19 junho 2013

[Resenha] Vozes do Silêncio


Vozes do Silêncio

Adriana Vargas
Edição: 1
Editora: MODO Editora Tradicional

Ano: 2013

Páginas: 370


Somente algo poderoso poderia libertá-la... Seu destino era a morte para salvar o mundo da terceira guerra mundial, fruto de uma maldição que comandava toda a Espanha. Década de 60 - rock in roll, revoluções e um amor impossível – Analy se apaixona por Vidal, militante rebelde, meio às crises políticas que assolavam a Espanha durante a ditadura dieguista, porém, ela não esperava que sua família guardasse um segredo tão maligno, capaz de separá-la definitivamente de seu grande amor. Consequências de um passado tenebroso, vinganças sombrias, vozes, visões e uma maldição cigana – estão por todos os lados, do começo ao fim. O mais forte vencerá num cenário de lutas, sangue, perdas, mistérios e o sobrenatural. 


Olá Leitores,

Estou aqui para contar um pouco do Livro Vozes do Silencio da Autora Adriana Vargas.

Esse é o primeiro livro que leio da autora, e tenho que parabenizá-la pela sua escrita impecável, os cenárias ricos em detalhes e os personagens tão intrigantes e bem construídos que foi impossível não se apaixonar por cada um deles.

O livro se trata de uma profecia, duas crianças interligadas pelo amor, uma nascida de uma mancha na tradição cigana e que originou a maldição que assola a sua descendência e uma criança que nasceu para ser sacrificada, de modo a quebrar essa maldição.

Uma família envolta em mentiras, mistério e perseguição, e uma historia carregada de um misto de impotência, jogo de poder e manipulação que a ditadura proporciona. 

— A força sobrenatural que regerá toda a Espanha, cairá contra você, como uma maldição que destruirá não somente seu futuro governo, mas toda sua família; matando-o aos poucos e à míngua por doenças sem explicações. Você alcançará o poder, mas precisará cumprir o que prometeu ao nosso povo e aos nossos deuses.

A historia começa com Analy no sanatório recebendo a visita de uma cigana que lhe dá a opção de voltar ao passado, mudar seus passos e tomar decisões diferentes da que a levaram até esse momento.

— Assim que cumprir a profecia cigana, desfazendo a maldição e libertando a Espanha, eu lhe trarei de volta para o presente. Volte, e conserte seu passado! Somente o amor a libertará, lembre-se desta frase no momento propício.

Analy é uma menina doce e ingênua, mas dona de uma feroz vontade, que a faz desafiar as decisões de seu pai.  Ela vive uma vida simples com os pais, Fernandes e Adelita e a irmã, Vina em um sítio longe da cidade. O maior prazer de Analy é ouvir o radinho a pilha dada por sua Abuelita, e sonhar com a voz do locutor Vidal. Essa menina ruiva com os olhos verdes também é a única que pode salvar o povo espanhol e quebrar a maldição.

A trama se desenrola em Coslada – Espanha, na década de 60 onde a Ditadura militar assombrava cada família espanhola. Diego de La Vega tem um pacto com os ciganos, ajudar um deles a encontrar uma menina,  em troca de seu poder sobre o pais.
Juan é o Cigano encarregado de ajudar Diego, e o responsável por achar a menina e fazer cumprir o seu destino. Claro que Juan seria o vilão, mas eu me apaixonei por ele do mesmo jeito que ele se apaixona por Analy, arriscando o seu destino e a descendência dos ciganos. Não me entenda mal, ele simplesmente te conquista pelos pequenos detalhes, os olhares, os pensamentos sinceros para uma doce menina. 

Sentou no carro ao lado de Juan. Podia sentir o seu perfume, o que a fez virar o rosto para o lado da janela. Quando ele estava distraído, ela o observava pelo retrovisor. Ele usava gel nos cabelos pretos. Os olhostinham um tom verde escuro, e quando conversava ou sorria, exibia covinhas no rosto. Ele era um rapaz bonito.

Mas a vida dos dois se cruza com Vidal, um jovem radialista local, que tenta dar uma voz para o povo oprimido pelo governo dieguista. Militante rebelde, Vidal é uma pessoa idealista com muitos sonhos. Ele conhece Analy através de uma cigana que o avisa que encontraria uma linda menina e se apaixonaria por ela, e ele deveria ensiná-la o significado do Amor. A Cigana o entrega uma estrela de Davi, e o diz para dar a menina, que isso a lembrará de nunca desistir.

A estrela simboliza proteção. É usada como talismã contra inimigos visíveis e invisíveis. Também conhecida como Estrela Cigana ou Estrela de David; é o símbolo dos grandes chefes ciganos. Possui seis pontas, formando dois triângulos iguais, que indicam a igualdade entre o que está a cima e o que está abaixo.— Tome isto. Guarde. Não me faça perguntas. Você precisa entregá-lo a uma pessoa. Quando ela estiver em momentos de dificuldades, peça para que a aperte entre suas mãos e em seguida deve fazer um pedido.

O Amor entre Vidal e Analy é imediato, ela já o amava mesmo sem ver seu rosto, ela o escutava todos os dias no radinho e sentia que ele falava com ela, mandava mensagens através de suas músicas e lindas frases.

“Nem o céu, nem o mar, montanhas, conflitos causados pelo regime militar... Nem o infinito... Nada me impedirá de nos reencontrarmos no dia mais lindo de todos os dias.”

Vidal amou Analy no momento em que a viu no parque, nunca tinha se apaixonado antes, e o amor entre eles parecia certo, destinada a ser, apesar de tudo contra.

 “Eu te prometo vamos nos encontrar! Esta música é para você, minha pequena, Something, The Beatles.”

No meio desse triangulo amoroso acontece a ditadura, e é impressionante como a Adriana consegue descrever a vida dessas pessoas, todo o sofrimento das mães que perderam seus filhos, que foram torturados e mortos por defenderem os seus ideias, a liberdade do seu povo. Essa realidade do livro te pega de um jeito, que todos os seus ideais são questionados.

“Toda Madrid foi tomada pela guerra civil e manifestações. As pessoas estão ordenadas a se trancarem em suas casas até a que se mantenha a ordem. Qualquer pessoa encontrada na rua será capturada e presa.”

Quando se acaba o livro, não tem como não pensar o quão profunda é a mensagem nele. Tantas coisas deixadas subentendidas, quantas formas diferentes de amor. Como uma simples decisão pode mudar o destino de tantas pessoas, como a fé, amor e o sacrifício andam de mãos dadas e podem definir uma pessoa e toda sua vida.

Além de tudo isso, de ser um romance, eu o classifico como um livro de puro suspense, o enredo te leva a pensar em uma direção e de repente tudo é questionado e nem tudo é o que parece.

Confiram o livro, se deixe levar pelo destino...

Meu dono... Meu verbo.. 
Meu refúgio - unção que me salva
Batizou-me para a eternidade
Conjugando-me em tuas verdades sinceras 
Teu peito... Tua pele 
Teus lábios tatuados em meus poros que respiram 
Não mais a tua ausência...







Saiba mais sobre a Série:

Saiba mais sobre a autora:


Compartilhe!

14 comentários :

  1. Oi Lud, adorei sua resenha, não conheci o livro e achei a proposta da autora muito interessante e sedutora. Valeu a dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mi,

      eu achei a proposta muito interessante tb , é uma mistura de muitas coisas que não esperamos!

      =)

      espero q goste!

      Excluir
  2. Otima resenha amiga!
    Com certeza me faz querer correr para ler esse livro!!

    =*

    ResponderExcluir
  3. Também adorei!

    conseguiu chamar minha atenção e sem dúvida vou adquiri-lo.

    : )

    ResponderExcluir
  4. Realmente a escrita da Adriana é repleta de mistérios! Impossível não se surpreender com suas histórias. Não li Vozes do Silêncio ainda, mas em O Oitavo Pecado também paramos para pensar em muitas questões!

    Parabéns Adriana!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, adorei, deve ser muito bom! E adoro livros com profecias *-*
    Com essas resenhas que vocês fazem da mais vontade de ler os livros! Até me agonio de não poder ler todos kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Nossa,super adorei!
    Esse cenário maravilhoso como Espanha de fundo para uma trama como essa,EU AMO,e ciganos no meio dar um ar de magia envolvida!
    (sonho em viajar para Espanha) rs

    :*

    ResponderExcluir
  7. Putz eu já li um livro da Adriana, ela escrever de forma bem complexa, pelo menos em "o oitavo pecado" foi assim, mas mesmo assim eu me apaixonei pela estória. Essa também parece ser muito boa, estou doida para ler.

    ResponderExcluir
  8. Amei sua resenha, ainda não conhecia o livro. Eu como fã de suspense acho que vou gostar bastante!

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia o livro ainda, depois de ler tua resenha amei demais, esse vai pra minha lista de eu quero, mais um kk

    ResponderExcluir
  10. Confesso que fico com um pé atrás quando se trata de histórias em tempos de ditadura, não sei, simplesmente não consigo e sou assim até com filmes, mesmo assim admiro as histórias assim como essa resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb fiquei um pouco apreensiva, mas eu gostei, falou da realidade que era na época... Adriana soube dosar, para não ficar um livro muito pesado!

      =)

      Excluir
  11. Adoro história com ciganos! Esse povo é tão misterioso!!! Segredos do passado então...
    Fiquei curiosa! Mais um pra listinha.....

    ResponderExcluir
  12. Que capa linda, adorei!
    A história é bem diferente e eu nunca vi um enredo que falasse sobre os ciganos, fiquei bem curiosa!

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei