[Review] That Boy - Jillian Dodd



Livro 01 : That Boy

Série : That Boy
Autora: Jillian Dodd

Livro apenas em inglês


Sabe, ser amiga de dois meninos bonitos tem seus benefícios.
Há o Danny. Ele é um menino de ouro, em todos os sentidos. Ele tem uns olhos azuis incríveis e o cabelo loiro que parece estar sempre perfeito, mesmo quando é levantado pelo vento ou bagunçado pelo capacete de futebol. Ele é o garoto por quem todas as meninas tem uma paixonite. É com ele que eu entro em encrencas, é com ele que eu brigo, o quarterback que garota nenhuma pode resistir, nem mesmo eu. Estar com Danny é como estar em uma aventura. Ele tem um sorriso brilhante, contagiante e um abdominal de morrer. Ele é bonito e irresistível demais.
Igualmente digno de paixonites, é o Phillip. O adorável e doce Phillip, que eu conheço desde o nascimento. Phillip tem o cabelo escuro, um sorriso perfeito, olhos castanhos e a voz mais sexy que eu já ouvi. Ele é o garoto com quem eu falo todas as noites antes de dormir. O menino que me entende, que pode ler minha mente, o que está sempre lá para mim, o garoto que sempre tenta me manter longe de problemas, o garoto irritantemente cada vez mais gostoso, cujo os braços fortes parecem sempre encontrar o caminho em torno de mim. E quando ele me dá aquele sorriso, eu nunca consigo dizer não.
Um deles me dará o meu primeiro beijo.
Um deles me ensinará a dar uns amassos.
Um deles vai me levar para o baile.
E, finalmente, um deles vai me pedir em casamento.
Ambos serão os meus melhores amigos.
Mas só um deles vai ser o menino por quem eu me apaixonarei.
apenas um deles é ‘O Menino’.

Estou começando a achar que o critério para que um livro seja bom e me surpreenda, é começar a lê-lo sem nenhuma expectativa, já pensando que vai ser ruim. 

A leitura de That Boy veio na sequência de The Vincent Boys (que você lê a resenha aqui) e eu já achando que era tudo igual, que Boy no título era sinônimo de livro marromeno e já abri de má vontade. 

Mas alôu?! Só pra começar, o que são essas páginas lindas, com o título desenhado/rabiscado/escrito pela JJ? Eu amei! E eu me apaixonei devagarzinho pelo livro... 

A história narra a vida de JJ (Jayden James) e sua amizade com os dois vizinhos da porta ao lado: Phillip e Danny <3<3<3. (Atenção: alerta de paixonite por personagens!) 

Acontece que a coisa que eu achei que mais me irritaria no livro, foi o que mais me apaixonou: acompanhamos todas as fases da vida deles três, a maneira como se relacionam e como isso define e constrói as pessoas que serão no futuro. O livro começa na infância, detalhando como eles se conheceram, como se aproximaram, passamos por todas as fases de descobertas, de dúvidas, tudo juntos! 

Amo a JJ porque ela foge dos padrões: prestem atenção nas mocinhas dos livros que vocês lêem. Ou elas são super femininas e fúteis, ou elas são molecas ad eternum. A JJ é moleca, joga futebol, anda descalça, fala besteira MAS chega em uma certa idade onde começa a descobrir-se mulher, interessa-se por festas, meninos, noite das meninas, e enfim, concilia os dois lados em uma só pessoa com muita facilidade, sem forçar a personagem. Adorei que a história não fala sobre futilidades e fatos irrelevantes o tempo todo. 

Como eu disse, por contar toda a trajetória deles, acabamos nos aprofundando em detalhes humanos, em sentimentos, em situações que a gente nunca espera que vá acontecer, mas que acontecem. Vemos o primeiro beijo, primeiro amasso, o primeiro coração partido, o primeiro baile, as dores e delícias de ser adolescente, passamos por um baque, vamos para a faculdade, nos apaixonamos de novo e de novo e de novo. Até voltarmos ao prólogo, com um pedido de casamento LINDO!

"Quem sem importa com que dia é hoje se é um lindo dia?"

Posso falar dos meninos agora? Phillip, venha para minha vida! Danny, venha para minha cama! Pronto isso é suficiente, deixem a imaginção rolar! Ou melhor, leiam o livro!

Agora sério. O livro me encantou porque eu não esperava a maturidade da escrita ou a maturidade da história. São pessoas com erros e acertos, defeitos e qualidades, alegrias e tristezas, tudo na medida certa, porque afinal, personagens de livro são gente como a gente: não precisam viver toda uma vida de dureza e serem felizes apenas durante as três páginas finais. Vivemos uma vida com momentos de alegria, intercalados com tristezas, conquistas, derrotas, enfim! Tudo na medida certa. Não esperem perfeição desses personagens que ganharam meu coração... Eu super recomendo That Boy (nem dá para perceber né?), mal posso esperar para ler That Wedding!

“Algum ser humano percebe a vida, enquanto a vive - cada, cada minuto?”
Elizabeth, Our Town


7 comentários:

  1. Eu amei esse livro!

    Super recomendo
    :)

    ResponderExcluir
  2. Owinnnnn

    adorei a resenha!!!

    que bom q o livro é ótimo, pq com essa onda de livros YA , é difícil achar algo bom.

    ResponderExcluir
  3. aiiii. eu amo amo amo esse livro.
    queria um phillip pra mim tbbb hahahahaha

    adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  4. Resenha linda, parece ser um livro muito bom! Adoro livros e personagens apaixonantes, meigos e simples, mas que te fazem pensar: Por que não existe alguém exatamente assim? Talvez eu leia o livro sim, depois dessa resenha.

    ResponderExcluir
  5. Ok, vc falou q começou o livro sem expectativa nenhuma! Farei o mesmo e nem vou terminar de ler sua resenha...
    Concordo com vc, os melhores livros foram aqueles q li sem ter nem lido a sinopse antes! Depois venho dizer o que achei do livro e terminar de ler a resenha =P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu as vezes faço isso tb, nem leio a sinopse .. kkkkk

      Excluir
  6. Aii eu amei o Phillip, meu nome amor literário!
    Me apaixonei por ele!
    O Danny também é o maior fofo...
    Encantada pelos dois, vc tem razão, o livro é incrível!
    Ansiosa para ler o próximo...

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...