24 julho 2013

[Resenha] Insônia - Mari Scotti



Livro 01 : Insônia
Série Nefilins
Autora : Mari Scotti

Suzanna perde os pais com oito anos de idade é salva por alguém que ninguém acredita existir. Quando está perto de completar dezoito anos, coisas estranhas passam a acontecer. Dois rapazes surgem em sua vida, são misteriosos e parecem saber muito mais sobre ela do que deveriam. Ela precisa escolher entre um ou outro, mas não sabe que essa escolha mudará sua vida para sempre.



Anjos, Demonios, Nefilins e um triangulo amoroso. Parece clichê não?

Mas não se engane, você vai se surpreender com esse livro.

Primeiro preciso dizer a minha relutância em ler livros de anjos, porque todas as minhas experiências anteriores foram ruins com exceção do Autor de Fallen, Thomas. Mas bem, decidi prestigiar a Mari, que é uma fofa.

O livro começa com uma viagem de carro, onde Suzanna, nossa protagonista está viajando com os pais, na verdade de mudança para a casa dos avós. Nessa viagem Suzie sofre um acidente, onde apenas ela sobrevive. No acidente, ela descreve que um homem a retirou do carro, mas não havia ninguém, e como era pequena, disseram q era apenas o trauma do acidente.  

“Quando o peso sumiu do meu corpo, consegui abrir os olhos, e encarei o homem, os olhos acinzentados me fitaram com medo e exaustão, inquietos. Um barulho ensurdecedor me fez encolher em seu colo e gritar. O cheiro de queimado e o calor me atingiram e tudo ficou nublado.”
Então assim começa nossa historia, de uma órfã que é criada pelos avós.

Suzie, tem 17 anos, o que já me deixa com o pé atrás, ela é uma menina calma, doce, com uma inocência nata, desde pequena tem insônia, e então toda noite ela segue uma rotina de pegar sua mochila sair de fininho e ir ler no quintal do vizinho, sobre uma enorme árvore. 

Em um desses episódios, Suzie conhece Pietro. No primeiro momento, ela se assustou com o estranho, mas se sentiu atraída, e estranhamente confortável em sua presença apesar de não conhecê-lo. Encontravam-se todas as madrugadas no jardim, até que Suzie se apaixona por ele.

Claro que Pietro era perfeito, encantador e cavalheiro, mas ele tinha uma estranha mania de saber tudo que Suzie pensava. E responder suas perguntas feitas apenas na cabeça dela. Mas não posso deixar de dizer que ele tem seu charme.

“— o que você quer de mim?
— Sua companhia.
— Para...?
— Para meu prazer.”
Em um dia normal na escola, Suzie conhece Arthur. Claro que ele é um pouco oposto a tudo que Pietro é. Ele é um pouco mal encarado, irritante, e não mede as palavras para falar com ela.

“Olhei para a porta e me deparei com um rapaz moreno de cabelo cumprido e liso na altura dos ombros, estava de jaqueta de couro, e camiseta da escola e calças jeans rasgada na altura da coxa direita. Ergui os olhos para o rosto, os lábios eram finos e ele falava baixinho com a professora que apontava para mim.”

Então começa o nosso triangulo amoroso, onde todos sabem mais do que aparentam ou contam para Suzie, e acusam um ao outro de estar enganando-a.
Mas não se engane, o livro não é baseado no romance, muito pelo contrario, é baseado nas razões por trás de dois caras que tem uma inocente menina como uma missão, para ser protegida. 
Os dois para mim foram uma surpresa, em todo o livro você tem duvidas sobre quem está certo, quem não está. Você acaba amando os dois, e ao mesmo tempo odiando.
Eu gostaria de contar quem é o bonzinho e quem é bandido da historia, mas não fica muito claro mesmo no final do livro, então até lá aproveite o mistério.
“Suzie... Desculpe-me. — Ele fez sinal para encerrarmos a conta. — Eu apenas sei, tem coisas sobre mim que não posso revelar. Apenas sei, está bem.”
(...)
“— Suzie, confie em mim, eu quero seu bem. Eu me aproximei porque não era mais possível permanecer afastado.”
(...)
“O que você quer de mim? — Perguntei na mminha imaginação, como seu eu pudesse assustá-la como fazia comigo.
Quero você e não de você ! — Retrucou a voz”
Com a chegado dos dois, surgem todos os segredos por trás do acidente de Suzie. Ninguém pode contar a ela os segredos, pois é uma regra divina, mas eles dão pistas que ela deve juntar e descobrir. Ela é bem lentinha, mas eu compreendo, ela foi criada pelos avós com toda proteção, e a inocência dela faz parte do que ela é, ela é pura. Claro que Suzie descobre algumas coisas, como por exemplo que é uma Nefilin. Ela descobre algumas partes da historia por traz do acidente dos pais dela e também quem são seus avós.
“— Seu avó paterno era um nefilin e sua avó também. Eles preferiram viver como humanos quando se apaixonara. — Ele respirou, levou a mão ao queixo e coçou a pele lisa, suspirou colocando a mão em meu rosto e voltou a falar. — o fato é que você é a terceira geração de uma linhagem quase pura.”
E nessa disputa entre os dois caras, Suzie luta para escolher entre a escuridão e a luz, luta para descobrir a verdade e implora para que seu coração escolha um dos dois e não, amar os dois ao mesmo tempo, mas de maneiras diferentes.

“— e eu sou...? — Olhei um por um estudando seus rostos.
— Nefilin, filha das duas raças. Você é humana Suzanna, mas tem o sangue das duas raças, do bem e do mal, e pode ser influenciada por ambas. — Vovô afirmou como se fosse fácil entender.”

Então venha descobrir com quem Suzie ficará...

“— Você tem de lembrar Suzanna. Precisa lembrar. — ele sussurrou e por um momento minha pele inteiro se arrepiou, era a mesma voz que estava no túnel em meu sonho."


Não contei muito até agora não? Não quero contar para manter o suspense. Na verdade esse livro me surpreendeu muito por me prender tanto, e o suspense é uma coisa maravilhosa, eu achei que era um simples triangulo amoroso. Mas é muito mais que isso, acho que a sacada do livro é que o grande poder dos humanos é o livre arbitro, Suzanna tem o poder de escolher em que lado estará, mas os dois ao seu lado não possuem isso, pois não são humanos, e não podem escolher o que querem, eles precisam seguir regras, então para conseguir o que querem, eles a influenciam a tomar as decisões que os levam até os dois. E essas pequenas manipulações, frases subentendidas, é que fazem o livro ser intrigante e inteligente. 

Preciso te alertar, que após terminar o livro, você não terá mais informações do que Suzie tem no começo do livro, mas não se tem a sensação que o livro foi uma enrolação, pelo contrario, ele te prende de um jeito, e acaba abruptamente, e você quer matar a autora. (eu tenho os contatos dela se alguém quiser mandar uma ameaça.) 

A escrita é muito fluida, sem enrolação, tudo bem colocado e no tempo certo. Adorei mesmo Mari, ansiosa pela continuação.





 

Compartilhe!

11 comentários :

  1. Lu! Acho que essa é a primeira resenha que realmente captou a essência da história, que o foco não é o romance, mas as escolhas. É uma linda surpresa ler tudo o que você escreveu!
    Fico muito feliz que consegui passar as informações necessárias para a compreensão! Nem sabe como to de felicidade aqui no meu trabalho, lendo a resenha escondidinha! kkkk
    Obrigada pelo capricho e todo seu carinho comigo e com a obra.
    O próximo livro está escrito, apenas sofrendo ajustes, mas é previsto o lançamento para dezembro. Espero que até lá ninguém me mate! Haha, preciso terminar a série!!! Lembrem-se disso! kkkk

    Obrigada novamente!

    Beijo, Mari Scotti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Mari,

      eu realmente Gostei do livro!

      fiquei assim por ela ter 17 anos, e pensei q fosse aquela lengua lengua de adolescente....mas eu amei o enredo, todas as coisas escondidas q vc coloca, os diálogos sutis... e o suspense!

      e sua escrita... eu gostei muitooo... vc entra para as minhas top 3 nacionais... Roxy, Lhaisa e Você!

      esperando o 02 viu... quero Autografado tb!

      Excluir
    2. Nossa, que honra! Obrigada por isso! Ficar entre suas 3 preferidas, sabendo que já leu tantos me deixa honrada! Obrigada!

      O dois logo logo ta ai!

      Beijo <3

      Excluir
  2. Não tenho nem palavras para dizer o quanto amo esse livro, enquanto eu lia tinha pequenos surtos mandando mensagens para a Mari aushauhsauhsaus
    Foram dias bem engraçados. A Mari é uma das minhas escritoras favoritas e não é por ela ser minha amiga, ela é uma daquelas escritoras que tem o dom!
    Não vejo a hora de ler mais sobre esses três personagens que me encantaram... Então dona Mari trate de escrever mais
    aushaushaushasua

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha Lud, você me deixou morrendo de vontade de ler o livro. Apesar de eu amar histórias de anjos, nunca li uma, só assistia em filmes e na TV. Tenho curiosidade para saber como é lendo um livro, se eu ia gostar ou não. Adorei a capa, as letras parece mesmo estar flutuando.. hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  4. A Lud despertou minha curiosidade!!!! A resenha instiga a pessoa a querer saber mais, e ainda bem que a Lud nos deixa bem segura em relação ao livro - porque sinceramente, depois da série Hush Hush, que pra mim foi decepcionante no final, não quis ler mais nada sobre esse gênero.

    Será que vai rolar promo do livrinho?!

    Espero que sim ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi esse mesmo, o trauma da minha Vida !!1 Hush Hush!!

      depois dessa nem queria mais ler livros de anjo!!

      Mas esse eu gostei muito, adoro um mistério!

      =)

      Excluir
  5. Fiquei realmente encantada!
    Nunca li livros sobre anjos e Hush Hush tá na minha lista :)
    (minha amiga gostou,então vou ler para poder tirar uma conclusão)
    Amei de verdade esta resenha,me instigou a querer ler !
    Vou botar na minha listinha de aquisições *.*

    :*

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha. Gosto muito de triângulos amorosos, que apesar de não ser o meu gênero preferido fiquei bastante curiosa pra ler!

    ResponderExcluir
  7. não li nenhum livro de anjos, neflins e essas coisas. Quis ler Rush Rush, mas teve muitas pessoas que falaram mal; kkk fiquei com trauma antes mesmo de ler. Mas pelo que pareceu o livro é muito bem desenvolvido e gostei dele não ser focado no romance e sim nas escolhas. Acho que a essência ter que ser diferente se não fica igual aos outros e perde a graça.

    Parabens pela resenha! bjus

    ResponderExcluir
  8. Realmente parece um livro clichê, mas fiquei bastante interessada nele. Acho que depois de Hush Hush acabei me apaixonando por enredos desse tipo. Espero não me decepcionar com o livro, o que eu acho difícil HAHA

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei