[Entrevista] Roxane Norris


Foto nossa com a Roxane na Bienal do Livro São Paulo 2012


A fofa da Roxane nos deu uma entrevista muito legal, contando um pouquinho mais sobre ela e seus livros. Espero que vcs gostem.


ELB: Todos sabem que vc é escritora, alguns sabem que vc também é agente literária... Me fala um pouquinho mais de vc.
RN: Não tem muito o que dizer... rsrsrrss Sou casada e tenho dois filhos, fiz Arquitetura e Urbanismo na UFRJ, mas me descobri nas letras. Então acredito que onde houver qualquer coisa relacionada a elas, lá estarei. Ser Agente foi consequência, mas é uma coisa gostosa, que faço por prazer extremo.

ELB: Quando vc começou a escrever?
RN: Novinha, eu tinha uns 9 anos. Adorava poesias, escrevia muito em guardanapos de papel. Totalmente perturbada, eu saía com namorado e lá tava eu escrevendo algo... kkkkkkkkkkk Muitos destes escritos se perderam com os anos e os relacionamentos. Porém, quando conheci o mundo das Fics de Harry Potter, comecei a dar vazão aos escritos novamente, e  a partir daí surgiram realmente os textos mais longos e complexos.
O amadurecimento como pessoa me influenciou muito também na procura por desenvolver uma história mais ampla.
  
ELB: De onde surgiu a ideia para Immortales?
RN: Immortales veio de uma fic de Vampire Knight na qual eu tive que criar um passado para um person e um furuto para ele visto que ele havia morrido... Essa procura aliada a um texto que estava reservado numa gaveta sobre um pirata (no caso o Alejandro, que não tinha esse nome à época) - e claro o incentivo das minhas amigas de fandom tanto de HP quanto de Naruto, e minha família - Tudo isso culminou em Immortales.

ELB: Qual foi sua inspiração, principalmente para os personagens? Tenho que confessar que sou apaixonada pelo András, o que te inspirou a criar um personagem tão maravilhoso quanto ele?
RN: Bem, Edmund foi inspirado em duas vertentes... Edmund Danté - O Conde de Monte Cristo de Alexendre Dumas (Livro do qual sou fã desde os meus 8 anos) - e sem sombra dúvidas nos vampiros do anime de VK; na minha leitura de como seria o Kuran Haruka.
András... Ah esse é meu Darcy kkkkkkkkkk Ele é extremamente leal ao sentimento dele, aos seus deveres, a quem ele é. Minha leitura de minha ídola maior que é Jane Austen. "Uma vez perdida minha boa opinião, está perdida para sempre..."  
E, claro, como já debati com vários amigos autores, costumamamo trazer muitas referências literárias do que lemos e apreciamos para dentro de nossos livros... Minha Lise, por exemplo teve o apelido pego da Elizabeth Bennet, porém ouso dizer que não chegou tão perto de sua personalidade.  
    
ELB: Como leitora voraz que também é, quais seus livros/series favoritos?
RN: Tudo de Jane Austen, Alexandre Dumas, Elizabeth Gaskell - perfeita tb em críticas sociais - , Victor Hugo, Louisa May Alcott... Na Literatura Nacional eu amo vários da nova geração como Giulia Moon, Simone Marques, Adriana Vargas, Josy Tortaro, Vanessa Orgélio, Marcia Abreu, Vanessa Bosso, Danilo Barbosa...  Tem um listão de amigos que fazem parte de uma safra muito boa, que ainda vai nos dar mais orgulho de sermos brasileiros. Mas estes não chegaram a ser influencia para os meus escristos, são autores que admiro por seus livros, para citar influencia brasileira nos meus livros, eu teria que me agarrar a José de Alencar... Admiro-o muito mesmo.    

ELB: Foi difícil lançar o livro? Não só escrever, mas de fato conseguir que ele fosse publicado?
RN: Lançar um livro no Brasil é difícil, a nossa mídia em termos de divulgação do que é nacional é nula. Infelizmente ainda temos muitos resquicios do colonialismo, mas creio que estamos num momento propício a romper com certos paradigmas e ransos de mercado. Vejo uma forte corrente de mudança, pessoas com vontade e força para mudar isso.
Quanto a escrever, quando você tem amor ao que faz e tem o feeling para coisa - não digo que eu tenha, mas tento... rsrsrs - Não é difícil, aquilo flui em você, mesmo que você até não saiba como equacionar o texto de forma correta. Mas a história vem e estravasa, quando percebe, a história tá pronta. Ser autor não é algo que se aprenda em escola, nasce contigo. É parte de você...  


ELB: Todos que acompanham o blog já devem ter lido a resenha de Immortales, mas lembro que na Bienal vc falou sobre um novo livro que será lançado próximo ano, o que vc pode nos contar sobre ele?
RN: Tenho dois a serem lançado ano que vem: Youkai e Volkodlák. O primeiro é um young adult, tem um lado dramático, mas também tem humor e é bem menos complexo. Um texto mais leve e fluído, gera sobre uma aposta entre o Diabo e Deus, e vai envolver anjos e humanos, assim como uma alma reencarnada. Só não espere nada do tipo apocalíptico, com profecias, porque eu queria mesmo fazer algo diferente e não tão sério.
Volkodlák, por outro lado, é extremamente sério. Dos três, creio ser o mais denso, apesar de romance, ele tem uma narrativa bem  apimentada. Afinal é triângulo amoroso que envolve uma bruxa, um bispo e um lobisomem, e que atravessa séculos durante suas existência entre as paisagens da Irlanda em 1324 até as fazendas de café do Vale do Paraíba em 1860. São dois volumes, e considero o segundo ainda mais instigante...       

ELB: Lembro que vc falou que o próximo livro seria lançado por outra editora, qual será a editora?
RN: Youkai sai pela Literata; Volkodlák pela MODO Editora


ELB: Quais são seus projetos futuros?
RN: Tenho vários... rsrsrs Um deles é Ômega, que vai levar novamente uma visão vampiresca, mas para o futuro... Já tenho 60 páginas dele e, bem, posso dizer que vai mexer com genes e mutações... Gosto do tema, mas esse vai ser numa Terra devastada por doenças incuráveis... É um pós-apocalíptico sem guerra, fruto das limitações de vida do planeta e do ser humano.
Há Waldrakar, que será uma mistura da lenda das Walkírias com Dragões... 
Tenho também meu projeto de romances com duas amigas que vai nos trazer doces momentos em textos históricos e sensuais... Aguardem! 


ELB: Algum plano de escrever mais sobre o mundo Immortales?
RN: Planos, não... Pedidos. Sim, esses eu tenho muitos. Leitores querendo mais de Alejandro e Ellen... Outros querendo saber sobre Sophia e Oliver... Amelie... kkkkkkkkkk Talvez num futuro eu faça um apêndice, our quem sabe na segunda edição, não é?


Não tenho nem como agradecer todo o carinho da Roxane com o nosso blog, já era sua fã só de ler o seu livro, agora conhecendo melhor você sou mais fã ainda! Aguardo ansiosamente todos os seus lançamentos... Confesso que todos despertaram o meu interesse. Youkai e Ômega principalmente.
Muito obrigada pela entrevista.


Querem conhecer melhor a Roxane?







5 comentários:

  1. Ah flor!
    Eu amei a oportunidade de estar contigo, partilhando mais um pouquinho esse espaço gostoso!
    Muito Obrigada!
    Beijokas

    ResponderExcluir
  2. Foi o Maior prazer conhecê-la.

    Super educada e atenciosa com os fãs...

    ansiosa para Bienal do Rio.

    ResponderExcluir
  3. Próximo Bienal do Rio eu estou dentro Lud.
    Uma pena que não fui este ano.


    Anne Crawfield.

    ResponderExcluir
  4. Sim Anne, muitas meninas moram no Rio, nós vamos fazer um mega encontro!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a entrevista *O*
    A Roxane parece ser uma ótima pessoa. Estou realmente com muita vontade de ler um de seus livros, eu escuto falar tanto sobre eles que é impossível não ter vontade auhsuahsauhsaus

    ResponderExcluir

Laura Lendo...

Lud Lendo...

Luiza Lendo...