[Resenha] Na Ilha - Tracey Garvis Graves

Na Ilha ( autora Tracey Garvis Graves)
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 288



Sinopse: Anna Emerson é uma professora de inglês de 30 anos desesperada por aventura. Cansada do inverno rigoroso de Chicago e de seu relacionamento que não evolui, ela agarra a oportunidade de passar o verão em uma ilha tropical dando aulas particulares para um adolescente. T.J. Callahan não quer ir a lugar algum. Aos 16 anos e com um câncer em remissão, tudo o que ele quer é uma vida normal de novo. Mas seus pais insistem em que ele passe o verão nas Maldivas colocando em dia as aulas que perdeu na escola. Anna e T.J. embarcam rumo à casa de veraneio dos Callahan e, enquanto sobrevoam as 1.200 ilhas das Maldivas, o impensável acontece. O avião cai nas águas infestadas de tubarão do arquipélago. Eles conseguem chegar a uma praia, mas logo descobrem que estão presos em uma ilha desabitada. De início, tudo o que importa é sobreviver. Mas, à medida que os dias se tornam semanas, e então meses, Anna começa a se perguntar se seu maior desafio não será ter de conviver com um garoto que aos poucos torna-se homem.


Essa é uma daquelas leituras que começam e você simplesmente não imagina que ela vai te consumir de alguma forma. Mas é exatamente isso que acontece. Cada página lida você se vê preso a leitura e se imagina naquela situação.



Na Ilha conta a história de Anna e T.J., uma mulher de 30 anos e um garoto de 16, que ficam presos em uma ilha por um longo período de tempo. Os protagonistas passam por diversas situações inimagináveis para sobreviver, sozinhos numa ilha deserta, eles precisam além de sobreviver, manter a esperança viva também,o que na verdade foi o mais difícil, enfrentando as tempestades, o calor, os tubarões, a falta de abrigo, o medo das doenças, o fato de T.J. estar em remissão de uma câncer me apavorava profundamente, foram tantas sensações que tive durante a leitura, que é até difícil descrever.

Durante esse processo de aprender a viver de uma outra forma, sem luz, sem sabonete, sem pasta de dente, sem roupas, ter que caçar pra não morrer de fome, surge a parte mais comovente da história.....os laços que são criados. Desde inicio, Anna tem uma necessidade de cuidar e proteger T.J. como toda pessoa 13 anos mais velha e professora acho que teria, só que os dias se tornam meses, os meses se tornam anos e T.J. cresce e se torna um homem. E ai que bato palmas para autora, além de escrever um livro com ação, com um certo suspense ela sabe o momento certo de introduzir o amor.

Há um certo clima de romance em boa parte do livro, porém, Anna se recusa a se envolver com aquele que seria seu aluno e muito mais novo do que ela. Olha, nunca fui uma pessoa preconceituosa, mas realmente pra mim a diferença de idade me deixava meio tensa, porém T.J. me surpreendeu, amadurecendo, se tornando um homem digno, corajoso e inteligente.

O livro fala de sobrevivência, tanto física quanto emocional, fala das quebras de barreiras que só o amor é capaz de superar, nos mostra como o destino muda completamente a vida das pessoas, tanto Anna como T.J. vinham carregados de bagagens de suas historia de vida, e mesmo depois de tanto coisa vivida, eles enfrentam o que muitos talvez não aguentassem e se tornaram pessoas fortes, altruístas e esperançosas.

Durante a leitura você com certeza vai associar essa historia A Lagoa Azul e O Náufrago e sim, tem muitas coisas que realmente nos faz lembrar, porém, Na Ilha consegue desenvolver sua própria história de uma forma marcante, usando situações atuais(não posso falar muito senão vou dar spoiler) e que tornam a leitura emocionante.Um livro lindo, delicado, mas maduro, com uma leitura fácil, só lamento ser tão curto, e em alguns capítulos até mesmo corrido.

Pra finalizar o que posso dizer é, um livro que te conquista aos pouquinhos, com um enredo encantador e que mais uma vez me prova que através do amor, tiramos força para aguentar tudo.

Eu adoro essa frase do Harry Potter..que me lembrei muito ao ler esse livro "Aqueles que nos amam nunca nos deixam de verdade".

Quem ler o livro vai entender.
Fica a dica.
Boa leitura!



14 comentários:

  1. OWNNNN

    pela capa eu não leria... mas eu fiquei escutando as meninas falarem desse livro, e Na ilha, Na ilha... e eu deixei para lá, estava lendo outros livros...

    mas agora lendo o que vc escreveu, eu adorei... vou add a minha lista infinita!

    ResponderExcluir
  2. Comecei a ler por curiosidade, não queria ler suspense, nem romance, nem nenhum livro em serie ou trilogia. Atirei no que vi e acertei em cheio. Indiquei este livro para um monte de gente, todo mundo me agradeceu. O livro flui, cria vida em sua imaginação. Anna é maravilhosa mas que homem T.J. se transformou. Li em arquivo. Comprei o livro. A autora merece todos os creditos e tem que ser incentivada a criar outra obra tão maravilhosa como esta. A melhor noticia: os direitos já foram vendidos ao cinema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Chris.. agora realmente tu me convenceu a passar ele na frente de todos e ler!

      =)

      Excluir
    2. Lud, vc. não vai se arrepender em furar a fila, te garanto. Uma amiga minha me ligou no meio da noite, desesperada, para perguntar: "Chris, me responde, eles ficam juntos no final?". Depois me conta, rsrsrs

      Excluir
    3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... eu entendo essa sua amiga, eu também fico desesperada!

      Excluir
  3. Eu to louca pra ler esse livro!!
    E a resenha me deixou mais ansiosa ainda...
    Lerei em breve =D
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Fiquei com vontade de ler tbm depois dessa resenha xD

    ResponderExcluir
  5. Parece ser interessante!
    Vou add na listinha para ler!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Na Ilha com certeza foi um dos meus livros favoritos de 2013. Simplesmente me apaixonei por Anna e TJ e a história de vida que eles construíram. Para quem gostou de Na Ilha, não pode deixar de ler Uncharted: http://www.recantodami.com/2013/12/resenha-uncharted.html

    Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  7. eu ameeeeeeeeeeeeeeeei esse livro. também foi um dos meus queridinhos de 2013.
    a escrita da autora foi fantástica a e publicação brasileira tb foi bem caprichosa (o q convenhamos, é bem rara).

    e nem preciso comentar sobre a história, AMEEEI Anna, AMEEI TJ, e AMEEEI Galinha kkkkkkkkkkkk ;D

    ResponderExcluir
  8. Vai virar filme??? AMEI..durante a leitura eu só pensava nisso...esse livro merece virar filme.Adorei a noticia!!!

    ResponderExcluir
  9. Nath, eu adorei os golfinhos. A autora plagiou o acontecido na Australia, quando um bando de golfinhos salvou uma criança de um tubarão mas ficou lindo. Imagine isto no telão. Os golfinhos salvando T.J.

    ResponderExcluir
  10. Confesso que estou muito ansiosa para ler esse livro.. Ainda não tive a oportunidade, mas está na minha lista... Adorei a resenha

    ResponderExcluir
  11. Eu quero assistir o filme 😭😭😭 quero chorar...ameei demais esse livro 😭😭😍

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...