[Resenha] O Poder dos Seis

Esta resenha pode conter spoilers do livro 01, o Eu Sou O Número Quatro (resenha aqui), então, se você não leu nenhum livro da série, fica por sua conta se acabar descobrindo algo importante do primeiro livro! Mas quem leu o 01 e ainda não leu o 02, fiquem despreocupados, não há spoilers de O Poder dos Seis!

Título Nacional: O Poder dos Seis
Título Original: The Power of Six
Série: Os Legados de Lorien - Livro 02
Autor: Pittacus Lore
Editora: Intrínseca
“Eu vi no noticiário e acompanhei as histórias sobre o que houve em Ohio. John Smith está por aí, em fuga. Para o mundo, ele é um mistério, mas, para mim... Ele é um de nós.
Éramos nove quando chegamos e, às vezes me pergunto se o tempo não nos fez mudar – se ainda acreditamos em nossa missão. Como vou saber? Agora, somos apenas seis. Vivemos escondidos, tentando nos misturar a vocês, e não sabemos uns dos outros. Enquanto isso, nossos Legados se desenvolvem. Em breve estaremos prontos para lutar.
Será que o fato de John, o Número Quatro, ter aparecido é o sinal que eu estava esperando? E quanto aos números Cinco e Seis? Algum deles poderia ser a garota de cabelo preto e olhos cinzentos que tenho visto em meus sonhos? A garota com poderes que vão além de tudo que eu imaginei? Aquela que, talvez, tenha a força necessária para reunir os seis?
O Número Um foi capturado na Malásia.
O Número Dois na Inglaterra.
E o Número Três, no Quênia.
Com o Número Quatro, em Ohio, eles fracassaram.
Eu sou a Número Sete. Uma dos seis que ainda sobrevivem.
E estou pronta para lutar.”

Nove crianças lorienas foram enviadas á Terra junto com seus Cêpans, seus guardiões, quando seu planeta toi destruído pelos Mogadorianos, os quais invadiram Lorien em busca de suas riquezas naturais (quando os recursos de seu próprio planeta, Mogadore, já estavam esgotados, em função da busca desenfreada dos mogadorianos pelo avanço tecnológico). Antes de as crianças embarcarem na nave, um feitiço foi lançado, de modo que elas só poderiam ser mortas numa ordem estabelecida, e por isso as crianças receberam números de um a nove, e o feitiço só seria desfeito se elas se encontrassem. Porém, os mogadorianos encontraram-nas na Terra e começaram a assassiná-las. Número Um, Número Dois e Número Três já foram mortos. O Número Quatro conseguiu escapar e junto com a Número Seis, deram início à grande corrida por suas vidas.

Em O Poder dos Seis, continuação de Eu Sou O Número Quatro, a história continua desde o momento que John, Seis, Sam e Bernie Kozar deixaram Paradise.

Paralelamente à fuga deles, o livro conta a história da número Sete, Marina, que vive com a sua Cêpan em um convento numa cidadezinha no interior da Espanha, Santa Teresa.

Os capítulos alternam-se entre estas duas histórias, e são narrados ora por John e ora por Marina. 

Enquanto John, Seis, Sam e BK estão fugindo do FBI e dos mogadorianos (pois agora são procurados nacionais como terroristas e há até uma recompensa milhonária por informações que possam levar até eles), a vida de Marina no convento prova-se ser justamente o oposto. Depois de tanto fugir e passar por dificuldades, Marina e Adelina (a sua Cêpan) conseguem abrigo neste convento onde vivem, e lá estão há vários anos. Por todas as dificuldades que encontraram na vida, Adelina, a Cêpan de Marina, perde a fé em Lorien e adota a fé cristã terrena, deixando de lado todo o treinamento e apoio que devia dar a Marina, a qual, à esta altura, já está desenvolvendo seus Legados, e por causa disso (e por toda a falta de apoio de Adelina) vive uma vida frustrada presa aos costumes do convento. Ela sabe que tem algo errado.... Pelas notícias que consegue ler na internet, Marina chega a conclusão que o tal garoto John Smith, que todos dizem ser terroristas, é um dos seus. E de alguma maneira Marina sente que já é hora de partir do convento e deve procurar os outros. Mas sem o apoio de Adelina, o que ela poderia fazer? Talvez Marina não esteja tão sozinha como pensa.  E ela sente que os mogadorianos estão perto...

“− Marina, desde eu cheguei aqui, desde que nós chegamos, temos tido a sorte de aprender a verdade sobre a criação e de onde viemos e qual é nossa real missão na Terra. E está tudo na Bíblia.
− E a Bíblia não é um conto de fadas?”

Enquanto isso, John, Seis, Sam e BK vivem momentos de tensão e adrenalina nessa constante fuga. John e Sam passam a treinar com Seis para aprender um pouco com essa poderosa loriena, e os dois ficam encantados com a mulher que há por trás dessa guerreira. Estaria surgindo um triângulo amoroso? Eles acabam descobrindo um grande segredo deixado por Henri  e decidem que devem voltar à Paradise.E lá John vai reencontrar Sarah.... Talvez as coisas não sejam mais as mesmas desde que ele partiu, e talvez haja um traidor dentre os que ele mais ama. Será que John está pronto para voltar lá?


É um livro muito emocionante, daqueles que você não quer parar de ler. Quem leu Eu Sou O Número Quatro e não achou empolgante, leia O Poder dos Seis. Muita coisa sobre a história dos Nove é revelada. Os autores dão uma reviravolta na série e finalmente mostram a que vieram! É fantástico, cheio de cenas de ação e muita tensão! 

A história de Marina é cativante e não deixa nem sequer a desejar perto da história de John. E é tão fofo, os capítulos de John tem uma fonte e os da Marina tem outra, ameeei!!!!

“Estar apaixonado é uma coisa muito estranha. Seus pensamentos são direcionados à outra pessoa, não importa o que você está fazendo. Você pode estar indo pegar um copo no armário ou estar escovando seus dentes ou ouvindo alguém te contar uma história, sua mente vai começar a ir na direção do rosto da pessoa, do cabelo, do cheiro, imaginando o que a pessoa vai vestir, o que ela vai falar na próxima vez que vocês se encontrarem. E no alto desse sonho constante no qual você se encontra, seu estômago parece estar conectado a uma corda de bungee jump, fazendo-o balançar e balançar e balançar por horas, até que ele finalmente se instala perto do seu coração.”

E o final??? Jesus, é de matar! É surpreendente, e é impossível não ir correndo comprar o próximo! (E foi exatamente o que eu fiz rsrss. No dia seguinte já estava lendo o livro 03 hauahauhua)

Por isso gente, LEIAM O Poder dos Seis, é um livro daqueles de tirar o fôlego, indicado para todas as idades, crenças e etnias rsrss eu virei fã dessa série! Li esse livro em um dia e meio! Não conseguia parar! 

"Nunca perca a fé em si mesmo, e nunca perca a esperança, lembre-se, mesmo quando esse mundo te joga o pior e se vira do avesso, sempre há esperança."









Um comentário:

  1. Eu estou doida para ler essa série desde que assisti o filme, eu realmente queria que tivesse continuação, pena que não rendeu o suficiente. Espero realmente que eu goste tando da série quanto gostei da adaptação

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...