[Review] To Conquer a Highlander




Autor : Mary Wine 

Série : Highlanders  

Livro 01 : To Conquer a Highlander (Para Conquistar um Highlander)


Livro sem direitos comprados para o Brasil..


Escócia 1437 Lorde Torin McLeren sequestra a filha de seu vizinho e inimigo, para acabar com um complô traiçoeiro apenas para descobrir que a moça que capturou servirá muito melhor como uma aliada do que como inimiga...


Falou Highlanders é comigo mesmo. Eu simplesmente me apaixonei por esse gênero de livro. Como tenho lido muitos ultimamente, você pode perceber que a base de todos são iguais, clãs inimigos, guerras, e claro os filhos dos clãs inimigos que se apaixonam, mas todos tem sua peculiaridade e te prende na história.

Peguei para ler esse livro de noite e terminei de manhã, pq a história é tão emocionante, simplesmente não há como parar de ler, quando você pensa “vou parar aqui.” Acontece algo surpreendente que te faz continuar até o final do livro. Devo dizer que o que faz esses livros terem sucesso é os personagens, não há como não gostar, torcer ou chorar por eles.

Shannon McBoyd é o que eu mais prezo nas mocinhas dessa época, corajosa que não se intimida pelos homens e não tem medo de falar e se impor.  Ela enfrenta com o queixo erguido o destino que a espera simplesmente por ser filha de um Lorde ganancioso e sem escrúpulos, que selou o destino do seu povo com sangue. Mas claro que ela tem que ser resgatada pelo mocinho.

“Cada homem McLeren que ali vivia sabia e aceitava que eles poderiam ter que lutar por seu clã, mas isso não explicava o número de moradores que foram mortos. Não havia razão para tal abate. Nenhuma desculpa que ele algum dia iria engolir ou aceitar. McLerens não temiam a noite, fossem eles de origem comum ou não. Enquanto ele fosse laird, eles não viveriam com medo.”

E que mocinho é Lorde Torin McLeren, é o sonho de todo mulher vamos confessar. Contrariando todos os lordes naquela época que se viam no direito de ter o que viam pela frente, Torin acredita no amor, devido aos pais que lhe ensinaram como um lar com amor é melhor do que um casamento arranjado. Torin luta para mostrar para todos que uma filha não pode responder pelos atos de seus pais, principalmente as mulheres que apenas obedeciam ordens.

“Ele era um bastardo por querê-la. Um homem que não era forte o suficiente em ignorar seu desejo em favor de continuar honrado era menos do que civilizado. Ela era sua prisioneira, e apenas um selvagem saqueador se aproveitaria de uma moça que tinha roubado. Ele não se importava se o mundo ao seu redor estava cheio de homens que iriam rotulá-lo de frouxo por tal pensamento. Ele não usava a liderança de seu clã para tomar o que ele queria, porque os homens de seu clã o seguiam e não falariam contra ele mesmo que ele estivesse errado.”

Bem com a trama montada, temos um livro simplesmente lindo, com tudo que um bom romance requer. Guerras, grandes homens batendo de frente, donzelas em perigo e cenas quentes.

“Outro rosnado macio vibrou no peito dele. Ela sentiu tanto quanto ouviu, porque ele ainda estava pressionado contra ela. Os montes suaves de seus seios estavam suavemente pressionados pelos músculos duros do peito dele. O pescoço dela se arqueou para trás, e ele se inclinou sobre ela, sua respiração se tornando difícil. As mãos dele se emaranharam em seus cabelos, segurando-a mais forte enquanto seu corpo respondeu a sua necessidade de movimentar mais rápido.”

Espero que gostem do livro que são um dos meus favoritos. 







5 comentários:

  1. Eu adoro essas mocinhas que tem atitude, não fica choramingando por ai e amo mais ainda quando os homens são perfeitos *O*
    A tua resenha e esses pequenos trechos me realmente interessada pelo livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro esses tipos de livros, não tem nada extraordinário que os sobrenaturais podem ter, mas são perfeitos!

      Acho que eu gosto muito pela caráter dos personagens! Sempre corretos!

      Excluir
  2. Adoro, sou uma romântica !!

    Nasci na Época errada Twin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com essa capa eu acho que você é outra coisa! Hahahahaha

      Aindq vou ler um livro desses dos Highlanders

      Excluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...