23 maio 2013

[Every Little Author] Camila Dornas






Moro em Brasília. Eterna amante dos Beatles e de boa música. Leitora fanática desde o momento em que entrei no mundo mágico que é uma biblioteca. Escritora por paixão. Ainda acredito no amor verdadeiro, do tipo que faz tudo valer a pena. Super hiperativa, compradora de livros compulsiva. Acho que na outra vida fui uma guerreira poderosa que dava a maior surra nos caras ruins haha. Tremo de terror a vista de uma barata. Sou um pouquinho de tudo, me apaixono por tudo que é intenso, odeio coisas mornas, se é pra ser, que seja 100 por cento. E não confio em pessoas que não comam chocolate ou resistam ao charme de um cachorro. Autora do livro ´´ A linhagem``.





De onde surgiu a ideia do livro?

É uma história engraçada. A primeira vez em que pensei sobre a história de Evangeline foi olhando um desenho incrível que um amigo, estudante de moda, fez pra mim, de um vestido do século XVIII. Fiquei imaginando os Bailes, os amores impossíveis. Naquele momento ela veio prontinha na minha cabeça. Estávamos na praça de alimentação de um shopping, e eu não tinha uma caneta, muito menos um papel. Saí perguntando para todo mundo se tinham um caneta para me emprestar e escrevi o esboço todo em um guardanapo.



Em que você se inspirou para a construção da estória?

Em mim mesma, no mundo ao meu redor, na minha fascinação pelo século XVII, e principalmente, na minha vontade de compartilhar aqueles pensamentos tumultuados que mais tarde se tornaram um livro com outras pessoas. A inspiração é um completo mistério, e nunca chega quando você espera, mas quando chega ela te coloca nas situações mais inusitadas.



Você pretende fazer continuação para o livro, ou tem mais algum livro em andamento? Pode contar um pouco pra gente?

Não. A Linhagem é um livro único, apesar do fato de que me apaixonei tanto pelo universo criado nesse livro que ainda pretendo aproveitá-lo sobre o ponto de vista de personagens diferentes. . A história de Evangeline acaba ali, mas... (olha o suspense kk) tenho planos de escrever um livro sobre o ponto de vista de Aghata, por que ela foi uma personagem que eu simplesmente senti que tinha muito mais a dizer. Já estou pra lá da metade de um livro novo, que ainda é segredo, mas confesso que irá deixar os leitores de pernas bambas, e pode até conter uma surpresinha para os fãs de A Linhagem.




Como foi pra você quando você pegou seu livro pela primeira vez nas mãos?

Foi uma sensação inexplicável. Ali, pegando neles, sentindo a textura, foi a primeira vez que realmente enxerguei tudo aquilo como uma realidade e não como parte de um sonho. Eu chorei, gritei, mostrei o livro para os cachorrinhos na rua, enfim, foi uma felicidade simplesmente inigualável.



Tem sido o que você esperava, a aceitação do livro?

 Para a minha completa alegria, o livro tem sido bem aceito entre os leitores. Recebo mensagens lindas de pessoas me fazendo perguntas, falando sobre o livro, dizendo que um personagem em especial os marcou. Isso pra mim não tem preço, é o verdadeiro motivo pelo qual esse profissão é tão maravilhosa.



Tem alguma mania? Algo que sempre faz antes de começar a escrever?

 Gosto de escrever cenas de romance ouvindo música, de preferência uma bem calma. Mas quando estou escrevendo cenas de ação ou de tensão, qualquer barulho me desconcentra, então esse tipo de cena prefiro escrever a noite.


Ps: Entrevista retirada do blog parceiro da Autora.






Edição: 1
Editora: Novo Século
ISBN: 9788576798682
Ano: 2013
Páginas: 336

  Londres do século XVIII. A capital da Inglaterra era um dos mais importantes centros do mundo.
 Vestidos pomposos, elegância e boas maneiras. Um tempo onde as posses e a reputação regiam a sociedade.
A igreja possuía poder absoluto e condenava aqueles os quais pesava a suspeita de bruxaria – a arte oculta temida e repudiada pelo senso comum.

Nesse cenário intimidador, surge uma mulher especial, com dons inimagináveis. E um destino grandioso...














Compartilhe!

2 comentários :

  1. Adoro a Camila, ela é uma fofa. É muito gostoso conhecermos melhor os autores que gostamos, nos sentimos mais próximos deles. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  2. Aqui estamos com mais uma de minhas autoras nacional favorita. Amo a forma como a Camila escreve é lindo e delicioso de ler quando eu cheguei ao final queria mais e mais e fiquei tão triste com um certo personagem que eu gostava... Queria saber mais dele, mas a Camila me alegrou quando me contou que estava escrevendo um conto sobre ele e logo o soltaria. Não vejo a hora de lê-lo.

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei