25 dezembro 2012

[Resenha] Feita de Fumaça e Osso


Feita de Fumaça e Osso (Daughter of Smoke and Bone)
Laini Taylor 
384 páginas



Sinopse: Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu.
Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo.
E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo.
O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho.
Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo. O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho.


Eu gosto de comprar livro sem ter lido a sinopse, quando vejo a capa bonita, o titulo interessante, procuro alguma resenha pelos blogs, vejo elogios... compro! Foi o que aconteceu com esse livro. E acho que por isso eu não consigo formar uma opinião, já faz algum tempo que acabei, mas realmente não consigo falar muito sobre ele. Ainda não decidi se isso é bom ou ruim.

Adoro livros onde um mundo novo é criado, criado só pra mim! E esse mundo que a autora criou sem duvida é fantástico. Com quimeras, serafins gostosos e malvados e muitos personagens cativantes. Esse livro é cheio de lendas e mitos incríveis
Conta a história de um amor proibido, um amor que ultrapassa a morte e os preconceitos.

Karou não sabe quem ela é, todo mundo pergunta a ela “Quem é você?” ou até “O que é você?”, e ela realmente não sabe responder. Ela vive confusa sobre isso, de onde veio, quem é a família dela, mas ela não demonstra ir atrás para descobrir essas coisas, ela não pergunta ao quimera que cuidou dela desde pequena, eu já teria destruído o mundo procurando essas respostas, ela diz estar confusa mas não procura mudar isso. Isso me irritou um pouquinho.

Uma coisa que me cativou na Karou foi a alegria dela, ela está sempre brincando e usando os desejos dela para brincadeiras. Ela é aparentemente humana e vive no mundo das quimeras como se aquilo fosse normal, afinal aquela é a única realidade que ela conhece. Ela também sempre sente como se algo faltasse nela, como se por toda a vida um pedaço da alma dela estivesse faltando. Acho que todo mundo já se sentiu assim, e ler sobre esse sentimento foi algo diferente. Enfim, ela é uma personagem muito bem criada, cada aspecto dela faz sentido e se encaixa no perfil dela, nas atitudes dela, no final do livro você entende o porquê de tudo. Toda a história se desenvolve perfeitamente. 


“(...) Ela se ergueu no ar em frente a ele, e ele olhou para ela. Só olhou. Seu olhar atingiu com calor as bochechas, os lábios dela. Era toque. Os olhos dele eram hipnóticos, e as sobrancelhas, negras e aveludadas. Ele era cobre e sombra, mel e ameaça, a severidade das maçãs do rosto afiadas e o bico de viúva no cabelo, como a ponta de uma adaga. Tudo isso e o estalo abafado do fogo invisível e, encarando-o, Karou parecia ser jogada para dentro de uma melodia de sangue e magia, e mais alguma coisa.”

Akiva sem duvida também é um personagem incrível, e também muito confuso a primeira vista, mas depois eu percebi que ele não é nada confuso, ele se perdeu depois que perdeu o grande amor da sua vida. Mas ele sabe o que quer, sabe o que é certo e o que é errado, sabe quando fez merda. E aceita as consequências.


“- Voltei para encontrá-la – disse Akiva. – Não sei por quê. Karou. Karou eu não sei por quê. – A voz dele soava tão fraca que ela mal conseguia ouvi-lo. – Só para encontra-la e estar no mesmo mundo que você...”

Os outros personagens também são muito bem criados, a melhor amiga da Karou, a Zuzana é muito engraçada, espontânea, e aceita a vida louca da Karou. Os quimeras também são sensacionais, o carinho com que eles criaram a Karou e tudo mais...


“Não conheço muitas regras para serem seguidas na vida – dissera ele. – Mas essa é uma delas. É simples. Não coloque nada desnecessário dentro de você. Nenhum veneno ou produtos químicos, nenhum vapor ou fumaça ou álcool, nenhum objeto afiado, nenhuma agulha que não seja essencial, sejam drogas ou tatuagens, e... nenhum pênis que não seja essencial também. - Um pênis que não seja essencial? – repetira Karou, adorando a frase, apesar se sua tristeza. – Existe algum que seja essencial? - Quando aparecer um que seja essencial, você saberá – replicara ele. – Pare de se desperdiçar tanto, criança. Espere pelo amor.”(L) Brimstone!

Geeeeeeente... A cena que o Kaz posa na aula de nu artístico! O que foi aquilo???? Hahahahahah... MORRI de rir! Esse livro é cheio de cenas engraçadas.

“Mas não é nada desagradável desenhar o garoto. – (...) – Tenho que admitir isso. - É. Pena que seja um bundão tão grande. - Um orifício enorme e idiota – concordou Zuzana. - Uma fenda que anda e fala. - Fenda. – Zuzana riu. – Gostei.”

Em um certo ponto do livro nós voltamos ao passado para entender melhor a história, e novos personagens são apresentados, lendas são contadas, adorei a parte de Madrigal, é quando tudo muda!

Mal posso esperar para ler a continuação... Aposto que o Thiago vai aprontar alguma! E torço para Karou achar o que procura.


Oops =x resenha ficou gigante! Tudo culpa das frases lindas e a blogueira indecisa!


Compartilhe!

9 comentários :

  1. primeiro livro q quero ler em 2013 é esse :)
    depois dessa resenha entao..


    ótima!

    ResponderExcluir
  2. Eu AMEI esse livro, foi a melhor surpresa de 2012, pois o peguei para ler sem expectativa nenhuma e a história me envolveu, só posso concordar com isso, pois foi exatamente como me senti: "Adoro livros onde um mundo novo é criado, criado só pra mim! E esse mundo que a autora criou sem duvida é fantástico." Adorei!

    ResponderExcluir
  3. Nina, eu sempre leio comentários como o seu, que não esperavam muito e o livro surpreendeu. Olha eu estou ficando curiosa viu? Hahaha acho que vou comprar...

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. To no meio de uma batalha, pois só leio comentários bons a respeito do livro, mas não sei porque cargas d'água eu to receosa em comprar o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aii não faz isso! Leia esse livro... não tem como não amar! Largue seus receios, leia, e depois volta aqui para me contar o que você achou!

      Excluir
    2. Vou compra-lo, e assim que terminar a leitura eu volto e comento sobre. :D

      Excluir
  6. Eu li a sinopse desti livro e realmente não me atraiu. Eu gosto também de comprar livros pela capa e sempre acerto, mas este livro... A capa é simplesmente divina, mas não gostei mesmo dele, nossos santos não bateram.

    ResponderExcluir
  7. Gente, o livro é totalmente o contrario de tudo que imaginava! É muito legal, tem uma história bem diferente. Adorei mesmo *.*

    ResponderExcluir





Copyright © 2017 Every Little Book. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | OddThemes | ILUSTRAÇÃO: Yuumei