[Review] How to Ruin My Teenage Life



Autora: Simone Elkeles


Série : How To Ruin

Livro 02 : How to Ruin My Teenage Life

Série sem Direitos de publicação comprados para o Brasil.

Nesta sequência de como arruinar minhas férias de Verão, tudo na vida de Amy Nelson Barak de 16 anos, está errado! Sua mãe casou-se e se mudou para o subúrbio, e agora eles vão ter um bebê. Amy se muda com seu pai para Chicago e o inscreve para um serviço de namoro online. Seus quatro primeiros encontros são essa noite. .
O que mais? Seu cão Mutt engravida a poodle premiada de seu vizinho mal-humorado, então Amy vai realmente ter que conseguir um emprego de meio-período para pagar metade da conta do veterinária. E há esse garoto totalmente chato, Nathan Rubin, que acabou de se mudar para seu prédio. Felizmente, Amy tem um namorado bonito chamado Avi. Só que ele é mais como um não namorado, considerando que Avi estará no exército israelense durante os próximos três anos.
O que uma menina tem que fazer quando todo mundo está conspirando para arruinar a sua vida?


Estamos de volta com as aventuras da Amy.
No 1º livro, Amy consegue achar aquele pedaçinho que falta, o seu lugar no mundo, Sua Religião. (Nada como uma avó com bons conselhos não?)
Agora nesse livro, temos uma Amy mais solta, já que agora ela está no seu território, em Chicago.
Tendo que ocupar a cabeça para não pensar em Avi, ela decide arrumar uma namorada para o pai. E aí que as confusões começam, roubar o cartão de créditos do seu pai, e inscrevê-lo em um site de relacionamento não é uma tarefa fácil.  Ainda mais quando seu pai descobre isso enquanto está pagando a conta de uma reunião de negocios.

Uma pequena idéia, tão minúscula como uma estrela distante, começa a formar no fundo da minha mente.
Se minha mãe e Marc podem criar sua própria pequena família suburbana, eu vou criar a minha própria para o meu pai solteiro... Aqui na cidade.
Afinal, o que há de errado com a colocação de um anúncio pessoal para o meu pai? Talvez, como Maria disse, ele poderia encontrar sua própria alma gêmea.

Além de tudo isso, tem Nathan, que confunde sua cabeça, e a faz fazer coisas que nunca faria, porque afinal ela tem um namorado não?

Embora, como é possível que possa enganar alguém com quem nem sequer estou saindo oficialmente? Importa a etiqueta de — saindo — ou são os sentimentos em seu coração que tem prioridade? Oh, cara, estou tão fodida. Pode minha vida ficar pior?

Bem, titia Simone não decepciona, gostei muito do livro. Só senti falta do Avi no começo, mas acho que foi de propósito, para você ler igual uma louca, apenas para chegar na parte onde ele entrar em cena!

A mão de Avi se estende para a minha. Enquanto a pego, o calor e conforto que tenho sentido falta desde o verão correm sobre mim. Sua outra mão toca meu ombro e se move lentamente para cima, acariciando meu pescoço e bochecha. Descanso minha bochecha sobre sua palma, o calor dela me arrastando.
— Senti sua falta também — ele diz.



Para ler a resenha do primeiro livro:  How to Ruin a Summer Vacation





3 comentários:

  1. Hum... Não gostei muito desse livro, sei lá, ele me dá a impressão de ser infantil demais e eu gosto de livros mais... Adolecentes/adultos sabe? Mas foi uma boa resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim não é infantil, é adolescente mesmo.

      A Amy é a tipica menina chatinha, se preocupa apenas com roupas e etcs, mas ela tem sua lição nos três livros.

      tem uma linha mais engraçada, pelas confusões dela.

      é um livro mais leve de ler.

      Mas como vc disse é mais adolescente.

      Excluir
  2. Super adorei esse livro. Muito bom pra descontrair

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...