bom apesar de não ser meu tipo de livro!

    Beijinhos,
    www.limaoealecrim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que Livro maravilhoso!

    Ei Luiza! :D Menina, tô amando seus posts, são A+!
    Voltando ao livro, já li algumas coisas sobre ele, mas nunca tinha lido algo mais explicadinho. E essa resenha... Sem comentários! Você simplesmente vai me falir! HAHAHA
    Ele entrou pra minha lista também. Socorro! Mais um livro. :')
    Enfim, não achei nem palavras pra continuar falando sobre, estou without words.
    Parabéns flor, tá incrível a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Estava esperando alguém daqui falar sobre esse livro, pq comprei legendy e prodigy no fim do ano e deixei eles em stan-by . Agora que vi que ele ganhou 5 corações e ótimas recomendações, vou ler com certeza !!! ^^ valeu Lu !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Dayane, LEIAAA!!! Eu também deixei muito tempo paradinho na minha estante e me arrependi, porque é MUIIITO bom! =D

      Excluir
  4. Já tinha ouvido, falar sobre o livro, mas não havia me interessado, então nem quis saber sobre o que se tratava, mas a estória parece bem legal, gosto bastante do gênero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito boa mesmo! Leia que você vai amar! =D

      Excluir
  5. Já li Legend e Prodigy, também li Legend em um dia :3
    Fiquei viciadaaaaa, estou esperando Champion e a nova saga da Marie Lu.
    No momento estou convencendo meus amigos a lerem ♥

    beijos
    http://i--wont-give-up.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giovana!

      Eu já li Champion e posso te dizer que é sensacional e vale toda a espera <3

      Em breve postarei resenha de Prodigy e Champion =D

      Excluir
  6. Fiquei deslumbrada com este livro e a estória dos personagens. Esta estória futurista, não fica assim tão longe da realidade e até que é plausível e coerente. Gostei e muito dos comentários da resenha e dos trechos que você mencionou do livro. Despertou minha curiosidade. Vou tentar ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Luiza, comecei a ler o livro domingo e o Day conquistou meu coraçãozinho no primeiro capitulo. A June também é muito legal. Estou achando o livro bem legal. A autora é bem direta e os personagens são bem menos cheios de mimimi do que os de divergente.
    Bjokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karol, eu me APAIXONEI pela história e os personagens, espero que você ame também! =DD

      Excluir
  8. Oiee ^^
    Li esse livro há algum tempo e amei, só não gostei da "garota prodígio", ela se acha demais para o meu gosto :/
    Day ♥
    MilkMilks
    Milkshake de palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo Dryh! Mas sabe que eu prefiro assim? Eu também acho que ela se acha demais, e é isso é o maior defeito da June, eu odeio personagens perfeitinhas! =DD

      Excluir
  9. Como sempre suas resenha loongas e perfeitas!
    Adorei amiga...quero ler!!
    Mas depois de Convergente eu estou traumatizada de distopias... Vou esperar um pouquinho antes de ler Legend!
    =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahaa te entendo amiga! Mas te garanto que é COMPLETAMENTE diferente, você vai amar, do início ao fim! <3

      Excluir
  10. Esse livro parece ser mesmo ótimo! Adoro distopias e adorei a resenha, parece ser mesmo uma estória fantástica e muito bem desenvolvida. Os personagens parecem ser mesmo cativantes e o enredo me deixou curiosa! Gostei de saber que o livro prende o leitor, parece ser mesmo ótimo! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é um livro excelente Dani! Leia! =DD

      Excluir
  11. Oi, eu adorei a resenha, eu já sentia uma imensa vontade de ler o livro, agora eu necessito ler o mais rápido possível, a sua resenha esta perfeita, a historia do livro parece ser magnifica e que vale muito a pena ser lida.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  12. Adorei o enredo do livro. Nunca o conheci assim tão profundamente. Agora só fico me perguntando: Porque ainda não o peguei para ler?
    Ele está na minha estante há um tempinho, e agora já sei qual será minha próxima leitura.

    ResponderExcluir
  13. Adorei a capa, adorei a sinopse e adorei a resenha. Parece ser um livro perfeito para o me gosto distópico! Acho que ando muito desatualizada ultimamente, nem tinha ouvido falar ainda desse livro. Obrigada pela dica!

    Beijos!

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...