[Resenha] Insaciável, Meg Cabot



Insaciável
Meg Cabot
Galera Record, 2010
502 páginas



Cansado de ouvir falar de vampiros? Meena Harper também. Mas seus patrões estão fazendo ela escrever sobre eles de qualquer maneira, mesmo que Meena não acredite neles.

Não que Meena não esteja familiarizada com o sobrenatural. Veja, Meena Harper sabe como vamos morrer. (Não que você vá acreditar nela. Ninguém nunca acredita).

Mas nem mesmo o dom da premonição de Meena pode prepará-la para o que vai acontecer quando ela conhece – e comete o erro de se apaixonar - Lucien-Antonescu, um príncipe moderno com um lado sombrio. É um lado negro que muitas pessoas, como uma antiga sociedade de caçadores de vampiros, preferiria vê-lo morto.

O problema é que Lucien já está morto. Talvez por isso ele é o primeiro cara que Meena já conheceu com quem ela poderia ter um futuro. Entenda, enquanto Meena sempre foi capaz de ver o futuro de todo mundo, ela nunca foi capaz olhar para o dela própria.

E quando Lucien é o que Meena jamais sonhou como namorado, de repente ele pode vir a ser tornar o seu pesadelo. Agora pode ser uma boa hora para Meena começar a aprender a prever seu próprio futuro. . . Se ela ainda tiver um.




Meg Cabot dispensa apresentações.
Sou fã assumida da autora, já li Diário de uma Princesa, A Mediadora (favorita!) e O Garoto da Casa ao Lado. Cada serie é diferente, mas em cada linha você reconhece a autora.
Em Insaciável ela se supera mais uma vez. Livros com tema sobrenatural sempre foram meus favoritos, mas ultimamente tenho fugido um pouco e lido romance, sabe-se lá por que mesmo nessa fuga eu fui parar em Insaciável, e não me decepcionei. Mesmo tendo vampiros acontece em um mundo normal e não achei que o sobrenatural pesou em momento algum. Em muitos momentos a autora faz piada dessa moda de vampiros, ironiza muitos dos livros modinha e me arrancou boas gargalhadas.

Conheça Meena Harper, redatora da famosa serie de tv Insaciável, no ar há 30 anos e que odeia a moda de vampiros, mas os seus chefes a obrigam a inserir vampiros na trama da sua amada novela. Nessa mesma semana ela conhece Lucien Antonesco, primo dos seus vizinhos, charmoso, inteligente, e de quem Meena não consegue prever a morte, sim pessoal, esse é o dom especial dela! Ao olhar nos olhos de alguém consegue saber exatamente como irá morrer, nada legal né? Logo eles se veem envolvidos, e Meena termina no meio de uma guerra entre vampiros. Por que sim, eles existem, sempre existiram! Não só existem vampiros como também existe a guarda Palatina, uma unidade especial a serviço do Vaticano cujo proposito é matar monstros.

Como poderia saber que a pessoa perfeita não estava parada na frente dela agora? Como qualquer um poderia saber? Era fácil. Ninguém sabia. As pessoas se arriscavam. Talvez não pudesse ver o próprio futuro. Mas isso não significava que não tinha um.


Não vou falar mais para não soltar spoilers, como é característica da autora os personagens são muito bem construídos, não existe mocinho e vilão, todos tem um pouco de tudo. No decorrer do livro amei e odiei todos os personagens, amo esse poder que a Meg tem!
É um livro maravilhoso que merece ser lido. Com momentos engraçados, românticos, de suspense e de amizade. Não tem como descrever de outra forma a não ser que é um livro da Meg Cabot, isso já é suficiente!

"- Presumo que você ainda não soube, então - disse Paul com tristeza.- Soube o quê? - perguntou Meena de boca cheia.- Sobre Shoshanna.O sangue de Meena congelou. Então tinha acontecido. E era culpa dela por não ter dito nada.(...)- Ela... morreu?- Não. - Paul lançou um olhar estranho a Meena. - Ela foi promovida para a vaga de redatora-chefe. Acho que ontem à noite."

Já comprei o segundo livro mas ainda não li, minha semana de prova se aproxima, então não posso ler livros viciantes até as provas acabarem.


Não preciso nem falar das capas lindas, me apaixonei desde que vi pela primeira vez!



7 comentários:

  1. Aiii, nunca li nada da Meg, mas morro de curiosidade. Todos falam sempre tão bem dela. Adorei a resenha e fiquei com ainda mais vontade de ler algum livro dela.. hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  2. Ahh eu adoro a Meg, ela tem um jeito maravilhoso de escrever!

    ResponderExcluir
  3. A Meg é divina, ainda não encontrei um livro dela que não gostasse e suas capas sempre dão aquela vontade de ler imediatamente, vocêsó precisa ver isto e logo está atrás, mas quando ler a sinopse você fica deseperado para ter... isso foi o que aconteceu comigo quando vi este livro, mas ainda não tive a oportunidade de compra-lo

    ResponderExcluir
  4. Eee adorei a resenha, to lendo esse livro e to gostando!! hehe :D

    ResponderExcluir
  5. Eu amooo a Meg tb ... todos os livros dela são ótimos, não tem como , ela é DIVA!

    ResponderExcluir
  6. Eu já tinha visto essa capa e achei tão linda que pensei em comprar mas fiquei naquela de compra e não compra...já não lia Meg a algum tempo.
    Mas depois desta resenha fui ão FMLM (fundo monetário literário da Mafalda ) e mandei o vir agora estou farta de olhar para a janela a ver quando chega o correio.
    Depois venho aqui dizer o que achei do livro hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      (fundo monetário literário da Mafalda )

      Eu faço isso tb, deixo uma reserva por mês para comprar livros!

      Excluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...