[Resenha] Lobos Não Choram - Patricia Briggs

 Lobos Não Choram

Alfa e Ômega 01

Patricia Briggs
Ano: 2012

Páginas: 368

O primeiro livro dessa incrível série de sucesso, Alfa e Ômega, de Patricia Briggs – Você não vai querer parar de ler! Anna nunca soube que Lobisomens existiam, até a noite em que sobreviveu a um ataque violento... E se tornou um deles. Depois de três anos como o membro menos importante da alcateia, Anna aprendeu a manter a cabeça baixa e a nunca, jamais, confiar nos machos dominantes. Foi então que Charles Cornick, o matador de aluguel e filho do líder dos lobisomens da América do Norte, entrou em sua vida.Charles insiste em afirmar que Anna não está destinada a ser somente sua grande companheira, mas também um raro e valioso lobo Ômega. A força interior de Anna e a sua presença tranquilizadora serão realmente valiosas quando ela e Charles saírem à caça de um lobisomem desgarrado, uma criatura dominada por magia tão negra que poderia ameaçar toda a alcateia... “Patricia Briggs sempre encanta seus leitores” – Lynn Viehl, autora best-seller do USA Today. “O mundo de Patricia, no qual bruxas, vampiros e lobisomens vivem perto de pessoas comuns, é plausivelmente construído; os personagens são maravilhosos, e a trama faz as páginas flutuarem” – Booklist



Como explicar a minha indecisão. Muitos reclamam que os livros sempre são iguais, com a mesma temática. Eu sou uma delas.... Mas quando o livro sai um pouco do que eu estou acostumada como definição, eu também não gosto muito.  Entendem a contradição da minha pessoa???

Eu gostei sim do livro... ele teve pontos negativos e positivos em relação a minha concepção de livros de lobos.

Pontos positivos:

Achei sensacional que a autora além de retratar muito bem a hierarquia que existe nos bandos, ela adicionou um elemento surpresa que é o Lobo ômega.  Sobre a hierarquia, eu gostei da explicação dada pela autora sobre a organização, as funções de cada lobo, dominante e o submisso, assim como o poder que flui do alfa para a matilha. Isso é apresentado em todos os livros de lobos, acho que faz parte da mitologia criada há muito tempo.

Como toda característica marcante de lobos é o temperamento, pavio curto e violência,  nada como uma pessoa que consiga acalmar esses impulsos.  E Ana é essa pessoa, o lobo ômega. Quando eu comecei a ler eu pensei (sem querer) no Jasper de Crepúsculo, que conseguia manipular a emoção das pessoas, Ana faz algo bem similar. Ela consegue acalmar os lobos presos dentro dos humanos. 
Essa adição foi inteligente e colocou um nível a mais na hierarquia, mas ao mesmo tempo que Ana não se encaixa, porque não é compelida a seguir regras por nenhum deles, ela se encaixa perfeitamente, por não ter a urgência de ser um dominante. Ela é um café com leite, está no meio dos dois níveis. Tem uma comparação no livro, como ela estando no mesmo patamar que um curandeiro em uma tribo, onde as leis não se aplicam a eles.   


Pontos Negativos:

O desenvolver da historia para mim foi um pouco enrolada, sabe quando você lê e lê e não sabe nada, porque nada de importante acontece? Pois é isso me pegou um pouco, mas eu não larguei de birra para ver o que iria acontecer, porque a partir do momento que surge a ameça a qual o casal vai enfrentar, você sente a adrenalina chegando junto com a ação. Então você pensa é agora.... 

O Vilão, eu realmente esperei um vilão, mas não veio, ela podia ter o poder, e conseguir controlar os lobos, mas no final ela era nada mais que uma criança birrenta. Nada contra, ela poderia ter sido uma grande vilã, porque teve anos para crescer e aperfeiçoar a maldade, mas quando chega nos diálogos, você percebe que é uma criança que acabou de perder um doce.

A única coisa que eu senti falta e muita gente gostou e classificou o livro como "não é HOT" foi justamente isso. Mas veja bem, a característica marcante dos lobos são a territoriedade e possessividade. Então o macho dominante (tipo o 02º na linha) arruma uma companheira e ... e nada... eles conversam sobre o relacionamento deles e tal.. mas é normal...  Entendo o fato dele não empurrar a Ana porque ela foi maltratada e violentada, mas não é muito como lobos. (segundo as características que eu tenho formado na minha cabeça).  

Bem, espero que vocês leiam também, e venham discutir comigo.





A série Alfa e Ômega é composta por 4 livros mais um conto, sendo que o livro 05 ainda será lançado nos EUA, e no Brasil a série é publicada pela Novo Conceito.

5 comentários:

  1. Oi Lud, quando vi a capa desse livro e li a sinopse, fiquei doida para devorá-lo, mas quando resolvi começar a ler, a leitura simplesmente não engrenou.. não sei explicar, mas não consegui me envolver com o primeiro capítulo e acabei não indo adiante. Quem sabe outra hora não tente de novo? Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, na verdade vc começa do final do livro, pelo conto.. se vc começar direto pelo livro vc fica perdida master....Pq não colocar o conto no começo do livro logo???
      Impossível ler o 01 sem o conto.
      Mas eu tb tive dificuldades, quis largar algumas vezes... mas terminei! huhuh

      Excluir
  2. Eu acho as capas desses livros sensacionais, mas nunca me animei pra ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu queria ler algo diferente, por isso peguei para ler.. lobos <3

      Excluir
  3. desculpe incomodar, mas qual é a ordem dos livros, ou seja, dos nomes...

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...