11 março 2013

[Resenha] Irmandade da Adaga Negra

Irmandade da Adaga Negra
J. R. Ward

10 livros lançados no Brasil, o 11º está previsto para ser lançado aqui no Brasil em agosto desse ano, enquanto nos Estados Unidos ele chegará as prateleiras dia 26 de março , Lover at Last focará em Blay e Qhuinn.


Para começar todos devem saber que a Irmandade é a minha série favorita. Sei que muitas pessoas (leia-se: Luiza e Ludmila) acham que a autora perdeu o foco ao longo dos livros e que ficou um pouco repetitivo, não discordo. Em alguns pontos sinto isso, mas sou tão apaixonada por esse mundo que esses detalhes nunca me incomodaram.

Comecei IAN não lembro nem como, só lembro que foi em e-book em inglês. E na primeira frase eu já estava apaixonada. Ele é exatamente o tipo de livro que eu gosto, com ação, suspense, amizade, amor, sexo, e eles são grandes e em série! É muito difícil para eu falar sobre essa série, e impossível  em um post, por isso vou dividir em alguns posts, até o lançamento de Lover At Last no Brasil já terei falado de todos!! Não vou conseguir fazer uma resenha de fato de cada um dos livros, então vou só resumir um pouco ok? Assim não solta spoilers para quem não leu, e não cansa quem já leu, afinal são 10 livros! Como eu vou conseguir eu não sei, mas vou tentar explicar pra vocês (as poucas que ainda não conhecem a Irmandade) um pouco do meu amor pelos irmãos.

Cada livro foca em um irmão e em sua companheira, mas ainda assim mostra um pouco sobre os outros personagens. São em terceira pessoa, sempre mudando o foco da narrativa.

Vivem em um mundo onde vampirismo é genético e você passa pela transformação perto dos 25 anos. A Virgem Escriba é o poder supremo da raça, a mãe, a criadora da vida. O Ômega é o seu irmão e o seu equivalente em maldade, ele não tem o poder de criar vida, mas consegue transformar homens em seres chamados de lessers (redutores na tradução), cujo sangue é preto e dedicam a vida a destruir os vampiros. Existe uma irmandade formada pelos machos mais forte, gostosos e maravilhosos da raça cujo proposito é proteger todos da Sociedade Lesser. É um mundo muito bem criado e cheio de aspectos que não dá pra relatar todos em uma simples resenha.

Acho que a única coisa que as vezes me irrita um pouquinho é como o romance começa. São sempre homens mandões e que nunca se apegam a ninguém, e ai do nada BAAAAMMMM o amor acontece sem mais nem menos e eles se tornam super dependente da mulher amada. Já falei aqui em algumas resenhas que gosto quando o amor cresce e evolui. Em IAN isso raramente acontece. Para quem já leu: o único amor que cresce com o tempo é B e Q, acho que é por isso que eles são o meu casal favorito. O único casal gay, e é o que parece mais real! Conhecemos eles no livro 3 e o 'romance' só acontece no livro 11, vemos toda a história acontecer passo a passo.

Amante Sombrio
Ano de Lançamento: 2009

Número de Páginas: 448 páginas
Editora: Universo dos Livros


Título Original: Dark Lover
Ano de Lançamento: 2005

Editora: Signet


Wrath, o rei da raça mas que prefere ser um guerreiro, ele é o rei cego. Marrento para quem conhece pouco. Beth, meio humana (até onde ela sabe, ela é totalmente humana) filha de Darius, guerreiro da Irmandade. Antes de morrer Darius pede a Wrath que procure Beth para ajudá-la durante a transição. E o que acontece quando Wrath conhece Beth? Amor ^^. Esse é o primeiro livro da serie, é o nosso primeiro contato com a irmandade, isso marca! É tudo tão novo e desconhecido... É impossível não amar o rei cego e sua Leelan.

“Foi então que algo verdadeiramente extraordinário aconteceu. Quando o estranho parou diante dela, Beth foi tomada por uma onda devastadora de apetite sexual, autentico e espontâneo. Pela primeira vez na vida, sentia seu corpo ardente de desejo – ardente e úmido. Suas entranhas pulsavam por ele.  Química, pensou, como que anestesiada. Química pura, crua, animal.”

Brasil - USA


França - Portugal


Espanha - Italia


Alemanha




Amante Eterno
Ano de Lançamento: 2010

Número de Páginas: 448 páginas
Editora: Universo dos Livros


Título Original: Lover Eternal

Ano de Lançamento: 2006

Editora: Signet


Rhage, conhecido como Hollywood, ou como eu gosto de chamar: o gostoso! Ele é o pegador geral, é mulher? Ele já pegou. Sempre com um pirulito na boca e pronto para soltar uma piada com todo mundo, Rhage carrega dentro de si uma maldição, o que o torna bastante explosivo. Mas ai ele conhece Mary, na verdade ele ouve a voz dela. E então tudo muda. Ele não quer mais ninguém, ele só quer ela! É aqui que conhecemos o John (meu personagem favorito). É desse livro uma das minhas frases favoritas da serie. O final é muito tenso e nos deixa desesperados pelo próximo.

“- Não sou sua – sussurrou ela.  A rejeição não o desconcertou.  - Bem. Se não posso tê-la, então, eu me dou por inteiro para você. Pegue tudo de mim, uma parte, um pedacinho só, o que quiser. Mas, por favor, fique com alguma coisa.”

Brasil - USA


França - Portugal


Espanha - Italia


Alemanha




Compartilhe!

21 comentários :

  1. Lala,

    amei o post amiga... eu sinto tanto por essa série, pq ela é o que nós ligou desde sempre né, os irmãos. Mas realmente acho q depois do John (meu preferido) a autora perdeu o foco, e não gostei dos livros seguintes. Mas espero ansiosa pelo B e Q

    Eu amo essa frase do Rhage! Arrepia!!

    Por isso q a maioria das meninas adora a série!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LAL com certeza vai ser o melhor livro da série... espero que mude a cabeça de quem anda cansada da série =/

      Excluir
    2. Sim eu acho q ela vai voltar à Glória com esse livro... to esperando ansiosa!

      Excluir
  2. Eu sou apaixonada por essa série! Quando li o primeiro livro foi em arquivo jar para celular rsrsrs. Era um saco ler naquela tela minuscula mas valeu a pena e até consegui fazer minha amiga ler também, só que ela sempre pulava para as partes hot rsrsrs. Estou doidinha para ler O livro Do Blay e do Quinn. Dedinhos cruzados para que eles possam resolver as coisas entre eles.

    ResponderExcluir
  3. Eu comecei a ler a Série. Como são muitos livros , estou intercalando entre um e outro, só pra não ficar muito cansativo ler 10 livros da mesma serie de uma só vez. Mas já posso dizer que estou AMANDOOO.

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro a série, mas li até o John. Perdi o foco pra continuar :(

    ResponderExcluir
  5. Eu sou doida para ler essa série, mas o tamanho do livro me dá medo
    ashaushauhsaus
    eu amooo livros grandes, ams sei lá, esse ai me faz ficar com prefuiça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leiaaaa... não deixe de ler a Irmandade! é o tipo de livro que vale a pena!

      Excluir
  6. Estou lendo Amante Sombrio e estou amando o Wrath e a Beth!!!
    Não tem como não amar o casal. Além disso o modo como os outros personagens aparecem na história deixa aquele gostinho de "quero mais" fazendo com a gente "engula" o livro pra ler os outros.
    E essa relação dos machos com as fêmeas, todo esse lance de proteção, de possessividade é maravilhoso
    ótima resenha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Otimo né? Eu adoro a forma da sociedade deles...são extremamente possessivos e mandões, mas com uma palavra da mulher amada eles se calam e parecem cachorrinhos perdidos!

      Excluir
  7. Nossa.
    eu parei no 'Amante revelado' (#4), que conta a história do Butch, que é o meu preferido dos mocinhos (não tão mocinhos) até agora.

    preciso criar coragem de ler o resto.
    mas todo mundo fala q a autora go crazy. aí desanimei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas Nathy até o 08 eu gostei.. depois eu achei meio estranho!

      Excluir
  8. Amo a série, já li e reli todos os livros. Meus personagens preferidos são Butch e John.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. John tbm é o meu favorito!
      Nas próximas resenhas eu falo mais dele...

      Excluir
  9. Bem vocês sabem a minha opinião....

    Não gosto de séries que contam a história de uma casal em cada livro... É como se o destino de cada um só acontece quando o do outro termina. Só que não né?!?!?

    Prefiro séries que contam tudo junto, e que um livro é a continuação da história do outro.

    Eu também comecei a ler IAN na mesma época que a meninas, e gostei muito de como a autora escreve, mas realmente não gosto de séries assim com um livro de cada personagem....

    Sabe, os mocinhos durões, com algum tipo de trauma/problema e que encontram uma mocinha que vai domá-lo e eles serão felizes para sempre???? Ou então o mocinho completamente apaixonado pela mocinha num piscar de olhos, que fica até o final do livro rastejando até domá-la. Rsrrss acho que é o resumo de dezenas de livros do gênero hihuhuhh

    Sorry meninas!

    Eu acho que o livro do Q e do B realmente vai ser uma exceção, tomara! Mesmo não tendo lido vários livros da serie, eu quero ler esse.

    :)

    ResponderExcluir
  10. Me rendi a IAN por causa de vcs e do amigo secreto de final de ano.
    Consumi os livros e adorei todos eles. Mesmo qdo a autora parecia repetitiva ou perdida.
    Também tenho os meus preferidos e, dos dois acima, Rhage é tudo! Essa frase dele é de deixar qualquer uma sem fôlego. O que me incomoda é o tipo de tradução que temos aqui no Brasil, que faz com que os irmãos fiquem muito "suaves" e eles são durões mesmo, corajosos e desbocados mesmo, really hot and sexy!
    Aguardando as próximas! Bjocas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Rê

      muitas meninas brigaram com a editora mas não teve jeito, eles suavizaram tudo.. o q é uma pena!

      Excluir
  11. Li em algum lugar sobre isso, não me lembro onde. Falava sobre as traduções serem um tanto complicadas pois como vai ser passada para outro idioma ocorre que nem todos as palavras existem, no caso inglês x português, nem tudo que tem numa vai ter em outra língua. Ou seja, é deduzido o significado. Acho que ao fazer a tradução as editoras deviam manter o máximo possível a identidade da autora no livro. E não tentar suavizar como é o caso deste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ridículo tentarem suavizar a linguagem, por mais que suavizem ainda vai ter cena de sexo, ainda vai ser impróprio para menores, e irrita quem é fã da série. Quero só ver como eles vão suavizar as cenas de sexo entre B e Q.

      Excluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei