07 janeiro 2013

[Resenha] A Seleção


Kiera Cass - A Seleção (The Selection) 
Seguinte, 2012
368 páginas


Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.



A Seleção conta a história de America Singer, que vive em uma realidade onde os EUA já foram Estados Americanos da China, e hoje é Illéa e virou monarquia. A sociedade é dividida em 8 castas, a 1° sendo a mais rica e a 8° sendo a mais pobre. America é da casta 5, onde são todos artistas. Ela é apaixonada (namoram em segredo) por Aspen, da casta 6. Se ela se casar com ele, ela passa a ser da casta 6. Isso não é bem visto, e sua família não permite. O príncipe Maxon (filho único do rei) precisa escolher a sua futura princesa, então é feita uma seleção entre todas as meninas do país. America (claro!) é uma das 35 selecionadas.

“Ele era moreno, tinha olhos verdes e um sorriso que fazia você pensar que ele estava escondendo alguma coisa. Era alto, mas não alto demais. Magro, mas não magro demais.”

Quando conheci o Aspen achei que nenhum outro personagem masculino ia ganhar meu carinho... Mas logo depois ele partiu o meu coração... E aloooow o que é esse príncipe Maxon? Muito fofo gente... Os dois são fofos e os dois tem momentos bad boy (suspira)! Maaas sou team principe! Soooorry Aspen...
Ele é um príncipe, lindo, carinhoso, atencioso, cativante, compreensivo, e tantas outras qualidades que nem dá pra escrever todas aqui!

Todos os personagens são muito bem escritos, cheios de detalhes. Dá pra de fato conhecer cada um deles, eles não são meramente citados, mas sim belamente construídos. Isso com certeza foi o que eu mais gostei nesse livro. As outras concorrentes são muito bem descritas, pelo menos eu formei opiniões fortes sobre todas elas.  A família real parece ser bem normal, com problemas como qualquer outra. E a família da America também, a mãe dela é perturbada, mas parece ser o jeito dela demonstrar que gosta da filha! E se ela não fosse tão chata America não teria ido para A Seleção, e também acho que devemos entender a realidade em que eles vivem. Ela quer o melhor pra vida dos filhos, uma vida melhor do que a que ela teve. Inclusive o Aspen, ele ama a America e sabe que não tem condições de dar uma boa vida pra ela, ele quer que ela tenha uma vida melhor, da pra entender o que se passa na cabeça dele! Estou muito curiosa sobre a Marlee, ela esconde alguma coisa! A America é forte, divertida, sincera, apaixonada e apaixonante, achei ela uma personagem muito cativante. Sem falar de amor ela é bem decidida, sabe o que quer e escolhe bem as suas batalhas.
Enfim, todos os personagens tem começo, meio e fim, da pra entender as ações deles, dá pra conhecer bem todos eles. Amando ou odiando. Alguns autores simplesmente esquecem dos personagens secundários.

“Eis o homem que ia liderar nosso país: alguém que era vencido por lagrimas. Era engraçado demais.”

Esse é um livro com bastante romance e com cenas bem engraçadas, e foge bem das características que costumamos encontrar nas distopias de hoje. Eu diria que é um encontro de um conto de fadas com a distopia. Amo os dois gêneros, tem como não adorar esse livro?

 “Algo em sua hesitação fez com que eu me sentisse linda. Sem precisar de palavras, pude compreender como ele estava emocionado, mas também assustado com o momento. E por trás de tudo isso via sua adoração por mim. Então era assim que uma dama se sentia.”

O livro é em primeira pessoa, contado pela America, é uma leitura leve e fácil de ler. Em um dia terminei ele. Espero ansiosamente pelo próximo. A Elite promete ser emocionante, e pelo jeito que terminou A Seleção vai ter muito mais romance, triangulo amoroso (Meri se decida, sua louca!) e com certeza mais elementos dos rebeldes (tentam acabar com a Monarquia, e alguns grupos invadem o palácio, acho que ela vai falar mais de política no próximo livro, um pouco de ação vai fazer bem!

A Elite será lançado nos Estados Unidos no dia 23 de abril e (pasmem!) simultaneamente no Brasil através do selo seguinte! Pré venda com certeza! Estou contando os dias...




The Elite - The Selection #2
Thirty-five girls came to the palace to compete in the Selection. All but six have been sent home. And only one will get to marry Prince Maxon and be crowned princess of Illea. America still isn’t sure where her heart lies. When she’s with Maxon, she’s swept up in their new and breathless romance, and can’t dream of being with anyone else. But whenever she sees Aspen standing guard around the palace, she is overcome with memories of the life they planned to share. With the group narrowed down to the Elite, the other girls are even more determined to win Maxon over—and time is running out for America to decide. Just when America is sure she’s made her choice, a devastating loss makes her question everything again. And while she’s struggling to imagine her future, the violent rebels that are determined to overthrow the monarchy are growing stronger and their plans could destroy her chance at any kind of happy ending.



Snippet de The Elite:

"De repente me lembrei que Aspen sempre foi assim. Ele sacrificou noites de sono por mim, arriscou ser pego depois do toque de recolher por mim, juntava moedas para mim. A generosidade de Aspen era mais difícil de ser vista porque não era tão grandiosa quanto a de Maxon, mas o sentimento por detrás do que ele cedeu era muito maior."

Fonte: The Selection BR



Compartilhe!

10 comentários :

  1. Eu ameeei esse livro... Laura, sua resenha super faz jus a delícia que foi ler essa história, também adorei o Maxon de paixão! Super ansiosa por A Elite!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nééé? O Maxon é o máximo! =P
      Essa sinopse de A Elite me deixou ainda mais curiosa do que eu já estava...
      Qual será a grande perda que a America vai sofrer?

      Excluir
  2. Será que o Aspen morre? Ou a Marlee? Eu acho que ela se apaixonou por alguém dentro do castelo...Vou MORRER esperando!

    ResponderExcluir
  3. Quero ler, me deu mais vontade de ler esse livro :)

    ResponderExcluir
  4. Minha amiga me falou sobre ele, achei meio infantil quando ouvi falar, mas quando ela me explicou direitinho eu até que gostei do enredo, mas ainda prefiro meu mundo sobrenatural u.u

    ResponderExcluir
  5. eu amei esse livro!! tava com um pé atras do estilo competição, achei que iria imitar o hunger games.. e depois que li a resenha resolvi criar coragem...
    e eu me apaixonei!! não posso esperar o lançamento do proximo!!

    ResponderExcluir
  6. Tô muito louca pra ler estes livros! E O Príncipe também <3

    ResponderExcluir
  7. Olha eu antes não era fã dos generos de distopias.Mas estou empolgada,e um dos livros que me fizeram mudar de ideia é este.Sim leio resenhas sobre e a cada resenha me vejo cada vez mais louca para ler.

    Bom eu adoro um bom romance,e este livro me promete isso.Adoro personagens forte.Então este livro com certeza esta já,na minha lista.

    E parabéns pela resenha,e por me fazer ter a mais certeza e vontade de ler!

    Beijokas Ana Zuky

    sanguecomamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. A Seleção foi um livro que me chamou a atenção logo pela capa. ela é simplesmente a coisa mais linda que eu já vi. Distopias são um gênero que sempre me atraiu. Gosto de imaginar um mundo bem diferente dessa nossa realidade e como as pessoas se comportamento nesse cenário. Mas infelizmente ainda não o li porque não o tenho.
    Ler sua resenha me deu mais curiosidade ainda com relação ao livro.
    Parabéns pela resenha pois embora eu não tenha li o livro pude perceber que você não deu spoilers. E eu respeito muito os blogs que respeitam os leitores.

    Beijos e muito sucesso!

    magali.barros19@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magali!!!

      a Capa dos livros são lindasss.. eu tenho na minha estante.. é perfeito!
      Leia sim, vc vai gostar! Aproveita que agora que a trilogia está completa, vc compra mais barato!!!

      <3

      Excluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei