[Resenha] Seduced in the Dark - C.J. Roberts




02º Seduced in the Dark 
Série: The Dark Duet 
C.J. Roberts 

Livro é a sequencia de Capitve in the Dark. Resgatado da escravidão sexual por um oficial pasquitanes, Caleb carrega o peso da Divida que deve ser paga com sangue. O caminho tem sido longo e cheios de incertezas, mas para Caleb e Livvie esta chegando ao fim. Ele pode se render a mulher que ama por causa da vingança? Ou ele pode fazer o sacrifício final?
Segundo livro daquela série que eu estava com medo. o que posso dizer? 


A autora é muito corajosa. A narrativa dele começa muito confusa, 4 meses depois, com a menina presa em um manicômio judiciário, e ela vai contando a historia dela. 

É muito louco, praticamente não tem sexo, mas ela entra na coisa do tráfico humano de uma forma tão profunda, tão intensa, que é impossível não se envolver. 

"Ele não podia discutir com a lógica. Era o que o mantinha vivo mais tempo do que ele se lembrava. Ele foi frio e eficiente. Ele não perdia tempo com questões de moralidade. Ainda assim, ele queria discutir com a lógica. Ele queria encontrar razão no que sentiu para pacificar o homem endurecido dentro de sua cabeça. Mas ele não podia. A verdade era - ele a queria. A verdade era também que nunca foi destinado a ser."

Eu evito livros densos assim, mas esse está me deixando muito fascinada. O caleb é um personagem tão confuso, tão pobre de sentimentos, porque ele não os conheceu, e ele foi forjado um monstro, mas talvez as coisas fossem diferentes se ele tivesse em um ambiente diferente. 

É tão incrível a forma como ela descreve que ele é um produto do meio em que ele vive, que é impossível não sentir compaixão em alguns momentos. Ele ainda não é um personagem que eu amaria, talvez pela forma crua como ela o descreve, mas certamente ele é impressionante.

"Ele tinha dito a ela que ele não era o seu Príncipe Encantado, mas o que ele não disse, foi ele desejou que ele pudesse ser. Uma vez, poderia ter sido... Normal. Antes de ser roubado, antes que dos espancamentos e dos estupros e da morte - ele poderia ter sido algo diferente do que era. Ele nunca havia pensado assim, nunca perguntava sobre as estradas tomadas ou não tomadas. Sua vida foi vivida no presente e sem a angústia de fantasias. Mas ele fantasiava agora. Ele fantasiava sobre ser o tipo de homem que poderia dar a Livvie, tudo o que ela sempre quis."

Apaixonei-me pelo Caleb... mas me apaixonei mais pela narrativa, pela forma como a autora descreveu as coisas. Tem muita violência, crueldade sim, mas é impossível não se envolver naquela história que pode muito bem acontecer com qualquer pessoa. 

É tão cruel, e tão real, e ao mesmo tempo a gente se pega torcendo pra que as coisas sejam diferentes. Eu achei que a autora foi gênia, porque ela fez um vilão muito real, mas um homem cheio de camadas, uma mocinha sobrevivente, que me fez sofrer muito, porque ela luta contra tudo: contra a situação dela, contra o que sente, contra o que vê, mas ao mesmo tempo ela enfrentou tudo. Fora que o fim foi bem amarrado, surpreendente mesmo. 



3 comentários:

  1. Uau, que resenha apaixonante, fiquei super afim de ler os livros. Beijos e valeu a dica. Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Lud... mais uma vez amei sua resenha ... ainda não terminei o segundo livro por ser uma leitura pesada mas totalmente envolvente.... A trama é intensa e nesse livro vc vai e vem e se envolve e se entrega, se apaixona, sofre, tudo junto... muito bom livro. Espero adorar o final e me envolver loucamente no terceiro...
    luanasfsp@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada pela consideração à resenha, beijos

      Excluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...